SlideShare uma empresa Scribd logo

A igreja que eu quero ser

O documento descreve as cartas de Jesus às sete igrejas da Ásia Menor mencionadas no Apocalipse. A primeira carta é dirigida à igreja de Éfeso e elogia seu trabalho árduo e perseverança, mas pede que voltem a amar a Deus como no início. A carta à igreja de Pérgamo repreende a tolerância com falsas doutrinas como a de Balaão e dos nicolaítas.

1 de 27
Baixar para ler offline
A Igreja que eu quero ser!,[object Object],Apocalipse 2 e 3,[object Object]
Igrejas da Ásia,[object Object]
Estrutura das Cartas,[object Object],Saudação,[object Object],Posição de Jesus,[object Object],Avaliação da congregação,[object Object],Apelo a ação,[object Object],Promessa de recompensa aos vencedores,[object Object],Observação: Domiciano, no ano 81 assume o império no lugar de Tito. O tempo havia sido derrubado nesta época.  O Apóstolo João sofre o seu martírio na época de Domiciano, e é levado para Patmos.,[object Object]
A Igreja de Éfeso,[object Object],Introdução,[object Object],Éfeso era a cidade mais importante da província romana de Ásia. Foi situada perto do mar Egeu. Duas estradas importantes cruzaram em Éfeso, uma seguindo a costa e a outra continuando para o interior, passando por Laodicéia. Assim, Éfeso teve uma localização importantíssima de contato entre os dois lados do império romano (a Europa e a Ásia). Historiadores geralmente calculam a população da cidade no primeiro século entre 250.000 e 500.000. Éfeso era conhecida, também, como o foco de adoração da deusa da fertilidade, Ártemis ou Diana.,[object Object],Avaliação da congregação. Características da Igreja:,[object Object],As obras,[object Object],Trabalho árduo,[object Object],Perseverança: Deus quer servos dedicados que não desistem (Tiago 1:4). Jesus falou da importância da perseverança diante de perseguição (Mateus 10:22; veja Romanos 5:3; Tiago 1:12), observando que perseguições causam o amor de muitos a esfriar (Mateus 24:10-13). Devemos perseverar na oração (Atos 1:14; Colossenses 4:2; 1 Timóteo 5:5), na doutrina verdadeira (Atos 2:42; 1 Coríntios 15:1), nas boas obras (Romanos 2:7) e na graça de Deus (Atos 13:43). Na sua perseverança, os efésios suportaram provas e não se desanimaram.,[object Object],Não tolerava homens maus ,[object Object]
A Igreja de Éfeso,[object Object],Apelo a ação,[object Object],Apelo,[object Object],Abandono do primeiro amor	,[object Object],Efésios 3:17; 4:2,16: 5:2; 6:23,[object Object],Ação,[object Object],Lembra-te de onde caiu: Um passo antes da confissão dos pecados.,[object Object],Arrependa-se: Sem arrependimento o homem não consegue se libertar do pecado. (Lucas 15:7, Marcos 2:17 ) ,[object Object], Volta à prática das primeiras obras: Atitude de alguém que se consertou.,[object Object],Recompensa,[object Object],Ao vencedor darei o direito de comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus. ,[object Object],Jesus promete o retorno à comunhão com Deus que fora feita no livro do Gênesis, resgatando assim a condição do homem criado á imagem e semelhança de Deus para ter comunhão com Ele,[object Object]
A Igreja de Esmirna,[object Object],Introdução,[object Object],Hoje conhecida com Izmir, a terceira maior cidade da Turquia e o segundo mais importante porto do país, Esmirna era uma cidade antiga de uma região habitada durante milhares de anos antes de Cristo. A antiga cidade foi destruída pelos lídios em 600 a.C. e reconstruída pelos gregos no final do 4º século a.C. A cidade ganhou nova vida, e pode ser descrita como uma cidade que morreu e tornou a viver. Durante o domínio romano, Esmirna se tornou um centro de idolatria oficial, conhecida como Guardião do Templo (grego, neokoros). Foi a primeira cidade da Ásia a construir um templo para a adoração da cidade (deusa) de Roma (195 a.C.). Em 26 d.C., foi escolhida como local do templo ao imperador Tibério. Foram descobertas imagens, na praça principal da cidade, de Posêidon (deus grego do mar) e de Deméter (deusa grega da ceifa e da terra).,[object Object],Avaliação da congregação. Características da Igreja:,[object Object],Aflição,[object Object],Pobreza:  Apesar de morarem numa cidade próspera, os cristãos em Esmirna eram pobres. Provavelmente sofriam discriminação por causa da fé, e assim se tornaram pobres,[object Object],Blasfêmia,[object Object]

Recomendados

32 i e ii corintios
32  i e ii corintios32  i e ii corintios
32 i e ii corintiosPIB Penha
 
36 colossenses
36 colossenses36 colossenses
36 colossensesPIB Penha
 
45 apocalipse
45 apocalipse45 apocalipse
45 apocalipsePIB Penha
 
Comentário: 32° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Comentário: 32° Domingo do Tempo Comum - Ano BComentário: 32° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Comentário: 32° Domingo do Tempo Comum - Ano BJosé Lima
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides Epistola aos Efesios
Slides   Epistola aos EfesiosSlides   Epistola aos Efesios
Slides Epistola aos EfesiosAbdias Barreto
 
Introdução à Carta aos Hebreus
Introdução à Carta aos Hebreus Introdução à Carta aos Hebreus
Introdução à Carta aos Hebreus ipbmorrinhos
 
04 as cartas às sete igrejas
04   as cartas às sete igrejas04   as cartas às sete igrejas
04 as cartas às sete igrejasDiego Fortunatto
 
39 tito e filemom
39 tito e filemom39 tito e filemom
39 tito e filemomPIB Penha
 
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Natalino das Neves Neves
 
ESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculo
ESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculoESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculo
ESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculoPAULO RICARDO FERREIRA
 
38 1 e 2 timoteo=
38   1 e 2 timoteo=38   1 e 2 timoteo=
38 1 e 2 timoteo=PIB Penha
 
Alegrai vos no senhor uma exposição de filipenses - russell p. shedd
Alegrai vos no senhor   uma exposição de filipenses - russell p. sheddAlegrai vos no senhor   uma exposição de filipenses - russell p. shedd
Alegrai vos no senhor uma exposição de filipenses - russell p. sheddDeusdete Soares
 
Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.
Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.
Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.Abdias Barreto
 
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusEade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusJoyAlbanez
 
EEPOAD - Epístolas Cristãs 2
EEPOAD - Epístolas Cristãs 2EEPOAD - Epístolas Cristãs 2
EEPOAD - Epístolas Cristãs 2Jamerson Maia
 

Mais procurados (20)

Slides Epistola aos Efesios
Slides   Epistola aos EfesiosSlides   Epistola aos Efesios
Slides Epistola aos Efesios
 
27 marcos
27 marcos27 marcos
27 marcos
 
Introdução à Carta aos Hebreus
Introdução à Carta aos Hebreus Introdução à Carta aos Hebreus
Introdução à Carta aos Hebreus
 
04 as cartas às sete igrejas
04   as cartas às sete igrejas04   as cartas às sete igrejas
04 as cartas às sete igrejas
 
29 joão
29 joão29 joão
29 joão
 
33 galatas
33 galatas33 galatas
33 galatas
 
39 tito e filemom
39 tito e filemom39 tito e filemom
39 tito e filemom
 
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
 
EADE - As epístolas de Paulo (1)
EADE - As epístolas de Paulo (1)EADE - As epístolas de Paulo (1)
EADE - As epístolas de Paulo (1)
 
42 1 pedro
42 1 pedro42 1 pedro
42 1 pedro
 
ESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculo
ESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculoESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculo
ESTUDO Livro filipenses versiculo por versiculo
 
38 1 e 2 timoteo=
38   1 e 2 timoteo=38   1 e 2 timoteo=
38 1 e 2 timoteo=
 
Alegrai vos no senhor uma exposição de filipenses - russell p. shedd
Alegrai vos no senhor   uma exposição de filipenses - russell p. sheddAlegrai vos no senhor   uma exposição de filipenses - russell p. shedd
Alegrai vos no senhor uma exposição de filipenses - russell p. shedd
 
Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.
Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.
Comentário Filipenses - moody. (Auxilio para as Aulas EBD. 3º Trimestre-2013.
 
30 atos
30 atos30 atos
30 atos
 
Livro bibliologia novo testamento
Livro bibliologia novo testamento Livro bibliologia novo testamento
Livro bibliologia novo testamento
 
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusEade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
 
Carta aos efesios
Carta aos efesiosCarta aos efesios
Carta aos efesios
 
As 7 igrejas da asia 2
As 7 igrejas da asia 2As 7 igrejas da asia 2
As 7 igrejas da asia 2
 
EEPOAD - Epístolas Cristãs 2
EEPOAD - Epístolas Cristãs 2EEPOAD - Epístolas Cristãs 2
EEPOAD - Epístolas Cristãs 2
 

Semelhante a A igreja que eu quero ser

A carta à igreja de esmirna
A carta à igreja de esmirnaA carta à igreja de esmirna
A carta à igreja de esmirnaCarlos Nazareth
 
❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGR
❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGR❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGR
❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGRGerson G. Ramos
 
Lição 3 A igreja do amor esquecido
Lição 3 A igreja do amor esquecidoLição 3 A igreja do amor esquecido
Lição 3 A igreja do amor esquecidoJose Ventura
 
Lição_1212016_A igreja militante_GGR
Lição_1212016_A igreja militante_GGRLição_1212016_A igreja militante_GGR
Lição_1212016_A igreja militante_GGRGerson G. Ramos
 
A Era De LaodicéIa
A Era De LaodicéIa   A Era De LaodicéIa
A Era De LaodicéIa lcsmbr
 
Comentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoaComentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoaJosé Lima
 
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja PerseguidaAula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja PerseguidaAdriano Pascoa
 
Lição 4 Esmirna a igreja confessante e mártir
Lição 4 Esmirna a igreja confessante e mártirLição 4 Esmirna a igreja confessante e mártir
Lição 4 Esmirna a igreja confessante e mártirJose Ventura
 
Lição_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
Lição_222016_Início do ministério de Cristo_GGRLição_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
Lição_222016_Início do ministério de Cristo_GGRGerson G. Ramos
 
4 história do cristianismo -4ª aula
4  história do cristianismo -4ª aula4  história do cristianismo -4ª aula
4 história do cristianismo -4ª aulaPIB Penha
 
Eclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEraldo Luciano
 

Semelhante a A igreja que eu quero ser (20)

Paulo e os Efésios.pptx
Paulo e os Efésios.pptxPaulo e os Efésios.pptx
Paulo e os Efésios.pptx
 
Esmirna a igreja coroada
Esmirna a igreja coroadaEsmirna a igreja coroada
Esmirna a igreja coroada
 
A carta à igreja de esmirna
A carta à igreja de esmirnaA carta à igreja de esmirna
A carta à igreja de esmirna
 
Liçao 3
Liçao 3 Liçao 3
Liçao 3
 
❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGR
❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGR❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGR
❉ Respostas_1212016_A igreja militante_GGR
 
Lição 4
Lição 4Lição 4
Lição 4
 
Lição 3 A igreja do amor esquecido
Lição 3 A igreja do amor esquecidoLição 3 A igreja do amor esquecido
Lição 3 A igreja do amor esquecido
 
Lição_1212016_A igreja militante_GGR
Lição_1212016_A igreja militante_GGRLição_1212016_A igreja militante_GGR
Lição_1212016_A igreja militante_GGR
 
A Era De LaodicéIa
A Era De LaodicéIa   A Era De LaodicéIa
A Era De LaodicéIa
 
Comentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoaComentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoa
 
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja PerseguidaAula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
 
Lição 4 Esmirna a igreja confessante e mártir
Lição 4 Esmirna a igreja confessante e mártirLição 4 Esmirna a igreja confessante e mártir
Lição 4 Esmirna a igreja confessante e mártir
 
Igreja de efeso
Igreja de efesoIgreja de efeso
Igreja de efeso
 
Apocalipse 11 e 12
Apocalipse 11 e 12Apocalipse 11 e 12
Apocalipse 11 e 12
 
Lição 03 Livro Apocalipse
Lição 03 Livro ApocalipseLição 03 Livro Apocalipse
Lição 03 Livro Apocalipse
 
Lição_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
Lição_222016_Início do ministério de Cristo_GGRLição_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
Lição_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
 
4 história do cristianismo -4ª aula
4  história do cristianismo -4ª aula4  história do cristianismo -4ª aula
4 história do cristianismo -4ª aula
 
Eclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina Leão
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
 
BOLETIM PIB JOINVILLE 11/08/2013
BOLETIM PIB JOINVILLE 11/08/2013BOLETIM PIB JOINVILLE 11/08/2013
BOLETIM PIB JOINVILLE 11/08/2013
 

Último

Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoOrações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoNilson Almeida
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para CriançasNilson Almeida
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Nilson Almeida
 
Oração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoOração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoNilson Almeida
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Joary Jossué Carlesso
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxCelso Napoleon
 
Novena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo ExpeditoNovena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo ExpeditoNilson Almeida
 
Oração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da RiquezaOração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da RiquezaNilson Almeida
 
A Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioA Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioNilson Almeida
 
Orações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisOrações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisNilson Almeida
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalNilson Almeida
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoNilson Almeida
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoLindiomar Rios
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraNilson Almeida
 
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...Denise Aguiar
 

Último (20)

Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoOrações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para Crianças
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra
 
Oração Do Segredo
Oração Do SegredoOração Do Segredo
Oração Do Segredo
 
Oração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoOração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo Poderoso
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
 
Novena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo ExpeditoNovena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
 
Novena De Santa Marta
Novena De Santa MartaNovena De Santa Marta
Novena De Santa Marta
 
Oração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da RiquezaOração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da Riqueza
 
Oração Pelos Filhos
Oração Pelos FilhosOração Pelos Filhos
Oração Pelos Filhos
 
Prece De Caritas
Prece De CaritasPrece De Caritas
Prece De Caritas
 
A Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioA Couraça De São Patrício
A Couraça De São Patrício
 
Orações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisOrações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De Léllis
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração Original
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
 
Orações Do Cristão
Orações Do CristãoOrações Do Cristão
Orações Do Cristão
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa Senhora
 
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
 

A igreja que eu quero ser

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.