Pesquisa em marketing – Parte 2
Etapas da pesquisa de
Marketing:
2. Coleta de dados:
Sugestão de vídeo para ver em casa:
https://www.youtube.com/watch?v=q...
Dados secundários
• A pesquisa de dados secundários diz
respeito à coleta de dados já existentes em
diversas fontes, como ...
Dados secundários
• Banco de Dados Interno
• Detalhamento do número de vendas
efetuadas;
• Características dos clientes;
•...
Dados secundários
• Dados Secundários Externos
• IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística:
www.ibge.gov.br. ...
Dados secundários
• Dados Secundários Externos
• SEADE – Fundação Sistema Análise de Dados:
www.seade.gov.br. A fundação a...
Dados secundários
Dados secundários
• Exemplo:
“Case” padaria: como obter dados secundários para
iniciar um negócio novo no ramo da panifica...
Dados primários
• São os dados que não estão disponíveis.
Para obtê-los, é necessário realizar uma
coleta que pode ser fei...
2° Fase – Trabalho final
Hora de praticar:
•Liste as possíveis fontes de dados
secundários e as informações que deseja
obt...
Etapas da pesquisa de
Marketing:
3. Tipos de pesquisas mais utilizadas em
marketing:
Tipos de pesquisas:
EXPLORATÓRI
A
Fornece ideias sobre um problema ou
situação relativamente novo ou vago.
DESCRITIVA
As p...
Tipos de pesquisas:
Exemplo de pesquisa exploratória:
Tente imaginar que você foi a primeira pessoa a ser convidada para s...
Tipos de pesquisas:
Exemplo de pesquisa descritiva:
Certa vez fui assistir a um filme de aventura com meus filhos. Nas
pol...
Tipos de pesquisas:
Exemplo de pesquisa descritiva:
Lazer preferido das faminas de
BH. 2007.
Tipos de pesquisas:
Exemplo de pesquisa causal:
•Projeto de fidelização da loja de departamentos
Um pesquisador deseja det...
3° Fase – Trabalho final
Hora de praticar:
•No seu trabalho final, que tipo de pesquisa
irá utilizar?
• Exploratória
• Des...
Bibliografia
• CZINKOTA, Michael R. Marketing: as melhores práticas/ R. M. Czinkota... [et al.]; tradução
• Carlos Alberto...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pesquisa em marketing - Parte 2

53 visualizações

Publicada em

Material elaborado para aulas de Pós Graduação

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
53
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa em marketing - Parte 2

  1. 1. Pesquisa em marketing – Parte 2
  2. 2. Etapas da pesquisa de Marketing: 2. Coleta de dados: Sugestão de vídeo para ver em casa: https://www.youtube.com/watch?v=qZyIds8lHtE
  3. 3. Dados secundários • A pesquisa de dados secundários diz respeito à coleta de dados já existentes em diversas fontes, como sites na internet, jornais, revistas, associações de classe, entre outras. • Você pode coletar dados relevantes para sua pesquisa a partir de informações disponíveis dentro da própria empresa; é o que chamamos de banco de dados interno:
  4. 4. Dados secundários • Banco de Dados Interno • Detalhamento do número de vendas efetuadas; • Características dos clientes; • Informações sobre a concorrência, tais como: preços, formas de pagamento, novos produtos.
  5. 5. Dados secundários • Dados Secundários Externos • IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística: www.ibge.gov.br. Órgão estatal que possui informações importantes e abrangentes sobre o mercado brasileiro. • IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada: www.ipea.gov.br. Aqui você encontra dados sobre a área econômica e social do país, como tributação, acompanhamento conjuntural, desigualdades regionais, cultura, arranjos produtivos locais e muitos outros.
  6. 6. Dados secundários • Dados Secundários Externos • SEADE – Fundação Sistema Análise de Dados: www.seade.gov.br. A fundação analisa dados socioeconômicos e demográficos, como a mulher e o trabalho, condições de vida, emprego e desemprego. • Publicações empresariais e setoriais – anuários, jornais, revistas, livros, sites. As ferramentas de busca na internet podem ajudá-lo a encontrar os sites de que precisa. • Serviços de pesquisa – Ex: Nielsen, Ibope, Instituto Gallup, Vox Populi.
  7. 7. Dados secundários
  8. 8. Dados secundários • Exemplo: “Case” padaria: como obter dados secundários para iniciar um negócio novo no ramo da panificação? • Sindicato das padarias e confeitarias; • Prefeitura para verificar a legislação vigente para o negócio; • Verificar com imobiliárias próximas para entender qual é a melhor localização; • Livros, revistas especializadas, sites, etc. • Observar a concorrência.
  9. 9. Dados primários • São os dados que não estão disponíveis. Para obtê-los, é necessário realizar uma coleta que pode ser feita por meio de profissionais de pesquisa ou por conta própria junto a concorrentes, fornecedores e clientes. Neste caso, é importante elaborar um questionário bem feito, objetivo, que contenha os principais itens, de acordo com o propósito da pesquisa.
  10. 10. 2° Fase – Trabalho final Hora de praticar: •Liste as possíveis fontes de dados secundários e as informações que deseja obter a partir delas. Caso opte por fontes de revistas, jornais e sites, inclua a data de veiculação da informação.
  11. 11. Etapas da pesquisa de Marketing: 3. Tipos de pesquisas mais utilizadas em marketing:
  12. 12. Tipos de pesquisas: EXPLORATÓRI A Fornece ideias sobre um problema ou situação relativamente novo ou vago. DESCRITIVA As pesquisas descritivas possuem como objetivo a descrição das características de uma população, fenômeno ou de uma experiência. Por exemplo, quais as características de um determinado grupo em relação a sexo, faixa etária, renda familiar, nível de escolaridade etc. A pesquisa descritiva pode aparecer sob diversos tipos: documental, estudos de campo, levantamentos, etc., desde que se estude a correlação de, no mínimo, duas variáveis. CAUSAL Mais sofisticada e busca entender a relação que ocorre entre duas situações distintas. Ex: um produto novo X um antigo.
  13. 13. Tipos de pesquisas: Exemplo de pesquisa exploratória: Tente imaginar que você foi a primeira pessoa a ser convidada para ser o tripulante de uma nave espacial que será lançada ao planeta Marte. Até o presente momento, nenhum ser humano pousou em Marte. Todas as informações de que dispomos sobre o planeta foram enviadas por sondas não tripuladas. Não sabemos ainda como o ser humano poderá suportar uma viagem tão longa. Levando-se em conta a atual tecnologia de propulsão química, a viagem demoraria cerca de dois anos. Se a nova tecnologia de plasma (que está sendo desenvolvida) ficar operacional nos próximos 20 anos, existe a possibilidade desta viagem durar 40 dias. De qualquer modo, estamos pisando em terreno novo. Sabemos pouco ou quase nada sobre viagens interplanetárias. Assim, tudo aquilo que pudermos aprender com essa viagem, todas as experiências, todos os dados e informações coletadas são importantes.
  14. 14. Tipos de pesquisas: Exemplo de pesquisa descritiva: Certa vez fui assistir a um filme de aventura com meus filhos. Nas poltronas da frente de onde nós assentamos havia duas adolescentes conversando. O assunto do dia era a experiência do primeiro beijo pelo qual uma das duas havia passado na noite anterior. Durante o tempo que antecede o filme, elas continuaram conversando, não parecendo se importar (ou sequer tinham notado) que havia pessoas sentadas logo atrás. A riqueza de detalhes que descreviam a situação era impressionante. A roupa que ela estava vestindo, a maquiagem, o perfume usado, o local escolhido, a aproximação, a roupa que ele estava usando, como ele a abordou etc. Entretanto, o relato dessa experiência demonstra bem o que é uma pesquisa descritiva. Descreve uma experiência, uma situação, um fenômeno ou processo nos mínimos detalhes. A diferença em relação à pesquisa exploratória é que o assunto pesquisa já é conhecido. A grande contribuição das pesquisas descritivas é proporcionar novas visões sobre uma realidade já conhecida.
  15. 15. Tipos de pesquisas: Exemplo de pesquisa descritiva: Lazer preferido das faminas de BH. 2007.
  16. 16. Tipos de pesquisas: Exemplo de pesquisa causal: •Projeto de fidelização da loja de departamentos Um pesquisador deseja determinar se a presença e a solicitude de vendedores (variável causal) irá influenciar nas vendas de utilidades domésticas (variável efeito). Pode ser formulada uma concepção causal na qual 2 grupos de departamentos de utilidades domésticas de uma determinada cadeia, comparáveis em todos os outros aspectos, sejam selecionados. Durante 4 semanas, vendedores treinados são designados para apenas um dos departamentos. As vendas são monitoradas para ambos os grupos, enquanto as outras variáveis são controladas. Uma comparação entre as vendas dos 2 grupos irá revelar o efeito dos vendedores sobre as vendas. Pode-se também selecionar apenas um grupo de departamento de utilidades domésticas e efetuar essa experimentação para 2 períodos comparáveis: vendedores presentes em um período e ausentes em outro.
  17. 17. 3° Fase – Trabalho final Hora de praticar: •No seu trabalho final, que tipo de pesquisa irá utilizar? • Exploratória • Descritiva • Causal
  18. 18. Bibliografia • CZINKOTA, Michael R. Marketing: as melhores práticas/ R. M. Czinkota... [et al.]; tradução • Carlos Alberto Silveira Netto Soares e Nivaldo Montingelli Jr. Porto Alegre: Bookman, 2001. 559p. il. • DOLABELLA, Fernando. O Segredo de Luísa. São Paulo: Cultura, 1999. 312p.il. 312p.il. • LEGRAIN, Marc; MAGAIN, Daniel. Estudo de Mercado. São Paulo: Makron Books, 1992. 53p. • KOTLER, P. Administração de marketing - análise, planejamento, implementação e controle. São Paulo: Editora Atlas, 1993. • MCDANIEL, Jr. Carl; GATES, Roger. Pesquisa de marketing. São Paulo: Pioneira Thomson • Learning, 2003. 562p. • PERREAULT, Wiliam D., Jr. Essentials of Marketing: a global management approach./ • D. W. Perreault…[et al.]. Irwin series in marketing. 1997. • Saiba Mais Pesquisa de Mercado. Sebrae: São Paulo. • Entidades: • ABEP — Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. • SBPM — Sociedade Brasileira de Pesquisa de Mercado.

×