SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
UFRPE/EAD
Licenciatura em Computação-6P
              2011.1
  Tutor: Rodrigo Lins Rodrigues
   Infraestrutura de software;

   O que é um sistema operacional;

   Sistemas operacionais (interfaces);

   Fundamentos;

   Principais objetivos do S.O;

   Classificação dos sistemas operacionais.

                                               2
Um sistema de computação é composto:
  HARDWARE (HW)
   ▪ Engloba toda a parte fisicamente montada.
   ▪ CPU, memória, disco, impressora, teclado, mouse, monitor, ...


  SOFTWARE (SW)
   ▪ Compreende toda a programação para levar o HW a executar o que
     foi determinado pelo usuário;
   ▪ Compilador, editor de texto, planilha eletrônica, navegador Web,...
   De forma geral é um SW
    desenvolvido para GERENCIAR
    o HW/SW e
    COMPARTILHAR, de forma
    organizada, confiável e a mais
    simples possível, os recursos de
    um sistema computacional aos
    seus usuários.
   Serve de interface entre o usuário e os
    recursos disponíveis no sistema
    computacional;

   Torna a comunicação transparente;

   Permite ao usuário uma utilização com
    menores chances de erros e maior interação
    usuário computador.
   O que dá a vida ao hardware é o software que
    executa sobre ele;

   Os componentes de um Sistema Computacional
    podem ser separados de acordo com a seguinte
    hierarquia:
   Esconder os detalhes do hardware do
    programador/usuário;

   Fornece interface orientada a arquivos e esconde
    detalhes relacionados a interrupções, organização do
    disco rígido e demais aspectos associados ao hardware.

   Pode ser visto como um gerenciador de
    recursos, controlando o funcionamento dos diversos
    recursos disponíveis no computador.
   Modo batch ou em lote
     Programas são agrupados e executados em lotes
     Saída é gravada em fita
     Só após termino do lote é que novo lote pode ser executado.

   Atualmente os SO são interativos
     Comandos são processados imediatamente após a sua submissão e
      uma saída é automaticamente fornecida ao usuário.

   Sistema operacional interativo
     Usuário interage diretamente com o computador mesmo durante a
      execução de um programa, Através de dispositivos de entrada e saída
     Ex.: teclado/monitor/mouse
   Batch ou lote (Década de 1950)




   Multiusuário
       Com os SOs multiprogramados nasceu também a possibilidade de mais
        de um usuário interagir com o sistema;

   Monousuário
       Não permitem a interação de mais de um usuário com o SO.
 Uma tarefa é executada por vez;
 Carregam um programa por vez para a memória a fim
  deque seja executado;
 A memória principal é subdividida em duas partes onde
  uma delas é utilizada pelo próprio SO e a a segunda é
  utilizada pelo único programa em execução.
 Mantém o processador ocupado com a execução de
 um ou mais programas por vez;

 Carregam diversos programas para a memória ao
 mesmo tempo e o processador comuta
 rapidamente de um para o outro.;

 A memória é compartilhada entre o sistema
 operacional e os diversos programas de aplicação.
   O processador nunca fica ocioso;
   O SO consegue comutar entre os vários programas
    carregados para a memória;
   A consequência imediata disso é o aumento de
    produtividade e menor ociosidade dos recursos.
 São aqueles em que os processos executam por, no
  máximo, uma fatia (slice) determinada de tempo;
 São conhecidos como preemptivos e oferecem
  maior interatividade com ao usuário;
 Diversos jobs são carregados para a memória;
   Os sistemas de tempo real (real-time) diferem dos de
    tempo compartilhado no tempo exigido no
    processamento das aplicações;
   Nos sistemas de tempo real os tempos de
    processamento devem estar dentro de limites rígidos;
   Exemplos de sistemas que utilizam SO de tempo real:

     Sistemas de tráfego aéreo ou ferroviário,
     Aplicações em robótica,
     Sistemas de controle de equipamentos médicos,
     Sistemas multimídia, etc.
   Possui um núcleo comum e serviços do próprio S.O
    distribuídos em diversos computadores interligados
    objetivando a conclusão de tarefas em comum;

   Componentes são fortemente acoplados, o não
    funcionamento de uma das partes pode comprometer o S.O
    .
 Executa sobre uma coleção de computadores;
 Cada um executa seu próprio sistema operacional;
 Trabalham juntos para tornar seus próprios serviços
  e recursos disponíveis;
 Os componentes são fracamente acoplados.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Análise e Projeto de Sistemas com UML e Java
Análise e Projeto de Sistemas com UML e JavaAnálise e Projeto de Sistemas com UML e Java
Análise e Projeto de Sistemas com UML e Javaarmeniocardoso
 
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
Aula 3   sistema computacional (hardware e software)Aula 3   sistema computacional (hardware e software)
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)Vitor Hugo Melo Araújo
 
Redes de computadores
Redes de computadoresRedes de computadores
Redes de computadoresJakson Silva
 
Aula 1 - Introdução a Engenharia de Software
Aula 1 -  Introdução a Engenharia de SoftwareAula 1 -  Introdução a Engenharia de Software
Aula 1 - Introdução a Engenharia de SoftwareLeinylson Fontinele
 
Apresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, Deadlock
Apresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, DeadlockApresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, Deadlock
Apresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, DeadlockWilliams Gomes da Silva
 
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de InformaçãoAula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de InformaçãoAlberto Simões
 
Sistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SO
Sistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SOSistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SO
Sistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SOMauro Duarte
 
Aula 1 introdução a base de dados
Aula 1   introdução a base de dadosAula 1   introdução a base de dados
Aula 1 introdução a base de dadosHélio Martins
 
Conceitos Básicos Sobre Analise de Sistemas
Conceitos Básicos Sobre Analise de SistemasConceitos Básicos Sobre Analise de Sistemas
Conceitos Básicos Sobre Analise de SistemasClayton de Almeida Souza
 
Classificação – sistemas operativos
Classificação – sistemas operativosClassificação – sistemas operativos
Classificação – sistemas operativosTROLITO LALALAL
 
Manual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdfManual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdfjose312400
 
MC – Aula 04 – Unidade central de processamento e Memória
MC – Aula 04 – Unidade central de processamento e MemóriaMC – Aula 04 – Unidade central de processamento e Memória
MC – Aula 04 – Unidade central de processamento e MemóriaFelipe J. R. Vieira
 
Aula 05 - Como funciona o Computador
Aula 05 - Como funciona o ComputadorAula 05 - Como funciona o Computador
Aula 05 - Como funciona o ComputadorSuzana Viana Mota
 
Sistemas Operacionais (Windows X Linux)
Sistemas Operacionais (Windows X Linux)Sistemas Operacionais (Windows X Linux)
Sistemas Operacionais (Windows X Linux)Paulo Guimarães
 
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)Gercélia Ramos
 

Mais procurados (20)

Sistemas Operacionais
Sistemas OperacionaisSistemas Operacionais
Sistemas Operacionais
 
Análise e Projeto de Sistemas com UML e Java
Análise e Projeto de Sistemas com UML e JavaAnálise e Projeto de Sistemas com UML e Java
Análise e Projeto de Sistemas com UML e Java
 
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
Aula 3   sistema computacional (hardware e software)Aula 3   sistema computacional (hardware e software)
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
 
Redes de computadores
Redes de computadoresRedes de computadores
Redes de computadores
 
Memórias
MemóriasMemórias
Memórias
 
Aula 1 - Introdução a Engenharia de Software
Aula 1 -  Introdução a Engenharia de SoftwareAula 1 -  Introdução a Engenharia de Software
Aula 1 - Introdução a Engenharia de Software
 
Apresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, Deadlock
Apresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, DeadlockApresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, Deadlock
Apresentação Semáforos, monitores, troca de mensagens, Deadlock
 
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de InformaçãoAula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
Aula 01 - Planeamento de Sistemas de Informação
 
Sistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SO
Sistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SOSistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SO
Sistemas Operacionais - 03 - Tipos e Estrutura dos SO
 
Concurrencia
ConcurrenciaConcurrencia
Concurrencia
 
Aula 1 introdução a base de dados
Aula 1   introdução a base de dadosAula 1   introdução a base de dados
Aula 1 introdução a base de dados
 
Sistemas Operacionais
Sistemas OperacionaisSistemas Operacionais
Sistemas Operacionais
 
Conceitos Básicos Sobre Analise de Sistemas
Conceitos Básicos Sobre Analise de SistemasConceitos Básicos Sobre Analise de Sistemas
Conceitos Básicos Sobre Analise de Sistemas
 
Classificação – sistemas operativos
Classificação – sistemas operativosClassificação – sistemas operativos
Classificação – sistemas operativos
 
Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
 
Manual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdfManual Informática Básica.pdf
Manual Informática Básica.pdf
 
MC – Aula 04 – Unidade central de processamento e Memória
MC – Aula 04 – Unidade central de processamento e MemóriaMC – Aula 04 – Unidade central de processamento e Memória
MC – Aula 04 – Unidade central de processamento e Memória
 
Aula 05 - Como funciona o Computador
Aula 05 - Como funciona o ComputadorAula 05 - Como funciona o Computador
Aula 05 - Como funciona o Computador
 
Sistemas Operacionais (Windows X Linux)
Sistemas Operacionais (Windows X Linux)Sistemas Operacionais (Windows X Linux)
Sistemas Operacionais (Windows X Linux)
 
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
 

Destaque

Questões de Sistemas Operacionais
Questões de Sistemas Operacionais Questões de Sistemas Operacionais
Questões de Sistemas Operacionais Joicy Souza
 
Detroit Youth Resource Alert Project (RAP) Summary
Detroit Youth Resource Alert Project (RAP) SummaryDetroit Youth Resource Alert Project (RAP) Summary
Detroit Youth Resource Alert Project (RAP) SummaryR. Lee Gordon
 
Questoesde fso
Questoesde fsoQuestoesde fso
Questoesde fsopaulocsm
 
Introducao a Sistemas Operacionais
Introducao a Sistemas OperacionaisIntroducao a Sistemas Operacionais
Introducao a Sistemas OperacionaisIsaac Vieira
 
fundamentos de sistema operacional- S.O
fundamentos de sistema operacional- S.Ofundamentos de sistema operacional- S.O
fundamentos de sistema operacional- S.OPablo Lopes
 
Aula 22 caches associativas e associativas por conjunto
Aula 22   caches associativas e associativas por conjuntoAula 22   caches associativas e associativas por conjunto
Aula 22 caches associativas e associativas por conjuntoa Nunes
 
Sistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - IntroducaoSistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - IntroducaoLuiz Arthur
 
Evolução dos Sistemas Operativos
Evolução dos Sistemas OperativosEvolução dos Sistemas Operativos
Evolução dos Sistemas OperativosKaska Lucas
 
Arquitetura de computadores – memórias
Arquitetura de computadores – memóriasArquitetura de computadores – memórias
Arquitetura de computadores – memóriasElaine Cecília Gatto
 
Tipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas OperacionaisTipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas OperacionaisLuciano Crecente
 

Destaque (12)

Questões de Sistemas Operacionais
Questões de Sistemas Operacionais Questões de Sistemas Operacionais
Questões de Sistemas Operacionais
 
Detroit Youth Resource Alert Project (RAP) Summary
Detroit Youth Resource Alert Project (RAP) SummaryDetroit Youth Resource Alert Project (RAP) Summary
Detroit Youth Resource Alert Project (RAP) Summary
 
Questoesde fso
Questoesde fsoQuestoesde fso
Questoesde fso
 
Introducao a Sistemas Operacionais
Introducao a Sistemas OperacionaisIntroducao a Sistemas Operacionais
Introducao a Sistemas Operacionais
 
fundamentos de sistema operacional- S.O
fundamentos de sistema operacional- S.Ofundamentos de sistema operacional- S.O
fundamentos de sistema operacional- S.O
 
Aula 22 caches associativas e associativas por conjunto
Aula 22   caches associativas e associativas por conjuntoAula 22   caches associativas e associativas por conjunto
Aula 22 caches associativas e associativas por conjunto
 
Processamento paralelo
Processamento paraleloProcessamento paralelo
Processamento paralelo
 
Sistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - IntroducaoSistemas Operacionais - Introducao
Sistemas Operacionais - Introducao
 
O processador
O processadorO processador
O processador
 
Evolução dos Sistemas Operativos
Evolução dos Sistemas OperativosEvolução dos Sistemas Operativos
Evolução dos Sistemas Operativos
 
Arquitetura de computadores – memórias
Arquitetura de computadores – memóriasArquitetura de computadores – memórias
Arquitetura de computadores – memórias
 
Tipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas OperacionaisTipos de Sistemas Operacionais
Tipos de Sistemas Operacionais
 

Semelhante a Revsão sobre sistemas operacionais

resumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdf
resumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdfresumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdf
resumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdfRafaelPilan1
 
Sistemas operativos trabalho 10ºano
Sistemas operativos trabalho 10ºanoSistemas operativos trabalho 10ºano
Sistemas operativos trabalho 10ºanoHus Juky
 
SO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdf
SO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdfSO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdf
SO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdfSilvano Oliveira
 
Conceitos de sistemas operacionais
Conceitos de sistemas operacionaisConceitos de sistemas operacionais
Conceitos de sistemas operacionaisAparicio Junior
 
Noções básicas de Sistemas Operacionais
Noções básicas de Sistemas OperacionaisNoções básicas de Sistemas Operacionais
Noções básicas de Sistemas OperacionaisLuciano Crecente
 
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelApostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelPablo Mariano
 
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelApostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelPablo Mariano
 
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelApostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelPablo Mariano
 
Sistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e Exercícios
Sistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e ExercíciosSistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e Exercícios
Sistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e ExercíciosCharles Fortes
 
Introdução aos Sistemas Operacionais
Introdução aos Sistemas OperacionaisIntrodução aos Sistemas Operacionais
Introdução aos Sistemas OperacionaisRodrigoMalara1
 
Aula 03 isc -softwares-hardwares-arquiteturas
Aula 03   isc -softwares-hardwares-arquiteturasAula 03   isc -softwares-hardwares-arquiteturas
Aula 03 isc -softwares-hardwares-arquiteturasFábio Andrade
 
Aula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptx
Aula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptxAula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptx
Aula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptxAlexandredePaula28
 
Hardware e software
Hardware e softwareHardware e software
Hardware e softwarejotacabral
 
M1_Sistemas Operativos.pptx
M1_Sistemas Operativos.pptxM1_Sistemas Operativos.pptx
M1_Sistemas Operativos.pptxDoraestevao
 

Semelhante a Revsão sobre sistemas operacionais (20)

Sistemas Operacionais
Sistemas OperacionaisSistemas Operacionais
Sistemas Operacionais
 
resumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdf
resumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdfresumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdf
resumo-conceitos-de-sistemas-operacionais.pdf
 
Sistemas operativos trabalho 10ºano
Sistemas operativos trabalho 10ºanoSistemas operativos trabalho 10ºano
Sistemas operativos trabalho 10ºano
 
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 02
 
SO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdf
SO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdfSO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdf
SO01 - Sistemas-Operacionais - Introdução Historico Conceitos.pdf
 
Conceitos de sistemas operacionais
Conceitos de sistemas operacionaisConceitos de sistemas operacionais
Conceitos de sistemas operacionais
 
Noções básicas de Sistemas Operacionais
Noções básicas de Sistemas OperacionaisNoções básicas de Sistemas Operacionais
Noções básicas de Sistemas Operacionais
 
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelApostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
 
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelApostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
 
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgelApostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
Apostila de sistemas operacionais emi mario gurgel
 
Informática Aplicada 2
Informática Aplicada  2Informática Aplicada  2
Informática Aplicada 2
 
Sistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e Exercícios
Sistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e ExercíciosSistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e Exercícios
Sistemas Operacionais - Aula 4 - Revisão e Exercícios
 
So cap01
So cap01So cap01
So cap01
 
Hardware e sistemas operacionais
Hardware e sistemas operacionaisHardware e sistemas operacionais
Hardware e sistemas operacionais
 
Introdução aos Sistemas Operacionais
Introdução aos Sistemas OperacionaisIntrodução aos Sistemas Operacionais
Introdução aos Sistemas Operacionais
 
Aula 03 isc -softwares-hardwares-arquiteturas
Aula 03   isc -softwares-hardwares-arquiteturasAula 03   isc -softwares-hardwares-arquiteturas
Aula 03 isc -softwares-hardwares-arquiteturas
 
Aula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptx
Aula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptxAula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptx
Aula 01 - Introducao aos Sistemas Operacionais.pptx
 
Hardware e software
Hardware e softwareHardware e software
Hardware e software
 
Hardware e software
Hardware e softwareHardware e software
Hardware e software
 
M1_Sistemas Operativos.pptx
M1_Sistemas Operativos.pptxM1_Sistemas Operativos.pptx
M1_Sistemas Operativos.pptx
 

Mais de Rodrigo Rodrigues

Aula 6 análise de conglomerados
Aula 6  análise de conglomeradosAula 6  análise de conglomerados
Aula 6 análise de conglomeradosRodrigo Rodrigues
 
Aula 5 modelo de regressão loística
Aula 5   modelo de regressão loísticaAula 5   modelo de regressão loística
Aula 5 modelo de regressão loísticaRodrigo Rodrigues
 
Aula 4 modelos de regressão linear
Aula 4   modelos de regressão linearAula 4   modelos de regressão linear
Aula 4 modelos de regressão linearRodrigo Rodrigues
 
Aula 3 testes de hipóteses e anova
Aula 3   testes de hipóteses e anovaAula 3   testes de hipóteses e anova
Aula 3 testes de hipóteses e anovaRodrigo Rodrigues
 
Aula 2 prática computacional de estatística descritiva
Aula 2   prática computacional de estatística descritivaAula 2   prática computacional de estatística descritiva
Aula 2 prática computacional de estatística descritivaRodrigo Rodrigues
 
Aula 1 introdução e estatística descritiva
Aula 1   introdução e  estatística descritivaAula 1   introdução e  estatística descritiva
Aula 1 introdução e estatística descritivaRodrigo Rodrigues
 
Análise de Regressão: aspectos teóricos e computacionais
Análise de Regressão: aspectos teóricos e computacionaisAnálise de Regressão: aspectos teóricos e computacionais
Análise de Regressão: aspectos teóricos e computacionaisRodrigo Rodrigues
 
Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...
Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...
Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...Rodrigo Rodrigues
 
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionaisPesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionaisRodrigo Rodrigues
 
Teste de hipóteses - paramétricos
Teste de hipóteses - paramétricosTeste de hipóteses - paramétricos
Teste de hipóteses - paramétricosRodrigo Rodrigues
 
Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...
Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...
Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...Rodrigo Rodrigues
 
Jogos Educativos - Nativos Digitais
Jogos Educativos - Nativos DigitaisJogos Educativos - Nativos Digitais
Jogos Educativos - Nativos DigitaisRodrigo Rodrigues
 
Introdução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webIntrodução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webRodrigo Rodrigues
 

Mais de Rodrigo Rodrigues (20)

Aula 7 análise fatorial
Aula 7  análise fatorialAula 7  análise fatorial
Aula 7 análise fatorial
 
Aula 6 análise de conglomerados
Aula 6  análise de conglomeradosAula 6  análise de conglomerados
Aula 6 análise de conglomerados
 
Aula 5 modelo de regressão loística
Aula 5   modelo de regressão loísticaAula 5   modelo de regressão loística
Aula 5 modelo de regressão loística
 
Aula 4 modelos de regressão linear
Aula 4   modelos de regressão linearAula 4   modelos de regressão linear
Aula 4 modelos de regressão linear
 
Aula 3 testes de hipóteses e anova
Aula 3   testes de hipóteses e anovaAula 3   testes de hipóteses e anova
Aula 3 testes de hipóteses e anova
 
Aula 2 prática computacional de estatística descritiva
Aula 2   prática computacional de estatística descritivaAula 2   prática computacional de estatística descritiva
Aula 2 prática computacional de estatística descritiva
 
Aula 1 introdução e estatística descritiva
Aula 1   introdução e  estatística descritivaAula 1   introdução e  estatística descritiva
Aula 1 introdução e estatística descritiva
 
Análise de Regressão: aspectos teóricos e computacionais
Análise de Regressão: aspectos teóricos e computacionaisAnálise de Regressão: aspectos teóricos e computacionais
Análise de Regressão: aspectos teóricos e computacionais
 
Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...
Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...
Desenvolvimento de um Assistente Virtual Integrado ao Moodle para Suporte a A...
 
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionaisPesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
 
Teste de hipóteses - paramétricos
Teste de hipóteses - paramétricosTeste de hipóteses - paramétricos
Teste de hipóteses - paramétricos
 
Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...
Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...
Modelo de Regressão Linear aplicado à previsão de desempenho de estudantes em...
 
Jogos Educativos - Nativos Digitais
Jogos Educativos - Nativos DigitaisJogos Educativos - Nativos Digitais
Jogos Educativos - Nativos Digitais
 
Introdução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webIntrodução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento web
 
Gerência de dispositivos
Gerência de dispositivosGerência de dispositivos
Gerência de dispositivos
 
Memória virtual
Memória virtualMemória virtual
Memória virtual
 
Memória virtual
Memória virtualMemória virtual
Memória virtual
 
Gerenciamento de memória
Gerenciamento de memóriaGerenciamento de memória
Gerenciamento de memória
 
Aula revisão ok
Aula revisão       okAula revisão       ok
Aula revisão ok
 
Gerência de memória
Gerência de memóriaGerência de memória
Gerência de memória
 

Revsão sobre sistemas operacionais

  • 1. UFRPE/EAD Licenciatura em Computação-6P 2011.1 Tutor: Rodrigo Lins Rodrigues
  • 2. Infraestrutura de software;  O que é um sistema operacional;  Sistemas operacionais (interfaces);  Fundamentos;  Principais objetivos do S.O;  Classificação dos sistemas operacionais. 2
  • 3. Um sistema de computação é composto: HARDWARE (HW) ▪ Engloba toda a parte fisicamente montada. ▪ CPU, memória, disco, impressora, teclado, mouse, monitor, ... SOFTWARE (SW) ▪ Compreende toda a programação para levar o HW a executar o que foi determinado pelo usuário; ▪ Compilador, editor de texto, planilha eletrônica, navegador Web,...
  • 4. De forma geral é um SW desenvolvido para GERENCIAR o HW/SW e COMPARTILHAR, de forma organizada, confiável e a mais simples possível, os recursos de um sistema computacional aos seus usuários.
  • 5.
  • 6. Serve de interface entre o usuário e os recursos disponíveis no sistema computacional;  Torna a comunicação transparente;  Permite ao usuário uma utilização com menores chances de erros e maior interação usuário computador.
  • 7.
  • 8.
  • 9. O que dá a vida ao hardware é o software que executa sobre ele;  Os componentes de um Sistema Computacional podem ser separados de acordo com a seguinte hierarquia:
  • 10. Esconder os detalhes do hardware do programador/usuário;  Fornece interface orientada a arquivos e esconde detalhes relacionados a interrupções, organização do disco rígido e demais aspectos associados ao hardware.  Pode ser visto como um gerenciador de recursos, controlando o funcionamento dos diversos recursos disponíveis no computador.
  • 11. Modo batch ou em lote  Programas são agrupados e executados em lotes  Saída é gravada em fita  Só após termino do lote é que novo lote pode ser executado.  Atualmente os SO são interativos  Comandos são processados imediatamente após a sua submissão e uma saída é automaticamente fornecida ao usuário.  Sistema operacional interativo  Usuário interage diretamente com o computador mesmo durante a execução de um programa, Através de dispositivos de entrada e saída  Ex.: teclado/monitor/mouse
  • 12. Batch ou lote (Década de 1950)  Multiusuário  Com os SOs multiprogramados nasceu também a possibilidade de mais de um usuário interagir com o sistema;  Monousuário  Não permitem a interação de mais de um usuário com o SO.
  • 13.
  • 14.
  • 15.  Uma tarefa é executada por vez;  Carregam um programa por vez para a memória a fim deque seja executado;  A memória principal é subdividida em duas partes onde uma delas é utilizada pelo próprio SO e a a segunda é utilizada pelo único programa em execução.
  • 16.  Mantém o processador ocupado com a execução de um ou mais programas por vez;  Carregam diversos programas para a memória ao mesmo tempo e o processador comuta rapidamente de um para o outro.;  A memória é compartilhada entre o sistema operacional e os diversos programas de aplicação.
  • 17. O processador nunca fica ocioso;  O SO consegue comutar entre os vários programas carregados para a memória;  A consequência imediata disso é o aumento de produtividade e menor ociosidade dos recursos.
  • 18.  São aqueles em que os processos executam por, no máximo, uma fatia (slice) determinada de tempo;  São conhecidos como preemptivos e oferecem maior interatividade com ao usuário;  Diversos jobs são carregados para a memória;
  • 19. Os sistemas de tempo real (real-time) diferem dos de tempo compartilhado no tempo exigido no processamento das aplicações;  Nos sistemas de tempo real os tempos de processamento devem estar dentro de limites rígidos;  Exemplos de sistemas que utilizam SO de tempo real:  Sistemas de tráfego aéreo ou ferroviário,  Aplicações em robótica,  Sistemas de controle de equipamentos médicos,  Sistemas multimídia, etc.
  • 20. Possui um núcleo comum e serviços do próprio S.O distribuídos em diversos computadores interligados objetivando a conclusão de tarefas em comum;  Componentes são fortemente acoplados, o não funcionamento de uma das partes pode comprometer o S.O .
  • 21.  Executa sobre uma coleção de computadores;  Cada um executa seu próprio sistema operacional;  Trabalham juntos para tornar seus próprios serviços e recursos disponíveis;  Os componentes são fracamente acoplados.