A fotografia enquanto representação artística da realidade

29.014 visualizações

Publicada em

A fotografia enquanto representação artística da realidade: retratos do cotidiano de óbidos
Comunicação apresentada no III Fecima

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
29.014
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25.893
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A fotografia enquanto representação artística da realidade

  1. 1. A FOTOGRAFIA ENQUANTO REPRESENTAÇÃO ARTÍSTICA DA REALIDADE: RETRATOS DO COTIDIANO DE ÓBIDOS Rômulo José da Silva Viana¹ ¹Licenciado em Letras pela UFPA. Cursando especialização em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Literatura. Email: reidromacsc@hotmail.com
  2. 2. • Objetivos: discutir o papel da fotografia enquanto expressão artística da realidade do indivíduo; • Metodologia: discussão teórica tendo como exemplificação retratos do cotidiano do povo obidense; • O que se espera alcançar: Espera-se despertar nos obidenses olhares perceptíveis quanto a representação artística da realidade na qual estão inseridos.
  3. 3. O que é a Fotografia? Toda fotografia é um recorte da realidade definido pelo enquadramento, que é o recorte que será dado ao real, uma escolha entre o que ficará dentro do quadro da imagem e o que ficará fora.
  4. 4. O que é a Fotografia Artística? • A fotografia artística trata do olhar pessoal do fotógrafo; • A arte é vista aqui como umas das possibilidades de fazer surgir mundos de virtualidades onde a experiência não está necessariamente subordinada a um modelo de representação, mas ao sensível que se revela na obra enquanto a obra faz variar os dispositivos e os modos de ver historicamente a eles associados (CARVALHO, 2009);
  5. 5. Casa da Cultura: olhares diferentes para o mesmo objeto
  6. 6. Fotografia e representação da realidade • a fotografia como espelho do real: mimetismo fotográfico; • (re)corte do real; • Captura do cotidiano; • Construção e transmissão de uma determinada imagem de si, para si e para os outros; • símbolo de significação para a realidade do individuo.;
  7. 7. Conclusão • A partir deste trabalho foi possível discutir a beleza abundante no próprio cotidiano do povo obidense que, no entanto, passa despercebida. Por isso, espera-se que seja trabalhada essa ressignificação do cotidiano sob o olhar fotográfico visando com que o obidense valorize cada vez mais o espaço que habita. E uma maneira de se fazer isso, é promovendo o olhar artístico dos fotógrafos desta terra por meio de exposições fotográficas ao público em geral.
  8. 8. Referências • BARTHES, Roland. A câmara clara: notas sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984. • CARVALHO, Victa de . Cotidiano e experiência na fotografia contemporânea. Em Questão, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 195-209, jan./jun. 2011. • DUBOIS, P. O ato fotográfico e outros ensaios. Campinas: Papirus, 1993. (Ofício de Arte e Forma).

×