Apresentação ANFe

2.052 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.052
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.420
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação ANFe

  1. 1. Uma nova oportunidade:× A Necessidade: Conforme a lei 6.374/89, art. 67, 5º, quem emite NFe têm a obrigatoriedade não só da emissão, mas também de recebimento e arquivamento do respectivo documento XML por um período de 5 anos. A Ágere TI, entendendo esta nova necessidade, como uma nova oportunidade, investiu na criação de um novo produto de software: A Solução: Produto de Software para gerenciar o arquivamento, a validação e a importação dos documentos XML de Nfe S para o ERP, atendendo a esta necessidade e, evitando a (re)digitação de NFe S.
  2. 2. Nosso produto:Automatização da Nota Fiscal Eletrônica:  Realiza a gestão, a validação e o arquivamento, automatizado dos documentos XML de NFe S.  Permite a emissão de relatórios gerenciais dos documentos XML.  Garante a confiabilidade e a segurança das informações.  100% Integrado a solução Totvs Logix® via XML, sendo integrado aos demais ERPs através de arquivo texto.  Desenvolvido na plataforma Microsoft .NET®.
  3. 3. Validação do XML: Schema (estrutura). Conteúdo. Autenticidade da assinatura do arquivo XML. ON-LINE da situação atual da NFe através dos WebServices disponibilizados pelo Sefaz emissor da nota. Verifica empresas ativas para recebimento de XML. Renomeia o arquivo para um padrão definido. Movimenta os arquivos renomeados para uma pasta da rede padrão. Exporta para banco de dados o arquivo XML.
  4. 4. Gestão do XML: Verifica se o XML recebido já consta no Logix SUP3760 (Entrada de Notas – AR). Insere automaticamente as informações do SEFAZ no Logix (SUP3760 – Informações Complementares da Nota – NFe):  Chave de Acesso.  Número do Protocolo.  Data/Hora.  Diretório onde foi armazenado o arquivo XML Verificação constante da NFe - Prazo para Cancelamento: “...o prazo para cancelamento é de sete dias ou então 168 horas contados a partir da autorização da nota fiscal eletrônica...”
  5. 5. Relatórios gerenciais: Visão dos AR’s que ainda não têm o XML Nota já consta no SUP3760, mas ainda falta o arquivo XML. Visão dos XML’s recebidos, que ainda não têm AR XML já chegou do fornecedor, porém não tem a entrada no SUP3760 – Mercadoria em trânsito. Visualização dos XML’s recebidos com erros Descrição do Erro – XML sem protocolo, Schema Inválido, Nota Cancelada. Banco de XML Visualização de todos os XMLs armazenados. Filtros dinâmicos (por fornecedor, por data de emissão, por data de recebimento do XML, etc). Extração de XMLs (entrega mídia para fiscalização). Logs de Execução Visualização das rotinas executadas.
  6. 6. Gestão de e-mails: Envio automático de e-mails para os fornecedores que estão com XMLs pendentes para recebimento (possui AR no sistema sem o XML).Confirmar recebimento de XML Válido eInválido: Realiza a validação do XML e já responde para o remetente a validade ou não do XML. Responder e-mails que não contenham XML.
  7. 7. Customização de e-mails: Customização do leiaute e do texto dos e-mails automáticos:
  8. 8. Fluxo de integração XML x ERP:Receber XML por e-mail Validar XMLExtrair o XML parao banco de dados Complementar Aplicar regras Importar o XML para regras do XML DE/PARA do XML o ERP Pedido de Compras
  9. 9. Regras de integração XML x ERP: Regras por Fornecedores, formas de buscar pedido de compra, Itens, etc... Regras legais quando / para Quando = XML Para = ERP
  10. 10. Gestão da integração XML x ERP: Dados da NF do XMLDados dos itens do XML Dados do PC dos itens do XML
  11. 11. Importação do XML para o ERP: A Importação nativa para o ERP Totvs Logix obedece todas as regras de recebimento e mantém a nota fiscal no conceito de mercadoria em trânsito Demais ERPs serão integrados por arquivo texto no padrão Anfavea ou por layout próprio
  12. 12. Evolução em 2011:  Liberação da gestão dos documentos “Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)”(*) e o “Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico (DACTE)” (**) e,  Integração nativa com o ERP Totvs Logix® e via texto com demais ERPs.(*) Documento emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais,uma prestação de serviços de transporte de cargas, ocorrida entre as partes, garantida juridicamentepela assinatura digital do emitente e pela autorização de uso do documento eletrônico, fornecida pelofisco. (**) O DACTE (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico) é uma representação simplificada do CT-e e que deve acompanhar a mercadoria em trânsito, fornecendo informações básicas sobre a prestação em curso (emitente, destinatário, valores, etc)

×