EMBOLIA PULMONAR

 é a obstrução repentina de
uma artéria pulmonar
causada por um êmbolo
Etiologia:
1)Trombo
      Tríade de Virchow
      Origem: Veias dos MMII e Pelve

2) Outros
Fatores de Risco de TVP:
1) Trauma não cirúrgico e cirúrgico;
2) Idade maior que 40 anos;
3) Tromboembolismo venoso prévio...
Desordens de coagulação
1) Deficiência de antitrombina;
2) Deficiência de proteínas C e S;
3) Resistência à proteína C (fa...
Sinais e Sintomas
Síndromes clínicas:

1) Colapso circulatório (embolia maciça)

2) Dispnéia não explicada (embolia submac...
>4 pontos: Provável   = ou <4 Pontos: Improvável
Diagnóstico
.
0) EXAME FÍSICO
1) ECG (alterações frequentes ?)
2) RX de Tórax (o que esperar ?)
3) Laboratório (o que é im...
Tratamento:
1) Suporte Clinico
2) Anticoagulação
3) Trombolítico
        Estreptoquinase
        RtPA
4) Tratamento Cirúrg...
Suspeita TEP



                             Escore de Wells
              = ou <4                          >4
           ...
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Embolia Pulmonar
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Embolia Pulmonar

8.559 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Esportes
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.559
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
169
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Embolia Pulmonar

  1. 1. EMBOLIA PULMONAR é a obstrução repentina de uma artéria pulmonar causada por um êmbolo
  2. 2. Etiologia: 1)Trombo Tríade de Virchow Origem: Veias dos MMII e Pelve 2) Outros
  3. 3. Fatores de Risco de TVP: 1) Trauma não cirúrgico e cirúrgico; 2) Idade maior que 40 anos; 3) Tromboembolismo venoso prévio; 4) Imobilização; 5) Doença maligna; 6) Insuficiência cardíaca; 7) Infarto do miocárdio; 8) Paralisia de membros inferiores; 9) Outros: obesidade; veias varicosas; estrogênio; parto; doença pulmonar obstrutiva crônica.
  4. 4. Desordens de coagulação 1) Deficiência de antitrombina; 2) Deficiência de proteínas C e S; 3) Resistência à proteína C (fator V Leiden); 4) Desfibrinogenemia; 5) Anticorpo antifosfolipídio/antiocardiolipina; 6) Mutação da protrombina; 7) Desordens do plasminogênio.
  5. 5. Sinais e Sintomas Síndromes clínicas: 1) Colapso circulatório (embolia maciça) 2) Dispnéia não explicada (embolia submaciça) 3) Dor torácica do tipo pleurítica (infarto pulmonar) Dispnéia (73%)
  6. 6. >4 pontos: Provável = ou <4 Pontos: Improvável
  7. 7. Diagnóstico . 0) EXAME FÍSICO 1) ECG (alterações frequentes ?) 2) RX de Tórax (o que esperar ?) 3) Laboratório (o que é importante ?) 4) D Dimero 5) Doppler Venoso MMII 6) Ecocardiograma (TT e TE) 7) Angio TC 8) Cintilografia Pulmonar (Ventilação/Perfusão) 9) Angio RM 10) Arteriografia
  8. 8. Tratamento: 1) Suporte Clinico 2) Anticoagulação 3) Trombolítico Estreptoquinase RtPA 4) Tratamento Cirúrgico 5) Filtro de Cava 6) Filtro de Cava Temporário
  9. 9. Suspeita TEP Escore de Wells = ou <4 >4 D. Dimero Angio TC Doppler EW >4 e D dimero EW = ou <4 ou D + dimero Neg. Repetir Doppler em 1 semana TEP Excluída Tratar como TEP

×