Aae relatoriofinal

359 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aae relatoriofinal

  1. 1. ESCOLA S/3 ARQº OLIVEIRA FERREIRARELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DE ESCOLA ANO LETIVO 2011/2012
  2. 2. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraFICHA TÉCNICATítuloRelatório de Autoavaliação de EscolaCoordenaçãoDeolinda Rosa Camarinha da SilvaEquipaAnabela TomásIsabel Maria Cardoso Martins SilvaMaria Etelvina DiasMaria Celeste Pereira da SilvaDavid Manuel Pereira AzevedoRui Pedro T J S AlvesApoio InformáticoEduardo RoqueESAOFDezembro 2011 1
  3. 3. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraSIGLAS UTILIZADASAA - AutoavaliaçãoAAE - Avaliação Externa das EscolasADD – Avaliação do Desempenho DocenteAE – Associação de EstudantesAP – Área de ProjetoAPA – Apoio Pedagógico AcrescidoAPEE - Associação de Pais e Encarregados de EducaçãoAPesaof – Associação de Pais da Escola Arqº Oliveira FerreiraCDT – Coordenadora dos Diretores de TurmaCE- Comunidade EducativaCEB- Ciclo do Ensino BásicoCEF – Cursos de Educação e FormaçãoCF – Centro de FormaçãoCG – Conselho GeralCNO – Centro de Novas OportunidadesCP – Conselho PedagógicoCPro – Cursos ProfissionaisCT – Conselho de TurmaDC – Diretor de CursoDepC – Departamentos CurricularesDT – Diretores de TurmaEA – Estudo Acompanhado 2
  4. 4. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraEAA – Equipa de AutoavaliaçãoEE – Encarregados de EducaçãoFC – Formação CívicaGTA – Grupo de Teatro da Escola de ArcozeloIGE - Inspeção-Geral da EducaçãoNEE – Necessidades Educativas EspeciaisPAA – Plano Anual de AtividadesPCT – Projeto Curricular de TurmaPEE – Projeto Educativo de EscolaPM - Plano de MelhoriasPPT – Português Para TodosPTE – Plano Tecnológico da EducaçãoRAA - Relatório de AutoavaliaçãoRI – Regulamento InternoSAA – Sala de Apoio ao AlunoTIC- Tecnologias de Informação e de ComunicaçãoUO - Unidade Orgânica 3
  5. 5. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira ÍNDICEINTRODUÇÃO ………………………………………………………………………………………………………. 5METODOLOGIA ……………………………………………………………………………………………………. 6ANÁLISE E APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS ……………………………………………………… 7 Questionário aos Alunos ……………………………………………………………………………………………. 8 Questionário aos Professores …………………………………………………………………………………….. 12 Questionário aos Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais …………………………………. 17 Questionário aos Pais e Encarregados de Educação ……………………………………………………. 21CONCLUSÕES ………………………………………………………………………………………………………………. 28 4
  6. 6. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira INTRODUÇÃOConvocando o Projeto Educativo de Escola (PEE), nomeadamente o campo respeitanteà estratégia global para a Escola, verifica-se que entre as propostas apresentadassobressai a necessidade do desenvolvimento de práticas de avaliação interna mediantea reestruturação da equipa de autoavaliação da Escola e de envolvimento de todos osagentes no processo de autoregulação da Escola. Recorrendo ao relatório da InspeçãoGeral da Educação (IGE), decorrente do processo de avaliação externa realizada naEscola a 12 e 13 de abril de 2010, nomeadamente, no domínio “Capacidade deautoregulação e melhoria da Escola”, sublinha-se que a Escola “não dispõe de ummodelo estruturado e organizacionalmente assumido de autoavaliação que lhepermita, de forma sistemática, avaliar quer as atividades desenvolvidas quer as suasestruturas pedagógicas”.Os aspetos apontados pela IGE são, como se pode constatar, no âmbito daautoavaliação (AA), congruentes com as estratégias de ação definidas no PEE daEscola. Com efeito, tanto o PEE como o relatório da IGE registam deficiências nodomínio do processo de autoregulação da Escola, considerando aquele organismo quea autoavaliação está a ser realizada de forma incipiente. Tomando em linha de contaestes dados, a Escola concluiu sobre a necessidade da construção de um procedimentode AA de uma forma sustentada que permitisse fazer o mapeamento da Escolarelativamente aos elementos apontados na legislação em vigor.O presente relatório surge na decorrência do processo de AA, iniciado no ano letivo de2010/2011 e pretende divulgar junto da comunidade educativa os resultados obtidosmediante a aplicação de questionários aos alunos, aos professores, aos assistentestécnicos e técnicos operacionais e aos pais e encarregados de educação (EE). Assim, etendo em consideração as conclusões aqui apresentadas e as sugestões de todos osintervenientes, consideramos que é possível elaborar e implementar um Plano deMelhorias (PM) que nos permita chegar à meta desejada pela Escola S/3 ArquitetoOliveira Ferreira: Mais Competência, Mais Cidadania! 5
  7. 7. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira METODOLOGIAAté à elaboração do presente Relatório de Autoavaliação (RAA) foram percorridas asseguintes etapas: • Constituição de uma equipa de AA; • Elaboração do desenho da AA, incluindo a definição de objetivos, contextualização, metodologia de AA e calendários de execução; • Divulgação/envolvimento da Comunidade Educativa (CE) – construção de um blogue para fácil acessibilidade dos materiais e instrumentos da AA e recolha de comentários e sugestões dos diversos agentes educativos - http://autoavaliacaoesaof.blogspot.com/; • Seleção dos referentes e das dimensões; • Definição dos domínios, indicadores, métodos e Instrumentos de avaliação; • Criação e aplicação de questionários para recolha de informação; • Elaboração do Relatório de Autoavaliação (RAA). 6
  8. 8. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira ANÁLISE E APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS 7
  9. 9. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Questionário aos AlunosResponderam ao questionário 615 alunos, 409 do sexo masculino e 206 do sexofeminino. 58% dos alunos gosta da sua Escola. 58% dos alunos está satisfeito com a qualidade do ensino/aprendizagem prestado na sua Escola. Os alunos mostram um elevado interesse pelas visitas de estudo. O tipo de aulas preferidas pelos alunos é, por ordem decrescente: • Visitas de estudo (513) • No ginásio (414) • De trabalho de grupo (360) • Laboratoriais (347) • De trabalho de pares (258) • Trabalho de campo (243) • Com a utilização da Escola Virtual (236) • Nos espaços envolventes da Escola (173) • Na biblioteca (167) • De trabalho de pesquisa (143) • De pesquisa/investigação (139) • Práticas (resolução de fichas de trabalho/ resolução de exercícios) (136) • Com apresentação de trabalhos (74) • Expositivas (teóricas) (66) • De leitura (47) • Oficinas de escrita (39) • Outras (12) 68% dos alunos considera que as instalações da Escola estão em bom estado de conservação. Os espaços que os alunos mais gostam são por ordem decrescente: • Campo de jogos (458) • Ginásio (445) • Polivalente (410) • Bufete (358) • Espaços de recreio (335) • Laboratórios (207) • Biblioteca (180) • Refeitório (53) • Salas de aula (40) • Sala M (36) • Sala de Apoio ao Aluno (SAA) (29) • Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno (GIAA) (29) • Outros (13) 8
  10. 10. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Os espaços que os alunos menos gostam são por ordem decrescente: • Sala M (475) • Salas de aula (292) • Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno (GIAA) (231) • Sala de Apoio ao Aluno (SAA) (142) • Refeitório (173) • Biblioteca (85) • Laboratórios (77) • Polivalente (30) • Campo de jogos (24) • Espaços de recreio (23) • Ginásio (22) • Bufete (20) • Outros (15) 96% dos alunos tem computador pessoal. 39,5% dos alunos utiliza o computador em sala de aula. Dos alunos que utilizam computador em sala de aula, 4,7% utiliza sempre; 7,6% dos alunos raramente; 35% Utiliza frequentemente. 96% dos professores utiliza computador em sala de aula Destes, 2,4% utiliza raramente; 6,7% sempre e 87% utiliza frequentemente. 96% dos alunos faz trabalhos com o computador. 2,7% Raramente; 19% sempre; 75% muitas vezes. 42,4% dos alunos já frequentou aulas de apoio pedagógico acrescido (APA). 15,3% dos alunos que frequentou APA considera que essas aulas contribuíram pouco; 57,5% acha que contribuíram muito e 43,7% que contribuíram para o seu sucesso Escolar. 33,5% dos alunos participou em eventos de natureza cultural e/criativa; 4,2% raramente; 1,8% sempre e 31,3% muitas vezes. 57,3% dos alunos participou em atividades de enriquecimento curricular; 5,9% raramente; 3,3% sempre e 50,4% muitas vezes. 17,9% dos alunos já recebeu um prémio por participarem em atividades de enriquecimento curricular. 6,7% dos alunos classifica a divulgação das iniciativas /informações pela Escola insuficiente; 5,2 de excelente e 88,1% de boa. Os alunos recebem a informação acerca das iniciativas promovidas pela Escola, por ordem decrescente: • Pelos cartazes afixados nos espaços comuns (430) • Por contacto pessoal (diretor de turma, professores, outros…) (409) • Pela página da Escola (165) • Outra (13). 9
  11. 11. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Os alunos consideram que a informação relevante é divulgada… • A tempo (440) • Com rigor (281) • Com atraso (88) • Sem rigor (539) 36,6% dos alunos deixou de participar em iniciativas da Escola por não ter tido conhecimento das mesmas. A frequência com que isso aconteceu foi: • Uma vez (123 alunos) • Duas vezes (83 alunos) • Três ou mais vezes (40 alunos) 22,1% dos alunos conhece o Projeto Educativo de Escola (PEE). 5,7% dos alunos esteve envolvido na elaboração do PEE. 72,5% dos alunos conhece o Regulamento Interno (RI). 5,5% dos alunos esteve envolvido na elaboração do RI. 33,5% dos alunos conhece o Plano Anual de Atividades (PAA). 20,5% dos alunos costuma apresentar sugestões/ propostas para o Plano Anual de Atividades (PAA). 49,9% dos alunos já apresentou sugestões/ propostas de melhoria para a Escola, das quais 22,5% foram aceites. 82,4% dos alunos acha que existe indisciplina na Escola. Destes alunos, 25,4% acha que as medidas da Escola no combate à indisciplina são muito poucas; 10,8% muitas e 68,6% acham que as medidas são razoáveis. 47% dos alunos acha que a sala M (de mudança) contribui para a diminuição da indisciplina na Escola. 26,2% dos alunos Já foi para a sala M. 2,6% dos alunos acha o seu comportamento mau; 12,8% excelente e 85 % considera o seu comportamento razoável. 48,6% dos alunos conhece o Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno (GIAA). 12,3% dos alunos já frequentou o GIAA em regime de voluntariado. 74,6% dos alunos conhece a Sala de Apoio ao Aluno (SAA). 44,6% dos alunos Já frequentou Sala de Apoio ao Aluno. Destes, 89,4% por sua iniciativa e 72,2% por iniciativa dos professores. As atividades, realizadas na sala de apoio ao aluno, são por ordem decrescente: • Fazer os trabalhos de casa (199) • Estudar os conteúdos das aulas das várias disciplinas (178) • Fazer fichas de trabalho/testes das diferentes disciplinas (108) • Fazer outros trabalhos propostos pelos professores (103) • Esclarecer dúvidas com os professores de apoio (98) • Fazer pesquisa de informação em várias fontes (54) • Outras (18) As atividades foram feitas: • Individualmente (227) • Em pares (193) • Em grupo (50) 10
  12. 12. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira 8,3% dos alunos pertence ou já pertenceu a uma associação de estudantes na Escola. As atividades desenvolvidas, por estes alunos, foram por ordem decrescente: • Animação do polivalente (44) • Animação do Pavilhão Gimnodesportivo (43) • Concursos (fotografia, outros) (33) • Organização de eventos (30) • Comemoração de datas, acontecimentos… (29) • Dinamização de viagens dirigidas aos estudantes 16 • Outras (5) Dos alunos, que já foram membros de uma associação de estudantes, 11,4% esteve envolvido na elaboração de documentos da Escola. 19,9% dos alunos, como membros da associação de estudantes, apresentou ou tenciona apresentar sugestões/ propostas de melhoria para a Escola. 71,5% dos alunos conhece os cursos a funcionar na Escola. 64,2% dos alunos está satisfeito com os cursos que a Escola oferece. 27,5% dos alunos do 9ºAno tenciona continuar a estudar na Escola. Os cursos que estes alunos pretendem frequentar são por ordem decrescente: • Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias (28) • Curso Profissional de Técnico de Turismo (20) • Curso Profissional de Técnico de Informática de Gestão (19) • Curso Científico-Humanístico de Línguas e Humanidades (15) • Curso Profissional de Técnico de Design - Design de Equipamento (15) • Curso Profissional de Técnico de Restauração - variante Restaurante/Bar (13) 11
  13. 13. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Questionário aos ProfessoresResponderam ao questionário 94 professores, 82 do sexo feminino e 12 do sexomasculino.Quanto à categoria profissional, 75 pertencem ao Quadro de Escola, 15 sãocontratados e 4 apresentam outra situação.Quanto aos anos de docência, 2 têm menos de 5 anos, 6 têm entre 5 e 10 anos, 30 têmentre 11 e 20 anos e 56 têm mais de 20 anos.Quanto aos anos de serviço na Escola, 26 estão há menos de 5 anos, 10 estão entre 5 a10 anos, 40 estão entre 11 a 20 anos e 18 estão na Escola há mais de 20 anos. 87,2% dos professores sente-se bem identificado com a Escola/Unidade Orgânica. 84% está motivado no desempenho das suas funções. 92,5% trabalha tendo em vista as metas definidas pela Escola. 95,7% promove práticas que privilegiam a investigação e proporcionam metodologias ativas para os alunos. As metodologias utilizadas são, por ordem decrescente, as seguintes: • Pesquisa orientada (79) • Pesquisa autónoma (67) • Trabalho por pesquisa/investigação (61) • Apresentação de trabalhos (56) • Trabalhos práticos (49) • Utilização da Escola Virtual (31) • Trabalho de projeto (30) • Trabalho experimental (16) • Trabalho laboratorial (15) • Trabalho de campo (15) • Trabalho em oficina (11) • Outras (2) Os espaços utilizados são, por ordem decrescente, os seguintes: • Biblioteca (80) • Sala de computadores (38) • Auditório (24) • Laboratórios (19) • Outros (12) • Oficinas (8) • Pavilhão gimnodesportivo (3) 12
  14. 14. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira 94,6% utiliza as TIC na sua prática letiva. Recorrem às TIC (por ordem decrescente): • Em contexto de sala de aula (89) • Na preparação de materiais pedagógicos (82) • Em contacto com outros docentes (65) • Em interação com os alunos, em contexto extraletivo (60) • Outros (2) 96,8% promove atividades que conduzem à prática da cidadania. Neste âmbito, privilegiam, por ordem decrescente: • A atitude cívica em todos os espaços Escolares (88) • A atitude cívica na sala de aula (84) • A solidariedade entre todos os elementos da Comunidade Educativa (73) • A responsabilidade e a autonomia (57) • A participação nas atividades propostas pela Escola (51) • O respeito pela Unidade Orgânica (44) • Outros (1) 95,7% dos docentes promove uma cultura de colaboração na Unidade Orgânica. Neste âmbito, os documentos que partilham no trabalho em equipa são, por ordem decrescente: • Critérios de avaliação (84) • Modelos de planificação (83) • Materiais pedagógicos (83) • Outros (5) Reportando ao mesmo aspeto, os docentes concretizam a sua prática colaborativa (por ordem decrescente): • Em colaboração com as secções do seu Departamento Curricular (78) • Em trabalho de pares (49) • Em projetos coletivos (44) • Outros (3) 94,6% conhece o Regulamento Interno (RI). 2,1% dos docentes tem um conhecimento Básico deste documento; 84,9% revela um conhecimento Satisfatório e 13% tem um conhecimento Profundo. 24,7% dos docentes Raramente se preocupa em pôr em prática as orientações do RI; 39,8% Frequentemente segue as orientações e 35,5% põe Sempre em prática estas orientações. 93,6% conhece o Projeto Educativo de Escola (PEE). 4,4% dos docentes tem um conhecimento Básico deste documento; 81,2% possui um conhecimento Satisfatório e 14,4% tem um conhecimento Profundo. 3,3% dos docentes Raramente se preocupa em pôr em prática as orientações do PEE; 67,7% Frequentemente segue as orientações e 29% põe Sempre em prática estas orientações. 13
  15. 15. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira 15,2% colabora na elaboração do PEE. 71,3% apresentou sugestões/propostas de melhoria para a Escola. A apresentação das propostas foi feita: • ao Coordenador do Departamento (36) • ao Coordenador de Projetos (31) • à Direção (21) • ao Coordenador dos Diretores de Turma (15) • outros (2) Foram aceites as sugestões de 36,4% dos docentes. 88,3% dos professores conhece os projetos de âmbito nacional desenvolvidos na Escola. 10,6% dos docentes conhece Todos os projetos realizados por iniciativa da Unidade Orgânica; 61,7% conhece Alguns e 27,7% não conhece Nenhum. 90,4% dos docentes apresenta propostas para o Plano Anual de Atividades (PAA). 52,1% dos professores considera que as instalações e equipamentos da Escola estão em bom estado de conservação. O aspeto mais negativo ao nível das instalações/equipamentos é, por ordem decrescente: • Falta de limpeza (80) • Falta de material de uso corrente (46) • Inadequação face às condições climatéricas (36) • Mau estado de conservação (35) • Falta de conforto (32) • Desatualização (12) • Desativação (8) • Outros (5) 84% dos docentes conhece o Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno (GIAA). 94,6% dos professores conhece a Sala de Apoio ao Aluno (SAA). 84% entende que o apoio aos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) é eficaz. 60,6% entende que as Aulas de Apoio têm tido sucesso. 23,4% dos professores considera o ambiente educativo Indisciplinado; 74,5% considera-o Disciplinado e 2,1% considera-o Muito Disciplinado. 27,7% dos docentes entende que as medidas no combate à indisciplina são Muito Poucas; 68% entende que são Suficientes e 4,3% entende que são Muitas. 52,2% dos professores acha que a Sala M (de Mudança) contribui para a diminuição da indisciplina na Escola. 14
  16. 16. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Os professores recebem a informação acerca das iniciativas promovidas pela Unidade Orgânica: • pelos placards da sala dos professores (87) • por mail (85) • pelos cartazes afixados nos espaços comuns (67) • pelo contacto pessoal (62) • pela página da Escola (56) • outros (1) Os docentes entendem que a informação relevante é divulgada: • atempadamente (82) • com rigor (23) • com atraso (6) • sem rigor (5) 21,2% dos professores deixou de participar em iniciativas da Unidade Orgânica por não ter tido conhecimento das mesmas. 20% dos docentes deixou de participar nestas iniciativas uma única vez; 40% não participou duas vezes e 40% não participou três ou mais vezes. 15,9% dos professores já se sentiu prejudicado por não ter ocorrido uma divulgação eficaz das iniciativas relativas à sua carreira/categoria/cargo. 81,9% dos docentes pensa que os canais internos/externos de comunicação de informação são Eficazes; 18,1% pensa que são Ineficazes. 54,2% dos professores tem participado nas ofertas de formação da sua Unidade Orgânica. 36% obteve formação em Quadros Interativos Multimédia; 32% na Escola Virtual e 5% noutras modalidades. 76,5% tem frequentado ações externas à sua Unidade Orgânica. Os docentes realizaram formação (por ordem decrescente): • no Centro de Formação Aurélio da Paz dos Reis (64) • noutras instituições (Serviços Centrais do Ministério da Educação, Universidades, Institutos, Escolas Superiores de Educação) (20) • noutros Centros de Formação de Associação de Escolas (6) • noutros locais (1) 65.9% dos professores Nunca custeou as ações de formação; 24,5% custeou Às Vezes e 9,6% custeou Sempre. 52,2% dos professores considera que a Diretora tem em conta o perfil e as aptidões individuais dos docentes quando os escolhe para os diferentes cargos/funções e nos momentos em que tem de efetuar a distribuição de serviço. 46,8% dos docentes está satisfeito com o tipo de liderança da Escola. 15
  17. 17. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Os professores caracterizam essa liderança como: • Determinada em contribuir para a melhoria da imagem externa da Escola (62) • Empenhada na procura de soluções para os problemas da Escola (31) • Outras hipóteses (15) • Promotora da articulação entre as diferentes estruturas intermédias (14) • Aberta (12) • Democrática (12) • Fomentadora da comunicação interna e externa (9) 35,1% dos professores considera que tem alguma autonomia na tomada de decisões. 46,8% dos docentes considera as estruturas intermédias ativas. 60,6% dos professores concorda com o funcionamento dos Departamentos em Secções. 92,6% dos docentes pensa que há Algum grau de cooperação entre o pessoal docente; 5,3% pensa que não há Nenhum e 2,1% pensa que há Muito. 34% dos professores sente que a Unidade Orgânica caminha para ter “Mais Competência, Mais Cidadania”. 16
  18. 18. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Questionário aos Assistentes Técnicos e Técnicos OperacionaisResponderam ao questionário 49 assistentes1, 1 do sexo masculino e 49 do sexofeminino, sendo 85,7% assistentes técnicos e 12,2% técnicos operacionais. 85,7% tem de 11 a 20 anos de atividade. 12,3% tem mais de 20 anos de atividade. 2% dos respondentes têm menos de 5 anos de atividade. 85,7% tem de 11 a 20 anos de atividade nesta Escola. 12,3% tem mais de 20 anos de atividade nesta Escola. 2% dos respondentes tem menos de 5 anos de atividade nesta Escola. 26,5% dos respondentes gosta da Escola dos quais a maioria gosta razoavelmente da sua Escola, um gosta pouco e um gosta muito. Do que mais gostam na Escola é, por ordem decrescente: • estar com jovens/alunos (41) • o relacionamento que tenho com os outros agentes da Escola (7) • o modo como é gerida pela Direção (2) • outras (2) Do que menos gostam na Escola é, por ordem decrescente: • a falta de educação dos alunos (41) • a forma menos correta de alguns professores agirem (36) • a falta de colaboração dos professores (35) • a distância entre a Direção e os restantes elementos da comunidade Escolar (8) • a falta de colaboração entre colegas (5) • Outras (2) 85,7% dos assistentes considera que as instalações da Escola estão em mau estado de conservação, dos quais acham que a responsabilidade é, por ordem decrescente: • Dos alunos que a estragam (40) • Dos professores que não controlam os alunos (39) • Dos técnicos operacionais que não a cuidam (35) • Da Direção da Escola que não zela pela manutenção (35) • Da DREN (3) • Outras (1)1 O nº de respondentes ultrapassa o nº total de assistentes técnicos e técnicos operacionais existente naEscola, cujo total é 30. Este facto deve-se à metodologia usada para recolha das opiniões dos agentes dacomunidade Escolar e dos pais e EE – internet. Assim, ao longo da análise respeitante ao pessoal nãodocente, considerámos sempre o nº de respondentes, ou seja, 49 elementos. 17
  19. 19. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira O mais negativo ao nível das instalações é, por ordem decrescente: • falta de material de uso corrente (38) • falta de conforto (38) • desativação de materiais e equipamentos (4) • falta de limpeza (2) • inadequação face às condições climatéricas (2) • desatualização de materiais e equipamentos (1) 83,7% não costuma participar, dos quais 3 não se sentem integrados na Escola, 1 não se relaciona com os outros elementos da comunidade Escolar e 3 apresentam outras razões. 16,3% costuma participar nos eventos de natureza cultural, dos quais 3 raramente e 7 algumas vezes. Não há respondentes a acompanhar alunos com NEE. 100% dos assistentes acha razoável a divulgação das iniciativas/informações que a Escola veicula. O pessoal não docente recebe a informação acerca das iniciativas promovidas pela Unidade Orgânica: • pelos cartazes afixados nos espaços comuns (47) • por contacto pessoal (39) • por placard na sala do pessoal não docente (38) • por mail (2) • pela página da Escola (0) Os respondentes referem que a forma de receção da informação é feita: • Atempadamente (42) • Com rigor (37) • Sem rigor (4) • Com atraso (2) 89,8% referiu não ter sido prejudicado por não ter ocorrido uma divulgação eficaz das informações relativas à sua carreira/categoria/cargo. 18,4% já deixou de participar em iniciativas da Escola por não ter tido conhecimento das mesmas. A frequência com que isso aconteceu foi: • Uma vez (1) • Três ou mais vezes (6) 47 assistentes consideraram razoavelmente eficazes os canais internos/externos de comunicação de informação e 2 consideraram-nos ineficazes. 98% diz ter colaborado com a Escola e 2% não o fez. Dos que colaboram com a Escola e por ordem decrescente, fazem-no: • na limpeza (42) • na elaboração de documentos (4) • na organização da Escola (2) • na agilização (2) • noutras tarefas (2) 18
  20. 20. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira 85,7% não conhece o Projeto Educativo de Escola (PEE). 98% não esteve envolvido na elaboração do PEE. 89,8% conhece o Regulamento Interno (RI). 96% não esteve envolvido na elaboração do RI. 89,8% não conhece o Plano Anual de Atividades (PAA). Sobre os alunos desta Escola o número de respondentes por ordem decrescente indica: • má educação (43) • desrespeito pelo ambiente (36) • desobediência (14) • desrespeitado pelo ambiente (5) • acha outras caraterísticas (2) • cumpridores de regras (1) 96% acha que existe indisciplina na Escola, dos quais 39 respostas acham que as medidas de combate à indisciplina são muito poucas e 9 acham que são algumas apenas. 98% conhece a sala M (de mudança), dos quais 83,7% reconhece contribuir para a diminuição da indisciplina. 87,6% conhece a sala de apoio ao aluno (SAA). 83,7% conhece o Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno(GIAA). 83,7% não acha haver uma boa relação pedagógica entre professores e alunos. 100% acha que tem uma boa relação com os docentes e com os discentes. 24,5% está motivada para o desempenho das suas funções, dos quais 1 considera essa motivação baixa e os restantes 13 razoável. 12,4% está satisfeito com o tipo de liderança na Escola, em que 2 reconhecem estar pouco satisfeitos, 1 muito satisfeito e 5 razoavelmente satisfeitos. Quanto à caraterização da liderança na Escola, a ordem decrescente é: • Determinada em contribuir para a imagem externa da Escola (41) • Empenhada na procura de soluções para os problemas da Escola (6) • Fomentadora da comunicação interna e externa (5) • Democrática (4) • Outras (2) • Aberta (1) 87,6% acha que a Diretora da Escola não tem em conta o perfil e as aptidões individuais quando escolhe quem vai ocupar as diversas funções quando faz a distribuição de serviço. 100% conhece toda a oferta formativa da Escola. 87,6% não participa regularmente nos órgãos e estruturas intermédias onde devem estar presentes. 19
  21. 21. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira A imagem da Escola é por ordem decrescente: • Intermédia (43) • Muito negativa (5) • Muito positiva (1) 83,7% acha ter contribuído para alterar a imagem da Escola. A mudança de imagem da Escola considerada muito negativa/negativa foi por ordem decrescente: • Diminuir a indisciplina (41) • Melhorar as relações entre os elementos da comunidade Escolar (41) • Melhorar as relações entre os elementos da comunidade envolvente (40) • Tratar do aspeto exterior (3) • Melhorar a higiene das instalações (2) • Aumentar a oferta de cursos pela Escola (1) 83,7% colabora na resolução de problemas da Escola. 87,8% considera ter atuado de forma crítica/construtiva. 81,6% já apresentou sugestões/propostas para melhoria da Escola, das quais 97,4% não foram aceites. 83,7% sente que a Escola não caminha para ter “ Mais competência, mais cidadania”. 20
  22. 22. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Questionário aos Pais e Encarregados de EducaçãoResponderam ao questionário 289 pais/EE. 78,5% gosta da Escola que o seu educando frequenta. Dos que gostam da Escola, 67,5% está pouco satisfeito, 2,4% muito satisfeito e os restantes 30,1% razoavelmente satisfeito. Do que mais gostam da Escola é, por ordem decrescente: • Do relacionamento que o seu educando tem com os professores (247) • Do relacionamento que o seu educando tem com os colegas da Escola (40) • O modo como é gerida pela Direção (27) • Outras (8) • A empatia que têm com a Direção (2) Do que menos gostam na Escola é, por ordem decrescente: • A postura do pessoal não docente (205) • A distância entre a Direção e os restantes elementos da comunidade Escolar (155) • A forma menos correta de alguns professores agirem (95) • O ambiente entre os alunos (85) • Outras (18) 85,1% dos pais/EE considera que as instalações da Escola estão em mau estado de conservação. Acham que a responsabilidade é, por ordem decrescente: • Dos alunos que a estragam (218) • Da Direção da Escola que não zela pela manutenção (164) • Dos professores que não controlam os alunos (151) • Dos técnicos operacionais que não a cuidam (67) • Da DREN (32) • Outras (1) O mais negativo ao nível das instalações é, por ordem decrescente: • Falta de limpeza (215) • Falta de material de uso corrente (210) • Falta de conforto (168) • Desatualização de materiais e equipamentos (21) • Inadequação face às condições climatéricas (19) • Outras (12) • Desativação de materiais e equipamentos (11) 57,0% dos respondentes costuma participar em eventos de natureza cultural e/ou recreativa, dos quais 9 consideram que frequentam raramente, 2 sempre e 160 apenas algumas vezes. 21
  23. 23. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Dos 171 que participam fazem-no e, por ordem decrescente, pelas seguintes razões: • Gostam de se relacionar com os outros pais/EE (149) • Gostam de se relacionar com os outros elementos da Escola (11) • Apreciam o trabalho da Direção (9) • Gostam do ambiente (7) • Sentem-se integrados na Escola (7) Dos 116 que não participam, fazem-no e, por ordem decrescente, pelas seguintes razões: • Outras (78) • Não se sentem integrados na Escola (22) • Não gostam de se relacionar com os outros elementos da Escola (9) • Não gostam de se relacionar com os outros pais/EE (3) • Não apreciam o trabalho da Direção (2) • Não gostam do ambiente (2) 95,2% dos pais/EE, acha razoável a divulgação das iniciativas/informações que a Escola veicula, recebendo-as: • por contacto pessoal (221) • outros (34) • pela página da Escola (24) • pelos cartazes afixados nos espaços comuns (20) • por mail (2) A forma de receção da informação é feita: • Atempadamente (247) • Com rigor (211) • Com atraso (18) • Sem rigor (15) 84,0% já deixou de participar em iniciativas da Escola por não ter tido conhecimento das mesmas. A frequência com que isso aconteceu foi: • Três ou mais vezes (24) • Duas vezes (14) • Uma vez (7) 277 pais/EE consideraram razoavelmente eficazes os canais internos/externos de comunicação de informação, 4 totalmente eficazes e 8 consideraram-nos ineficazes. 77,5% diz ter colaborado com a Escola e 22,5% não o fez. Dos que colaboram com a Escola e por ordem decrescente, fazem-no: • Noutras tarefas (59) • Na elaboração de documentos Escolares (4) • Na agilização das tarefas mais complexas (3) • Na organização de eventos/atividades Escolares (3) 22
  24. 24. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira 99,6% conhece as tarefas que deve desempenhar como encarregado de educação, dos quais cumprem as tarefas seguintes, por ordem decrescente: • Justificam as faltas do educando em tempo oportuno (287) • Comparecem em todas as reuniões (285) • Tomam conhecimento dos resultados das avaliações formais do educando (285) • Criam as condições para que o educando seja assíduo e pontual (283) • Acompanham o estudo do seu educando em casa (272) • Proporcionam uma alimentação variada e equilibrada (271) • Verifica se o educando cumpre as tarefas diárias (267) • Procuram informar-se dos momentos formais de avaliação (265) • Vão à Escola espontaneamente (236) • Outros (3) 94,8% dos respondentes desloca-se à Escola para contactar o/a diretor(a) de turma, dos quais 254 deslocam-se com relativa frequência à Escola, 11 raramente e 10 muitas vezes. 213 pais/EE já apresentaram sugestões/propostas para a melhoria da Escola, dos quais 208 referiram que as mesmas não foram aceites. 99,3% não costuma apresentar sugestões para o Plano Anual de Atividades (PAA). 71,6 % não conhece o Projeto Educativo de Escola (PEE). 99,7% não esteve envolvido na elaboração do PEE. 89,6% conhece o Regulamento Interno (RI). 97,9% não esteve envolvido na elaboração do RI. 73,4% não conhece os projetos de âmbito nacional desenvolvidos na Escola. 78,2% não conhece os projetos realizados por iniciativa da Escola. Sobre os alunos desta Escola o número de respondentes, por ordem decrescente, indica: • desobedientes (240) • mal educados (234) • respeitadores do ambiente (212) • desrespeitadores do ambiente (37) • bem educados (29) • cumpridores de regras (22) • com outras caraterísticas (20) • obedientes (17) 93% acha que existe indisciplina na Escola, dos quais 206 respostas acham que as medidas de combate à indisciplina são muito poucas, 9 acham que são muitas e 59 acham que são apenas algumas. 83,7% conhece a sala M (de mudança), dos quais 77,8% reconhecem contribuir para a diminuição da indisciplina. 82 % conhece a sala de apoio ao aluno (SAA). 85,8% não conhece o Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno(GIAA). 23
  25. 25. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira 92% conhece as estratégias de atuação dos professores para a melhoria dos resultados dos alunos, dos quais conhecem as seguintes estratégias e por ordem decrescente: • Aulas de recuperação (257) • Apoio Pedagógico Acrescido (224) • Intensificação dos trabalhos de casa (216) • Diversificação das estratégias da sala de aula (81) • Preparação para os exames (39) • Outras (1) 87,9% considera positivo o resultados da utilização destas estratégias. 69,9% não recorre a apoio externo para melhorar os resultados Escolares do seu educando. Dos 87 que responderam que recorriam a apoio externo, fazem-no por ordem decrescente com/em: • Centro de estudos (66) • Familiares (56) • Explicações individuais (20) • Mestras (6) 96,9% sente que o conselho de turma se preocupa com os resultados Escolares do seu educando, em que o grau de preocupação é muito para 22 pais/encarregados de educação, é pouca para um pai/encarregado de educação e que revela bastante preocupação para a maioria, cerca de 258. 95,3% acha que o seu educando aprende na Escola. Por ordem decrescente, os respondentes acham que a aprendizagem é porque: • O seu educando é interessado (252) • O seu educando é bom aluno (188) • Os professores são bons (91) • Como é bom comportado aprende bem (42) • Outros (5) Dos que acham que o seu educando não aprende na Escola é, por ordem decrescente, porque: • Ele não se interessa pela Escola (4) • Os professores não são bons (4) • A turma é má (8) • É muito distraído (6) • Outras razões (1) 91,7% acha que a relação pedagógica entre professores e alunos é boa e os restantes 8,3% acha que é excelente. 75% acha que a resposta educativa é adequada ao seu educando, dos quais e por ordem decrescente acha que é por ter: • Turma com bons professores (190) • Bom horário (184) • Turma pouco numerosa (23) • Turma com alunos bem comportados (17) • Outras (2) 24
  26. 26. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Dos que não acham haver uma resposta educativa adequada, 25%, é, por ordem decrescente, por haver: • Turma com problemas disciplinares (70) • Turma muito grande (59) • Mau horário (8) • Outras (3) • Turma com maus professores (3) 25% está satisfeito com o tipo de liderança na Escola, em que 5 reconhecem estar pouco satisfeitos, 6 muito satisfeitos e 61 razoavelmente satisfeitos. Quanto à caraterização da liderança na Escola, a ordem decrescente é: • Determinada em contribuir para a imagem externa da Escola (176) • Outras (62) • Empenhada na procura de soluções para os problemas da Escola (43) • Aberta (30) • Democrática (15) • Fomentadora da comunicação interna e externa (11) 91,7% conhece a oferta formativa da Escola. Por ordem decrescente conhece: • Centro de Novas Oportunidades (261) • Cursos Profissionais (244) • Cursos de Educação e Formação (239) • Cursos de Educação e Formação para Adultos (227) • Ensino Básico Regular (225) • Ensino Secundário Regular (87) 92,7% está satisfeito com os cursos que a Escola oferece. 69,9% não está satisfeito pelo esforço realizado pela Escola na concretização da igualdade de oportunidades. Dos que responderam sim, 7 estão muito satisfeitos, 50 satisfeitos e os restantes 27 razoavelmente satisfeitos. 28,7% dos pais/EE tenciona manter o seu educando nesta Escola até ao final do ensino secundário e justifica essa opção, por ordem decrescente, pelo seguinte: • Porque é a Escola mais perto de casa (63) • Porque os professores são bons (34) • Porque o educando gosta de toda a comunidade Escolar (31) • Porque há facilidade no transporte (27) • Porque sente que o seu educando está bem acompanhado (27) • Porque a Escola funciona bem (25) • Porque é uma Escola com segurança (18) • Porque está próxima do local de trabalho (14) • Outros motivos (4) 25
  27. 27. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira Dos 71,3% pais/EE que não tenciona manter o seu educando nesta Escola até ao final do ensino secundário justifica essa opção, por ordem decrescente, pelo seguinte: • Porque há muita indisciplina (202) • Porque o educando não gosta da comunidade Escolar (147) • Porque não há segurança na Escola (145) • Porque a Escola não funciona bem (25) • Porque não prepara os alunos para o futuro (5) • Outras (2) • Porque os professores não são bons (2) A imagem da Escola é, por ordem decrescente: • Muito negativa (198) • Intermédia (88) • Muito positiva (3) 72% acha ter contribuído para alterar a imagem da Escola. A mudança de imagem da Escola considerada muito negativa/negativa foi assim considerada por ser necessário, por ordem decrescente: • Diminuir a indisciplina (233) • Melhorar as relações entre os elementos da comunidade Escolar (208) • Melhorar a higiene das instalações (171) • Melhorar as relações entre a Escola e os pais/EE (159) • Outras (53) • Melhorar as relações entre os elementos da comunidade envolvente (40) • Tratar do aspeto exterior (21) • Aumentar a oferta de cursos pela Escola (19) 76,5 % tem colaborado na resolução de problemas da Escola. Apenas 43,6% participa com regularidade nos órgãos e estruturas intermédias a que pertencem. 83,4% considera ter atuado de forma crítica/construtiva. 4,5% pertence/pertenceu a uma associação de pais/EE desta Escola. Desta representação, 13 pais/EE, apenas 9 participa/participou regularmente nos órgãos e estruturas onde deve/devia estar representado, dos quais desenvolvem/desenvolveram as seguintes atividades, por ordem decrescente: • Organização de eventos (3) • Animação do Pavilhão Gimnodesportivo (2) • Animação do Polivalente (2) • Dinamização de viagens (2) • Outras (2) • Comemoração de efemérides (1) • Concursos (1) 26
  28. 28. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira 11 pais/EE que já pertenceram a uma associação desta Escola, apresentaram sugestões/propostas de melhoria para a Escola e 9 colaboraram/colaboram com a Escola na resolução de problemas. 13 pais/EE consideram ter atuado ou atuar de forma construtiva. A imagem da Escola na perspetiva dos pais/EE que foram/são da associação desta Escola consideram-na, por ordem decrescente: • Intermédia (18) • Muito negativa (4) • Muito positiva (1) 83% dos que considera a imagem da Escola negativa afirma ter tomado ou tomar atitudes de mudança . 74,7% sente que a Escola não caminha para ter “ Mais competência, mais cidadania”. 27
  29. 29. ES/3 Arquiteto Oliveira Ferreira CONCLUSÕESGRAU DE SATISFAÇÃO/IDENTIFICAÇÃO COM A ESCOLAAlunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais58% 87,2% 26.5% 78.5%58% dos alunos gostam da Escola e estão satisfeitos com a qualidade doensino/aprendizagem prestado na sua Escola.As aulas preferidas pelos alunos são, fundamentalmente, as visitas de estudo, noginásio, de trabalho de grupo, laboratoriais, de trabalho de pares, de trabalho decampo e com a utilização da Escola Virtual.Os espaços mais apreciados pelos alunos são: o campo de jogos, o ginásio, opolivalente, o bufete, espaços de recreio, laboratórios e biblioteca. Os espaços quemenos gostam são a Sala M e as salas de aula.Apenas os Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais não gostam da Escola.Contudo, a maioria dos pais e EE, embora goste da Escola, mostra-se pouco satisfeito(67.5%).RAZÕES APRESENTADAS Assistentes Técnicos e Pais e EE Técnicos Operacionais Falta de Educação dos alunos A postura do pessoal não docente A forma menos correta de alguns A distância entre a Direção e os professores agirem restantes elementos da comunidade A falta de colaboração dos professores A forma menos correta de alguns professores agiremGRAU DE MOTIVAÇÃO Professores Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais 84,% 24.5%Conclui-se que o grau de motivação dos Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais émuito reduzido. 28
  30. 30. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraPARTICIPAÇÃO NA VIDA DA ESCOLA Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais Colaboração com a ---------- ---------- 98% 77.5% EscolaSugestões/Propostas 49.9% 71.3% 81.6% 73.7% de Melhoria Aceitação das 22,5% 36,4% 2,6% 28% propostas Resolução de ---------- ---------- 83.7% 76.5%problemas da Escola Órgãos e Estruturas 8,3% 87,2% 12.4% 43.6% Intermédias PAA 20.5% 90.4% 0% 0.7% Eventos 33.5% 78,8% 16.3% 57% APEE ---------- ---------- ---------- Pertencem ou pertenceram (4.5%) AE Pertencem ---------- ---------- ---------- ou pertenceram (8.3%)Há ainda um grande défice de participação na vida da Escola por parte do pessoal nãodocente, dos alunos e dos pais e EE. A participação destes últimos prende-sesobretudo com as deslocações à Escola para contactar com o(a) Diretor(a) de Turma.Os Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais que dizem ter colaborado com aEscola salientam que o fazem sobretudo na limpeza.Os Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais e os pais e EE que colaboraram naresolução de problemas da Escola consideram ter atuado de forma crítica/construtiva.Conclui-se ainda que as sugestões dos diversos agentes são ainda pouco aceites. 29
  31. 31. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraCIRCUITOS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTERNA E EXTERNA Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais Eficácia Boa (88.1%) Eficazes (81.9%) Razoável (100%) Razoável (95.2%) Meio(s) de Cartazes Placards da sala Cartazes Contactocomunicação afixados nos dos professores afixados nos pessoal espaços e E-mail espaços comuns e comuns, Contacto contacto pessoal Pessoal e placard na sala do pessoal não docenteClassificação A tempo Atempadamente Atempadamente Atempadamenteda divulgação mas sem e com rigor e com rigor e com rigordas iniciativas rigor/informações pela EscolaTodos os agentes educativos consideram, de uma forma geral, razoavelmente eficazesos canais de comunicação de informação. No entanto, divergem quanto à forma dereceção da informação, já que só os professores privilegiam as TIC para receber asinformações.INSTALAÇÕES/EQUIPAMENTOS Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais Estado de Bom (68%) Bom (52.1%) Mau (85.7%) Mau (85.1%) ConservaçãoResponsabilidade ________ ________ Alunos, Direção Alunos, Direção e professores e professores Aspetos mais Falta de Falta de Falta de negativos ________ limpeza, de material de uso limpeza, de material de uso corrente e de material de uso corrente e conforto corrente e de inadequação às conforto condições climatéricas 30
  32. 32. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraOs Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais e os Pais e EE consideram que a Escolase encontra em mau estado de conservação apontando como responsáveis os alunosque estragam as instalações e equipamentos, a Direção que não zela pela suamanutenção e os professores que não controlam os alunos. Quanto aos aspetos maisnegativos há unanimidade, por parte dos professores e dos pais e EE, quanto à falta delimpeza e de material de uso corrente, enquanto os Assistentes Técnicos e TécnicosOperacionais assinalam a falta de material de uso corrente e de conforto.GRAU DE CONHECIMENTO DOS DOCUMENTOS ESTRUTURANTES Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais PEE Não Conhecimento Não conhecem Não conhecem conhecem satisfatório (85.7%) (71.6%) (77.9%) (81.2%) RI Conhecem Conhecimento Conhecem Conhecem (72.5%) satisfatório (89.8%) (89.6%) (84.9%) PAA Não ________ Não conhecem ________ conhecem (89.8%) (66.5%)Os professores, embora tenham um conhecimento satisfatório do PEE e do RI, só39.8% segue as orientações do RI frequentemente.Os pais e EE manifestam o seu desconhecimento face ao PEE. O mesmo se passa comos alunos e os Assistentes Técnicos e Técnicos Operacionais que também, na suamaioria, desconhecem o PAA.Embora alguns agentes educativos digam conhecer os documentos estruturantes émuito baixa a % daqueles que estiveram envolvidos na sua elaboração,nomeadamente do PEE e do RI. 31
  33. 33. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraGRAU DE CONHECIMENTO DOS PROJETOS DE ESCOLA Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais De âmbito _____ Conhecem _____ Não conhecem nacional (88.3%) (73.4%)Por iniciativa _____ Conhecem todos _____ Não conhecem da Escola os projetos (78.2%) (10.6%)Uma percentagem significativa de docentes (61.7%) apenas conhece alguns dosprojetos realizados por iniciativa da UO.TRABALHO COOPERATIVO ENTRE DOCENTES95.6% refere que promove uma cultura de colaboração na UO, embora o faça, na suamaioria, nas secções dos Departamentos Curriculares e o trabalho em equipa se faça,fundamentalmente, para a produção de materiais pedagógicos (critérios de avaliação,modelos de planificação e outros). Pode-se concluir que o trabalho cooperativo decarácter interdisciplinar é pontual e incipiente. Aliás, os professores consideram, nasua maioria (92.6%) que há algum grau de cooperação entre o pessoal docente.PRÁTICAS DOCENTESA maioria dos docentes trabalha tendo em vista as metas da Escola, promove práticasque privilegiam a investigação, proporcionando aos alunos metodologias ativas(pesquisa orientada, pesquisa autónoma, trabalho por pesquisa/investigação,apresentação de trabalhos, trabalhos práticos, utilização da Escola virtual, trabalho deprojeto, entre outras), utilizando espaços como a biblioteca, as salas de computadorese o auditório. Promovem, ainda, atividades que conduzem à cidadania, como, porexemplo, investindo na assunção, por parte dos alunos, de uma atitude cívica nosespaços Escolares e na sala de aula e no incremento da solidariedade entre todos oselementos da CE.Nas suas práticas utilizam as TIC, fundamentalmente em contexto de sala de aula, napreparação de materiais pedagógicos e no contacto com outros docentes. 32
  34. 34. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraAS TIC NAS PRÁTICAS DOCENTES – Opinião dos AlunosUtilização Regularidade Alunos Utilização Regularidade Alunos que Regularidade pelo com que os com pc do com que os realizam com que osprofessor professores pessoal computador alunos utilizam trabalhos alunos na sala utilizam o pelo aluno o pc na aula com fazem de aula computador na aula computador trabalhos no computador 96% Frequentemente 96% 39.5% Frequentemente 96% Muitas (87%) (35%) vezes (75%)Pode-se concluir que a utilização das TIC faz parte integrante do trabalho dosprofessores com os seus alunos.FORMAÇÃO PROFISSIONAL DOCENTE54,2% dos professores tem participado nas ofertas de formação da sua UO: 36%obteve formação em Quadros Interativos Multimédia, 32% na Escola Virtual e 5%noutras modalidades.76,5% tem frequentado ações externas à sua Unidade Orgânica.Os docentes realizaram formação, fundamentalmente, no Centro de Formação Aurélioda Paz dos Reis, embora outros tenham frequentado outras instituições (ServiçosCentrais do Ministério da Educação, Universidades, Institutos, Escolas Superiores deEducação) e outros Centros de Formação de Associação de Escolas. 33
  35. 35. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraMEDIDAS DE APOIO EDUCATIVO Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais SAA Conhecem Conhecem Conhecem Conhecem (44.6%) (94.6%) (87.6%) (82%) Aulas de Já frequentaram Têm sucesso ______ ______ Apoio (42.4%) (60.6%) Acham que contribuíram muito para o seu sucesso Escolar (57.5%)Medidas de ______ Eficazes ______ ______ Apoio aos (60.6%)Alunos com NEE GIAA Conhecem Conhecem Conhecem Conhecem (48.6%) (84%) (83.7%) (14.2%)Dos alunos que frequentaram a SAA, 89.4% foi por sua iniciativa e 72.2% por iniciativados professores. As atividades que realizaram foram, fundamentalmente, fazer ostrabalhos para casa, estudar os conteúdos das várias disciplinas e fazer fichas detrabalho/testes das diferentes disciplinas. As atividades foram feitas,maioritariamente, individualmente e em pares.Dos alunos que conhecem o GIAA, 12.3% já frequentou este Gabinete em regime devoluntariado. 34
  36. 36. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraRESPOSTA EDUCATIVA – A VISÃO DOS PAIS E EEEstratégias Grau de Recurso a Grau de Perceção Adequaçãode atuação eficácia das apoio preocupação quanto à da resposta para a estratégias externo do CT com os aprendizagem educativa melhoria resultados dos alunos na dos Escolares Escolaresultadosdos alunosConhecem Positivo Não Bastante Acham que Adequada (92%) (87.9%) recorrem (258 aprendem (75%) (69.9%) respondentes) (95.3%)Os pais e EE conhecem, na sua maioria, as estratégias de atuação dos professores paraa melhoria dos resultados dos alunos, sublinhando, as aulas de recuperação, o APA e aintensificação dos trabalhos para casa.Embora a maioria dos pais e EE considere que os seus educandos aprendem na Escolarealçam que isto se deve, fundamentalmente, ao facto de serem interessados e bonsalunos.Os pais e EE reconhecem que a resposta educativa é adequada, devendo-se ao factodas turmas terem bons professores e ao horário ser bom. Os que consideram que aresposta educativa não é adequada destacam a indisciplina existente nas turmas e oelevado nº de alunos por turma.RELAÇÃO ENTRE OS ELEMENTOS DA COMUNIDADE ESCOLAR Assistentes Técnicos e Pais e EE Técnicos Operacionais Relação Pedagógica Não acham que haja Boa (91.7%) boa relação (83.7%)Relação PND – docentes Boa (100%) _____Relação PND – discentes Boa (100%) _____A análise das respostas conduz à conclusão de que, na generalidade, existe uma boarelação entre os elementos da Comunidade Escolar. 35
  37. 37. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraINDISCIPLINA Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos OperacionaisCaraterização Comportamento _______ Mal educados e Desobedientes dos alunos razoável (85%) desrespeitadores e mal educados do ambiente Indisciplina 82.4% 23.4% 96% 93% Medidas de Razoáveis Suficientes Muito poucas Muito poucas combate à (68.6%) (68%) (76.4%) (71.3%) indisciplina Sala M Foram para a _______ Conhecem (98%) Conhecem sala (26.2%) (83.7%)Contributo da Diminui a Diminui a Diminui a Diminui aSala M para o indisciplina indisciplina indisciplina indisciplina combate à (47%) (52.2%) (83.7%) (77.8%) indisciplinaSó uma baixa % de professores considera que há indisciplina na Escola. Todos osagentes, na sua maioria, com exceção dos alunos, considera que a sala M contribuiupara a diminuição da disciplina.IMAGEM DA ESCOLA Assistentes Técnicos e Pais e EE Técnicos Operacionais Imagem da Intermédia (87.8%) Muito negativa (68.5%) EscolaContributo para Contribuíram (83.7%) Contribuíram (72%) a alteração da imagem da Escola Soluções Diminuir a indisciplina e Diminuir a indisciplina e melhorar as melhorar as relações entre relações entre os elementos da os elementos da Escola e Escola, melhorar a higiene das entre a comunidade instalações e melhorar as relações envolvente entre a Escola e os pais e EEA imagem da Escola é considerada muito negativa para os pais e EE, que atribuem essefacto à indisciplina, aos problemas relacionais entre os elementos da ComunidadeEducativa e à pouca higiene das instalações. 36
  38. 38. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraLIDERANÇA Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais Grau de Satisfação Satisfeitos Satisfeitos Satisfeitos (46.8%) (12.4%) (25%) Caraterização Determinada em Determinada em Determinada em contribuir para a contribuir para a contribuir para a melhoria da imagem melhoria da melhoria da externa da Escola e imagem externa imagem externa empenhada na da Escola da Escola procura de soluções para os problemas da UOValorização do perfil 52.2% 12.4% ________ e aptidões individuais na distribuição de serviço e de cargos/funções Promotora de 35.1% ________ ________ autonomia natomada de decisões por parte dosagentes educativosNa sua maioria a CE está insatisfeita com a liderança da Escola, considerando que estaestá essencialmente determinada em contribuir para a melhoria da imagem externa daEscola. A análise dos resultados mostra ainda um défice ao nível da gestão dosrecursos humanos.GESTÃO INTERMÉDIA46.8% dos docentes considera as estruturas intermédias ativas e 60.6% concorda como funcionamento dos Departamentos em Secções. 37
  39. 39. ES/3 Arquiteto Oliveira FerreiraOFERTA FORMATIVA Alunos Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos Operacionais Grau de 71.5% 100% 91.7% conhecimento Grau de 64.2% ------------ 92.7% satisfaçãoContinuidade na 27.5% ----------- 28.7% Escola até ao final do ES Razões para a ----------- ----------- É a Escola mais perto decontinuidade na casa, os professores são Escola bons e o educando gosta de toda a comunidade Escolar Cursos Curso Científico- ----------- ----------- pretendidos Humanístico de Ciências e Tecnologias, Curso Profissional de Técnico de Turismo e Curso Profissional de Técnico de Informática e Gestão Razões para a ----------- ----------- Muita indisciplina, o mudança de educando não gosta da Escola comunidade Escolar e não há segurançaOs resultados mostram um elevado grau de conhecimento e satisfação face à ofertaformativa, embora poucos pretendam continuar na UO após a conclusão do 3ºCEB.LEMA DA ESCOLA “Mais Competência, Mais Cidadania” Alunos Professores Assistentes Pais e EE Técnicos e Técnicos OperacionaisA UO no caminho de ----------- Não (66%) Não (83.7%) Não (74.7%)“Mais Competência, Mais Cidadania”A CE considera que a Escola ainda não encontrou o caminho para atingir “MaisCompetência, Mais Cidadania”. 38

×