Histórico do problema

1.146 visualizações

Publicada em

Apresentação feita na Assembléia de moradores de 09.06.2010

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.146
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Histórico do problema

  1. 1. MOVIMENTO CONTRA A CRIAÇÃO DO CORREDOR DE TRÂNSITO NO BAIRRO DO SUMAREZINHO AMadá Associação de Moradores e Amigos do Sumarezinho, Vila Madalena e Região
  2. 2. Objetivo <ul><li>Construir e implantar, com a CET, uma solução de tráfego que devolva a qualidade de vida à comunidade </li></ul>
  3. 3. O Plano da CET <ul><li>A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) está criando um corredor de tráfego rasgando a área residencial dos bairros de Alto de Pinheiros, Vila Beatriz e Sumarezinho, para ligar a marginal Pinheiros ao corredor formado pelas avenidas Paulista, Dr. Arnaldo e Heitor Penteado. </li></ul>
  4. 4. Qual o discurso da CET a respeito? <ul><li>A CET não admite que está criando um corredor </li></ul><ul><li>Em todas as justificativas prestadas, a CET nunca admite que está dando vazão ao trânsito da marginal. </li></ul><ul><li>Segundo a CET, o volume aumentou porque o bairro tem mais prédios e, portanto, mais gente vivendo. </li></ul><ul><li>A CET diz ainda que a saída é o alargamento do viário principal, ou seja, a Heitor Penteado. </li></ul>
  5. 5. Por que o corredor que a CET está criando é proibido? <ul><li>As vias são locais ou coletoras </li></ul><ul><li>O trânsito que vem da marginal Pinheiros é pesado. </li></ul><ul><li>Só deveria trafegar por vias estruturais. </li></ul><ul><li>A lei não permite que a CET jogue esse enorme volume de veículos para bairros residenciais. </li></ul>
  6. 6. A resposta dos moradores <ul><li>Criamos uma associação de moradores, a AMadá (Associação de Moradores e Amigos do Sumarezinho, Vila Madalena e Região) </li></ul><ul><li>Organizamos um abaixo-assinado para pedir melhorias no trânsito. </li></ul><ul><li>Contratamos um engenheiro de trânsito para nos defender perante a CET </li></ul>
  7. 7. ENTENDA O PROBLEMA
  8. 8. Por falta de planejamento, a CET não previu grandes avenidas em nosso bairro... Corredor Rebouças-Consolação Corredor 9 de Julho Corredor JK – 23 de Maio Corredor Heitor-Dr. Arnaldo-Paulista Ilha residencial de ruas estreitas Nos bairros Alto de Pinheiros, Vila Beatriz e Sumarezinho, não há vias estruturais que liguem a marginal Pinheiros ao corredor da Heitor-Dr.Arnaldo-Paulista Residencial Referências Em outras áreas da zona Oeste, a ligação com o centro é feita por grandes avenidas Excesso de carros Sem o corredor, o trânsito sobrecarrega outras vias, causando lentidão
  9. 9. Como é o Sumarezinho <ul><li>Estritamente residencial </li></ul><ul><li>Ainda hoje, mais de 95% dos imóveis das ruas Francisco Isoldi e Borges de Barros são residenciais. </li></ul><ul><li>O Trânsito até 2006 </li></ul><ul><li>- Fluxo muito menor de carros - Ruas de mão dupla - Estacionamento dos dois lados - Trânsito de menor velocidade </li></ul>
  10. 10. O que a CET poderia fazer, dentro da lei A opção lógica... Criar um corredor usando a rua Pereira Leite ...que cu$ta para ser removido A saída seria alargar a avenida Heitor Penteado, o que tem custo muito alto, segundo a CET ..enfrenta um obstáculo... Os veículos enfrentariam vários quarteirões trafegando pela av. Heitor Penteado o que afugenta os motoristas
  11. 11. O que a CET decidiu fazer, contra a lei 2. Trânsito da marginal Os carros cortam o bairro para evitar a Marginal Pinheiros e alcançar a Heitor Penteado 3. Destino - Z. Norte Uma parte dos carros cruza a Heitor Penteado e segue para a Pompéia, Perdizes ou Marginal Tietê 4. Destino – Paulista Outra parte dos carros segue para a região da avenida Paulista 1. Corredor ilegal (em azul) Então a CET criou um corredor fora da lei, usando ruas locais e coletoras como vias estruturais.
  12. 12. O que a CET diz que fez 1 Direcionamento do trânsito As placas orientaram o trânsito da Marginal para o bairro 2 Abrir caminho A Francisco Isoldi era o gargalo do corredor. Proibir estacionar em rua residencial só serviu para abrir passagem 3 Criar novos destinos O sinal atraiu os carros que queriam cruzar a avenida 1 Placas Placas na rua Nazaré Paulista, indicaram as ruas Francisco Isoldi e Borges de Barros para quem desejava chegar à avenida Paulista 2 Proibição de estacionamento Na rua Francisco Isoldi, que era muito estreita 3 Semáforo Semáforo na esquina da Heitor Penteado, para “disciplinar o trânsito” O que a CET quis fazer 1 3 2 2006
  13. 13. Resultado: caos no bairro <ul><li>Ruas viraram corredor estrutural Os carros vindos da Marginal Pinheiros passaram a usar o bairro para chegar ao metrô Vila Madalena, Perdizes, Lapa, Pompéia, avenida Paulista. </li></ul><ul><li>  Trânsito aumentou Ruído, rachaduras nas paredes, risco de atropelamentos. </li></ul><ul><li>Paralisação no horário de pico As ruas Francisco Isoldi e Borges de Barros passaram a ficar paradas nos dois sentidos, para subir e descer.   </li></ul><ul><li>Cruzamento fechado No cruzamento das ruas Felipe de Gusmão e Oscar Caravelas, o trânsito parou, causando buzinaço </li></ul><ul><li>Imóveis à venda Diversos moradores colocaram seus imóveis à venda. A qualidade de vida deteriorou-se. </li></ul><ul><li>Ruas desertas As ruas do bairro, onde antes os moradores conversavam, as crianças brincavam, ficam desertas de pessoas trafegando a pé. </li></ul>
  14. 14. 2008 - Moradores recorrem ao Ministério Público <ul><li>Grupo de moradores pede que a promotoria os defenda da CET </li></ul><ul><li>Promotoria de Habitação e Urbanismo reconhece problemas. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Ministério Público pede explicações à CET </li></ul><ul><li>A empresa resolve sentar com um grupo de moradores para discutir alternativas </li></ul>
  15. 15. 2008 - CET se mexe <ul><li>CET apresenta proposta Pressionada pela Promotoria, a CET apresenta uma proposta de alteração do trânsito em uma assembléia de moradores em 10 de julho de 2008. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Assembléia de moradores aprovam proposta Os moradores acreditam na proposta da CET e aprovam as alterações. </li></ul><ul><li>A CET se compromete a rever o projeto, caso os problemas persistam </li></ul>
  16. 16. As alterações implantadas pela CET Mão única nas ruas Francisco Isoldi e Borges de Barros Inversão de mão em trecho da Francisco Isoldi, interrompendo a rota de fuga da rua Felipe de Gusmão Liberação de estacionamento em um lado da rua Francisco Isoldi Rotatória na esquina da Natingui com Francisco Isoldi
  17. 17. AMadá <ul><li>Associação de Moradores e Amigos do Sumarezinho, Vila Madalena e Região </li></ul><ul><li>Fundada em 20.05.2009 </li></ul><ul><li>Registro público em tramitação </li></ul><ul><li>Rua Borges de Barros, 143, Sumarezinho, São Paulo, SP </li></ul><ul><li>CEP 05441-050 </li></ul><ul><li>Diretoria </li></ul><ul><li>Angela Oliveira Campo presidenta </li></ul><ul><li>Moradora da rua Borges de Barros </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Cecília Marcelino Reina Diretora Jurídica </li></ul><ul><li>Moradora da rua Oscar Caravelas </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Ana Claudia Tartalia e Silva Diretora de Comunicação </li></ul><ul><li>Moradora da rua Senador César Lacerda de Vergueiro </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Rodrigo Sergio Vergara Diretor Secretário </li></ul><ul><li>Morador da rua Francisco Isoldi   </li></ul>

×