O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

O que é agilidade sob as lentes do kanban

1.204 visualizações

Publicada em

Palestra Ministrada no Agile Floripa em Junho de 2016 sobre alguns assuntos mais atuais que tive contato na Kanban Week San Diego. O que é agilidade? O modelo STATIK. O que é "orientação a serviços" do Kanban? E uso de simulação Monte Carlo para priorização de lotes maiores (iniciativas, projetos).

O que é agilidade sob as lentes do kanban

  1. 1. Agilidade sob as lentes do Kanban
  2. 2. RTEC OBS: Empresa Fictícia
  3. 3. RTEC Cliente Analistas Devs QAs Gestor
  4. 4. RTECProcesso - Equipes por Especialidade - Altamente Hierarquizada - CMMi 2 - Deploy a cada 30 dias - Sem testes unitários - 25% esforço documentação - Processo não ágil
  5. 5. RTECProcesso - Equipes por Especialidade - Altamente Hierarquizada - CMMi 2 - Deploy a cada 30 dias - Sem testes unitários - 25% esforço documentação - Processo não ágil Como solucionar?
  6. 6. RTEC PROPRIEDADES de um processo NÃO SÃO PROBLEMAS!
  7. 7. RTECInsatisfações Tá bugado! Vocês não cumprem o que prometem! Não rola comunicação! Muita bagunça... Estamos sobrecarregados! Lidar com urgências!
  8. 8. RTEC A partir das insatisfações internas e externas podemos modelar um sistema kanban orientado ao propósito do negócio.
  9. 9. STATIKSTATIK(Systems Thinking Approach to Introduce Kanban) 1. Entender o que faz um serviço ser ajustado ao propósito do cliente 2. Entender a origem das insatisfações do processo atual 3. Analisar a demanda 4. Analisar a capacidade 5. Modelar o fluxo de trabalho 6. Descobrir Classes de Serviço 7. Projetar o sistema kanban 8. Socializar o design e negociar a implementação
  10. 10. RTEC Passo 1: “Fitness for Purpose” O que faz meu serviço ser “bom”? Quais são os KPIs, SLEs e SLAS?
  11. 11. RTEC Passo 3: Analisar a Demanda Quais são os tipos de trabalho que devo atender? Qual o volume esperado da demanda? Existe uma sazonalidade?
  12. 12. RTEC Passo 4: Analisar a Capacidade Qual é a minha capacidade atual? Ela atende a expectativa do cliente? Minha previsibilidade é aceitável? Tecnicamente “eu sou bom”?
  13. 13. RTEC Passo 5: Modelar o Workflow Passo 6: Descobrir classes de serviço Passo 7: Projetar o sistema kanban - Passos do processo de descoberta de informações - Foco no trabalho não nas pessoas - Há demandas com algum tramento especial? - Implementar “Feedback loops”
  14. 14. Backlog Análise EntregueImplementação Qualidade RTECA forma “antiga”...
  15. 15. Backlog Entender a necessidade EntregueAtender a necessidade Garantir a Satisfação do Cliente RTECFocado no TRABALHO...
  16. 16. Backlog Entender a necessidade EntregueAtender a necessidade Garantir a Satisfação do Cliente RTEC 1 2 9
  17. 17. Kanban Method princípios comece com o que você já faz hoje concorde em buscar uma abordagem evolucionária para mudança encoraje atos de liderança em todos os níveis
  18. 18. Backlog Entender a necessidade EntregueAtender a necessidade Garantir a Satisfação do Cliente RTEC 1 2 9 Limites e agilidade...
  19. 19. Backlog Entender a necessidade EntregueAtender a necessidade Garantir a Satisfação do Cliente RTEC 1 2 9 Limites e agilidade...
  20. 20. Fonte: Impact of Agile Quantified – Rally Software
  21. 21. Fonte: Impact of Agile Quantified – Rally Software
  22. 22. Limites e o Agile Para a gestão: ● Agilidade ● Melhoria do Fluxo ● Previsibilidade ● Entendimento da Capacidade ● Qualidade Para as pessoas ● Tirar o abuso ● Colaboração ● Feedback ● Ritmo sustentáve ● Menos bagunça
  23. 23. Backlog Entender a necessidade EntregueAtender a necessidade Garantir a Satisfação do Cliente RTEC 1 2 9 Limites e agilidade... Resumo: Limitar WIP entrega os mesmos benefícios da gestão Agile, mas BEM MAIS RÁPIDO sem mudar quase nada no processo e sem tocar a estrutura da organização.
  24. 24. Lead Time: Distribuição Weibull 9 DIAS (90% de confiança) 1 2 3 4 5 3 2 1 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 1
  25. 25. Knowledge Work é Orientado a Serviços Sua Empresa Mercado
  26. 26. Knowledge Work é Orientado a Serviços Sua Empresa Mercado Oferta 1 Oferta 2
  27. 27. Knowledge Work é Orientado a Serviços Sua Empresa Mercado Oferta 1 Oferta 2
  28. 28. Dentro da sua Empresa Oferta 1 Oferta 2 Marketing e Vendas Time A Time B Time Hub
  29. 29. Dentro da sua Empresa Oferta 1 Oferta 2 Marketing e Vendas Time A Time B Time Hub
  30. 30. Dentro da sua Empresa Oferta 1 Oferta 2 Marketing e Vendas Time A Time B Time Hub
  31. 31. Dentro da sua Empresa Oferta 1 Oferta 2 Marketing e Vendas Time A Time B Time Hub (eventualmente)
  32. 32. Como gerenciar isso???? Oferta 1 Oferta 2 Marketing e Vendas Time A Time B Time Hub (eventualmente)
  33. 33. KANBAN NÃO É UM MÉTODO “TEAM LEVEL” Oferta 1 Oferta 2 Marketing e Vendas Time A Time Hub Time B
  34. 34. KANBAN CADENCES (Feedback Loops)
  35. 35. Tomada de decisão estratégica... Dois projetos: ● Projeto A: Logística – Erros que te custam R$ 50.000 por semana. ● Projeto B: Legislação – Se não estiver pronto em Setembro multa de R$ 100.000 Qual fazer primeiro?
  36. 36. Simulação Monte Carlo
  37. 37. “Conservador” = R$ 1.000.000
  38. 38. “Conservador” = R$ 750.000
  39. 39. Exposição 20% = R$ 500.000
  40. 40. Exposição 20% = R$ 550.000
  41. 41. Alternativa e exposição de 20% R$ 300.000
  42. 42. Obrigado!Obrigado! Rodrigo YoshimaRodrigo Yoshima ● www.aspercom.com.brwww.aspercom.com.br

×