As Letras falam? O que dizem as letras…
De casaco vestido e com  os olhos bem abertos, saímos da escola e fomos à procura  de letras e tentar descobrir qual a sua...
E descobrimos que as letras estão em toda a parte, que servem para nos informar, transmitir mensagens, comunicar e explica...
Nas matriculas dos caros...
A informar que a nossa escola está em obras…
“ Olha, olha… ali na varanda!!! Para informar que a casa está à venda…
andam nos carros… Dão o nome  às  ruas , … e até nas ambulâncias
Servem para ensinar o caminho… Para   mandar parar os carros… E dizer de quem é o sinal…
Podem estar na estrada… No contentor do lixo… … ou nas tampas da água.
Nas paredes… Nas portas dos restaurantes… E nas entradas das fábricas…
Na porta do nosso clube… Do supermercado da tia da Rita… … e  nos camiões.
Nos nomes dos restaurantes…. …  e das fábricas.
Nos nossos brinquedos… Nas nossas camisolas… … e até nas nossas mochilas!!!
Mas querem saber o melhor; as letras são comuns a muitas palavras e podem ser utilizadas vezes sem fim, como nós descobrim...
No nome da fábrica havia  letras que eram comuns a quase todos os nomes dos meninos da sala. Só não havia o  G  de Gonçalo...
Esta actividade surgiu depois do “Jornal de Letras” ter publicado uma notícia acerca do nosso projecto. Eles aderiram com ...
Este é o artigo acerca do nosso projecto…
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

L E T R A S

623 visualizações

Publicada em

Fomos à procura de letras

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
623
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
327
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

L E T R A S

  1. 1. As Letras falam? O que dizem as letras…
  2. 2. De casaco vestido e com os olhos bem abertos, saímos da escola e fomos à procura de letras e tentar descobrir qual a sua função. Onde estão as letras e para que servem?
  3. 3. E descobrimos que as letras estão em toda a parte, que servem para nos informar, transmitir mensagens, comunicar e explicar muitas coisas. As letras falam connosco. Querem saber como? Então vejam lá… Assim que saímos da escola, elas lá estavam, por toda a parte…
  4. 4. Nas matriculas dos caros...
  5. 5. A informar que a nossa escola está em obras…
  6. 6. “ Olha, olha… ali na varanda!!! Para informar que a casa está à venda…
  7. 7. andam nos carros… Dão o nome às ruas , … e até nas ambulâncias
  8. 8. Servem para ensinar o caminho… Para mandar parar os carros… E dizer de quem é o sinal…
  9. 9. Podem estar na estrada… No contentor do lixo… … ou nas tampas da água.
  10. 10. Nas paredes… Nas portas dos restaurantes… E nas entradas das fábricas…
  11. 11. Na porta do nosso clube… Do supermercado da tia da Rita… … e nos camiões.
  12. 12. Nos nomes dos restaurantes…. … e das fábricas.
  13. 13. Nos nossos brinquedos… Nas nossas camisolas… … e até nas nossas mochilas!!!
  14. 14. Mas querem saber o melhor; as letras são comuns a muitas palavras e podem ser utilizadas vezes sem fim, como nós descobrimos quando parámos à frente da fábrica dos fogões. Ora vejam lá…
  15. 15. No nome da fábrica havia letras que eram comuns a quase todos os nomes dos meninos da sala. Só não havia o G de Gonçalo, de Gustavo e de Guilherme. Mas havia O , e G o nçalo tem O , havia U de G u stav o e E de G u ilh e rm e . Descobrimos também que as letras, se estão sozinhas, não conseguem dizer muitas coisas. Só conseguem falar connosco se andarem em pequenos grupos, por determinada ordem, muito juntinhas e de mãos dadas!
  16. 16. Esta actividade surgiu depois do “Jornal de Letras” ter publicado uma notícia acerca do nosso projecto. Eles aderiram com muito entusiasmo e continuam a descobrir muitas coisas acerca das letras e da importância que elas têm na nossa vida. A actividade ainda está muito longe de terminar pois todos os dias se descobrem coisas novas. Eles estão muito curiosos e percebem que a leitura não é uma coisa de “velhotes”, como dizia o Sebastião, mas que é imprescindível no nosso dia-a-dia. Jardim de Infância de S. Bento – Valejas Ano lectivo 2009/2010
  17. 17. Este é o artigo acerca do nosso projecto…

×