TEINA
Um pouco da história… <ul><li>Desde os tempos mais remotos que o teatro tem um papel importante na educação dos alunos que...
D. Beltrão de Figueiroa <ul><li>Esta peça foi estreada no ano de fundação do TEINA. </li></ul><ul><li>Não existe ficha téc...
Cats <ul><li>Esta produção, no ano lectivo de 1999/2000, começou com uma “brincadeira” que deu inicio ao TEINA moderno. Em...
O canto da terra <ul><li>“ Se cuidares da terra, ela cuidará de ti” </li></ul><ul><li>Foi esse o princípio que levou à rea...
Os Contadores De Histórias <ul><li>Aqui e ali ainda são visíveis ruínas, ecos do grande confronto que tudo destruiu. A fac...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Katty E Ines

529 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Katty E Ines

  1. 1. TEINA
  2. 2. Um pouco da história… <ul><li>Desde os tempos mais remotos que o teatro tem um papel importante na educação dos alunos que frequentaram o Instituto Nun’Alvres. Mas, por varias razões, foi-se perdendo esta tradição, até adormecer quase por completo. Em 1994/95, João Regueiras, fundou o TEINA (Teatro Experimental do I.N.A), os alunos aderiram á ideia e com o passar dos anos o grupo cresceu, e continua a crescer… Já foram muitas as peças que se fizeram até agora, e vamos mostrar-vos um pouco do que foi e do que continua a ser esta maravilhosa produção! </li></ul>
  3. 3. D. Beltrão de Figueiroa <ul><li>Esta peça foi estreada no ano de fundação do TEINA. </li></ul><ul><li>Não existe ficha técnica, pois, não se pensava que o grupo tivesse algum futuro. Todos os aspectos técnicos, foram assumidos por João Regueiras e alguns alunos do 9º ano, com a colaboração do professor Humberto Coelho, da professora Mª do Céu Pinheiro e alguns “carolas”. </li></ul><ul><li>Quase todo o material era emprestado. Decorreu no último andar do pavilhão da Igreja, do nosso Colégio, sobe a direcção do professor João Junqueira. </li></ul>
  4. 4. Cats <ul><li>Esta produção, no ano lectivo de 1999/2000, começou com uma “brincadeira” que deu inicio ao TEINA moderno. Em 1999, apresentou-se um excerto nas iniadas, e no ano seguinte varias vezes. </li></ul><ul><li>A partir do DVD original da obra, foram copiadas as coreografias e gravadas as músicas em CD’s. através da Internet, conseguiram-se as mascaras de maquilhagem e as anotações de cenografia. </li></ul><ul><li>Foi apresentado integralmente no auditório Padre António Vieira, um excerto na Abertura solene das Iníadas desse ano lectivo e várias vezes em excertos, durante o ano seguinte. </li></ul>
  5. 5. O canto da terra <ul><li>“ Se cuidares da terra, ela cuidará de ti” </li></ul><ul><li>Foi esse o princípio que levou à realização desta obra. São palavras simples, de povos simples que devíamos lembrar no “corre…corre” do dia a dia… </li></ul><ul><li>O conhecimento, para esses povos, era passado de boca em boca nas suas tradições. Das suas lendas e histórias, contadas à volta do fogo, aprendemos algumas lições de vida, que estão escondidas no sumo que brota de cada uma delas,… devagar,…de geração em geração! </li></ul><ul><li>E a “obra” nasceu, e “marcou” bem no fundo do peito de quem assistiu e os aplausos não foram “simpáticos”, mas reconhecidos e merecidos! </li></ul>
  6. 6. Os Contadores De Histórias <ul><li>Aqui e ali ainda são visíveis ruínas, ecos do grande confronto que tudo destruiu. A face da terra mudou! A palavra “país” deixou de fazer sentido. Os que escaparam foram-se juntando em clãs e, agora, vivem juntos para se protegerem. </li></ul><ul><li>É a era das cidades!!! </li></ul><ul><li>A musica, a poesia, a pintura, as historias, enfim… a arte vai sendo esquecida, todos os dias, não é necessária para a reconstrução! </li></ul><ul><li>Exacta produção foi estreada a 22 de Julho de 2005, com lotação esgotada no Grande Auditório da Casa das Artes de Famalicão. O trabalho do TEINA foi de nível superior em todos os planos, com especial destaque para os figurinos e caracterização, para a cenografia, sonoplatia e luminotecnia. </li></ul>

×