O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Introdução a neuropsicopedagogia

1.184 visualizações

Publicada em

INTRODUÇÃO A NEUROPSICOPEDAGOGIA

Publicada em: Saúde
  • Seja o primeiro a comentar

Introdução a neuropsicopedagogia

  1. 1. INTRODUÇÃO A NEUROPSICOPEDAGOGIA PROFESSORA MESTRE ROCHELLE ARRUDA FACULDADE DO MACIÇO DE BATURITÉ
  2. 2. CONCEITO NEUROPSICOPEDAGOGIA NEUROCIÊNCIAS PSICOLOGIA COGNITIVA PEDAGOGIA
  3. 3. CONTRIBUIÇÃO DA NEUROPSICOPEDAGOGIA FUNÇÕES PSIQUICAS COMPORTAMENTO CÉREBRO E APRENDIZAGEM NEURO
  4. 4. A Neuropsicopedagogia é uma ciência transdisciplinar, fundamentada nos conhecimentos da Neurociência aplicada à educação, com interfaces da Psicologia e Pedagogia que tem como objeto formal de estudo a relação entre cérebro e a aprendizagem humana numa perspectiva de reintegração pessoal, social e escolar
  5. 5. ÉTICA PROFISSIONAL PROCESSO DE CONSTRUÇÃO NO BRASIL SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEUROPSICOPEDAGOGIA DIRETRIZES E NORMAS DA PROFISSÃO CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO NEUROPSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL NEUROPSICOPEDAGOGIA CLÍNICA
  6. 6. PSICOPEDAGOGIA x NEUROPSICOPEDAGOGIA • A PSICOPEDAGOGIA vem trabalhar com as dificuldades de aprendizagem e a diversidade de fatores que contribuem para tal, podendo estes ser de origem orgânica, cognitiva, emocional, social ou pedagógica. • A NEUROPSICOPEDAGOGIA, além de trabalhar os aspectos acima mencionados, tem como foco compreender o funcionamento do sistema nervoso, integrando suas diversas funções (movimento, sensação, emoção, pensamento etc), intervindo na melhora das dificuldades de aprendizagem como: – Distúrbios de memória; – Falta de atenção; – Bloqueios de aprendizagem nas diversas matérias dos conteúdos escolares; – Dificuldades em raciocínio lógico, matemática, leitura e escrita; – Baixa estima ; – Falta de motivação, entre outras.
  7. 7. Neuropsicopedagogos possuem um conhecimento melhor estruturado sobre a função cerebral, entendendo a forma como esse cérebro recebe, seleciona, transforma, memoriza, arquiva, processa e elabora todas as sensações captadas pelos diversos elementos sensores para, a partir desse entendimento, poder adaptar as metodologias e técnicas educacionais a todas as pessoas e principalmente, aquelas com características cognitivas e emocionais diferenciadas
  8. 8. • ESTAMOS SÓ NO COMEÇO!

×