O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Estudo de Introdução a Teologia

6.481 visualizações

Publicada em

Estudo ministrado no culto de estudo bíblico de Introdução a Teologia e Teologia do Antigo Testamento, Pr. Ricardo Gondim

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Estudo de Introdução a Teologia

  1. 1. IntroduçãoRicardo Gondimpastorgondim@hotmail.com
  2. 2.  O conceito de Teologia do Antigo Testamento está ligado ao conceito de “teologia”. Por definição, se entendermos “teologia” como sendo “o estudo de Deus e de sua revelação ao homem”, conseqüentemente a Teologia do Antigo Testamento será “o estudo de Deus e de sua revelação ao homem no Antigo Testamento”. Ao considerarmos que “do” refere-se à “pertencendo a”, o substantivo “teologia” estaria subordinado ao Antigo Testamento, levando-nos a considerar uma “teologia que pertence singularmente ao Antigo Testamento”. Entretanto, o título “Antigo Testamento”, possuiu uma identidade especial, pois se reconhece o “Antigo Testamento” como uma unidade na Escritura Sagrada na qual os cristãos combinam e contrastam com o Novo Testamento.
  3. 3.  ENTENDER A FÉ – A necessidade de entender a fé pode ser exemplificada no texto de Lucas 24.13-21. Cristo nesse diálogo desvendou o sentido das palavras ditas anteriormente pelos profetas a seu respeito. Não há como entender a fé, ou interpretar o sentido das palavras do NT sem a análise ou o complemento do AT. Para fazermos esse estudo nós precisamos interpretar, mas como interpretamos a biblia sagrada
  4. 4.  Hermenêutica - A palavra “Hermenêutica” vem do termo grego “hermeneúo” que significa “interpretar”. A Hermenêutica é a disciplina que ensina as regras para interpretar um livro, um texto, e, nesse caso especial, o texto bíblico. Chave Hermenêutica – Segundo alguns teólogos é a ferramenta facilitadora do entendimento da biblia sagrada, é aquele TEMA maior que controla todos os temas da biblia sagrada. Se a gente imaginar um guarda-chuva, a chave hermenêutica é aquela armação que sustenta todo o guarda-chuva, que sustenta todos os demais temas da biblia, ou então, a porta de entrada para a biblia. A medida que voce vai lendo cada parte da biblia sagrada, voce vai interpretando a luz dessa parte maior, a luz da chave hermenêutica.
  5. 5.  Abordagem – O estudo das ramificações da teologia, principalmente a bíblica e exegética a o questionamento quanto a necessidade do estudo da teologia. Qual a razão de se estudar teologia ?
  6. 6. Gn Gn 50:26 Ml 4:6 Mc 1:1 Apocalipse 21 1 E vi um novo céu, e uma novaHomem em comunhão E morreu José da E ele converterá o coração PRINCÍPIO do terra. Porque já o primeiro céu ecom Deus a primeira terra passaram, e o idade de 110 anos, dos pais aos filhos, Evangelho mar já não existe. e o embalsamaram e o coração dos filhos de Jesus Cristo, 2 E eu, João, vi a santa cidade, a e o puseram num a seus pais; para que eu nova Jerusalém, que de Deus Filho de Deus; descia do céu, adereçada como caixão no Egito. não venha, e fira a terra uma esposa ataviada para o seu com maldição. marido. 3 E ouvi uma grande voz do céu, Pecado que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois • Tira o homem da presença de Deus com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará • Quebra a relação 9 E aconteceu naqueles dias que Jesus, com eles, e será o seu Deus. • Expulsa o homem do paraiso tendo ido de Nazaré da Galiléia, foi 4 E Deus limpará de seus olhos • O leva para o caixão batizado por João, no Jordão. toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, 16 E, andando junto do mar da Galiléia, viu nem dor; porque já as primeiras Simão, e André, seu irmão, que lançavam a • Voltamos a Deus coisas são passadas. Jesus • Relação Restabelecida rede ao mar, pois eram pescadores. • Retornamos ao paraiso 17 E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e • Somos retirados do caixão eu farei que sejais pescadores de homens. Veio Viu Chamou
  7. 7. O objetivo da revelação progressiva é apresentarDeus ao homem para que a obra expiatória deCristo possa ser realizada.ENTENDER A FÉ – A necessidade de entender a fé pode ser exemplificada notexto de Lucas 24.13-21. Cristo nesse diálogo desvendou o sentido daspalavras ditas anteriormente pelos profetas a seu respeito. "Intelligebas heri modicum, intelligis hodie amplius, intelligis cras multo amplius; lúmen ipsum Dei crescit in te". Ontem entendias um pouco, hoje entendes algo mais, amanhã entenderás muito mais. É a própria luz de Deus que cresce em ti.
  8. 8. 1 BEM-AVENTURADO (Asherey) aquele que teme ao SENHOR e anda nos seuscaminhos. 2 Pois comerás do trabalho das tuas mãos; (produtivo) feliz serás,e te irá bem. 3 A tua mulher será como a videira frutífera (fertilidade) aoslados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira (alegria) à roda datua mesa. 4 Eis que assim será abençoado o homem (individuo) que teme aoSENHOR. 5 O SENHOR te abençoará desde Sião (familia) , e tu verás o bem deJerusalém (cidade) em todos os dias da tua vida. 6 E verás os filhos de teusfilhos, e a paz sobre Israel (nação) . No conceito de Ashrey FELICIDADE – feliz serás, e te irá bem Ter•• PROSPERIDADE- e te irá bem• BENÇÃO - assim será abençoado• PAZ - verás os filhos de teus filhos, e a paz
  9. 9. 3Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; 4 Bem-aventurados os quechoram, porque eles serão consolados; 5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; 6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; 7 Bem-aventurados osmisericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; 8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque elesverão a Deus; 9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; 10 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; 11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vóspor minha causa. No conceito de Ashrey• POBRES• CHORAM Ser• MANSOS• FOME• MISERICORDIOSOS• LIMPOS• PACIFICADORES• SOFREM
  10. 10. No Caminho de Emaús - Lucas 24 –13:3013 Naquele mesmo dia, dois deles estavam indo para um povoado chamado Emaús, a onze quilômetrosb deJerusalém. 14 No caminho, conversavam a respeito de tudo o que havia acontecido. 15 Enquanto conversavam ediscutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles; 16 mas os olhos deles foramimpedidos de reconhecê-lo. 17 Ele lhes perguntou: “Sobre o que vocês estão discutindo enquantocaminham?” Eles pararam, com os rostos entristecidos. 18 Um deles, chamado Cleopas, perguntou-lhe: “Vocêé o único visitante em Jerusalém que não sabe das coisas que ali aconteceram nestes dias?” 19 “Que coisas?”,perguntou ele. “O que aconteceu com Jesus de Nazaré”, responderam eles. “Ele era um profeta, poderosoem palavras e em obras diante de Deus e de todo o povo. 20 Os chefes dos sacerdotes e as nossasautoridades o entregaram para ser condenado à morte, e o crucificaram; 21 e nós esperávamos que era eleque ia trazer a redenção a Israel. E hoje é o terceiro dia desde que tudo isso aconteceu. 22 Algumas das mulheresentre nós nos deram um susto hoje. Foram de manhã bem cedo ao sepulcro 23 e não acharam o corpo dele. Voltaram e noscontaram ter tido uma visão de anjos, que disseram que ele está vivo. 24 Alguns dos nossos companheiros foram ao sepulcro eencontraram tudo exatamente como as mulheres tinham dito, mas não o viram.” 25 Ele lhes disse: “Como vocêscustam a entender e como demoram a crer em tudo o que os profetas falaram! 26 Não devia oCristo sofrer estas coisas, para entrar na sua glória?” 27 E começando por Moisés e todos osprofetas, explicou-lhes o que constava a respeito dele em todas as Escrituras. 28 Ao seaproximarem do povoado para o qual estavam indo, Jesus fez como quem ia mais adiante. 29 Mas elesinsistiram muito com ele: “Fique conosco, pois a noite já vem; o dia já está quase findando”. Então, ele entroupara ficar com eles. 30 Quando estava à mesa com eles, tomou o pão, deu graças, partiu-oe o deu a eles. 31 Então os olhos deles foram abertos e o reconheceram, e eledesapareceu da vista deles.
  11. 11. João 20 - Jesus Aparece aos Discípulos 19 Ao cair da tarde daquele primeiro diada semana, estando os discípulos reunidos a portas trancadas, por medo dosjudeus, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “Paz seja com vocês!” 20Tendo dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-sequando viram o Senhor.21 Novamente Jesus disse: “Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, euos envio”. 22 E com isso, soprou sobre eles e disse: “Recebam o Espírito Santo. 23Se perdoarem os pecados de alguém, estarão perdoados; se não os perdoarem,não estarão perdoados”.Lucas 24- Jesus Aparece aos Discípulos36 Enquanto falavam sobre isso, o próprio Jesus apresentou-se entre elese lhes disse: “Paz seja com vocês!”37 Eles ficaram assustados e com medo, pensando que estavam vendo umespírito. 38 Ele lhes disse: “Por que vocês estão perturbados e por que se levantamdúvidas no coração de vocês? 39 Vejam as minhas mãos e os meus pés. Sou eumesmo! Toquem-me e vejam; um espírito não tem carne nem ossos, como vocêsestão vendo que eu tenho”.
  12. 12. João 20 - Jesus Aparece a Tomé24 Tomé, chamado Dídimo, um dos Doze, não estava com os discípulos quandoJesus apareceu. 25 Os outros discípulos lhe disseram: “Vimos o Senhor!” Mas elelhes disse: “Se eu não vir as marcas dos pregos nas suas mãos, não colocar omeu dedo onde estavam os pregos e não puser a minha mão no seu lado, nãocrerei”.26 Uma semana mais tarde, os seus discípulos estavam outra vez ali, e Tomé comeles. Apesar de estarem trancadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meiodeles e disse: “Paz seja com vocês!” 27 E Jesus disse a Tomé: “Coloque o seudedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare deduvidar e creia”.28 Disse-lhe Tomé: “Senhor meu e Deus meu!”29 Então Jesus lhe disse: “Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram ecreram”.30 Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinaismiraculosos, que não estão registrados neste livro. 31 Mas estes foram escritospara que vocês creiama que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e, crendo, tenhamvida em seu nome.
  13. 13. “O problema do Antigo Testamento...não é um entre muitos. É o principal problema da teologia” (Emil Kraeling). Por quê? Se alguem faz uma avaliação incorreta com relação ao Antigo Testamento, os resultados vão lentamente devastando todo o resto de sua teologia. Uma análise incorreta do Antigo Testamento acarreta uma série de distorções doutrinárias, comp. p. ex. Gn 15:6 E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça com Atos 4:12 E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos e Tg 2:19; Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem. Um passo em falso nesse Testamento, muitas vezes, significa um passo em falso na teologia e na prática da fé.
  14. 14.  Apesar da multiplicidade de autores e suas especificidades socioeconômicas, gêneros literários, contextos históricos variados o Antigo Testamento tem uma mensagem central.Pedro enxerga isso em I Pe 1:3-12 quando fala da “grande salvação”. Em meio a uma lista de temas centrais apresentada por alguns estudiosos sou da corrente que escolhe Gn 12:3: “o plano-promessa de Deus”; E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. Gal 3-29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa. Gn 21-12 Porém Deus disse a Abraão: Não te pareça mal aos teus olhos acerca do moço e acerca da tua serva; em tudo o que Sara te diz, ouve a sua voz; porque em Isaque será chamada a tua descendência. Essa era a leitura dos leitores do Novo Testamento e nossa também. Com exceção de seis livros (Mateus, Marcos, João, Tiago, Judas e Apocalipse) o substantivo promessa é usado 51 vezes, e o verbo prometer 11 no Novo Testamento. Paulo sumariza esse entendimento acerca da mensagem central no seu sermão em Antioquia da Pisídia: “E nós vos anunciamos que a promessa que foi feita aos pais, Deus a cumpriu a nós, seus filhos, ressuscitando Jesus”, At 13:32,33. O mesmo discurso é feito diante do rei Agripa, At 26:6,7; Os quatro mais singulares momentos no plano-promessa de Deus que servem de referenciais são feitos: A Eva, Gn 3:15; a Abrão Gn 12:3,4; a Davi II Sm 7; e o novo concerto feito com Israel, Jr 31:31-34.

×