SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 44
Baixar para ler offline
COMO LEVANTAR CAPITAL PARA
SUA STARTUP
Ricardo Moraes
Quem sou eu
Quem sou eu
Quem sou eu
Mentor de aceleradora

Rede de Anjos

E algumas Startups

Organizador, Mentor, Jurado, Participante, Apoiador....
Levantar ou não levantar?
Bootstrapping
Aceleradoras
Aceleradoras
Aceleradoras
Mentoria

Networking

Capital financeiro
Mais do que isso...

Alguém acreditou na sua idéia!
Levantar ou não levantar? SIM!

- Investidor no final da apresentação de sua Startup
O ciclo financeiro de uma Startup
Mirando no investidor anjo certo
• Qual é a experiência dele com investimentos

• Converse com uma referência (Startups investidas)
• O que eles conhecem da sua indústria
• Quais contatos eles tem para:
• Vendas
• Alianças
• Canais de distribuição
• Se eles conseguem trazer mais investidores

• Se eles vão querer se envolver na empresa. Que tipo de relação.
Se eles vão estar MUITO ocupados sempre que precisarem
• Como é a química entre você e o investidor anjo
Valuation
Valor presente – Valor Futuro do capital

PV = Valor Presente
FV = Valor Futuro
i = Fator de desconto
n = Período
Demonstrativos Financeiros

Balanço Patrimonial
Demonstração do resultado do exercício
Fluxo de caixa
Balanço Patrimonial
Demonstração do Resultado do Exercício

= EBITDA
Fluxo de Caixa
Capex – Despesa de capital

• Calcule as mudanças ano a ano nos ativos.
Se o balanço patrimonial mostrar R$1 milhão em ativos em 2010 e R$2 milhões em 2011,
a mudança de ativos foi de R$1 milhão.
• Calcule as mudanças ano a ano nos passivos.
Se o balanço patrimonial mostrar R$500.000 em passivos em 2010 e R$1 milhão em 2011,
a mudança de passivos foi de R$500.000.
• Subtraia a mudança ano a ano nos ativos da mudança ano a ano nos passivos. Essa é a sua despesa de capital.
WACC – Custo de Capital Médio Ponderado
CAPM - Capital Asset Pricing Model

Retorno esperado = Rf + B (Rm – Rf)
Rf = Risco livre
B = Beta
Rm = Risco de mercado
Valuation
Valuation “Ballpark”

Não existe um número exato.
Sempre traçar cenários:
• Pessimista
• Moderado
• Otimista
Ex.:
“Minha empresa vale entre
R$ 1.000.000,00 – 2.000.000,00
Diversos funding rounds e diluição
Pre-Money valuation
Termo usado em Venture Capital e Private Equity para determinar o Valor de uma empresa antes do aporte de
capital.
Post-Money valuation
Termo usado para o valor da empresa após o aporte de capital.
Diversos funding rounds e diluição
Ex.:

Um investidor faz um aporte de capital de $ 1.000.000,00 em troca de 20% de uma empresa.

Isso faz com que a empresa tenha um Post-Money Valuation de $ 5.000.000,00
O Pre-Money Valuation implícito fica em $ $ 4.000.000,00
Diversos funding rounds e diluição
O time de founders recebe um aporte de investimento anjo de $500k por 20% da empresa.

Em seguida Eles recebem no round Series A um investimento de $ 3M e teve um pedido de stock options
para incentivar a gestão.
Diversos funding rounds e diluição
No round Series B, os investidores pedem mais um stock option, mas agora para os empregados,
para recrutar talentos
Diversos funding rounds e diluição
No round Series C, os investidores pedem mais um stock option, mas agora para os empregados,
para recrutar talentos
Diversos funding rounds e diluição

http://www.bothsidesofthetable.com/2011/10/14/understanding-how-dilution-affects-you-at-a-startup/
O processo de captação de recursos

Advisor

Programmer

Business

Startup Dream Team

Designer
O processo de captação de recursos
Teaser
Teaser
NDA
NDA
Pitch Deck
• Quem são vocês

• Qual é a oportunidade
• O mercado que irá atuar
• Qual é a sua solução
• Seus diferenciais
• O que está buscando
Pitch Deck

http://bestpitchdecks.com/
CIM – Company Information Memorandum
Term Sheet
Term sheet é um acordo e não um contrato. Negocie!
Tag Along
Direito aos acionistas minoritários de vender suas ações em conjunto com os acionistas majoritários.
Drag Along
Direito da maioria dos acionistas de “forçarem” a venda da minoria dos acionistas em caso de venda total.
Vesting period
Período em que a pessoa tem direito, mas não passa a ser acionista até o período de “vesting” acabar.
Pool de talentos
Parte das ações separadas para premiar e incentivar os talentos da empresa.
Anti-diluição

Governança
Vamos praticar!
Obrigado e bons negócios!

Contatos:

rmoraes@growinvestimentos.com.br
/+RicardoMoraes2011
/rmoraes2011
@rmoraes2014
br.linkedin.com/in/moraesricardo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

10. Análise financeira dinâmica.
10. Análise financeira dinâmica.10. Análise financeira dinâmica.
10. Análise financeira dinâmica.Adriano Bruni
 
Aula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de InvestimentoAula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de InvestimentoLuciano Rodrigues
 
Apresentação de custos
Apresentação de custosApresentação de custos
Apresentação de custosFelipe Willians
 
O ‘que é o Capital de Risco
O ‘que é o Capital de RiscoO ‘que é o Capital de Risco
O ‘que é o Capital de RiscoLimancini
 
Investimento E Financiamento ImobiliáRio Www Foundation
Investimento E Financiamento ImobiliáRio   Www FoundationInvestimento E Financiamento ImobiliáRio   Www Foundation
Investimento E Financiamento ImobiliáRio Www FoundationGonçalo Nascimento Rodrigues
 
Mercado de Capitais - Tendências e Oportunidades
Mercado de Capitais - Tendências e OportunidadesMercado de Capitais - Tendências e Oportunidades
Mercado de Capitais - Tendências e OportunidadesCRA-BA
 
Acofi cap05 anliquidez
Acofi cap05 anliquidezAcofi cap05 anliquidez
Acofi cap05 anliquidezAdriano Bruni
 
Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1
Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1
Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1fabricastartups
 
Contratos de Investimento
Contratos de InvestimentoContratos de Investimento
Contratos de InvestimentoFelipe Veiga
 
Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...
Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...
Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...Pedro Augusto de Resende
 
Avaliacao de Empresas por Prof. Marcelo Alvim
Avaliacao de Empresas por Prof. Marcelo AlvimAvaliacao de Empresas por Prof. Marcelo Alvim
Avaliacao de Empresas por Prof. Marcelo AlvimValor da Empresa
 

Mais procurados (20)

Análise de investimentos
Análise de investimentosAnálise de investimentos
Análise de investimentos
 
Dívida Imobiliária e Hoteleira
Dívida Imobiliária e HoteleiraDívida Imobiliária e Hoteleira
Dívida Imobiliária e Hoteleira
 
Avaliação de Empresas e Gestão de Investimentos
Avaliação de Empresas e Gestão de InvestimentosAvaliação de Empresas e Gestão de Investimentos
Avaliação de Empresas e Gestão de Investimentos
 
Fundos imobiliários e dívida em Portugal
Fundos imobiliários e dívida em PortugalFundos imobiliários e dívida em Portugal
Fundos imobiliários e dívida em Portugal
 
Curso de Imposto de Renda - Investeducar
Curso de Imposto de Renda - InvesteducarCurso de Imposto de Renda - Investeducar
Curso de Imposto de Renda - Investeducar
 
10. Análise financeira dinâmica.
10. Análise financeira dinâmica.10. Análise financeira dinâmica.
10. Análise financeira dinâmica.
 
Aula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de InvestimentoAula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de Investimento
 
Como Escolher Ações para investir
Como Escolher Ações para investirComo Escolher Ações para investir
Como Escolher Ações para investir
 
BIZCOOL - VALUATION - QUANTO VALE UMA IDEIA
BIZCOOL - VALUATION - QUANTO VALE UMA IDEIABIZCOOL - VALUATION - QUANTO VALE UMA IDEIA
BIZCOOL - VALUATION - QUANTO VALE UMA IDEIA
 
Apresentação de custos
Apresentação de custosApresentação de custos
Apresentação de custos
 
O ‘que é o Capital de Risco
O ‘que é o Capital de RiscoO ‘que é o Capital de Risco
O ‘que é o Capital de Risco
 
Investimento E Financiamento ImobiliáRio Www Foundation
Investimento E Financiamento ImobiliáRio   Www FoundationInvestimento E Financiamento ImobiliáRio   Www Foundation
Investimento E Financiamento ImobiliáRio Www Foundation
 
Mercado de Capitais - Tendências e Oportunidades
Mercado de Capitais - Tendências e OportunidadesMercado de Capitais - Tendências e Oportunidades
Mercado de Capitais - Tendências e Oportunidades
 
Workshop de Finanças Pessoais investeducar
Workshop de Finanças Pessoais investeducarWorkshop de Finanças Pessoais investeducar
Workshop de Finanças Pessoais investeducar
 
Acofi cap05 anliquidez
Acofi cap05 anliquidezAcofi cap05 anliquidez
Acofi cap05 anliquidez
 
Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1
Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1
Fast start tv b#1 p5_modelonegocio_p1
 
Contratos de Investimento
Contratos de InvestimentoContratos de Investimento
Contratos de Investimento
 
Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...
Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...
Análise de viabilidade da abertura de uma filial de uma corretora de seguros ...
 
Capital De Risco
Capital De RiscoCapital De Risco
Capital De Risco
 
Avaliacao de Empresas por Prof. Marcelo Alvim
Avaliacao de Empresas por Prof. Marcelo AlvimAvaliacao de Empresas por Prof. Marcelo Alvim
Avaliacao de Empresas por Prof. Marcelo Alvim
 

Semelhante a Como Levantar Capital para sua Startup - Hub Escola ´14

GFS - Captação de Investimentos
GFS - Captação de InvestimentosGFS - Captação de Investimentos
GFS - Captação de InvestimentosACE Startups
 
Investments & Valuation Class
Investments & Valuation ClassInvestments & Valuation Class
Investments & Valuation ClassRicardo Moraes
 
219235852 atps-analise-de-investimento
219235852 atps-analise-de-investimento219235852 atps-analise-de-investimento
219235852 atps-analise-de-investimentolYA40
 
Apresentação sobre Venture Capital e Fundraising para Startups
Apresentação sobre Venture Capital e Fundraising para StartupsApresentação sobre Venture Capital e Fundraising para Startups
Apresentação sobre Venture Capital e Fundraising para StartupsGuilherme Lima
 
Investidor anjo - Startups
Investidor anjo - StartupsInvestidor anjo - Startups
Investidor anjo - StartupsAndré Bianchi
 
Financiamento de Longo Prazo (IPO e SEO - Parte I)
Financiamento de Longo Prazo(IPO e SEO - Parte I)Financiamento de Longo Prazo(IPO e SEO - Parte I)
Financiamento de Longo Prazo (IPO e SEO - Parte I)Felipe Pontes
 
BIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIRO
BIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIROBIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIRO
BIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIROBizcool | Escola Aceleradora
 
Investindo em startups
Investindo em startupsInvestindo em startups
Investindo em startupsMarcelo Amorim
 
Equity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizado
Equity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizadoEquity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizado
Equity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizadoMarcel Fukayama
 
Compreendendo O Capital Empreendedor
Compreendendo O Capital EmpreendedorCompreendendo O Capital Empreendedor
Compreendendo O Capital Empreendedorsimonolson
 
Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!
Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!
Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!Lucas Mendes
 
Plano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVPPlano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVPNei Grando
 
Evento Anjos do Brasil Fortaleza ago 2014
Evento Anjos do Brasil   Fortaleza ago 2014Evento Anjos do Brasil   Fortaleza ago 2014
Evento Anjos do Brasil Fortaleza ago 2014Marcelo Amorim
 
Planejamento estratégico - RioJunior - 2014
Planejamento estratégico - RioJunior - 2014Planejamento estratégico - RioJunior - 2014
Planejamento estratégico - RioJunior - 2014Hector Muniz
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Kianne Paganini
 
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11Rafael . Vieira
 
Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16Kianne Paganini
 
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambevfabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da AmbevABCR
 

Semelhante a Como Levantar Capital para sua Startup - Hub Escola ´14 (20)

GFS - Captação de Investimentos
GFS - Captação de InvestimentosGFS - Captação de Investimentos
GFS - Captação de Investimentos
 
Investments & Valuation Class
Investments & Valuation ClassInvestments & Valuation Class
Investments & Valuation Class
 
Economia Empresarial - Slides - Prof. André Paes
Economia Empresarial - Slides - Prof. André PaesEconomia Empresarial - Slides - Prof. André Paes
Economia Empresarial - Slides - Prof. André Paes
 
219235852 atps-analise-de-investimento
219235852 atps-analise-de-investimento219235852 atps-analise-de-investimento
219235852 atps-analise-de-investimento
 
Apresentação sobre Venture Capital e Fundraising para Startups
Apresentação sobre Venture Capital e Fundraising para StartupsApresentação sobre Venture Capital e Fundraising para Startups
Apresentação sobre Venture Capital e Fundraising para Startups
 
Investidor anjo - Startups
Investidor anjo - StartupsInvestidor anjo - Startups
Investidor anjo - Startups
 
Financiamento de Longo Prazo (IPO e SEO - Parte I)
Financiamento de Longo Prazo(IPO e SEO - Parte I)Financiamento de Longo Prazo(IPO e SEO - Parte I)
Financiamento de Longo Prazo (IPO e SEO - Parte I)
 
BIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIRO
BIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIROBIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIRO
BIZCOOL - CICLO DE FUNDING: ONDE CONSEGUIR DINHEIRO
 
Investindo em startups
Investindo em startupsInvestindo em startups
Investindo em startups
 
Equity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizado
Equity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizadoEquity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizado
Equity Crowdfunding: O que é e como pode ser utilizado
 
Compreendendo O Capital Empreendedor
Compreendendo O Capital EmpreendedorCompreendendo O Capital Empreendedor
Compreendendo O Capital Empreendedor
 
Business Plan
Business PlanBusiness Plan
Business Plan
 
Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!
Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!
Startups 101 - O que você precisa saber sobre start-ups (em 15 minutos)!
 
Plano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVPPlano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVP
 
Evento Anjos do Brasil Fortaleza ago 2014
Evento Anjos do Brasil   Fortaleza ago 2014Evento Anjos do Brasil   Fortaleza ago 2014
Evento Anjos do Brasil Fortaleza ago 2014
 
Planejamento estratégico - RioJunior - 2014
Planejamento estratégico - RioJunior - 2014Planejamento estratégico - RioJunior - 2014
Planejamento estratégico - RioJunior - 2014
 
Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16Apresentação institucional 3T16
Apresentação institucional 3T16
 
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
 
Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16Apresentação institucional 4T16
Apresentação institucional 4T16
 
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambevfabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
fabcr22_apresentação_Estratégias de investimento em Impacto Social da Ambev
 

Mais de Ricardo Moraes

Founder Institute - Customer Development
Founder Institute  - Customer DevelopmentFounder Institute  - Customer Development
Founder Institute - Customer DevelopmentRicardo Moraes
 
Ricardo moraes camara alema
Ricardo moraes   camara alemaRicardo moraes   camara alema
Ricardo moraes camara alemaRicardo Moraes
 
eShares Mentoring bootcamp
eShares Mentoring bootcampeShares Mentoring bootcamp
eShares Mentoring bootcampRicardo Moraes
 
Workshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um pitch - Startup WeekendWorkshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um pitch - Startup WeekendRicardo Moraes
 
Workshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um  pitch - Startup WeekendWorkshop Como fazer um  pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um pitch - Startup WeekendRicardo Moraes
 
ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016
ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016
ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016Ricardo Moraes
 
Workshop - Diario de Bordo do Empreendedor
Workshop - Diario de Bordo do EmpreendedorWorkshop - Diario de Bordo do Empreendedor
Workshop - Diario de Bordo do EmpreendedorRicardo Moraes
 
5,5 dicas para os mentores do Startup Weekend
5,5 dicas para os mentores do Startup Weekend5,5 dicas para os mentores do Startup Weekend
5,5 dicas para os mentores do Startup WeekendRicardo Moraes
 
Como fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo Moraes
Como fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo MoraesComo fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo Moraes
Como fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo MoraesRicardo Moraes
 
SW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo MoraesSW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo MoraesRicardo Moraes
 
SW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo MoraesSW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo MoraesRicardo Moraes
 
A case for crm team 11 - beacon hill version 1.1 ppt
A case for crm   team 11 - beacon hill version 1.1 pptA case for crm   team 11 - beacon hill version 1.1 ppt
A case for crm team 11 - beacon hill version 1.1 pptRicardo Moraes
 
Beacon hill team11_vale_csr_v2.0
Beacon hill team11_vale_csr_v2.0Beacon hill team11_vale_csr_v2.0
Beacon hill team11_vale_csr_v2.0Ricardo Moraes
 

Mais de Ricardo Moraes (15)

Founder Institute - Customer Development
Founder Institute  - Customer DevelopmentFounder Institute  - Customer Development
Founder Institute - Customer Development
 
Ricardo moraes camara alema
Ricardo moraes   camara alemaRicardo moraes   camara alema
Ricardo moraes camara alema
 
eShares Mentoring bootcamp
eShares Mentoring bootcampeShares Mentoring bootcamp
eShares Mentoring bootcamp
 
Workshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um pitch - Startup WeekendWorkshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
 
Workshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um  pitch - Startup WeekendWorkshop Como fazer um  pitch - Startup Weekend
Workshop Como fazer um pitch - Startup Weekend
 
ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016
ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016
ePitch - Como fazer um pitch - Campus Party 2016
 
Workshop - Diario de Bordo do Empreendedor
Workshop - Diario de Bordo do EmpreendedorWorkshop - Diario de Bordo do Empreendedor
Workshop - Diario de Bordo do Empreendedor
 
5,5 dicas para os mentores do Startup Weekend
5,5 dicas para os mentores do Startup Weekend5,5 dicas para os mentores do Startup Weekend
5,5 dicas para os mentores do Startup Weekend
 
What is a Startup?
What is a Startup?What is a Startup?
What is a Startup?
 
Como fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo Moraes
Como fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo MoraesComo fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo Moraes
Como fazer um Pitch da sua Startup - Ricardo Moraes
 
SW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo MoraesSW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW Education Curitiba 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
 
SW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo MoraesSW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
SW POA 2014 - Deck Facilitador - Ricardo Moraes
 
A case for crm team 11 - beacon hill version 1.1 ppt
A case for crm   team 11 - beacon hill version 1.1 pptA case for crm   team 11 - beacon hill version 1.1 ppt
A case for crm team 11 - beacon hill version 1.1 ppt
 
Innovation Centers
Innovation CentersInnovation Centers
Innovation Centers
 
Beacon hill team11_vale_csr_v2.0
Beacon hill team11_vale_csr_v2.0Beacon hill team11_vale_csr_v2.0
Beacon hill team11_vale_csr_v2.0
 

Como Levantar Capital para sua Startup - Hub Escola ´14

  • 1. COMO LEVANTAR CAPITAL PARA SUA STARTUP Ricardo Moraes
  • 4. Quem sou eu Mentor de aceleradora Rede de Anjos E algumas Startups Organizador, Mentor, Jurado, Participante, Apoiador....
  • 5.
  • 6.
  • 7. Levantar ou não levantar?
  • 12. Mais do que isso... Alguém acreditou na sua idéia!
  • 13. Levantar ou não levantar? SIM! - Investidor no final da apresentação de sua Startup
  • 14. O ciclo financeiro de uma Startup
  • 15. Mirando no investidor anjo certo • Qual é a experiência dele com investimentos • Converse com uma referência (Startups investidas) • O que eles conhecem da sua indústria • Quais contatos eles tem para: • Vendas • Alianças • Canais de distribuição • Se eles conseguem trazer mais investidores • Se eles vão querer se envolver na empresa. Que tipo de relação. Se eles vão estar MUITO ocupados sempre que precisarem • Como é a química entre você e o investidor anjo
  • 17. Valor presente – Valor Futuro do capital PV = Valor Presente FV = Valor Futuro i = Fator de desconto n = Período
  • 18. Demonstrativos Financeiros Balanço Patrimonial Demonstração do resultado do exercício Fluxo de caixa
  • 20. Demonstração do Resultado do Exercício = EBITDA
  • 22. Capex – Despesa de capital • Calcule as mudanças ano a ano nos ativos. Se o balanço patrimonial mostrar R$1 milhão em ativos em 2010 e R$2 milhões em 2011, a mudança de ativos foi de R$1 milhão. • Calcule as mudanças ano a ano nos passivos. Se o balanço patrimonial mostrar R$500.000 em passivos em 2010 e R$1 milhão em 2011, a mudança de passivos foi de R$500.000. • Subtraia a mudança ano a ano nos ativos da mudança ano a ano nos passivos. Essa é a sua despesa de capital.
  • 23. WACC – Custo de Capital Médio Ponderado
  • 24. CAPM - Capital Asset Pricing Model Retorno esperado = Rf + B (Rm – Rf) Rf = Risco livre B = Beta Rm = Risco de mercado
  • 26. Valuation “Ballpark” Não existe um número exato. Sempre traçar cenários: • Pessimista • Moderado • Otimista Ex.: “Minha empresa vale entre R$ 1.000.000,00 – 2.000.000,00
  • 27. Diversos funding rounds e diluição Pre-Money valuation Termo usado em Venture Capital e Private Equity para determinar o Valor de uma empresa antes do aporte de capital. Post-Money valuation Termo usado para o valor da empresa após o aporte de capital.
  • 28. Diversos funding rounds e diluição Ex.: Um investidor faz um aporte de capital de $ 1.000.000,00 em troca de 20% de uma empresa. Isso faz com que a empresa tenha um Post-Money Valuation de $ 5.000.000,00 O Pre-Money Valuation implícito fica em $ $ 4.000.000,00
  • 29. Diversos funding rounds e diluição O time de founders recebe um aporte de investimento anjo de $500k por 20% da empresa. Em seguida Eles recebem no round Series A um investimento de $ 3M e teve um pedido de stock options para incentivar a gestão.
  • 30. Diversos funding rounds e diluição No round Series B, os investidores pedem mais um stock option, mas agora para os empregados, para recrutar talentos
  • 31. Diversos funding rounds e diluição No round Series C, os investidores pedem mais um stock option, mas agora para os empregados, para recrutar talentos
  • 32. Diversos funding rounds e diluição http://www.bothsidesofthetable.com/2011/10/14/understanding-how-dilution-affects-you-at-a-startup/
  • 33. O processo de captação de recursos Advisor Programmer Business Startup Dream Team Designer
  • 34. O processo de captação de recursos
  • 37. NDA
  • 38. NDA
  • 39. Pitch Deck • Quem são vocês • Qual é a oportunidade • O mercado que irá atuar • Qual é a sua solução • Seus diferenciais • O que está buscando
  • 41. CIM – Company Information Memorandum
  • 42. Term Sheet Term sheet é um acordo e não um contrato. Negocie! Tag Along Direito aos acionistas minoritários de vender suas ações em conjunto com os acionistas majoritários. Drag Along Direito da maioria dos acionistas de “forçarem” a venda da minoria dos acionistas em caso de venda total. Vesting period Período em que a pessoa tem direito, mas não passa a ser acionista até o período de “vesting” acabar. Pool de talentos Parte das ações separadas para premiar e incentivar os talentos da empresa. Anti-diluição Governança
  • 44. Obrigado e bons negócios! Contatos: rmoraes@growinvestimentos.com.br /+RicardoMoraes2011 /rmoraes2011 @rmoraes2014 br.linkedin.com/in/moraesricardo