SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE IBIPITANGA   COORDENADOR PEDAGÓGICO: ROSALVO SANTANA
 “Nestelocal de encontros, não há ignorantes absolutos, nem sábios absolutos,    há  encontros    de pessoas que, em comu...
O conhecimento deve constituir-senuma ferramenta essencial paraintervir no mundo, pois conhecer édescobrir e construir, nã...
A aquisição de conhecimentos depende tanto de  certas estruturas cognitivas inerentes ao próprio sujeito - S como de sua r...
O desenvolvimento do indivíduo se dá através   da relação com o outro, com o mundo              (Interação Social).       ...
"A criança responde às impressões que as coisas lhe causam com gestos dirigidos a                     elas“             Pr...
JESUS CRISTO   Vinde a mim, todos os que estais                cansados e oprimidos, e eu vos                           al...
VIAJANTE
   A TURMA NÃO ERA GRANDE MAS, ERA    O SUFICIENTE PARA MULTIPLICAR    SABERES.
PODER E AUTORIDADE NOS MOMENTOS DIFÍCEIS                  "E     ele,    despertando,                  repreendeu o vento,...
JESUS CHOROU(JO 11:35)
Deixo-vos a paz, a minha pazvos dou; não vo-la dou como o  mundo a dá. Não se turbe o    vosso coração, nem se          at...
Pois bem, se eu,     sendoSenhor e Mestre de   vocês,lavei os seus pés,    vocêstambém devem lavar   os pésuns dos outros....
JESUS VIA A NECESSIDADE DE TRANSMITIR CONHECIMENTOS                             Quando Jesus saiu do                      ...
O CENÁRIO  Ao cair da tarde, os discípulos  aproximaram-se dele e disseram:  "Este é um lugar deserto, e já está  ficando ...
   Respondeu Jesus: "Eles não precisam ir.    Deem-lhes vocês algo para comer".
    Eles lhe disseram: "Tudo    o que temos aqui são    cinco pães e dois peixes".
   "Tragam-nos aqui para mim", disse ele.
    E ordenou que a multidão    se assentasse na grama.   Tomando os cinco pães e os    dois peixes e, olhando para o   ...
Todos comeram e ficaram satisfeitos, e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços que sobraram. Os que comeram...
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
MULTIPLICANDO SABERES
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MULTIPLICANDO SABERES

176 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

MULTIPLICANDO SABERES

  1. 1. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE IBIPITANGA COORDENADOR PEDAGÓGICO: ROSALVO SANTANA
  2. 2.  “Nestelocal de encontros, não há ignorantes absolutos, nem sábios absolutos, há encontros de pessoas que, em comunhão, buscam saber mais”  (Paulo Freire)
  3. 3. O conhecimento deve constituir-senuma ferramenta essencial paraintervir no mundo, pois conhecer édescobrir e construir, não copiar. Aescola constrói saber que é poder,não distribui o poder, o seu papelconsiste em colocar o conhecimentonas mãos dos excluídos de formacrítica, porque a pobreza políticaproduz pobreza econômica.
  4. 4. A aquisição de conhecimentos depende tanto de certas estruturas cognitivas inerentes ao próprio sujeito - S como de sua relação com o objeto – O. Principais conceitos: 1 - assimilação, isto é, reconhecer alguma coisa como diferente do que eu já conheço. 2 – Esquema – refina-se seus conhecimentos eincorpora uma nova informação, o que proporciona a criação de um novo conceito, nova categoria. 3 – acomodação – define-se um conhecimento aprendido, incorporado, introjetado.
  5. 5. O desenvolvimento do indivíduo se dá através da relação com o outro, com o mundo (Interação Social). Principais conceitos: 1 – Mediação simbólica; 2 – Instrumentos e signos; 3 – Zona de Desenvolvimento Proximal
  6. 6. "A criança responde às impressões que as coisas lhe causam com gestos dirigidos a elas“ Principais conceitos:1 – O movimento: expressão, instrumentos; 2 – As emoções: afetividade; 3 – A inteligência: sincrético e categórico;4 – A construção do EU: imitação e negação.
  7. 7. JESUS CRISTO Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e APRENDEI DE MIM, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. (Mateus 11:28,29)
  8. 8. VIAJANTE
  9. 9.  A TURMA NÃO ERA GRANDE MAS, ERA O SUFICIENTE PARA MULTIPLICAR SABERES.
  10. 10. PODER E AUTORIDADE NOS MOMENTOS DIFÍCEIS "E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança." Marcos 4:39”
  11. 11. JESUS CHOROU(JO 11:35)
  12. 12. Deixo-vos a paz, a minha pazvos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. João 14:27
  13. 13. Pois bem, se eu, sendoSenhor e Mestre de vocês,lavei os seus pés, vocêstambém devem lavar os pésuns dos outros.João 13:14
  14. 14. JESUS VIA A NECESSIDADE DE TRANSMITIR CONHECIMENTOS Quando Jesus saiu do barco e viu uma grande multidão, teve compaixão deles, porque eram como ovelhas sem pastor. Então COMEÇOU A ENSINAR-LHES MUITAS COISAS Marcos - 6:3. 4
  15. 15. O CENÁRIO Ao cair da tarde, os discípulos aproximaram-se dele e disseram: "Este é um lugar deserto, e já está ficando tarde.LIVRANDO DO PROBLEMA Manda embora a multidão para que possam ir aos povoados comprar comida". Mateus14:15 à 21
  16. 16.  Respondeu Jesus: "Eles não precisam ir. Deem-lhes vocês algo para comer".
  17. 17.  Eles lhe disseram: "Tudo o que temos aqui são cinco pães e dois peixes".
  18. 18.  "Tragam-nos aqui para mim", disse ele.
  19. 19.  E ordenou que a multidão se assentasse na grama. Tomando os cinco pães e os dois peixes e, olhando para o céu, deu graças e partiu os pães. Em seguida, deu-os aos discípulos, e estes à multidão.
  20. 20. Todos comeram e ficaram satisfeitos, e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços que sobraram. Os que comeram foram cerca de cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças.

×