SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
PESQUISA DE CAMPO COLÉGIO EST. TÚLIO DE FRANÇA/União  da Vitória ALUNOS  DO  CURSO NORMAL  DISCIPLINA ESTÁGIO SUPERVISIONADO
Professora Maria Nelsi Scheid  Wietzke União da Vitória -PR
Modalidade integrado /4ª SÉRIE/ NOTURNO  26 alunos PROBLEMAS CITADOS PELOS  ALUNOS : -ENCONTRAM  RESISTÊNCIAS NAS  ESCOLAS ONDE  PRETENDEM  FAZER  ESTÁGIO. -SETEM-SE  MAL  RECEBIDAS... -PROFESSORES  REGENTES NÃO  ACEITAM SEUS  PLANOS  DE AULA, CONSIDERAM FRACOS  SEUS  TRABALHOS, PEDEM  OUTRAS ATIVIDADES , DIFERENTES  DAQUELAS  QUE  AS  ALUNAS  DETECTARAM  QUANDO  DO  ESTÁGIO DE  OBSERVAÇÃO. -FALTA DE  MATERIAIS COM  APLICABILIDADE  PRÁTICA -FALTA  DE  MATERIAIS  DIDÁTICOS PARA SEUS  TRABALHOS.
-DIFICULDADES  PARA  CONSEGUIR  DISPENSA  NO  TRABALHO PARA  OS  ESTÁGIOS -FALTAM  ATIVIDADES  PARA  TRABALHAR O LÚDICO  COM  AS  CRIANÇAS. -FALTAM  DINÃMICAS  PARA  APLICAÇÃO NAS  ESCOLAS. -EXCESSO DE  TRABALHOS  TEÓRICOS  EM  SALA-DE-AULA. -ADEQUAÇÃO  DOS  HORÁRIOS. -FALTAM  LIVROS  PARA  ORIENTAÇÃO DE  TRABALHOS  PEDAGÓGICOS.
SOLUÇÕES  APRESENTADAS  PELOS  ALUNOS: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
-RECEBER MAIS  ORIENTAÇÕES PARA  ELABORAÇÃO  DE  MATERIAIS PEDAGÓGICOS. -MAIS DIÁLOGO ENTRE  PROFESSOR  E  ALUNO. -MAIS  AULAS  PRÁTICAS -MAIS  TRABALHOS  EM  SALA-DE-AULA. -MAIS TROCA DE EXPERIÊNCIAS  E  PESQUISAS DE  CAMPO... MAIS  AULAS  QUE  MOSTREM  COMO  BRINCAR COM  AS  CRIANÇAS.
MENOS  TRABALHOS TEÓRICOS ... -TRAZER PROFISSIONAIS DA  ÁREA  PARA  TROCA DE EXPERIÊNCIAS. -MONTAGEM DE  ACERVO NA  ESCOLA COM  DIFERENTES  MATERIAIS  PEDAGÓGICOS COM  AUXÍLIO DOS  ALUNOS... -MAIS  ATIVIDADES  LÚDICAS PARA  TER  MAIS  IDÉIAS  PARA  PROJETOS  INTERESSANTES...
MODALIDADE SUBSEQUENTE /NOTURNO / 3ª  FASE/ 32 ALUNOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
-NÃO  ACEITAÇÃO DE HORAS DE  EFETIVO  TRABALHO  EM  CENTROS DE  EDUCAÇÃO  E  VOLUNTARIADOS PARA  DESCONTAR  DE  HORAS  DE  ESTÁGIO. -EXCESSO  DE  PROJETOS  PARA  DESENVOLVER... -MUITAS  HORAS  DE  ESTÁGIO. -POUCAS  PALESTRAS, TEATRO, CURSOS  E  OFICINAS.
-POUCAS  AULAS  PRÁTICAS -FALTAM  ATIVIDADES  PARA  AUXILIAR  O  ALUNO  EM  SALA  DE  AULA
SOLUÇÕES  : CONSIDERAR  HORAS DOS ALUNOS QUE JÁ  ATUAM NAS  ESCOLAS. -DISPENSAR AULAS/ESTÁGIO EM CONTRA-TURNO DE QUEM JÁ  ATUA NO  MAGISTÉRIO. -FAZER REGÊNCIA  NAS ESCOLAS QUE  ATUAM. -DIMINUIR  HORASDE  ESTÁGIO . REALIZAR  MAIS  PALESTRAS/TEATRO
-MAIS  AULAS  PRÁTICAS. -OPORTUNIZAR  MAIS  CONTATOS COM  A  REALIDADE  DE SALA DE AULA.
O QUE ESTAMOS  PREPARANDO ????
QUEM  ESTAMOS  FORMANDO????? ,[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação de ata
Apresentação de ataApresentação de ata
Apresentação de ataSonia Serra
 
120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9
120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9
120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9Fabiana Sathler
 
Teatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESC
Teatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESCTeatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESC
Teatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESCAurélia Honorato
 
Socialização do Projeto A Arte de Ensinar
Socialização do Projeto A Arte de EnsinarSocialização do Projeto A Arte de Ensinar
Socialização do Projeto A Arte de EnsinarAdrinic
 

Mais procurados (6)

Apresentação de ata
Apresentação de ataApresentação de ata
Apresentação de ata
 
120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9
120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9
120slides20delou20tutorial 1224981258933533-9
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
REUNIÃO
REUNIÃOREUNIÃO
REUNIÃO
 
Teatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESC
Teatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESCTeatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESC
Teatro possibilidades - PIBID ARTES VISUAIS UNESC
 
Socialização do Projeto A Arte de Ensinar
Socialização do Projeto A Arte de EnsinarSocialização do Projeto A Arte de Ensinar
Socialização do Projeto A Arte de Ensinar
 

Semelhante a Desafios dos alunos de magistério em estágio supervisionado

Apresentação bene 2010
Apresentação bene 2010Apresentação bene 2010
Apresentação bene 20101wellington1
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicasCÉSAR TAVARES
 
REFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSA
REFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSAREFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSA
REFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSAEscola Edal
 
Plano de Formação para coordenador pedagógico
Plano de Formação para coordenador pedagógicoPlano de Formação para coordenador pedagógico
Plano de Formação para coordenador pedagógicoRobertoRodrigues38438
 
Atpc 29 de setembro site
Atpc 29 de setembro  siteAtpc 29 de setembro  site
Atpc 29 de setembro siteWilson Barbieri
 
Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...
Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...
Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...Ronaldo Barbosa
 
PACTO Ensino Médio 5set14
PACTO Ensino Médio 5set14PACTO Ensino Médio 5set14
PACTO Ensino Médio 5set14Juciane Teixeira
 
Tabulação das propostas
Tabulação das propostasTabulação das propostas
Tabulação das propostasCMEARACATUBA
 
A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...
A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...
A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...Leilany Campos
 
Pontos fortes e fracos do CEWK
Pontos fortes e fracos do CEWKPontos fortes e fracos do CEWK
Pontos fortes e fracos do CEWKrosangelamenta
 
TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...
TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...
TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...Marisa Correia
 
Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.
Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.
Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.197569go
 
Produtos notáveis - Joaquinelmo Bernardino de Sousa
Produtos notáveis -  Joaquinelmo Bernardino de SousaProdutos notáveis -  Joaquinelmo Bernardino de Sousa
Produtos notáveis - Joaquinelmo Bernardino de SousaCid Quintela
 
Indisciplina escolar
Indisciplina escolarIndisciplina escolar
Indisciplina escolarCarla Choffe
 
Depoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o PDE-Escola
Depoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o  PDE-EscolaDepoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o  PDE-Escola
Depoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o PDE-Escolapdescola
 
apresentacao estagio supervisionado.pptx
apresentacao estagio supervisionado.pptxapresentacao estagio supervisionado.pptx
apresentacao estagio supervisionado.pptxjéssica souza oliveira
 
Apresentação do pibid
Apresentação do pibidApresentação do pibid
Apresentação do pibidLucasleo94
 
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo BarbosaIntroducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo BarbosaRonaldo Barbosa
 

Semelhante a Desafios dos alunos de magistério em estágio supervisionado (20)

Apresentação bene 2010
Apresentação bene 2010Apresentação bene 2010
Apresentação bene 2010
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
 
REFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSA
REFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSAREFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSA
REFORÇO DE MATEMÁTICA NO ENS. FUNDAMENTAL - ESCOLA DR. ALÍPIO LUSTOSA
 
Plano de Formação para coordenador pedagógico
Plano de Formação para coordenador pedagógicoPlano de Formação para coordenador pedagógico
Plano de Formação para coordenador pedagógico
 
Atpc 29 de setembro site
Atpc 29 de setembro  siteAtpc 29 de setembro  site
Atpc 29 de setembro site
 
Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...
Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...
Robôs-professores, escolas sem professor e aulas invertidas para salvar a pel...
 
PACTO Ensino Médio 5set14
PACTO Ensino Médio 5set14PACTO Ensino Médio 5set14
PACTO Ensino Médio 5set14
 
ATPC - Adaptação Curricular.ppt
ATPC - Adaptação Curricular.pptATPC - Adaptação Curricular.ppt
ATPC - Adaptação Curricular.ppt
 
Tabulação das propostas
Tabulação das propostasTabulação das propostas
Tabulação das propostas
 
A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...
A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...
A EXPERIMENTAÇÃO COMO FERRAMENTA DIDÁTICA DE APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENT...
 
Pontos fortes e fracos do CEWK
Pontos fortes e fracos do CEWKPontos fortes e fracos do CEWK
Pontos fortes e fracos do CEWK
 
Magist Ls(1)
Magist Ls(1)Magist Ls(1)
Magist Ls(1)
 
TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...
TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...
TRABALHO LABORATORIAL NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO. CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE ...
 
Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.
Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.
Ee apresentacaodefesa gilberto_otavianodasilva.
 
Produtos notáveis - Joaquinelmo Bernardino de Sousa
Produtos notáveis -  Joaquinelmo Bernardino de SousaProdutos notáveis -  Joaquinelmo Bernardino de Sousa
Produtos notáveis - Joaquinelmo Bernardino de Sousa
 
Indisciplina escolar
Indisciplina escolarIndisciplina escolar
Indisciplina escolar
 
Depoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o PDE-Escola
Depoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o  PDE-EscolaDepoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o  PDE-Escola
Depoimento da E.M. Sebastião Antônio Leal sobre o PDE-Escola
 
apresentacao estagio supervisionado.pptx
apresentacao estagio supervisionado.pptxapresentacao estagio supervisionado.pptx
apresentacao estagio supervisionado.pptx
 
Apresentação do pibid
Apresentação do pibidApresentação do pibid
Apresentação do pibid
 
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo BarbosaIntroducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
Introducao a metodologias ativas e uma visão de TBL - Ronaldo Barbosa
 

Mais de rosangelamenta

ApresentaçãO Tcc Rosangelamenta
ApresentaçãO Tcc RosangelamentaApresentaçãO Tcc Rosangelamenta
ApresentaçãO Tcc Rosangelamentarosangelamenta
 
Retrospectiva Caiubi 2003 2006
Retrospectiva Caiubi 2003 2006Retrospectiva Caiubi 2003 2006
Retrospectiva Caiubi 2003 2006rosangelamenta
 
Projetos De Aprendizagem On Line
Projetos De Aprendizagem On LineProjetos De Aprendizagem On Line
Projetos De Aprendizagem On Linerosangelamenta
 
Projetos de Aprendizagem on-line
Projetos de Aprendizagem on-lineProjetos de Aprendizagem on-line
Projetos de Aprendizagem on-linerosangelamenta
 
EstáGio Supervisionado Ponta Grossa
EstáGio Supervisionado Ponta GrossaEstáGio Supervisionado Ponta Grossa
EstáGio Supervisionado Ponta Grossarosangelamenta
 
A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004
A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004
A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004rosangelamenta
 
Cultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade culturalCultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade culturalrosangelamenta
 
Formação de docentes
Formação de docentesFormação de docentes
Formação de docentesrosangelamenta
 
O que desejo para você
O que desejo para vocêO que desejo para você
O que desejo para vocêrosangelamenta
 

Mais de rosangelamenta (10)

ApresentaçãO Tcc Rosangelamenta
ApresentaçãO Tcc RosangelamentaApresentaçãO Tcc Rosangelamenta
ApresentaçãO Tcc Rosangelamenta
 
Retrospectiva Caiubi 2003 2006
Retrospectiva Caiubi 2003 2006Retrospectiva Caiubi 2003 2006
Retrospectiva Caiubi 2003 2006
 
Projetos De Aprendizagem On Line
Projetos De Aprendizagem On LineProjetos De Aprendizagem On Line
Projetos De Aprendizagem On Line
 
Projetos de Aprendizagem on-line
Projetos de Aprendizagem on-lineProjetos de Aprendizagem on-line
Projetos de Aprendizagem on-line
 
EstáGio Supervisionado Ponta Grossa
EstáGio Supervisionado Ponta GrossaEstáGio Supervisionado Ponta Grossa
EstáGio Supervisionado Ponta Grossa
 
A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004
A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004
A semente foi lançada... PROJETO CAIUBI/2004
 
Quero ser do bem!
Quero ser do bem!Quero ser do bem!
Quero ser do bem!
 
Cultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade culturalCultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade cultural
 
Formação de docentes
Formação de docentesFormação de docentes
Formação de docentes
 
O que desejo para você
O que desejo para vocêO que desejo para você
O que desejo para você
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 

Desafios dos alunos de magistério em estágio supervisionado

  • 1. PESQUISA DE CAMPO COLÉGIO EST. TÚLIO DE FRANÇA/União da Vitória ALUNOS DO CURSO NORMAL DISCIPLINA ESTÁGIO SUPERVISIONADO
  • 2. Professora Maria Nelsi Scheid Wietzke União da Vitória -PR
  • 3. Modalidade integrado /4ª SÉRIE/ NOTURNO 26 alunos PROBLEMAS CITADOS PELOS ALUNOS : -ENCONTRAM RESISTÊNCIAS NAS ESCOLAS ONDE PRETENDEM FAZER ESTÁGIO. -SETEM-SE MAL RECEBIDAS... -PROFESSORES REGENTES NÃO ACEITAM SEUS PLANOS DE AULA, CONSIDERAM FRACOS SEUS TRABALHOS, PEDEM OUTRAS ATIVIDADES , DIFERENTES DAQUELAS QUE AS ALUNAS DETECTARAM QUANDO DO ESTÁGIO DE OBSERVAÇÃO. -FALTA DE MATERIAIS COM APLICABILIDADE PRÁTICA -FALTA DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA SEUS TRABALHOS.
  • 4. -DIFICULDADES PARA CONSEGUIR DISPENSA NO TRABALHO PARA OS ESTÁGIOS -FALTAM ATIVIDADES PARA TRABALHAR O LÚDICO COM AS CRIANÇAS. -FALTAM DINÃMICAS PARA APLICAÇÃO NAS ESCOLAS. -EXCESSO DE TRABALHOS TEÓRICOS EM SALA-DE-AULA. -ADEQUAÇÃO DOS HORÁRIOS. -FALTAM LIVROS PARA ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS PEDAGÓGICOS.
  • 5.
  • 6. -RECEBER MAIS ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS. -MAIS DIÁLOGO ENTRE PROFESSOR E ALUNO. -MAIS AULAS PRÁTICAS -MAIS TRABALHOS EM SALA-DE-AULA. -MAIS TROCA DE EXPERIÊNCIAS E PESQUISAS DE CAMPO... MAIS AULAS QUE MOSTREM COMO BRINCAR COM AS CRIANÇAS.
  • 7. MENOS TRABALHOS TEÓRICOS ... -TRAZER PROFISSIONAIS DA ÁREA PARA TROCA DE EXPERIÊNCIAS. -MONTAGEM DE ACERVO NA ESCOLA COM DIFERENTES MATERIAIS PEDAGÓGICOS COM AUXÍLIO DOS ALUNOS... -MAIS ATIVIDADES LÚDICAS PARA TER MAIS IDÉIAS PARA PROJETOS INTERESSANTES...
  • 8.
  • 9. -NÃO ACEITAÇÃO DE HORAS DE EFETIVO TRABALHO EM CENTROS DE EDUCAÇÃO E VOLUNTARIADOS PARA DESCONTAR DE HORAS DE ESTÁGIO. -EXCESSO DE PROJETOS PARA DESENVOLVER... -MUITAS HORAS DE ESTÁGIO. -POUCAS PALESTRAS, TEATRO, CURSOS E OFICINAS.
  • 10. -POUCAS AULAS PRÁTICAS -FALTAM ATIVIDADES PARA AUXILIAR O ALUNO EM SALA DE AULA
  • 11. SOLUÇÕES : CONSIDERAR HORAS DOS ALUNOS QUE JÁ ATUAM NAS ESCOLAS. -DISPENSAR AULAS/ESTÁGIO EM CONTRA-TURNO DE QUEM JÁ ATUA NO MAGISTÉRIO. -FAZER REGÊNCIA NAS ESCOLAS QUE ATUAM. -DIMINUIR HORASDE ESTÁGIO . REALIZAR MAIS PALESTRAS/TEATRO
  • 12. -MAIS AULAS PRÁTICAS. -OPORTUNIZAR MAIS CONTATOS COM A REALIDADE DE SALA DE AULA.
  • 13. O QUE ESTAMOS PREPARANDO ????
  • 14.