Garantia de qualidade do software Aula 8
Sumário <ul><li>Introdução </li></ul><ul><ul><li>O quê é? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quem faz? </li></ul></ul><ul><ul><li>...
Introdução (I) <ul><li>O quê é? </li></ul><ul><ul><li>Definição explícita da  qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Criação...
Introdução (II) <ul><li>Porquê é importante? </li></ul><ul><ul><li>Reduz a quantidade de trabalho repetido </li></ul></ul>...
Conceitos (I) <ul><li>O controlo de  variação : </li></ul><ul><ul><li>é a chave de um produto de alta qualidade. No contex...
Conceitos (II) <ul><li>Factores da qualidade: </li></ul><ul><ul><li>produto satisfatório + </li></ul></ul><ul><ul><li>Boa ...
Conceitos (III) <ul><li>Controlo  de qualidade </li></ul><ul><ul><li>série de  inspecções, revisões e testes  feitos ao lo...
Custos da qualidade <ul><li>Prevenção </li></ul><ul><ul><li>Planeamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Revisões técnicas forma...
Custos relativos de correcção de erros 1 vez 3-6 vezes 15-40 vezes 30-70 vezes 40-1000 vezes 10 vezes
Conceito de Qualidade (Pressmann) <ul><li>Concordância com os  requisitos funcionais  e de  performance , com  padrões de ...
Actividades de garantia da qualidade - precauções a serem tomadas no Plano de Projecto <ul><li>Estabelecimento de um plano...
Revisões <ul><li>Revisão:  Filtro do processo, utilizadas para detectar erros e defeitos  </li></ul><ul><li>Erro:  problem...
Revisões Técnicas Formais <ul><li>Conceito: actividade de garantia de qualidade realizada pelos engenheiros de software </...
Reuniões de Revisão <ul><li>Convocar 3 – 5 pessoas </li></ul><ul><li>Preparar atempadamente,  < 2horas </li></ul><ul><li>D...
Medidas importantes de qualidade <ul><li>Fiabilidade (tempo médio entre falhas) </li></ul><ul><ul><li>Tempo médio de falha...
Medidas de Qualidade em geral <ul><li>Correcção </li></ul><ul><ul><li>grau em que o SW faz a sua função </li></ul></ul><ul...
Standards <ul><li>ISO-9001 </li></ul><ul><ul><li>Adoptado por > 130 países </li></ul></ul><ul><ul><li>Não é específico </l...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 8 TEES UFS Garantia de Qualidadedo Software

1.169 visualizações

Publicada em

Garantia de Qualidadedo Software

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Aula 8 TEES UFS Garantia de Qualidadedo Software

    1. 1. Garantia de qualidade do software Aula 8
    2. 2. Sumário <ul><li>Introdução </li></ul><ul><ul><li>O quê é? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quem faz? </li></ul></ul><ul><ul><li>Porquê é importante? </li></ul></ul><ul><ul><li>Qual é o produto? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como saber se está bem feita? </li></ul></ul><ul><li>Conceitos </li></ul><ul><li>Custos da Qualidade </li></ul><ul><li>Revisões Técnicas Formais </li></ul><ul><li>Actividades de Garantia da Qualidade </li></ul><ul><li>Medidas Importantes de Qualidade </li></ul><ul><ul><li>Fiabilidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Disponibilidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Segurança </li></ul></ul><ul><li>Standards </li></ul><ul><ul><li>ISO </li></ul></ul><ul><ul><li>Plano de garantia de Qualidade IEEE </li></ul></ul>
    3. 3. Introdução (I) <ul><li>O quê é? </li></ul><ul><ul><li>Definição explícita da qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Criação de actividades para garanti-la </li></ul></ul><ul><ul><li>Realizar estas actividades em todos os projectos </li></ul></ul><ul><ul><li>Utilizar métricas para melhorar a qualidade </li></ul></ul><ul><li>Quem faz? </li></ul><ul><ul><li>Todos os envolvidos no processo de desenvolvimento do sw </li></ul></ul>
    4. 4. Introdução (II) <ul><li>Porquê é importante? </li></ul><ul><ul><li>Reduz a quantidade de trabalho repetido </li></ul></ul><ul><ul><li>Permite reduzir custos e poupar tempo </li></ul></ul><ul><li>Qual o produto? </li></ul><ul><ul><li>Informes das revisões técnicas formais </li></ul></ul><ul><ul><li>Planos e procedimentos de testes </li></ul></ul><ul><li>Quando está bem feito? </li></ul><ul><ul><li>Quando encontramos todos os erros antes de transformarem-se em defeitos </li></ul></ul>
    5. 5. Conceitos (I) <ul><li>O controlo de variação : </li></ul><ul><ul><li>é a chave de um produto de alta qualidade. No contexto do software, queremos controlar a variação a nível </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>do processo, </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>dos recursos e </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>dos atributos do produto </li></ul></ul></ul><ul><li>Qualidade: </li></ul><ul><ul><li>De desenho </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>características especificadas pelos engenheiros para os elementos do software </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>De concordância </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>grau de cumprimento das especificações de desenho durante a sua realização. </li></ul></ul></ul>
    6. 6. Conceitos (II) <ul><li>Factores da qualidade: </li></ul><ul><ul><li>produto satisfatório + </li></ul></ul><ul><ul><li>Boa qualidade + </li></ul></ul><ul><ul><li>cumprimento de prazos e orçamentos = </li></ul></ul><ul><ul><li>Utilizador satisfeito </li></ul></ul>
    7. 7. Conceitos (III) <ul><li>Controlo de qualidade </li></ul><ul><ul><li>série de inspecções, revisões e testes feitos ao longo do processo de desenvolvimento de forma a garantir que o produto cumpra com os requisitos estabelecidos </li></ul></ul><ul><li>Garantia da qualidade </li></ul><ul><ul><li>auditoria e funções de informação da gestão. O objectivo é fornecer a gestão dos dados necessários sobre a qualidade do produto </li></ul></ul><ul><li>Custo da qualidade </li></ul><ul><ul><li>custos envolvidos na procura da qualidade </li></ul></ul>
    8. 8. Custos da qualidade <ul><li>Prevenção </li></ul><ul><ul><li>Planeamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Revisões técnicas formais </li></ul></ul><ul><ul><li>Equipa de testes </li></ul></ul><ul><ul><li>Formação </li></ul></ul><ul><li>Avaliação </li></ul><ul><ul><li>Inspecção no processo e entre processos </li></ul></ul><ul><ul><li>Calibragem/Afinação e manutenção de equipamentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Testes </li></ul></ul><ul><li>Falhas </li></ul><ul><ul><li>Internas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Re-trabalho </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reparação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Análise das modalidades de falhas </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Externas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de queixas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Devolução e substituição de produtos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Linhas de ajuda </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Trabalho de garantia </li></ul></ul></ul>
    9. 9. Custos relativos de correcção de erros 1 vez 3-6 vezes 15-40 vezes 30-70 vezes 40-1000 vezes 10 vezes
    10. 10. Conceito de Qualidade (Pressmann) <ul><li>Concordância com os requisitos funcionais e de performance , com padrões de desenvolvimento explicitamente documentados e com as características implícitas em todo software desenvolvido profissionalmente </li></ul><ul><li>Os requisitos são a base da medição da qualidade </li></ul><ul><li>Os padrões (standards) definem um conjunto de critérios de desenvolvimento </li></ul><ul><li>Existe um conjunto de características implícitas não mencionadas </li></ul><ul><ul><li>Facilidade de uso </li></ul></ul><ul><ul><li>Boa manutenção </li></ul></ul>
    11. 11. Actividades de garantia da qualidade - precauções a serem tomadas no Plano de Projecto <ul><li>Estabelecimento de um plano de garantia de qualidade </li></ul><ul><li>Participação no desenvolvimento da descrição do processo de software </li></ul><ul><li>Revisão das actividades de engenharia de software para verificar o seu ajuste ao processo </li></ul><ul><li>Auditoria dos produtos desenhados para verificar o seu ajuste com os definidos pelo processo </li></ul><ul><li>Garantir que os desvios sejam documentados e geridos segundo o procedimento estabelecido </li></ul><ul><li>Registar o que não esteja ajustado aos requisitos e reportá-lo </li></ul>
    12. 12. Revisões <ul><li>Revisão: Filtro do processo, utilizadas para detectar erros e defeitos </li></ul><ul><li>Erro: problema de qualidade antes da entrega ao cliente </li></ul><ul><li>Defeitos: problema de qualidade depois da entrega ao cliente </li></ul>
    13. 13. Revisões Técnicas Formais <ul><li>Conceito: actividade de garantia de qualidade realizada pelos engenheiros de software </li></ul><ul><li>Objectivos: </li></ul><ul><ul><li>Descobrir erros a nível lógico, funcional ou de implementação das representações do software </li></ul></ul><ul><ul><li>Verificar o cumprimento dos requisitos </li></ul></ul><ul><ul><li>Garantir o seguimento dos standards </li></ul></ul><ul><ul><li>Garantir um desenvolvimento uniforme </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilitar a gestão dos projectos </li></ul></ul>
    14. 14. Reuniões de Revisão <ul><li>Convocar 3 – 5 pessoas </li></ul><ul><li>Preparar atempadamente, < 2horas </li></ul><ul><li>Duração < 2 horas </li></ul><ul><li>Informe: </li></ul><ul><ul><li>O quê foi revisado? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quem revisou? </li></ul></ul><ul><ul><li>O quê foi detectado? </li></ul></ul><ul><ul><li>Conclusões </li></ul></ul><ul><li>Realizada por: </li></ul><ul><ul><li>Chefe de revisão </li></ul></ul><ul><ul><li>Revisores </li></ul></ul><ul><ul><li>Produtor </li></ul></ul><ul><li>Acções: </li></ul><ul><li>explicação da agenda </li></ul><ul><li>introdução do produtor </li></ul><ul><li>percurso do produto e apontamento dos problemas detectados </li></ul>
    15. 15. Medidas importantes de qualidade <ul><li>Fiabilidade (tempo médio entre falhas) </li></ul><ul><ul><li>Tempo médio de falhas + tempo médio de reparação </li></ul></ul><ul><li>Disponibilidade </li></ul><ul><ul><li>(tempo médio de falhas / tempo médio entre falhas) x 100 (%) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Exemplo: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>1 falha de 5h por dia >> (5/24)*100 >> 20,83% </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>falhas de 1h a cada 5h >> (1/5)*100 >> 20% </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Segurança </li></ul><ul><ul><li>Analisa os modos em que as falhas podem produzir acidentes </li></ul></ul><ul><ul><li>Crítico em aplicações cuja falha pode causar a perda de vidas humanos </li></ul></ul>
    16. 16. Medidas de Qualidade em geral <ul><li>Correcção </li></ul><ul><ul><li>grau em que o SW faz a sua função </li></ul></ul><ul><li>Facilidade de manutenção </li></ul><ul><li>Integridade </li></ul><ul><ul><li>relativo à segurança contra terceiros </li></ul></ul><ul><li>Facilidade de uso </li></ul><ul><li>Eficácia na eliminação de defeitos </li></ul>
    17. 17. Standards <ul><li>ISO-9001 </li></ul><ul><ul><li>Adoptado por > 130 países </li></ul></ul><ul><ul><li>Não é específico </li></ul></ul><ul><li>Standards do software </li></ul><ul><ul><li>ISO 9001 Quality systems – Standards for Quality Assurance in Design, Development, Production, Installation and Service </li></ul></ul><ul><ul><li>ISO 9000-3 Guidelines for Application of ISO 9001 to the Development, Supply and Maintenance of Software </li></ul></ul><ul><ul><li>ISO 9004-2 Quality management and Quality System Elements </li></ul></ul><ul><li>Plano de garantia de qualidade (IEEE) </li></ul><ul><ul><li>Documentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Standards, práticas e convenções </li></ul></ul><ul><ul><li>Revisões e auditorias </li></ul></ul><ul><ul><li>Testes </li></ul></ul><ul><ul><li>Ferramentas e métodos de suporte </li></ul></ul>

    ×