SlideShare uma empresa Scribd logo

As RelaçõEs Precoces

1 de 12
Baixar para ler offline
 
 
Imaturidade do bebé humano
Competências básicas do bebé
Competências básicas da mãe
Importância das fantasias da mãe face ao bebé

Recomendados

2.1 desenvolvimento sócio-afectivo-interacção mãefilho
2.1  desenvolvimento sócio-afectivo-interacção mãefilho2.1  desenvolvimento sócio-afectivo-interacção mãefilho
2.1 desenvolvimento sócio-afectivo-interacção mãefilhoPaula de Almeida
 
Aspectos do desenvolvimento na infância e a formação do vínculo
Aspectos do desenvolvimento na infância e a formação do vínculoAspectos do desenvolvimento na infância e a formação do vínculo
Aspectos do desenvolvimento na infância e a formação do vínculoSilvia Marina Anaruma
 
Relações precoces psicologia
Relações precoces psicologiaRelações precoces psicologia
Relações precoces psicologiaRaQuel Oliveira
 
1 vinculação precoce - mãe/bebé
1   vinculação precoce - mãe/bebé1   vinculação precoce - mãe/bebé
1 vinculação precoce - mãe/bebéHenrique Vieira
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mary ainsworth e a qualidade da vinculação
Mary ainsworth e a qualidade da vinculaçãoMary ainsworth e a qualidade da vinculação
Mary ainsworth e a qualidade da vinculaçãoLuis De Sousa Rodrigues
 
A importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vida
A importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vidaA importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vida
A importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vidaSusana Henriques
 
A importância da relação de vinculação
A importância da relação de  vinculaçãoA importância da relação de  vinculação
A importância da relação de vinculaçãoMiguelSMartins
 
A importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeirosA importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeiros701274
 
Relações precoces psicologia 12º
Relações precoces psicologia 12º Relações precoces psicologia 12º
Relações precoces psicologia 12º Maria Oliveira
 
Importância da vinculação no primeiro ano de vida
Importância da vinculação no primeiro ano de vidaImportância da vinculação no primeiro ano de vida
Importância da vinculação no primeiro ano de vidaAdelaideCruz
 
Suporte à apresentação do trabalho de vinculação
Suporte à apresentação do trabalho de vinculaçãoSuporte à apresentação do trabalho de vinculação
Suporte à apresentação do trabalho de vinculaçãoAna Cardoso
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precocesAnaKlein1
 
E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2
E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2
E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2Daniel Romeiro
 
John Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do ApegoJohn Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do ApegoThiago de Almeida
 
Teoria do apego john bowlby
Teoria do apego    john bowlbyTeoria do apego    john bowlby
Teoria do apego john bowlbyAclecio Dantas
 

Mais procurados (20)

Mary ainsworth e a qualidade da vinculação
Mary ainsworth e a qualidade da vinculaçãoMary ainsworth e a qualidade da vinculação
Mary ainsworth e a qualidade da vinculação
 
A importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vida
A importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vidaA importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vida
A importância da relação de vinculação, nos primeiros anos de vida
 
A importância da relação de vinculação
A importância da relação de  vinculaçãoA importância da relação de  vinculação
A importância da relação de vinculação
 
A importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeirosA importância da relação de vinculação nos primeiros
A importância da relação de vinculação nos primeiros
 
Relações Precoces
Relações PrecocesRelações Precoces
Relações Precoces
 
Relações precoces psicologia 12º
Relações precoces psicologia 12º Relações precoces psicologia 12º
Relações precoces psicologia 12º
 
Vinculação
VinculaçãoVinculação
Vinculação
 
Importância da vinculação no primeiro ano de vida
Importância da vinculação no primeiro ano de vidaImportância da vinculação no primeiro ano de vida
Importância da vinculação no primeiro ano de vida
 
Doc.16 a ..
Doc.16 a  ..Doc.16 a  ..
Doc.16 a ..
 
Vinculação
VinculaçãoVinculação
Vinculação
 
As relações precoces
As relações precoces As relações precoces
As relações precoces
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precoces
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precoces
 
Suporte à apresentação do trabalho de vinculação
Suporte à apresentação do trabalho de vinculaçãoSuporte à apresentação do trabalho de vinculação
Suporte à apresentação do trabalho de vinculação
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precoces
 
E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2
E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2
E fólio a daniel romeiro nº 1502088 t2
 
Perturbações da vinculação
Perturbações da vinculaçãoPerturbações da vinculação
Perturbações da vinculação
 
John Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do ApegoJohn Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do Apego
 
3 Spit e hospitalismo
3   Spit e hospitalismo3   Spit e hospitalismo
3 Spit e hospitalismo
 
Teoria do apego john bowlby
Teoria do apego    john bowlbyTeoria do apego    john bowlby
Teoria do apego john bowlby
 

Destaque

Ficha Formativa de Psicologia B
Ficha Formativa de Psicologia BFicha Formativa de Psicologia B
Ficha Formativa de Psicologia BSilvia Revez
 
Teste formativo 2 de psicologia B
Teste formativo 2 de psicologia BTeste formativo 2 de psicologia B
Teste formativo 2 de psicologia BSilvia Revez
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoaisSilvia Revez
 
16 - Relações precoces
16 - Relações precoces16 - Relações precoces
16 - Relações precocesMicas Cullen
 
Correcção do teste de psicologia nº 4
Correcção do teste de psicologia nº 4Correcção do teste de psicologia nº 4
Correcção do teste de psicologia nº 4Silvia Revez
 
Guru: John Bowlby and Attachment Theory.ppt
Guru: John Bowlby and Attachment Theory.pptGuru: John Bowlby and Attachment Theory.ppt
Guru: John Bowlby and Attachment Theory.pptMicheal Shapard
 
Ficha conação
Ficha conaçãoFicha conação
Ficha conaçãoAnaKlein1
 
RelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs InterpessoaisRelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs InterpessoaisRolando Almeida
 
Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...
Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...
Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...tacio111
 
Processos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos ConativosProcessos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos ConativosRolando Almeida
 

Destaque (15)

Ficha Formativa de Psicologia B
Ficha Formativa de Psicologia BFicha Formativa de Psicologia B
Ficha Formativa de Psicologia B
 
Tipos de vinculação
Tipos de vinculaçãoTipos de vinculação
Tipos de vinculação
 
Vinculação
VinculaçãoVinculação
Vinculação
 
A CONAÇÃO
A CONAÇÃOA CONAÇÃO
A CONAÇÃO
 
Teste formativo 2 de psicologia B
Teste formativo 2 de psicologia BTeste formativo 2 de psicologia B
Teste formativo 2 de psicologia B
 
A formação de impressões
A formação de impressõesA formação de impressões
A formação de impressões
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
 
16 - Relações precoces
16 - Relações precoces16 - Relações precoces
16 - Relações precoces
 
Correcção do teste de psicologia nº 4
Correcção do teste de psicologia nº 4Correcção do teste de psicologia nº 4
Correcção do teste de psicologia nº 4
 
Guru: John Bowlby and Attachment Theory.ppt
Guru: John Bowlby and Attachment Theory.pptGuru: John Bowlby and Attachment Theory.ppt
Guru: John Bowlby and Attachment Theory.ppt
 
Ficha conação
Ficha conaçãoFicha conação
Ficha conação
 
RelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs InterpessoaisRelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs Interpessoais
 
António Damásio
António Damásio  António Damásio
António Damásio
 
Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...
Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...
Palestra - "Um Caso de Histeria, Três Ensaios sobre Sexualidade e outros trab...
 
Processos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos ConativosProcessos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos Conativos
 

Mais de Rolando Almeida

Programa pensamento critico
Programa pensamento criticoPrograma pensamento critico
Programa pensamento criticoRolando Almeida
 
Peter kivy its only music so whats to understand
Peter kivy   its only music so whats to understandPeter kivy   its only music so whats to understand
Peter kivy its only music so whats to understandRolando Almeida
 
Artur polónio como escrever um ensaio filosófico
Artur polónio   como escrever um ensaio filosóficoArtur polónio   como escrever um ensaio filosófico
Artur polónio como escrever um ensaio filosóficoRolando Almeida
 
A CiêNcia Das Boas DecisõEs VisãO Fev 2010
A CiêNcia Das Boas DecisõEs   VisãO   Fev 2010A CiêNcia Das Boas DecisõEs   VisãO   Fev 2010
A CiêNcia Das Boas DecisõEs VisãO Fev 2010Rolando Almeida
 
O Processo Perceptivo 93 2007
O Processo Perceptivo 93 2007O Processo Perceptivo 93 2007
O Processo Perceptivo 93 2007Rolando Almeida
 
Licenciados Numa áRea A Trabalhar Noutra
Licenciados Numa áRea A Trabalhar NoutraLicenciados Numa áRea A Trabalhar Noutra
Licenciados Numa áRea A Trabalhar NoutraRolando Almeida
 
Preconceito Mulher Cigana
Preconceito   Mulher CiganaPreconceito   Mulher Cigana
Preconceito Mulher CiganaRolando Almeida
 

Mais de Rolando Almeida (15)

Programa pensamento critico
Programa pensamento criticoPrograma pensamento critico
Programa pensamento critico
 
Peter kivy its only music so whats to understand
Peter kivy   its only music so whats to understandPeter kivy   its only music so whats to understand
Peter kivy its only music so whats to understand
 
Filosofia es book
Filosofia es bookFilosofia es book
Filosofia es book
 
Artur polónio como escrever um ensaio filosófico
Artur polónio   como escrever um ensaio filosóficoArtur polónio   como escrever um ensaio filosófico
Artur polónio como escrever um ensaio filosófico
 
Enoções
EnoçõesEnoções
Enoções
 
A CiêNcia Das Boas DecisõEs VisãO Fev 2010
A CiêNcia Das Boas DecisõEs   VisãO   Fev 2010A CiêNcia Das Boas DecisõEs   VisãO   Fev 2010
A CiêNcia Das Boas DecisõEs VisãO Fev 2010
 
A Memoria
A MemoriaA Memoria
A Memoria
 
O Processo Perceptivo 93 2007
O Processo Perceptivo 93 2007O Processo Perceptivo 93 2007
O Processo Perceptivo 93 2007
 
Aprendizagem 12º3
Aprendizagem 12º3Aprendizagem 12º3
Aprendizagem 12º3
 
RelaçOes Interpessoais
RelaçOes InterpessoaisRelaçOes Interpessoais
RelaçOes Interpessoais
 
Licenciados Numa áRea A Trabalhar Noutra
Licenciados Numa áRea A Trabalhar NoutraLicenciados Numa áRea A Trabalhar Noutra
Licenciados Numa áRea A Trabalhar Noutra
 
Conação
ConaçãoConação
Conação
 
Preconceito Mulher Cigana
Preconceito   Mulher CiganaPreconceito   Mulher Cigana
Preconceito Mulher Cigana
 
Preconceito
PreconceitoPreconceito
Preconceito
 
Autoridade
AutoridadeAutoridade
Autoridade
 

As RelaçõEs Precoces