O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!

608 visualizações

Publicada em

Apresentação básica sobre Internet das Coisas(IoT - Internet Of Things) e as principais tecnologias envolvidas.
Um pouquinho sobre Arduino e Raspberry PI, finalizando com um projeto no Arduino que faz leitura da temperatura ambiente e imprime em um Display LCD 16x2.

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

IoT – Internet of Things. Do Básico ao Hello World!

  1. 1. IoT – Internet Of Things Do Básico ao Hello World!
  2. 2. Apresentação rodolfocruz.ti@gmail.com rodolfocruzbsb @RodolfozurcsTI
  3. 3. Agenda O que é? Para o que é? Como é mesmo?
  4. 4. IoT - Conceito Wikipedia A Internet das Coisas (do inglês, Internet of Things) é uma revolução tecnológica a fim de conectar de aparelhos de eletrônicos do dia-a-dia, como aparelhos eletrodomésticos à máquinas industriais e meios de transporte à Internet , cujo desenvolvimento depende da inovação técnica dinâmica em campos tão importantes como os sensores wireless e a nanotecnologia. ComputerWorld IoT significa apenas um ambiente que reúne informações de vários dispositivos (computadores, veículos, smartphones, semáforos, e quase qualquer coisa com um sensor) e de aplicações (qualquer coisa desde uma aplicação de mídia social como o Twitter a uma plataforma de comércio eletrônico, de um sistema de produção a um sistema de controlo de tráfego).
  5. 5. IoT – Como surgiu o Termo • A ideia de conectar objetos é discutida desde 1991, quando a conexão TCP/IP e a Internet que conhecemos hoje começou a se popularizar. Bill Joy, cofundador da Sun Microsystems, pensou sobre a conexão de Device para Device (D2D), tipo de ligação que faz parte de um conceito maior, o de “várias webs”. • Em 1999, Kevin Ashton do MIT propôs o termo “Internet das Coisas" e dez anos depois escreveu o artigo “A Coisa da Internet das Coisas” para o RFID Journal. De acordo com o especialista, a rede oferecia, na época, 50 Pentabytes de dados acumulados em gravações, registros e reprodução de imagens.
  6. 6. IoT - Histórico
  7. 7. A coisa está acontecendo
  8. 8. A coisa está acontecendo
  9. 9. Machine-to-Machine (M2M) • Antes de mais nada o que é telemetria?
  10. 10. Telemetria
  11. 11. Voltando ao Machine-to-Machine (M2M) • “Toda a comunicação sem fios entre máquinas, sem intervenção humana entre os extremos”. Telesintese • “m2m é a conectividade entre TUDO, por qualquer tecnologia e NÃO a conectividade GSM entre máquinas”. M2M
  12. 12. Seja um Maker Faça você mesmo. Pense Open. Inove sempre.
  13. 13. Importância da Eletrônica
  14. 14. Robótica • Robótica é um ramo educacional e tecnológico que engloba computadores, robôs e computação, que trata de sistemas compostos por partes mecânicas automáticas e controladas por circuitos integrados, tornando sistemas mecânicos motorizados, controlados manualmente ou automaticamente por circuitos eléctricos. • by Wikipedia
  15. 15. Domótica • “Domus” (casa) com “Robótica” (controlo automatizado de algo) • Quando a domótica surgiu (com os primeiros edifícios, nos anos 80) pretendia-se controlar a iluminação, climatização, a segurança e a interligação entre os 3 elementos.
  16. 16. IoT – Vilões #sqn #arduino • http://arduino.cc/ • R$32,25 (Deal Extreme)
  17. 17. IoT – Vilões #sqn #raspberrypi • https://www.raspberrypi.org/ • R$183,88(Deal Extreme)
  18. 18. Java Embbeded
  19. 19. Por que eu quero saber desse tal Java Embedded? • O Raspberry PI tem um S.O. compatível com a instalação da Máquina Virtual Java. • Pense no poder do Java Embedded em um dispositivo como o Raspberry PI • Veja a Oracle te ensinando a fazer isso: http://www.oracle.com/technetwork/pt/articles/java/java-se- embedded-raspberry-pi-1941112-ptb.html
  20. 20. O que é Arduino?
  21. 21. Estrutura do Arduino
  22. 22. Genuino • Os fundadores do Arduino estão se arrastando já algum tempo na justiça pelos direitos do nome. • O Genuíno teóricamente é o bonzinho da história. • Já existem fabricações de outras placas utilizando o nome Arduíno. • Existe a expectativa de ser produzido Genuínos similares as versões do Arduino(Uno, Mega, etc…)
  23. 23. Arduino: Versões UNO MEGA 2560 LEONARDO DUE MEGA ADK NANO PRO MINI ESPLORA
  24. 24. ARDUINO UNO • processador ATMEGA328 • 14 portas digitais(6 podem ser saída PWM) • 6 portas analógicas
  25. 25. O que é um Microcontrolador? • Microcontrolador é um pequeno computador (SoC) em um único circuito integrado o qual contém um núcleo de processador, memória e periféricos programáveis de entrada e saída. A memória de programação pode ser RAM, NOR flash ou PROM a qual, muitas vezes, é incluída no chip.
  26. 26. O que é uma Porta Digital e Analógica? • Porta: • Digital: Trabalha com variáveis discretas(“0” ou “1”) • Analógica: Trabalha com sinais contínuos
  27. 27. ARDUINO MEGA 2560 • Versão maior da placa Arduino • 54 portas digitais(15 podem ser usadas como PWM - PULSE WIDTH MODULATION ou MODULAÇÃO POR LARGURA DE PULSO) • 15 portas analógicas • Clock de 16 Mhz • Ideal para projeto com: + entradas + processamento
  28. 28. ARDUINO LEONARDO • muito parecida com o Arduino Uno • microcontrolador Atmega32u415 portas analógicas • 20 portas digitais(7 podem ser usadas como PWM e 12 como portas analógicas) • clock de 16 Mhz • Diferentemente do Arduino Uno, possui conector micro-usb para ligação ao computador
  29. 29. ARDUINO DUE • placa com maior capacidade de processamento • 54 portas digitais(12 podem ser usadas como PWM) • 12 portas analógicas • As ligações desta placa exigem especial atenção pois as portas trabalham à 3.3V.
  30. 30. ARDUINO MEGAADK • possui uma conexão USB dedicada à ligação com dispositivos baseados em Android, como telefones celulares. • 4 porta digitais(15 podem ser usadas como PWM) • 16 portas analógicas • 4 chips dedicados à comunicação serial
  31. 31. ARDUINO NANO • Placa compacta baseada no microcontrolador ATmega328 (par a placas Arduino Nano versão 3.x), ou ATmega168 (versão 2.x) • não possui conector para alimentação externa • Seu tamanho reduzido (4,3 de comprimento x 1,85 de largura) faz dessa placa uma boa opção para projetos compactos que exijam atualização constante de software.
  32. 32. ARDUINO PRO MINI • Placa compacta, ideal para projetos permanentes e que não necessitem de grande poder de processamento ou constante atualização • Microcontrolador ATmega168 • Dependendo da versão da placa, roda à 8 Mhz (placa versão 3.3v) ou 16 Mhz (placa versão 5v). • 14 portas digitais(6 podem ser usadas como PWM) • 8 portas analógicas
  33. 33. ARDUINO ESPLORA • Diferente de todas as outras da família Arduino, principalmente por possuir diversos sensores na sua construção.( buzzer, joystick, potenciômetro deslizante, sensor de temperatura, acelerômetro, led RGB, sensor de luz (LDR), 4 push- buttons e um microfone. Além de tudo isso, ainda possui um soquete para tela LCD.) • É uma placa indicada para quem deseja aprender Arduino sem se preocupar muito com eletrônica
  34. 34. ARDUINO ESPLORA
  35. 35. Modelos Raspberry PI Raspberry Pi 1 Model B+ Raspberry Pi 1 Model A+ Raspberry Pi Zero Raspberry Pi 2 Model B Raspberry Pi 3 Model B
  36. 36. Raspberry Pi 1 Model B+ • a placa conta com interface GPIO de 40 pinos • Há quatro portas USB 2.0 • saída HDMI • slot para cartão de memória do tipo micros • baixo consumo de energia (entre 0,5 e 1 watt) • saída de som P2 • Ethernet • interface para câmera e tela
  37. 37. Raspberry Pi 1 Model A+ • GPIO de 40 pinos • apenas uma USB 2.0. • Há saída de vídeo HDMI • Saída de som tipo P2 • slot para cartão de memória no formato microSD.
  38. 38. Raspberry Pi Zero • Esse modelo foi criado para custar US$ 5 e é, de longe, o computador mais simples já lançado pela fundação • As limitações dessa versão são causadas pelo próprio tamanho do computador. Com pouco espaço, portas USB tiveram de ser sacrificadas: há apenas uma, no formato microUSB. O slot para cartão microSD e saída de som são mantidas.
  39. 39. Raspberry Pi 2 Model B • O grande destaque é o uso de um processador de quatro núcleos e com 900 MHz, que roda acompanhado de 1 GB de memória RAM • GPIO de 40 pinos • Quatro portas USB, • Interface Ethernet • HDMIS • aída de som • Interfaces de câmera e tela • Slot para cartão de memória microSD.
  40. 40. Raspberry Pi 3 Model B • se destaca pelo aumento de performance e a tecnologia embarcada • O processador sobe a 1.2 GHz, mantendo os quatro núcleos • É capaz de trabalhar em 64 bits. • RAM de 1 GB. • Os grandes diferenciais: inclusão de interfaces sem fio de diversos tipos, há Bluetooth e Wi-Fi inclusos no pacote, desobrigando o usuário a ligar periféricos com essas funcionalidades em projetos que apliquem a placa.
  41. 41. O que é uma Shield?
  42. 42. Principais Ferramentas
  43. 43. Protoboard
  44. 44. Protoboard - Estrutura
  45. 45. Multímetro
  46. 46. Criatividade
  47. 47. Vinicius Senger: https://github.com/vsenger Global Code Elétron Livre
  48. 48. Surfboard
  49. 49. Surfboard
  50. 50. O que mais? Intel Galileo
  51. 51. Intel Galileo • Hardware • Processador de núcleo único Intel® Quark™ operando a 400 MHz • 256 MB DDR3 RAM, 8 MB NOR Flash • 10/100 Ethernet, mPCIe slot • Software • Projeto Yocto Linux • Compatível com Arduino • C/C++, Python, Node.js, HTML5, JavaScript
  52. 52. IoT na Nuvem
  53. 53. AWS IoT
  54. 54. IBM Bluemix
  55. 55. Microsoft Azure IoT
  56. 56. Algumas formas de comunicação para IoT MQTT WebSocket
  57. 57. MQTT • “MQTT is a machine-to-machine (M2M)/"Internet of Things" connectivity protocol” MQTT.org • “O esquema de troca de mensagens é fundamentado no modelo Publish/Subscribe” Wikipedia.org • Uso de TCP/IP para conexão básica de rede
  58. 58. WebSocket • “WebSocket é uma tecnologia que permite a comunicação bidirecional por canais full-duplex sobre um único soquete Transmission Control Protocol (TCP). Ele é projetado para ser executado em browsers e servidores web que suportem o HTML5 , mas pode ser usado por qualquer cliente ou servidor de aplicativos.” Wikipedia.org • Projetado para o HTML5 • É um protocolo
  59. 59. Problemas: Rede
  60. 60. Problemas: Segurança • “Com tantas coisas conectadas à web, os institutos de pesquisa apontam aspectos negativos em relação à segurança. Eles indicam que dentro de dois anos, 90% de todas as redes de TI terão uma falha de segurança derivada da IoT. ” Computer World • “Em 2013, os hackers americanos Charlie Miller e Chris Valasek já tinham invadido um carro conectando-se à porta serial do veículo. Esse tipo de conexão é comumente utilizada para análise e manutenção dos veículos. ”. Computer World
  61. 61. Caracaaaaa!!!!!!
  62. 62. Calma aê…
  63. 63. A evolução exige riscos 1990www 1992HTTPS 2012/2013 Política de Segurança de Conteúdo
  64. 64. A evolução exige riscos Chevrolet Bel Air 1959 Chevrolet Malibu 2009
  65. 65. Certo Rodolfo, mas essa tal de IoT só serve para brincar de fazer a luz acender e apagar?
  66. 66. NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOO!
  67. 67. Tweet Pee
  68. 68. iGui
  69. 69. Philips hue Smart light. Valor: $174,90
  70. 70. Philips hue Smart light. Valor: $174,90
  71. 71. Google Home Lançamento: 2016
  72. 72. Google Home Lançamento: 2016
  73. 73. IoT – Do Básico ao Hello World com Arduino
  74. 74. Mão na massa
  75. 75. Do que eu vou precisar? Potenciômetro B10K Sensor de temperature LM35 Display LCD 16 pinos Jumpers
  76. 76. O que mais? Protoboard IDE Arduino
  77. 77. Projeto disponível em: • GitHub: https://github.com/rodolfocruzbsb/workshop-iot • Fritzing: http://fritzing.org/projects/sensor-de- temperatura-lm35-com-lcd-16x2
  78. 78. Circuito.io
  79. 79. Fritzing
  80. 80. Perguntas
  81. 81. Contatos rodolfocruz.ti@gmail.com rodolfocruzbsb @RodolfozurcsTI Slides disponíveis em: http://pt.slideshare.net/rodolfocruz121/iot-internet-of-things-do-bsico-ao-hello-world

×