Princípio de Pareto

1.593 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o Princípio de Pareto associado aos negócios

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Princípio de Pareto

  1. 1. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto CEETEPS - Centro Paula Souza Mestrado em Gestão de Sistemas Produtivos Análise e Modelagem de Processos Organizacionais maio 2014 1 / 17
  2. 2. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Vilfredo Pareto Joseph M. Juran Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Agenda 1 História Vilfredo Pareto Joseph M. Juran 2 Princípio de Pareto Definição Exemplos 3 Diagrama de Pareto Gráfico Exercício 2 / 17
  3. 3. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Vilfredo Pareto Joseph M. Juran Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Vilfredo Pareto (1848 - 1923) Economista italiano 1897 - estudo sobre distribuição de renda Figura: Vilfredo Pareto 3 / 17
  4. 4. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Vilfredo Pareto Joseph M. Juran Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Joseph M. Juran (1904 - 2008) Gestão da Qualidade Expandiu o princípio proposto por Pareto para a esfera organizacional (JURAN, 1950) Figura: Joseph M. Juran 4 / 17
  5. 5. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Definição Exemplos Diagrama de Pareto Agenda 1 História Vilfredo Pareto Joseph M. Juran 2 Princípio de Pareto Definição Exemplos 3 Diagrama de Pareto Gráfico Exercício 5 / 17
  6. 6. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Definição Exemplos Diagrama de Pareto Princípio de Pareto Definição Princípio 80/20 “80% dos resultados são obtidos por 20% das tarefas” Joseph M. Juran Princípio “vital few and trivial many” (??) 6 / 17
  7. 7. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Definição Exemplos Diagrama de Pareto Princípio de Pareto Exemplos Negócios 80% das vendas são feitas por 20% da equipe de vendas (KOCH, 2004) Engenharia Software Ao eliminar os 20% de bugs mais reportados, 80% dos erros e falhas são eliminados (ROONEY, 2002) 20% do código possui 80% dos erros (PRESSMAN, 2010) Saúde & Segurança 20% dos perigos causam 80% dos ferimentos e acidentes (WOODCOCK, 2010) 7 / 17
  8. 8. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Agenda 1 História Vilfredo Pareto Joseph M. Juran 2 Princípio de Pareto Definição Exemplos 3 Diagrama de Pareto Gráfico Exercício 8 / 17
  9. 9. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Gráfico Figura: Frequência relativa de motivos para chegar atrasado ao trabalho 9 / 17
  10. 10. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Gráfico (cont) Elementos do Gráfico: Eixo Vertical Esquerdo: frequência de ocorrência ou outra unidade importante Eixo Vertical Direito: porcentagem cumulativa do número total de ocorrências Eixo Horizontal: grupo ou tipo de ocorrência Barras: valores individuais Linha: total cumulativo Uma vez que os tipos estão em ordem decrescente, a função cumulativa é uma função côncava. 10 / 17
  11. 11. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Exercício Exercício 1 Dada uma manufatura diminuir a taxa de rejeição de peças 1retirado de http://www.totalqualidade.com.br/2013/03/diagrama-de- 11 / 17 pareto-na-pratica.html
  12. 12. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Exercício (cont I) Coletar dados Descrição da Ocorrência Peças Rejeitadas Desgaste de ferramentas 6 Variação no ajuste da máquina 12 Queda de energia 2 Variação na operação anterior 16 Quebra de boca / bedame 5 Ajuste de rolo laminador 8 12 / 17
  13. 13. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Exercício (cont II) Ordenar de forma decrescente Descrição da Ocorrência Peças Rejeitadas Variação na operação anterior 16 Variação no ajuste da máquina 12 Ajuste de rolo laminador 8 Desgaste de ferramentas 6 Quebra de boca / bedame 5 Queda de energia 2 13 / 17
  14. 14. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Exercício (cont III) Calcular a porcentagem cumulativa Descrição da Ocorrência Peças Rejeitadas Porcentagem Variação na operação anterior 16 32,65% Variação no ajuste da máquina 12 57,14% Ajuste de rolo laminador 8 73,46% Desgaste de ferramentas 6 85,71% Quebra de boca / bedame 5 95,91% Queda de energia 2 100,00% 14 / 17
  15. 15. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Exercício (cont IV) Figura: Gráfico de Pareto 15 / 17
  16. 16. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Diagrama de Pareto Exercício (cont V) Figura: Gráfico de Pareto 16 / 17
  17. 17. Princípio e Diagrama de Pareto Rodrigo da Silva Pinto História Princípio de Pareto Diagrama de Pareto Gráfico Exercício Referências I JURAN, J. M. Pareto. lorenz, cournot bernoulli, juran and others. Industrial Quality Control, 1950. KOCH, R. Living the 80/20 Way: Work Less, Worry Less, Succeed More, Enjoy More. [S.l.]: Paperback, 2004. PRESSMAN, R. S. Software Engineering: A Practitioner’s Approach. 7. ed. Boston: McGraw-Hill, 2010. ROONEY, P. Microsoft’s CEO: 80-20 Rule Applies To Bugs, Not Just Features. 2002. <http://www.crn.com/news/security/18821726/ microsofts-ceo-80-20-rule-applies-to-bugs-not-just-features. htm>. Acesso em: 25/04/2014. WOODCOCK, K. Safety evaluation techniques. Ryerson University, p. 86, 2010. 17 / 17

×