Campo Magnético
<ul><li>C ampos magnéticos  cercam materiais e correntes elétricas e são detectados pela força que exercem sobre outros ma...
  O campo magnético em qualquer lugar possui tanto uma  direção  quanto uma  magnitude  (ou força), por tanto é um campo v...
<ul><li>Para campos magnéticos constantes, como os gerados por materiais magnéticos e correntes contínuas. </li></ul>
<ul><li>Um campo magnético variável gera um campo elétrico e um campo elétrico variável resulta em um  campo magnético . <...
<ul><li>À luz da relatividade especial, os campos elétrico e magnético são dois aspectos inter-relacionados de um mesmo ob...
 
<ul><li>Um campo elétrico puro em um sistema de referência é observado como uma combinação de um campo elétrico e um campo...
<ul><li>Na física moderna, o campo magnético e o campo elétrico são entendidos como sendo um campo fotônico. </li></ul>
<ul><li>Na linguagem do Modelo Padrão a força magnética é  mediada  por fótons.  </li></ul>
<ul><li>Frequentemente esta descrição microscópica não é necessária por que a teoria clássica, mais simples e coberta nest...
O campo magnético e ímãs permanentes <ul><li>Ímãs permanentes são objetos que produzem seus próprios campos magnéticos per...
 
<ul><li>  A força do ímã é representada pelo seu momento magnético,  m ; para magnetos simples,  m  aponta na direção de u...
Momento magnético <ul><li>Em física, o  momento magnético  ou  momento de dipolo magnético  de um elemento pontual é um ve...
<ul><li>O vetor de campo magnético a utilizar-se é o  B  denominado como Indução Magnética ou Densidade de Fluxo Magnético...
<ul><li>Em física,astronomia,química e engenharia elétrica, o termo  momento magnético  de um sistema (tal como um laço de...
<ul><li>  Especificamente, o  momento dipolo magnético  quantifica a contribuição do magnetismo interno do sistema ao camp...
<ul><li>Qualquer campo magnético dipolar é simétrico no que diz respeito às rotações em torno de um eixo particular, conse...
Força em um magneto devido a um  B  não-uniforme <ul><li>Pólos magnéticos iguais quando aproximados se repelem, enquanto p...
<ul><li>Por exemplo, pólos opostos atraem-se por que cada magneto é empurrado no campo magnético maior do pólo do outro. A...
<ul><li>Revertendo a direção de  m  reverte a força resultante. Magnetos com  m  oposto a  B  são empurrados para regiões ...
  O campo magnético usando linhas de campo <ul><li>O mapeamento da força e direção do campo magnético é simples, em princí...
<ul><li>Um método alternativo de visualizar o campo magnético que simplifica enormemente o diagrama enquanto mantém as mes...
<ul><li>Linhas de campo magnético também são apresentadas visualmente por auroras polares, nas quais interações de dipolo ...
 
<ul><ul><li>As linhas de campo fornecem uma forma simples de apresentar ou desenhar o campo magnético (ou qualquer outro c...
<ul><li>As linhas de campo também são uma boa ferramenta qualitativa para visualizar as forças magnéticas. Em substâncias ...
<ul><li>A direção de uma linha de campo magnético pode ser revelada usando uma bússola. Uma bússola colocada próxima ao pó...
<ul><ul><li>As linhas de campo magnético  fora do magneto  apontam do pólo norte para o pólo sul. Nem todos os campos magn...
Trabalho Realizado na Materia de Física <ul><li>Prof.: Rodrigo </li></ul><ul><li>Alunos: Leonardo Falavina,Reginaldo </li>...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Campo magnético reginaldo

1.361 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.361
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Campo magnético reginaldo

  1. 1. Campo Magnético
  2. 2. <ul><li>C ampos magnéticos  cercam materiais e correntes elétricas e são detectados pela força que exercem sobre outros materiais magnéticos e cargas elétricas em movimento. </li></ul>
  3. 3.   O campo magnético em qualquer lugar possui tanto uma  direção  quanto uma  magnitude  (ou força), por tanto é um campo vetorial.
  4. 4. <ul><li>Para campos magnéticos constantes, como os gerados por materiais magnéticos e correntes contínuas. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Um campo magnético variável gera um campo elétrico e um campo elétrico variável resulta em um  campo magnético . </li></ul>
  6. 6. <ul><li>À luz da relatividade especial, os campos elétrico e magnético são dois aspectos inter-relacionados de um mesmo objeto, chamado de campo eletromagnético.  </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Um campo elétrico puro em um sistema de referência é observado como uma combinação de um campo elétrico e um campo magnético em um sistema de referência em movimento em relação ao primeiro. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Na física moderna, o campo magnético e o campo elétrico são entendidos como sendo um campo fotônico. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Na linguagem do Modelo Padrão a força magnética é  mediada  por fótons. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Frequentemente esta descrição microscópica não é necessária por que a teoria clássica, mais simples e coberta neste artigo, é suficiente. A diferença é desprezível na maioria das circunstâncias. </li></ul>
  11. 12. O campo magnético e ímãs permanentes <ul><li>Ímãs permanentes são objetos que produzem seus próprios campos magnéticos persistentes. Todos os ímãs permanentes possuem os pólos sul e norte. Eles são feitos de materiais ferromagnéticos como ferro e níquel que foram magnetizados.  </li></ul>
  12. 14. <ul><li>  A força do ímã é representada pelo seu momento magnético,  m ; para magnetos simples,  m  aponta na direção de uma linha desenhada do polo sul ao polo norte do magneto. Para mais detalhes sobre magnetos veja magnetização abaixo e o artigo ferromagnetismo. </li></ul>
  13. 15. Momento magnético <ul><li>Em física, o  momento magnético  ou  momento de dipolo magnético  de um elemento pontual é um vetor que, em presença de um campo magnético (inerentemente vectorial), relaciona-se com o torque de alineação de ambos vectores no ponto no qual se situa o elemento .  </li></ul>
  14. 16. <ul><li>O vetor de campo magnético a utilizar-se é o  B  denominado como Indução Magnética ou Densidade de Fluxo Magnético cuja magnitude é o Weber por metro quadrado. </li></ul>
  15. 17. <ul><li>Em física,astronomia,química e engenharia elétrica, o termo  momento magnético  de um sistema (tal como um laço de corrente elétrica, uma barra demagneto, um eletrão, uma molécula, ou um planeta) normalmente refere-se a seu  momento dipolo magnético , e é uma medida da intensidade da fonte magnética. </li></ul>
  16. 18. <ul><li>  Especificamente, o  momento dipolo magnético  quantifica a contribuição do magnetismo interno do sistema ao campo magnético dipolar externo produzido pelo sistema ( i.e.  o componente do campo magnético externo que atua ao inverso da distância ao cubo). </li></ul>
  17. 19. <ul><li>Qualquer campo magnético dipolar é simétrico no que diz respeito às rotações em torno de um eixo particular, conseqüentemente é habitual descrever o momento de dipolo magnético que cria um campo como um vector com uma direção ao longo deste eixo. Para quadripolar,octopolar, e momentos magnéticos multipolos de mais alta ordem  </li></ul>
  18. 20. Força em um magneto devido a um  B  não-uniforme <ul><li>Pólos magnéticos iguais quando aproximados se repelem, enquanto polos opostos se atraem. Este é um exemplo específico de uma regra geral de que os magnetos são atraídos (ou repelidos dependendo da orientação do magneto) para regiões de campo magnético maior.  </li></ul>
  19. 21. <ul><li>Por exemplo, pólos opostos atraem-se por que cada magneto é empurrado no campo magnético maior do pólo do outro. A força é atrativa por que cada magneto  m  está na mesma direção do campo magnético  B  do outro. </li></ul>
  20. 22. <ul><li>Revertendo a direção de  m  reverte a força resultante. Magnetos com  m  oposto a  B  são empurrados para regiões de campo magnético  menor , desde que o magneto, e portanto,  m  não girar devido ao torque magnético. Este fenômeno corresponde ao de pólos semelhantes de dois magnetos sendo aproximados. A capacidade de um campo magnético não uniforme de ordenar dipolos com orientação diferente á a base do experimento de Stern-Gerlach, que estabeleceu a natureza quântica dos dipolos magnéticos associados com átomos e elétrons . </li></ul>
  21. 23.   O campo magnético usando linhas de campo <ul><li>O mapeamento da força e direção do campo magnético é simples, em princípio. Primeiro, meça a força e direção do campo magnético em um grande número de posições. Então marque cada localização com uma seta (chamada de vetor) apontando na direção do campo magnético local com um comprimento proporcional à intensidade do campo magnético. </li></ul>
  22. 24. <ul><li>Um método alternativo de visualizar o campo magnético que simplifica enormemente o diagrama enquanto mantém as mesmas informações é 'conectar' os vetores para formar &quot;linhas de campo magnético&quot;.Vários fenômenos físicos têm o efeito de mostrar as linhas de campo magnético. Por exemplo, limalhas de ferro colocadas em um campo magnético se alinham de forma a mostrar visualmente a orientação do campo magnético (veja a figura à esquerda).  </li></ul>
  23. 25. <ul><li>Linhas de campo magnético também são apresentadas visualmente por auroras polares, nas quais interações de dipolo de partículas de plasma criam faixas de luz visível que se alinham com a direção local do campo magnético. </li></ul>
  24. 27. <ul><ul><li>As linhas de campo fornecem uma forma simples de apresentar ou desenhar o campo magnético (ou qualquer outro campo vetorial). As linhas magnéticas pode ser estimadas a  qualquer  ponto (seja em uma linha de campo ou não) usando a direção e densidade das linhas de campo próximas.Uma densidade maior de linhas de campo próximas indicam um campo magnético mais forte. </li></ul></ul>
  25. 28. <ul><li>As linhas de campo também são uma boa ferramenta qualitativa para visualizar as forças magnéticas. Em substâncias ferromagnéticas como o ferro e o plasma, as forças magnéticas podem ser compreendidas imaginando-se que as linhas de campo exercem uma tensão (como uma tira de borracha) ao longo de seu comprimento, e uma pressão perpendicular ao seu comprimento sobre as linhas de campo vizinhas.  </li></ul>
  26. 29. <ul><li>A direção de uma linha de campo magnético pode ser revelada usando uma bússola. Uma bússola colocada próxima ao pólo norte de um magneto aponta para longe daquele pólo - pólos iguais se repelem. O oposto acontece com uma bússola colocada próxima ao pólo sul de um magneto. O campo magnético aponta para fora do magneto no pólo norte e em direção ao magneto no pólo sul. </li></ul>
  27. 30. <ul><ul><li>As linhas de campo magnético  fora do magneto  apontam do pólo norte para o pólo sul. Nem todos os campos magnéticos são descritíveis em termos de pólos. Um fio reto conduzindo uma corrente elétrica, por exemplo, produz um campo magnético que não aponta nem em direção nem na direção oposta ao fio, mas circula o mesmo. </li></ul></ul>
  28. 31. Trabalho Realizado na Materia de Física <ul><li>Prof.: Rodrigo </li></ul><ul><li>Alunos: Leonardo Falavina,Reginaldo </li></ul><ul><li>Números: 16,23 </li></ul><ul><li>Ano : 3 “A” </li></ul>

×