Successfully reported this slideshow.

Aula 5.2a

2.091 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula 5.2a

  1. 1. Cap.: 8 Didática Pag.: 8-1
  2. 2. <ul><li>Na aula anterior... </li></ul><ul><li>Conceito de comunicação humana; </li></ul><ul><li>Elementos indispensáveis da comunicação; </li></ul><ul><li>Aspectos da comunicação oral; </li></ul><ul><li>Características da voz; </li></ul><ul><li>Características da fala; </li></ul><ul><li>Tipos de linguagem; </li></ul><ul><li>Barreiras verbais; e </li></ul><ul><li>Apresentação corporal. </li></ul>Didática
  3. 3. <ul><li>Definir “Organização da Aula”; </li></ul><ul><li>Citar as “Fases da Aula”; </li></ul><ul><li>Descrever as “Etapas da Aula”; </li></ul><ul><li>Citar os itens componentes da etapa “Introdução”; e </li></ul><ul><li>Enumerar as vantagens do plano de aula. </li></ul>Didática
  4. 4. <ul><li>“ Organização de Aula”; </li></ul><ul><li>Fases da aula; </li></ul><ul><li>Etapas da aula; </li></ul><ul><li>Composição da “Introdução” da aula; e </li></ul><ul><li>Plano de aula </li></ul>
  5. 5. O SO Gilmar trabalha há algum tempo com um determinado equipamento e conhece tudo sobre ele, além de possuir o curso de Técnica de Ensino. Um dia, seu chefe o indicou para ministrar aulas daquele equipamento. Nesse momento, várias perguntas começaram a povoar a sua mente: Será que serei um bom instrutor? Será que conseguirei transmitir aos alunos as informações necessárias? E se os alunos não aprenderem? Em meio a tantas indagações lembrou, das aulas de “Planejamento Didático” e começou a elaborar o seu planejamento seguindo as orientações recebidas. Algum tempo depois, estando envolvido no seu trabalho encontrou um velho instrutor, que há muito tempo ministrava aulas que lhe disse:
  6. 6. <ul><li>“ essa história de planejamento não é tão importante assim, são apenas documentos que temos que elaborar para mostrar a Pedagoga da OM, quando ela solicitar. Quando isso não acontece, esses documentos ficam esquecidos no fundo de uma gaveta ou num armário qualquer. Quando nós ministramos uma disciplina há muito tempo, não é preciso planejar nada. Está tudo guardado dentro da mente.” </li></ul><ul><li>O SO Gilmar pensou... “Por que será que ele pensa dessa maneira”? Talvez seja, porque não saiba planejar ou não entenda o quanto é importante. E qual é o resultado disso? Aulas monótonas, cansativas, “decoreba”, verdadeiros desastres pedagógicos. Coincidência ou não, verificou-se através da avaliação do ensino, que as aulas desse velho instrutor eram muito deficientes e o desempenho dos seus alunos não era bom. </li></ul>
  7. 7. Organização da aula É o roteiro que o instrutor deve seguir para que uma aula seja ministrada corretamente e sejam alcançados os objetivos da aprendizagem.  
  8. 8. Fases da aula <ul><ul><li>Preparação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Execução; e </li></ul></ul><ul><ul><li>Análise. </li></ul></ul>
  9. 9. Preparação É todo período que antecede a aula e envolve os seguintes procedimentos do instrutor: Consulta ao currículo do curso; Seleção das fontes de consulta; Estudo do assunto; Verificação do local onde a aula será ministrada; Seleção dos recursos instrucionais; e Elaboração do plano de aula.
  10. 10. Execução <ul><li>É o período em que o instrutor coloca em prática seu plano de aula, estimulando a participação dos alunos em todo o seu desenvolvimento, que compreende cinco (5) etapas: </li></ul><ul><li>Introdução; </li></ul><ul><li>Explicação; </li></ul><ul><li>Aplicação; </li></ul><ul><li>Verificação; e </li></ul><ul><li>sumário. </li></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul>
  11. 11. Análise É o período da aula que tem como objetivo aprimorar o desempenho do instrutor. Deve ser realizada imediatamente após a aula através da auto-avaliação, ou durante a aula, por um avaliador qualificado.
  12. 12. Etapas da aula São as etapas a serem cumpridas durante a fase de execução, conforme discriminado abaixo: Introdução; Explicação; Aplicação; Verificação; e Sumário.  
  13. 13. Introdução Destina-se a apresentar o assunto de modo a preparar o aluno e despertar o seu interesse. Possui seis (6) itens , e ocupa dez por cento (10%) do tempo de aula. Etapas da aula
  14. 14. Etapas da introdução Apresentação - O instrutor apresenta-se para a turma. Quando for uma aula sequenciada, este item pode ser omitido. Resumo da aula anterior - É feito um breve resumo da aula anterior. Caso a aula tenha sido ministrada com assunto e instrutor diferentes, faz-se apenas uma menção ao título.  
  15. 15. Título da aula - O instrutor anuncia para a turma o título da aula. Etapas da Introdução Tópicos – O instrutor apresenta o assunto a ser ministrado dividindo-o em tópicos. Propósitos - Comportamentos que o instrutor espera que os alunos apresentem ao final da aula como resultado da aprendizagem.   Incentivação - O instrutor procura despertar a atenção e o interesse dos alunos, utilizando uma ou mais técnicas de incentivação.
  16. 16. Explicação É a aula propriamente dita, momento em que o instrutor explica realmente o assunto. Tem uma duração de sessenta por cento (60%) do tempo da aula . Fases da aula
  17. 17. Aplicação Etapa da aula em que os alunos praticam o que aprenderam na explicação, através de exercícios (essencialmente práticos) propostos pelo instrutor, esta etapa tem a duração de dez por cento (10%) do tempo de aula . Fases da aula
  18. 18. Verificação Destina-se a avaliar ou verificar o grau de aprendizagem dos alunos, através de testes, perguntas orais ou tarefas e terá duração de dez por cento (10%) do tempo da aula . Fases da aula
  19. 19. Sumário É a etapa em que se realiza uma revisão dos pontos mais importantes da aula e são repetidos os aspectos que geraram dúvidas, de modo a reforçar a aprendizagem e terá a duração de dez por cento (10%) do tempo da aula . Fases da aula
  20. 20. Plano de aula O Plano de Aula é o roteiro/planejamento de trabalho do instrutor, sendo de suma importância a sua elaboração para consulta posterior.
  21. 21. Características do plano de aula: <ul><li>Constitui um guia detalhado para o instrutor; </li></ul><ul><li>Assegura um planejamento e preparação cuidadosa; </li></ul><ul><li>Seleciona o assunto a ser ensinado; </li></ul><ul><li>Elimina a improvisação negativa; </li></ul><ul><li>Liga cada aula à anterior e à subsequente; </li></ul><ul><li>Serve de base à revisão do currículo; e </li></ul><ul><li>Inspira confiança ao instrutor novo. </li></ul>Plano de aula
  22. 22. <ul><li>Organização da Aula; </li></ul><ul><li>Fases da aula; </li></ul><ul><li>Etapas da aula; </li></ul><ul><li>Itens da etapa de “Introdução”; e </li></ul><ul><li>Plano de aula </li></ul>Sumário
  23. 23. ?

×