Questões infecções do sistema nervoso central

3.864 visualizações

Publicada em

Questões elaboradas pelo Prof. Robson para auxiliar no estudo das infecções do sistema nervoso central.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.864
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.441
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Questões infecções do sistema nervoso central

  1. 1. INFECÇÕES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL e) Estreptococo pneumoniaeProf. Francisco Robson da Costa Lima -Infectologista pediatra 4- Com relação à Meningoencefalite aguda é1- Em relação às meningites bacterianas falso: piogênicas da criança pode-se afirmar que: a) Quando o agente etiológico é um bacilo grama) A faixa etária de maior incidência situa-se negativo, sempre o prognóstico é pior. entre os 5 e 10 anos de idade. b) Os fungos são responsáveis por formasb) A síndrome convulsiva está presente em agudas de alta mortalidade. 100% dos casos e ocorre, c) Na meningoencefalite aguda o líquor pode ser predominantemente, na fase aguda. claro ou turvo.c) Os sintomas e sinais clínicos são bastante d) O agente etiológico mais comum dos 3 meses característicos no período neonatal. aos 5 anos é o Haemophilus influenzaed) O cloranfenicol é a droga de primeira escolha em virtude de sua excelente penetração no 5- O sorogrupo meningocócico que mais líquido cefalorraquidiano. provavelmente causa meningite em ume) O Haemophilus influenzae, o Streptococcus lactente de 5 meses de idade é o: pneumoniae e a Neisserie meningitidis são os a) A principais agentes etiológicos em lactentes b) Y maiores de 3 meses de idade. c) C d) B2- Em relação à meningite bacteriana na e) W-135 infância, assinale o conceito falso:a) Coleção subdural poderá ocorrer em 30% das 6- Uma menina de 5 meses de idade, meningites em lactentes. anteriormente sadia, é levada ao seu pediatrab) Em criança com fontanela aberta, ultra-som em razão de febre, irritabilidade e dificuldade de crânio é o exame excelente para para se alimentar. É a segunda criança da acompanhar a evolução. sua creche a ser diagnosticada comc) Em recém-nascido é necessário fazer meningite dentro de uma semana. Ela cobertura antibiótica contra Listeria recebeu todas as imunizações monocytogenes e Streptococo B. recomendadas. A causa mais provável da suad) Em recém-nascido o agente etiológico mais meningite é: comum é o Proteus mirabilis. a) Haemophilus influenzae b) Neisseria meningitidis3- Em um recém-nascido com sinais clínicos e c) Estreptococos do grupo B achados laboratoriais de meningite d) Vírus herpes simples bacteriana, o agente etiológico mais provável e) Listeria monocytogenes é:a) Escherichia coli. 7- Escolar internado com meningite bacterianab) Pseudomonas pyocyanea. apresenta nível líquido em seio maxilarc) Neisseria meningitidis. esquerdo no estudo radiográfico do crânio.d) Haemophilus influenzae. Este quadro clínico sugere meningite por:
  2. 2. a) Escherichia coli d) Proteus mirabilisb) Staphilococcus aureus e) Neisseria meningitidisc) Neisseria meningitidisd) Streptococcus pneumoniae 12- A tríade característica da hipertensão8- O microorganismo mais comumente intracraniana é: implicado na meningite de crianças com a) cefaléia + febre + crise convulsiva derivação ventriculoperitoneal é: b) cefaléia + hipertensão sistêmica + edema de a) Pseudomonas sp papila óptica b) Escherichia sp c) cefaléia + vômitos + edema de papila óptica c) Klebsiella sp d) cefaléia + vômitos + crise convulsiva d) Listeria sp e) cefaléia + rigidez de nuca + edema de papila e) Staphilococcus sp óptica9- O líquor de um paciente com história de 13- A manifestação clínica menos comum da cefaléia generalizada, febre elevada, vômitos, meningite bacteriana na infância é: convulsões e confusão mental revelou 20.000 a) vômito leucócitos/mm³ com predomínio de b) cefaléia polimorfonucleares, glicose de 20mg/dl e c) petéquia proteínas de 600 mg/dl. O diagnóstico d) convulsão etiológico mais provável é:a) Meningite bacteriana aguda. 14- Em relação ao líquor nas meningites, umab) Meningite carcinomatosa. das afirmativas abaixo não é correta:c) Meningite tuberculosa. a) Quando o líquor não puder ser examinadod) Abscesso subdural. logo após a punção deverá ser guardado eme) Abscesso epidural. geladeira entre 4-8 ºC (fora do congelador) por período não superior a 12 horas.10- Qual dos seguintes sinais não é normalmente b) Líquor turvo não afasta a possibilidade de encontrado na meningite complicada ? meningite por vírus. a) Babinski c) Numa criança gravemente doente que iniciou b) Trousseau com febre e rapidamente evoluiu para uma c) Kernig síndrome petequial e colapso periférico, um d) Brudzinski líquor normal não afasta o diagnóstico de e) rigidez de nuca doença meningocócica. d) A glicorraquia é um dado importante no11- Uma criança de 9 anos apresenta cefaléia, diagnóstico diferencial entre meningite virótica febre, anemia, petéquia e sinais de irritação e tuberculosa. meníngea e caminha rapidamente para o e) Nas meningites virais os valores da dosagem óbito. O provável agente etiológico é: de proteína oscilam do normal até em tornoa) Streptococcus viridans de 100 mg%.b) Staphilococcus aureusc) Pseudomonas aeruginosa
  3. 3. 15- O líquido cefalorraquidiano obtido de uma 19- Qual dos microorganismos abaixo é um criança com quadro clínico de meningite bastonete gram-positivo ? aguda não tratada, que apresente predomínio a) N. meningitidis de mononucleares, glicose baixa, proteínas e b) S. pneumoniae ácido lático elevados, além de prova de c) L. monocytogenes aglutinação do látex negativa, sugere a d) Klebisiela pneumoniae seguinte etiologia: e) H. influenzae a) granulomatosa b) piogênica 20- Um menino de 3 anos de idade é levado ao c) asséptica departamento de emergência com a história d) viral de 1 dia de febre, cefaléia e mialgia. Ao exame, verifica-se que está letárgico e16- Com relação à meningite tuberculosa é falso: hipotônico. Um exantema petequial ea) há uma diminuição da glicose no líquido purpúrico espalhou-se rapidamente pelo cefalorraquidiano (LCR) com proteínas tronco, face e extremidades. O paciente já normais havia recebido todas as imunizaçõesb) é uma complicação freqüente da tuberculose recomendadas. Na coloração do LCR pelo miliar Gram, o achado mais provável deverá ser:c) há um aumento da celularidade no LCR com a) grandes bastonetes gram- negativos predominância de mononucleares b) pequenos cocobacilos pleomórficos gram-d) a cultura do LCR é geralmente positiva, negativos embora a bacterioscopia (BAAR) comumente c) diplococos gram-negativos seja negativa d) diplococos gram-positivos e) cocos gram-positivos em aglomerados17- O LCR com pleocitose com predomínio de línfócitos, aumento de proteínas e glicose 21- Criança de sete anos com meningite normal, é característica de: linfocitária asséptica de repetição (terceiro a) Meningite viral episódio) e cujo LCR evidencia: células 150, b) Meningite fúngica linfócitos 90%, eosinófilos 6%, reticulares 1%, c) Meningococcemia neutrófilos 1%, monócitos 2%, proteína d) Meningotuberculose 120mg%, glicose 42mg%, sugere: a) pneumococo, já que é o principal agente de18- Meningite bacteriana com estudo meningites de repetição bacteriológico negativo. Qual o agente mais b) etiologia viral e solicitação de Weimberg para provável ? confirmar o diagnóstico a) Staphilococcus aureus c) pequisa de BK no LCR, dada a alta incidência b) Haemophilus influenzae de neurotuberculose em nosso meio, que c) Meningococo cursa com quadro semelhante d) Pneumococo d) neurocisticercose e pesquisa laboratorial através de imunofluorescência e testes
  4. 4. imunoenzimáticos específicos para possível provável abscesso ou massa compressiva confirmação do diagnóstico cerebral, quando há aparecimento de: a) convulsão generalizada b) rigidez de nuca22- Uma criança de seis anos de idade apresenta c) papiledema um quadro de cefaléia, vômitos e febre baixa. d) anisocoria No exame constatamos bom estado geral, com rigidez de nuca esboçada e sinais de 25- O derrame ou efusão subdural é uma Kernig e Brudzinski positivos. Indicado o complicação das mais comuns ou mais exame do LCR imediato, constatamos o facilmente detectáveis em casos de seguinte: células 1.400; hemácias 7; meningite. Sua incidência é maior em: neutrófilos 70%, monócitos 10% e linfócitos a) lactentes 20%; proteínas 53; glicose 56 e b) escolares bacterioscópico negativo. Qual das c) adolescentes afirmativas abaixo é errada ? d) pré-escolaresa) o diagnóstico é provavelmente de meningite viral 26- O aumento da pressão intracraniana:b) a conduta é expectante, com terapêutica de a) sempre contra-indica punção lombar suporte, sem uso de antimicrobianos b) é mais indicativo de abscesso cerebral do quec) a ampicilina é o antimicrobiano de eleição meningite neste caso devido à idade da criança e ao c) é normalmente responsiva à terapia com exame liquórico dexametasonad) pode haver indicação de novo exame d) é melhor investigada através da tomografia liquórico, 48 a 72 horas após o início da computadorizada terapêutica 27- Lactente, com quadro de meningite23- Considere um recém-nascido com 10 dias de bacteriana aguda, está sendo tratado vida e quadro de febre e irritação. Foi adequadamente com antibióticos; quando realizado exame do líquor. O resultado foi: com 12 horas de evolução apresenta 250 hemácias; 18 leucócitos sendo 95% de anisocoria. Qual a conduta a ser tomada? células linfomonocitárias e 5% de neutrófilos; a) nova punção lombar proteinorraquia igual a 75mg/dl e glicorraquia b) manitol igual a 45mg/dl. Trata-se de: c) corticosteróidea) hemorragia intracraniana por traumatismo de d) TC crânio parto e) diazepínicob) meningite viralc) meningite bacteriana 28- Em uma criança com suspeita de hipertensãod) resultados dentro dos padrões normais intracraniana por abscesso cerebral: a) a punção lombar alivia os sintomas24- Em um paciente com meningite, evita-se a b) está indicada a injeção intra-raque de punção lombar e inicia-se o tratamento para antibióticos
  5. 5. c) o tratamento deve ser conservador c) empiema subdural parietal à esquerdad) deve-se evitar a punção lombar d) miositee) o LCR revela sempre linfomononucleares e) artrite reacional29- Em um lactente de 10 meses admitido para 32- Um lactente de 10 meses está internado há 6 tratamento de meningite meningocócica, qual dias com meningite por Haemophilus seria a indicação formal para uma segunda influenzae tipo B. Afebril há 48 horas. punção lombar após 48-72 horas de Evolução absolutamente favorável com tratamento? ampicilina endovenosa. Hoje fez pico febril dea) celularidade liquórica maior que 800 38,5ºC. Uma ultrassonografia transfontanela células/mm³ revela efusão subdural à esquerda, de médiob) convulsão antes do início do tratamento volume. A sua conduta será:c) bacterioscopia do líquor positiva a) recomendar aspirações repetidas até a totald) ausência de melhora clínica após 24-48 horas resolução de tratamento b) solicitar punção lombar de controlee) hemocultura positiva c) indicar drenagem aberta pela neurocirurgia d) observar. Trata-se de um evento possível na30- Após melhora inicial, uma criança de 18 evolução da doença. meses de idade, no 5º dia de tratamento com e) puncionar a efusão e enviar o material para ampicilina e cloranfenicol para meningite por bacterioscopia e cultura Haemophilus influenzae, passa a apresentar sonolência, crises convulsivas focais e 33- Uma criança de nove meses de idade hemiparesia esquerda. O diagnóstico mais apresenta febre alta, abaulamento de provável é: fontanela e vômitos. A punção lombar mostra a) efusão subdural líquor turvo. Até a chegada de exames b) erro terapêutico bacteriológicos, o seguinte esquema c) cerebrite terapêutico deve ser iniciado: d) hidrocefalia a) gentamicina (7,5mg/kg/dia) + staficilin e) vasculite (100mg/kg/dia) b) ampicilina (200mg/kg/dia) + cloranfenicol31- Criança de 5 anos de idade foi internada com (100mg/kg/dia) diagnóstico de meningite meningocócica. c) penicilina cristalina (100.000U/kg/dia) + Após 72 horas de tratamento apresenta-se cloranfenicol (100mg/kg/dia) afebril e em bom estado geral. No 5º dia de d) gentamicina (7mg/kg/dia) + ampicilina antibioticoterapia (ampicilina) volta a (200mg/kg/dia) + cloranfenicol (100mg/kg/dia) apresentar febre, dor e impotência funcional e) gentamicina (7,5mg/kg/dia) + penicilina de membro superior direito, acompanhada de cristalina (100.000U/kg/dia) sinais flogísticos. O diagnóstico mais provável é: 34- Qual o antimicrobiano mais adequado naa) artrite séptica meningoenfalite do recém-nascido prematurob) osteomielite ?
  6. 6. a) vancomicina d) providenciar a quimioprofilaxia dos b) penicilina cristalina coabitantes do caso e imunizá-los com vacina c) amicacina antimeningocócica tipos A, B e C. d) cefotaxina e) não estabelecer qualquer medida controle, e) ceftriaxoma pois esta doença não requer cuidados especiais de prevenção.35- O uso de ampicilina no tratamento das 38- Para erradicação faríngea do meningococo meningites dos recém-nascidos antes ou na com finalidade profilática, o antimicrobiano impossibilidade de demonstração do gérmen usado atualmente é: justifica-se pela precária ação da a) ampicilina cefalosporina de terceira geração contra: b) minociclina a) S. pneumoniae c) rifampicina b) Enterobacteriaceae d) sulfonamida c) H. influenzae d) N. meningitidis 39- Num surto epidêmico de meningite e) L. monocytogenes meningocócica a conduta na população exposta, da área é36- Como medidas válidas no tratamento do a) isolar os casos comprovados e vacinar a edema cerebral, podemos usar: população. a) hiperventilação b) dar minociclina à população. b) manitol c) controlar os casos suspeitos isolando-os. c) corticóide d) tratar com penicilina os casos suspeitos. d) furosemida e) evitar as migrações na área esperando o e) todos surto terminar.37- A conduta adequada a ser seguida quando se 40- Em relação à notificação da meningite, descobre um caso isolado de meningite assinale a opção correta: meningocócica em um bairro é: a) deve ser feita apenas nos casos de etiologiaa) providenciar a quimioprofilaxia de todas as meningocócica ou tuberculosa pessoas conhecidas do caso e imunizá-las b) deve ser feita somente após identificação com vacina antimeningocócica dos tipos A e laboratorial do agente etiológico C. c) deve ser feita apenas nos casos de etiologiab) proceder à investigação epidemiológica do meningocócica comprovada laboratorialmente caso, realizar a quimioprofilaxia dos d) deve ser feita apenas através do boletim de coabitantes durante 2 dias e acompanhar notificação semanal, não sendo necessária estes coabitantes visando à detecção precoce notificação imediata de novos casos. e) deve ser feita a notificação imediata dec) providenciar somente a quimioprofilaxia dos qualquer caso suspeito de meningite coabitantes por 7 dias.
  7. 7. 41- Considere a notificação de um caso provável 43- Para que não utilizemos desnecessariamente de meningite meningocócica em uma criança antibióticos em pessoas saudáveis, a de cinco anos de idade, que mora com os profilaxia dos contactantes domiciliares pode pais e dois irmãos e que fica durante o dia ser indicada na meningite por: numa escola com outras crianças. O a) pneumococos medicamento a ser administrado, o grupo a b) estreptococos ser tratado profilaticamente e as pessoas a c) hemófilos serem vacinadas são respectivamente: d) arbovírusa) rifampicina/ os pais e irmãos da criança/ e) listéria nenhumab) rifampicina/ os irmãos da criança/ colegas de 44- Em relação a um caso de doença escola meningocócica, é correto afirmar que:c) penicilina benzatina/ os irmãos da criança/ a) no caso de um estudante, a escola deverá ser colegas de escola fechada por sete diasd) rifampicina/ os familiares da criança e seus b) caso o paciente seja um adulto, não há colegas de escola/ nenhuma necessidade de quimioprofilaxia nose) penicilina benzatina/ os irmãos da criança e contactantes os colegas de escola/ nenhuma c) nos locais bem ventilados não há necessidade da administração de42- O Centro Municipal de Saúde da Tijuca, no quimioprofilaxia mês de julho de 91, recebeu uma notificação d) se o paciente for estudante, todos os colegas de meningite meningocócica tipo B, em de turma deverão ser submetidos à criança de nove meses de idade, que mora quimioprofilaxia no Morro do Salgueiro (Tijuca) e fica 12 horas e) o isolamento deverá ser respiratório por 24 por dia em creche de comunidade. Os horas, após iniciada a antibioticoterapia médicos, ao chegarem ao local, procederam às seguintes medidas de vigilância 45- Um pré-escolar de cinco anos, em boas epidemiológica condições clínicas e sem quaisquer lesõesa) colheita de swab de nasofaringe das crianças cutâneas, é internado com quadro de do berçário e interdição do local por sete dias meningoencefalite aguda, após permanecerb) colheita de swab de nasofaringe de todas as em observação sem receber qualquer crianças e professores, sem interdição do tratamento ou intervenção, em uma clínica local pediátrica, por duas horas. Os examesc) administração de quimioprofilaxia nas laboratoriais realizados confirmam o crianças e professores, sem interdição do diagnóstico de meningite meningocócica tipo local B. A criança vive com os pais e três irmãos,d) administração de quimioprofilaxia em todas de dois meses, de quatro anos e de 16 anos, as crianças e professores e interdição do respectivamente, e freqüenta um jardim-de- local por sete dias infância por meio período do dia. A quimioprofilaxia com rifampicina está indicada apenas para:
  8. 8. a) os pais, os dois irmãos menores de seis 48- Ricardo de 6 meses de idade está internado anos, os colegas de turma do jardim-de- com meningite por Haemophilus influenzae infância e os profissionais de saúde de tipo B (HiB). Na sua casa moram além de plantão na clínica naquele dia seus pais, dois irmãos de 3 e 8 anos nunca b) os pais, todos os irmãos, colegas de vacinados contra HiB. Sua conduta em turma e demais adultos com convívio relação aos contactantes é: íntimo e prolongado com a criança nos a) vacinação do irmão de 3 anos e últimos dias quimioprofilaxia de toda a família c) os pais, todos os irmãos, os colegas de b) vacinação e quimioprofilaxia só do irmão de 3 turma e os profissionais de saúde de anos plantão na clínica naquele dia c) vacinação dos dois irmãos e quimioprofilaxia d) os dois irmãos menores de seis anos e do irmão de 3 anos os profissionais de saúde de plantão na d) vacinação e quimioprofilaxia dos dois irmãos clínica naquele dia e) vacinação e quimioprofilaxia de toda a família e) os dois irmãos menores de seis anos e os colegas de turma do jardim-de- 49- Criança com quadro de febre, cefaléia e infância rigidez de nuca é atendida no Pronto Socorro com diagnóstico de meningite bacteriana.46- A antibioticoprofilaxia da meningite Com relação a esta doença é correto afirmar meningocócica requer que o antibiótico que: empregado atinja boa concentração: a) o achado de proteinorraquia elevada é a) sérica patognomônica da doença b) liquórica b) o H. influenzae é o germe mais c) salivar freqüentemente responsável pela doença na d) linfática idade escolar e) cerebral c) o uso de corticóides associado ao esquema47- A transmissão da meningite meningocócica antibiótico está contra-indicado e tem sido se faz principalmente: relacionado a seqüelas auditivas a) pelo contato direto com os casos clínicos d) o esquema de eleição para o tratamento em b) pelo contato direto, porém mais crianças abaixo de seis anos de idade é a freqüentemente de portadores do que de associação da ampicilina com casos clínicos aminoglicosídeo c) pelo contato indireto, porque o e) os contactantes domiciliares da meningite por meningococo é extremamente resistente Haemophilus influenzae devem receber às variações de temperatura e ao rifampicina por quatro dias dessecamento d) por contatos direto e indireto, igualmente 50- Das afirmações abaixo assinale a correta: e) por contato direto imediato e indireto por a) a meningite pneumocócica raramente leva à fômites seqüelas graves, ao contrário da meningite causada por hemófilos
  9. 9. b) a meningite em criança abaixo de três meses empiricamente, enquanto se espera o deve ser tratada, idealmente com uma diagnóstico definitivo, deverá ser: associação de ampicilina e oxacilina a) ceftriaxonac) a cisticercose cerebral deve ser a afastada b) nafcilina, cefotaxima e metronidazol sempre que se encontre eosinófilos no LCR c) aciclovird) a prevenção de doença meningocócica, nos d) anfotericina B contactantes, deve ser feita com o uso de e) isoniazida, rifampicina, pirazinamida e rifampicina por no mínimo de sete dias estreptomicina51- Um lactente estava no terceiro dia de 53- Nas regiões onde são prevalentes tratamento para meningite bacteriana quando pneumococos penicilino-resistentes, os apresentou um episódio de crise convulsiva pacientes com forte suspeita de ter meningite generalizada. Controlada a crise, você bacteriana devem receber qual dos seguintes constata que a criança está hidratada e antimicrobianos am adição aos antibióticos solicita os seguintes exames: Glicemia = empíricos (ceftriaxona ou cefotaxima) 130mg%, Cloro sérico = 92mEq/L, Cálcio apropriados para a idade? sérico = 9,6mg%, Sódio urinário = 164mEq/L, a) Clindamicina Sódio sérico = 114mEq/L, Potássio sérico = b) Azitromicina 3mEq/L e Osmolaridade urinária = 570mEq/L. c) Vancomicina A medida de urgência a ser tomada é: d) Estreptomicinaa) corrigir o potássio (0,5mEq/kg/h) em 1 hora e) Qualquer dos acimab) corrigir o sódio com NaCl 3% em 1 hora e, juntamente, corrigir o potássio (0,5mEq/kg/h) 54- Um menino de 9 anos de idade foic) corrigir o sódio com NaCl 3% em 4-6 horas diagnosticado com uma convulsão há 1 ano. (até 140mEq/L) Suas convulsões foram facilmented) corrigir o sódio com NaCl 3% em 1 hora (até controladas, mas desde então ele tem sentido 125mEq/L) e, concomitantemente, administrar fortes cefaléias. A tomografia furosemida "em bolo" computadorizada (TC) assinalou umae) corrigir a hiperglicemia com soro glicosado a calcificação puntiforme e evidência de 2,5% aumento do quarto ventrículo. Os exames sorológicos foram positivos para infecção por52- Uma criança de 13 meses de idade, Taenia solium. Qual é o próximo passo mais anteriormente sadia, apresentou-se no pronto apropriado no tratamento? socorro com a história de febre, letargia e a) praziquantel, 50 mg/kg/dia; depois, a atividade convulsiva motora focal do lado colocação de um shunt ventricular esquerdo. O líquido cefalorraquidiano (LCR) b) albendazol, 15mg/kg/dia e prednisona revela 170 linfócitos/mm³, 400 eritrócitos/mm³ c) shunt ventricular e glicemia normal. A cintilografia RM revela d) dexametasona, 3mg/kg anormalidades temporais direitas. A única e) mebendazol, 100 mg terapia mais apropriada para começar
  10. 10. 55- Criança de 1 ano e meio com febre há 10 b) confirmada a origem luética dias. Exame de urina sugestivo de infecção c) inconclusiva, devendo-se fazer IgM-FTA- urinária, tendo se iniciado o tratamento. ABS Reação de Mantoux solicitada na mesma d) inconclusiva, devendo-se fazer FTA-ABS época foi positiva, 12 mm. Subitamente, a quantitativo, simultaneamente em soro e criança teve uma convulsão tônico-clônica líquor prolongada e entrou em coma. Líquor e) inconclusiva, devendo-se repetir VDRL opalescente, pleocitose 400 células/mm³, com após 15 dias para verificar se há viragem predomínio linfocitário, aumento das sorológica proteínas e diminuição da glicose. Raios X de tórax: aparentemente normais. Devemos 59- A conduta comumente indicada na artrite que suspeitar de: surge na convalescença de doença a) meningoencefalite viral meningocócica é: b) abscesso cerebral a) repouso + antibiótico c) meningoencefalite tuberculosa b) aspiração + antibiótico d) neurocisticercose c) repouso + antiinflamatório e) meningite meningocócica d) aspiração + antiinflamatório e) antibiótico + antiinflamatório56- O esquema antimicrobiano, para o tratamento inicial de meningite purulenta em recém-nato 60- Em uma meningite que surge como com 50 horas de vida, visará, principalmente, complicação de uma neurocirurgia, o agente as seguintes bactérias: etiológico mais freqüentemente isolado é: a) meningococo, pneumococo, hemófilo a) pneumococo b) enterobactéria, hemófilo, listéria b) meningococo c) pseudomona, estafilococo, estreptococo c) estafilococo d) enterobactéria, pseudomona, listeria d) estreptococo e) enterobactéria, estreptococo, listeria 61- Nas meningites assépticas, os agentes57- A meningite que mais comumente está etiológicos mais freqüentes em nosso meio associada com perda de visão é: são: a) herpética a) herpesvírus e adenovírus b) tuberculosa b) enterovírus e herpervírus c) criptocócica c) adenovírus e vírus da caxumba d) meningocócica d) vírus da caxumba e enterovírus e) toxoplasmótica58- Na investigação de uma síndrome de 62- Crianças com anemia falciforme têm meningite aguda asséptica, a sorologia para incidência de meningite aumentada por: sífilis dá o seguinte resultado: VDRL-negativo; a) pneumococos FTA-ABS – positivo. Em relação à sua b) hemófilos etiologia, pode-se afirmar que está: c) estafilococos a) afastada a origem luética d) meningococos
  11. 11. e) salmonela a) estafilococos b) hemófilos63- Qual das condições abaixo pode estar c) meningococos associada à neurocisticercose? d) pneumococos a) hidrocefalia b) calcificação cerebral 67- Com relação às meningites, assinale a c) eosinofilia e aumento do nível de afirmativa errada: proteínas no líquor a) pleiocitose persistente é comum na d) as opções A, B e C estão corretas meningite causada por Haemophilus e) somente as opções A e B são corretas influenzae tipo b b) secreção inapropriada do hormônio64- Com relação à meningite purulenta podemos antidiurético é uma complicação afirmar: freqüente e deve ser rotineiramente a) celulite facial em crianças abaixo de pesquisada quatro anos aumenta o risco de c) sinais de meningismo são pouco meningite por pneumococo proeminentes em lactentes jovens b) convulsão ocorrida nas primeiras 12 d) um exame minucioso permite a horas do início dos sintomas tem diferenciação entre etiologia viral e significado de pior prognóstico bacteriana c) disfunção esplênica é associada a risco aumentado de meningite por 68- Dos agentes causadores de meningite Streptococcus do tipo B bacteriana na infância, assinale aquele que d) efusões subdurais podem ocorrer, sendo mais freqüentemente leva ao aparecimento mais comuns em lactentes de coleção subdural como complicação: a) Enterobactérias65- Todas as afirmativas sobre a meningite b) Haemophilus influenzae tipo b tuberculosa são corretas, exceto: c) Meningococo a) a maioria dos autores aconselha o uso d) S. aureus de corticosteróides como adjuvantes no tratamento dos casos mais graves 69- Assinale os agentes etiológicos mais b) envolvimento das meninges é mais freqüentemente encontrados em culturas de acentuada na base do cérebro líquor de pacientes com meningite bacteriana c) pirazinamida não atinge níveis na faixa etária entre dois a três meses e cinco terapêuticos no líquor, por isso deve ser a seis anos de idade: substituída por etambutol a) estreptococos do grupo B, d) rifampicina atinge níveis terapêuticos no meningococos, pneumococos líquor e deve ser utilizada em doses b) Haemophilus influenzae tipo B e convencionais estreptococos do grupo B c) Haemophilus influenzae tipo B,66- Coleção subdural está mais relacionada à meningococos, pneumococos meningite por: d) meningococos e pneumococos
  12. 12. 73- Uma criança de quatro anos, que reside com70- Sobre as meningites é incorreto afirmar que: os pais e três irmãos, e ainda não freqüenta a a) os recém-natos e idosos podem ter escola, é admitida na emergência de um manifestações clínicas diferentes das hospital. Ela apresenta um quadro de 48 esperadas horas de evolução de febre alta, cefaléia, b) a presença de rash cutâneo petequial lesões purpúricas extensas em tronco e sugere etiologia meningocócica membros inferiores, rigidez de nuca e c) infecção por hemófilos é a principal convulsões. Há 24 horas vem fazendo uso de causa em crianças até 6 anos de idade ampicilina por via oral. É submetida a uma d) a etiologia meningocócica é mais comum punção lombar que evidencia líquor em crianças e adultos jovens purulento, com leucócitos incontáveis e com e) a meningite pneumocócica costuma diplococos gram-negativos à bacterioscopia. ocorrer em surtos epidêmicos e em Uma conduta incorreta neste caso é: crianças de berçário a) a internação da criança, preferencialmente em isolamento, para71- Diminuição aguda do fluxo sangüíneo para tratamento com antibióticos venosos uma determinada área do cérebro resulta em b) a notificação imediata do caso à unidade isquemia e hipóxia, cuja conseqüência de Vigilância Epidemiológica da área imediata é o surgimento de edema do tipo: c) o isolamento de todos os familiares para a) vasogênico observação clínica b) intersticial d) a administração de rifampicina aos c) hidrêmico familiares d) citotóxico 74- Lactente de 10 meses de idade apresenta72- Em crianças maiores, na faixa pré-escolar e doença febril há 36 horas acompanhada de escolar, os sinais importantes para o vômitos e irritabilidade. A palpação de uma diagnóstico precoce de meningite bacteriana fontanela anterior tensa provocou uma são: punção lombar diagnóstica que revelou 400 a) rigidez de nuca + petéquias + colapso células/ml com 80% de polimorfonucleares periférico + extremidades cianóticas sem presença de hamácias, glicose = b) febre + fotofobia + letargia + irritabilidade 10mg/dl e proteínas = 40mg/dl. O tratamento + alterações do comportamento etiológico de escolha é: c) sinais de Kernig e de Brudzinski positivos a) ceftriaxona + náuseas + vômitos + sinais de choque b) amantadina d) febre alta prolongada + exantema c) rifampicina petequial difuso + anorexia + d) penicilina abaulamento de fontanela e) aciclovir
  13. 13. 75- Você atende um paciente de 40 anos no d) ocorrem quando há extravasamento de Pronto-Socorro e faz o diagnóstico de hemácias na derme meningococcemia grave. O paciente é e) o local inicial de apresentação das casado e mora com a mulher, que está petéquias induzidas por grávida e dois filhos, de 12 e 10 anos, meningococcemia é a porção distal dos respectivamente. A melhor recomendação de membros superiores quimioprofilaxia nos contatos familiares é: a) ofloxacina oral em dose única na mullher 78- Qual o exame diagnóstico que mostra melhor e rifampicina oral por 24 horas para os o abscesso cerebral? filhos a) cintilografia radionuclídea com tecnécio b) ceftriaxona IM em dose única na mulher 99 e rifampicina oral por 48 horas para os b) tomografia computadorizada filhos c) ultra-sonografia c) ofloxacina oral em dose única para todos d) arteriografia d) rifampicina oral por 48 horas para todos e) cintilografia com neutrófilos marcado por e) ceftriaxona IM em dose única para todos gálio76- Um lactente com quadro infeccioso agudo e 79- Em relação ao uso de corticóides no sinais de irritação meníngea foi submetio à tratamento das meningites bacterianas punção lombar, que revelou: líquor “ água- agudas, podemos afirmar que: de-rocha” , pressão de 20mmH2O; três a) deve ser evitado pelo seu efeito células (mononucleares) por mm³; 710mg/dl imunossupressor de cloreto; 40mg/dl de glicose; 30mg/dl de b) pode ser usado apenas quando tiver sido proteína; esfregaço negativo para bactérias. A ultrapassada a fase aguda da infecção hipótese diagnóstica mais provável será de: c) não deve ser usado quando o agente a) encefalite etiológico for o Haemophilus influenzae b) meningismo d) quando indicado, seu uso deve ser c) tumor cerebral prolongado, por várias semanas, para d) meningite a vírus evitar as seqüelas neurológicas e) pseudotumor cerebral e) quando indicado, seu uso deve ser precoce e por tempo limitado77- A meningococcemia caracteriza-se pelo surgimento de exantema hemorrágico. Qual a 80- Em caso de ocorrência de surto epidêmico de afirmativa correta, com relação às púrpuras e doença meningocócica em uma creche de às petéquias? pré-escolares situada na capital do Estado de a) as lesões desaparecem sob compressão São Paulo, qual(is) medida(s) deve(m) ser b) ocorrem devido a vasodilatação tomada(s) em relação aos contactantes? localizada a) quimioprofilaxia com rifampicina dos c) as púrpuras são menores do que as contatos íntimos – colega(s) que petéquias convive(m) intimamente na mesma sala e dos familiares íntimos
  14. 14. b) somente vacinar a classe dos alunos em domicílio do doente onde constatou que, além que ocorreu(ram) os casos, utilizando da referida criança, moravam ali mais três vacina para o sorotipo no episódio citado irmãos, de três, seis e sete anos, c) tratamento dos catactantes com respectivamente, o pai, de 32 anos, a mãe de penicilina 25 anos e a avó, de 70 anos. Os dois irmãos d) quimioprofilaxia com rifampicina dos mais velhos já freqüentavam a escola do contatos íntimos, seguida de vacinação bairro. A profilaxia com rifampicina deve ser com o sorogrupo pesquisado realizada: e) não tomaria nenhuma medida, pois não a) em todos os irmãos e crianças de suas há o que prevenir turmas escolares b) em todos os domiciliados adultos e81- Criança de 8 anos internada com meningite crianças bacteriana apresenta opacificação do seio c) somente no irmão de três anos e na avó frontal direito no estudo radiográfico do d) somente nos domiciliados adultos crânio. Este quadro clínico sugere meningite e) somente no irmão de três anos por: a) Escherichia coli 84- Em lactente cuja bacterioscopia do líquor b) Staphylococcus aureus mostrou cocobacilos gram-negativos, o c) Neisseria meningitidis agente etiológico mais provável é: d) Streptococcus pneumoniae a) Klebsiella pneumoniae b) Bordetella pertussis82- Considerando as normas de vigilância c) Staphylococcus aureus epidemiológica e prevenção da doença d) Neisseria meningitidis meningocócica, a medida a ser adotada ao e) Haemophilus influenzae atender um caso de meningite é: a) quimioprofilaxia do pessoal da saúde 85- Na meningoencefalite bacteriana aguda, b) notificação com 48 horas após o encontramos no líquor: diagnóstico a) celularidade normal, proteína elevada e c) notificação com 24 horas a partir do glicose baixa diagnóstico b) celularidade elevada, proteína baixa e d) profilaxia da família realizada com vacina glicose baixa antimeningocócica c) celularidade elevada, proteína elevada e e) profilaxia desnecessária nos casos de glicose elevada meningococcemia isolada d) celularidade normal, proteína baixa e glicose elevada83- A Vigilância Epidemiológica de um e) celularidade elevada, proteína elevada e determinado município, ao ser notificada, por glicose baixa um hospital, da internação de uma criança de um ano de idade, com diagnóstico de meningite por Haemophilus influenzae, imediatamente realizou uma visita ao
  15. 15. 86- Observe, abaixo, o resultado da análise do 89- Acerca das meningites na infância, assinale a líquido cefalorraquidiano de um menor de afirmação mais completa: dois anos de idade: a) no lactente, os sinais meníngeos podem ser frustros Laboratório de Análises Clínicas b) o líquor claro indica origem virótica Hospital Giselda Tigueiro c) a etiologia no lactente, com relação às Citoquímica do Líquor bactérias, é atribuível a gram-negativos d) o aumento da proteinorraquia é Aspecto Turvo acentuado, mas a hipoglicorraquia nem Celularidade 1.200/mm³ sempre ocorre Polimorfonucleares 93% e) aumento da celularidade é uniforme em Mononucleares 7% todas as etiologias Proteínas 200mg/dl Glicose 20mg/dl 90- Em crianças maiores, na faixa pré-escolar, os Bioquímica sinais iniciais importantes para o diagnóstico Glicemia sérica 80mg/dl precoce de meningite bacteriana são: a) rigidez de nuca + petéquias + colapso Este resultado mostra ser o paciente portador periférico + extremidades cianóticasde meningoencefalite classificada como: b) febre + fotofobia + letargia + irritabilidade a) viral + alterações do comportamento b) fúngica c) sinais de Kernig e de Brudzinski positivos c) bacteriana + náuseas + vômitos + sinais de choque d) protozoária d) febre alta prolongada + exantema e) tuberculosa petequial difuso + anorexia + abaulamento de fontanela87- Morte por abscesso cerebral é devido a: a) destruição dos centros vitais 91- Uma criança de 2 anos chega ao hospital b) rotura e hidrocefalia com febre, recusa alimentar, vômitos, c) hidrocefalia e abscesso menor de 3cm sonolência. A punção lombar revela líquor d) hidrocefalia turvo, 1.000 células, com predomínio de e) hérnia cerebral interna leucócitos polimorfonucleares. A bacterioscopia mostra bastonetes gram-88- Nos casos de meningite, associados a negativos. A monoterapia de escolha para o derivações liquóricas, o esquema antibiótico a caso é: ser usado é: a) penicilina a) cefalotina mais garamicina b) amicacina b) vancomicina mais ceftazidime c) cefalotina c) rifampicina mais ceftriaxona d) ampicilina d) sulfametoxazol-trimetoprim mais e) ceftriaxone garamicina e) vancomicina mais ampicilina
  16. 16. 92- Lactente desnutrido chega ao Pronto-Socorro e) Meningococo, estafilococo e com quadro de vômitos e diarréia há 24 pneumococo horas. Ao exame: desidratado, febril e com abaulamento de fontanela. Logo ao iniciar a 95- Criança de 3 anos com febre e sonolência. O hidratação venosa, apresenta uma crise exame do líquor revelou 240 células – 80% convulsiva generalizada. Os exames colhidos polimorfonucleares, glicose 10mg% e à admissão mostram: anemia, leucocitose proteína 100mg%. O melhor esquema dom desvio para esquerda, Na = 127 mEq/L e terapêutico enquanto se aguarda os demais K = 3,0 mEq/L. A conduta a ser seguida é: exames é: a) punção lombar, antibioticoterapia e a) ampicilina e cloranfenicol correção da hiponatremia b) ampicilina e gentamicina b) hemocultura após término da hidratação c) ceftazidime e amicacina venosa e correção imediata da d) cefalotina e vancomicina hiponatremia e) ceftriaxone e penicilina c) hemocultura, antibioticoterapia e correção da hiponatremia 96- Em uma creche pequena, existem, em salas d) punção lombar e antibioticoterapia sem separadas, duas turmas de manhã divididas correção da hiponatremia por faixa etária: a primeira de 1-3 anos e a e) punção lombar e anticonvulsivante sem segunda de 4-6 anos. Outras duas turmas, correção da hiponatremia com as mesmas características freqüentam a creche à tarde. Na turma da manhã de 1-393- Um lactente cuja bacterioscopia do líquor anos, um menino de 18 meses é internado mostrou cocobacilos gram-negativos, o com meningite por Haemophilus influenzae agente etiológico mais provável é: tipo B. Você é chamado pela direção da a) Klebsiella pneumoniae creche e recomenda profilaxia com b) Bordetella pertussis rifampicina para os contactantes, da seguinte c) Staphylococcus aureus maneira: d) Neisseria meningitidis a) Todas as crianças que freqüentam a e) Haemophilus influenzae creche devem tomar rifampicina. b) Todas as crianças que freqüentam a94- Os germes mais freqüentemente causadores creche e os adultos que as atendem de Meningite em crianças menores de 5 anos, devem tomar rifampicina. previamente hígidas são: c) Somente as crianças das turmas de 1-3 a) H. influenzae, meningococo e anos devem tomar rifampicina. pneumococo d) Somente as crianças das turmas de 1-3 b) Escherichia coli, estafilococo e H. anos e os adultos que as atendem influenzae devem tomar rifampicina. c) Meningococo, Escherichia coli e e) Somente as crianças da turma de 1-3 estafilococo anos freqüentada pelo caso índice e os d) Pneumococo, H. influenzae e adultos que as atendem devem tomar estafilococo rifampicina.
  17. 17. 97- Em relação à infecção meningocócica o b) 50 células (73% linfócitos e 27% achado que é considerado um fator de mau granulócitos), 70mg% glicose e 650mg% prognóstico é: de cloretos a) crise convulsiva c) 250 células (65% linfócitos e 35% b) ausência de meningite granulócitos), 25mg% de glicose e c) velocidade de hemossedimentação maior 520mg% de cloretos que 50mm/hora d) 500 células (37% linfócitos e 63% d) trombocitose granulócitos), 30mg% de glicose e e) leucocitose maior que 50.000/mm³ 620mg% de cloretos e) 1000 células (80% linfócitos e 20%98- Um escolar de 12 anos chega ao Pronto- granulócitos), 50mg% de glicose e Socorro com febre, manchas na pele e 640mg% de cloretos confusão mental há 6 horas. A freqüência respiratória é 25/min, a freqüência cardíaca é 100- Paciente de 10 anos, portador de de 180/min, a temperatura é 40,5°C e a “ shunt” para tratamento de hidrocefalia, pressão arterial é 90 x 32 mmHg. Está apresenta quadro de meningoencefalite torporoso e pouco responsivo a estímulos aguda com líquido cefalorraquidiano turvo. O dolorosos. Manchas purpúricas estão Gram do líquido cefalorraquidiano mostra o disseminadas por todo o corpo. São medidas seguinte resultado: “ Inúmeros adequadas ao manuseio inicial do paciente, polimorfonucleares e presença de cocos exceto: gram-positivos isolados e agrupados em a) uso de agentes alfa-agonistas no sentido cachos” . O antibiótico de escolha para a de se obter um efeito inoprótico e terapêutica inicial é: vasoconstrictor a) Rifampicina b) uso de antibióticos para tratar a infecção b) Oxacilina presumida c) Penicilina G cristalina c) monitorização invasiva das pressões d) Ampicilina arterial e venosa central e) Vancomicina d) provas de volume para restaurara a volemia 101- A meningite tuberculosa deve ser tratada e) uso de betabloqueadores com o objetivo durante: de diminuir o consumo de O2 a) 15 meses b) 12 meses99- Um paciente com diagnóstico provável de c) 09 meses meningite tuberculosa apresenta níveis d) 06 meses glicêmicos de 70mg%. O exame do líquor mais provável será: 102- Qual dos achados abaixo não é a) 5 células (100% linfócitos), 40mg% compatível com meningite bacteriana? glicose e 650 mg% de cloretos a) celularidade elevada (polimorfonucleares) no líquor cefalorraquidiano
  18. 18. b) glicose elevada no líquor 105- Paciente de 12 anos, previamente hígido, cefalorraquidiano dá entrada no Pronto-Socorro com quadro de c) pressão liquórica elevada febre alta, cefaléia, náuseas e vômitos. O d) proteína elevada no líquor exame clínico mostra rigidez de nuca. A cefalorraquidiano fórmula liquórica é sugestiva de meningite bacteriana. O esquema de tratamento deve103- Qual das opções a seguir com relação às cobrir preferencialmente: infecções por Listeria monocytogenes não é a) Hemófilo e Listéria verdadeira? b) Pneumococo e Listéria a) A meningite ocorre mais amiúde em c) Pneumococo e Hemófilo recém-nascidos e hospedeiros d) Meningococo e Hemófilo imunocomprometidos. e) Pneumococo e Meningococo b) Bacteremia sem uma fonte aparente ocorre em até 30% dos casos. 106- Criança imunodeficiente apresentou c) Doença do parênquima do sistema cefaléia, febre, fotobofia, sonolência e rigidez nervoso central pode ser confundida com de nuca. A punção lombar mostrou: Pressão nocardiose, toxoplasmose e micoses. inicial do líquor = 220 mmH2O; Proteína = d) Estado mental alterado, convulsões e 116mg%; Glicose = 21mg%; Leucócitos = déficits neurológicos focais são 2.200cels/mm³ (68% neutrófilos e 32% indicadores prognósticos sombrios em células mononucleadas); Coloração do Gram pacientes com listeriose do sistema (bacterioscopia) = pequenos bastonetes nervoso central. gram-positivos. Qual a terapêutica indicada e) Ceftriaxona é o agente antimicrobiano de em face desses resultados? escolha para meningite ou doença a) cloranfenicol parenquimatosa do sistema nervoso b) ampicilina central. c) ceftriaxona d) sulfadiazina104- Paciente de 12 anos, previamente sadio, e) cefalotina desenvolve nos últimos 3 dias febre de 40°C e quadro clínico sugestivo de meningite e 107- Recomenda-se a quimioprofilaxia para otite média aguda. A punção lombar mostrou um caso de doença meningocócica nas líquor turvo, com mais de 1000 células com seguintes pessoas: 95% de polimorfonucleares. O agente a) contactantes intradomiciliares etiológico mais provável é: b) contactantes da mesma sala de aula a) Neisseria meningitidis c) contactantes do mesmo bairro b) Staphylococcus aureus d) contactantes da mesma escola c) Streptococcus pyogenes e) contactantes da mesma área de lazer d) Haemophilus influenzae e) Streptococcus pneumoniae
  19. 19. 108- Em relação à neurocisticercose, é correto 112- O principal resultado da utilização da afirmar que: dexametasona antecedendo os antibióticos a) olho e cérebro são os locais importantes no tratamento das meningites produzidas pelo no desenvolvimento do cisticerco Haemophilus influenzae está relacionado à b) calcificação cerebral é vista em pacientes diminuição dos casos de: com parasito vivo a) edema cerebral c) linfocitose no líquor é um achado b) efusão subdural característico c) enfarte cerebral d) a Taenia saginta é o verme responsável d) surdez e) convulsões recorrentes109- Qual o agente microbiano que mais freqüentemente leva à encefalite? 113- Um lactente de 5 meses de idade a) Influenza apresentou desvio da cabeça e dos olhos b) Caxumba para a esquerda que durou cerca de 20 c) Herpes simplex minutos. A família o transportou para um d) Herpes zoster Pronto-Socorro pediátrico onde foi examinado e) Vírus da coriomeningite linfocitária e tratado com antitérmico após ter-se verificado que não havia qualquer110- Meningite por Haemophilus influenzae anormalidade clínica, exceto febre de 38°C. em recém-nato. Qual o antimicrobiano de Logo após, recebeu alta com diagnóstico de primeira escolha? convulsão febril e foi encaminhado para a) Penicilina cristalina acompanhamento ambulatorial. Este b) Ceftriaxona diagnóstico merece ser criticado, porque: c) Amicacina a) O diagnóstico de convulsão febril é d) Vancomicina dependente de episódios semelhantes na e) Ampicilina família. b) A crise convulsiva apresentada pela111- Na hipertensão intracraniana secundária criança foi parcial, exigindo investigação a uma meningite, podemos afirmar que: tomográfica imediata. a) O uso profilático de anticonvulsivante c) Crises de longa duração excluem o está indicado após o paciente ter diagnóstico de convulsão febril, uma vez apresentado a primeira convulsão. que estas não costumam ultrapassar os b) O paciente deve ser mantido desidratado 15 minutos. e com a cabeça elevada e centrada. d) Este lactente deveria permanecer em c) A hiperventilação é o meio mais rápido e observação hospitalar até a realização de eficiente de combate ao edema cerebral. uma tomografia cerebral. d) A dexametasona endovenosa não produz e) Lactentes que apresentam convulsão melhora do quadro clínico. associada à febre podem estar com e) É contra-indicada a sedação dos meningite, mesmo na ausência das pacientes que se apresentam com manifestações próprias desta infecção. agitação psicomotora.
  20. 20. 114- Lactente de 3 meses de idade dá entrada no Serviço de Emergência pediátrica em coma, após vários episódios de crise convulsiva. História de febre, irritabilidade, anorexia e vômitos há 4 dias. Pais não levaram ao Serviço Médico, administrando apenas antitérmico via retal. Punção lombar com líquor apresentando 30.000 leucócitos (90% polimorfonucleares), 210mg/dl de proteína, 20mg/dl de glicose (glicemia de 90mg/dl). Qual dos achados abaixo não indica prognóstico sombrio? a) Baixa idade b) Coma na apresentação c) Longa duração da doença antes do tratamento d) 30.000 leucócitos no líquor e) Convulsões de início tardio

×