3 Panorama Internacional

742 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
742
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3 Panorama Internacional

  1. 1. PANORAMA DAS POLÍTICAS DE INCENTIVO AO DESIGN NO MUNDO
  2. 2. Apresentação Este panorama está baseado no estudo desenvolvido por Gisele Raulik, que estuda programas de incentivo ao design no mundo desde 2003, trabalhou no Design Council, em Londres e é a Secretaria Executiva da rede Sharing Experiences in Design Support. Gisele tem mestrado em Gestão de Design pela Brunel University e está terminando um doutorado sobre políticas de design na Universidade de Cardiff , UK. Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Itália México Reino Unido Conclusão
  3. 3. BRAZIL Panorama Internacional Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  4. 4. Panorama Internacional Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  5. 5. Suporte em design <ul><li>Vários formatos: </li></ul><ul><li>Programas de curta duração : intensa interatividade entre empresa, designer e administrador do programa por um período curto. Em geral termina com uma exposição dos produtos desenvolvidos. </li></ul><ul><li>Assessoria contínua a empresas : Utilizado em países onde há estabilidade (e continuidade) do apoio financeiro do governo ao programa. Vantagem: serviço contínuo à disposição das empresas. </li></ul><ul><li>Programas de treinamento : Seminários, workshops ou cursos. Podem ser tão eficientes quanto a assessoria individual, desde que mantenham foco em um setor específico da indústria ou na prática do desenvolvimento de produtos e serviços. Principal vantagem: atinge um grupo ao invés de empresas isoladas. </li></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  6. 6. Promoção do design <ul><li>A promoção do design procura atingir públicos maiores e diversificados. </li></ul><ul><li>O investimento costuma ser alto em comparação ao suporte contínuo. </li></ul><ul><li>Dificuldade de controlar resultados e impacto junto ao público. </li></ul><ul><li>Os formatos são variados, sendo os mais comuns: </li></ul><ul><ul><li>Campanhas de promoção da marca nacional (ex: ‘Made in Taiwan’) </li></ul></ul><ul><ul><li>Seminários ou palestras (ex: Design to Business - Brasil) </li></ul></ul><ul><ul><li>Exposições itinerantes (ex: ‘Produtos do Milênio’ - Reino Unido) </li></ul></ul><ul><ul><li>Participação em feiras </li></ul></ul><ul><ul><li>Prêmios e concursos (ex: Red Dot Awards – Alemanha; Design Catalyst Awards – EUA; Design Excellence Brazil; IDEA Brazil) </li></ul></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  7. 7. Promoção do design (Tether 2006) Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  8. 8. Educação em design <ul><li>Educação forma os profissionais que vão fornecer serviços às empresas. </li></ul><ul><li>Diferentes estratégias: </li></ul><ul><li>Integração das escolas com a indústria, com o objetivo de alinhar o ensino e a demanda profissional; </li></ul><ul><li>Sugestão de novos temas para o currículo; </li></ul><ul><li>Programas de integração de novos profissionais na indústria; </li></ul><ul><li>Incentivo à criação de cursos de pós-graduação em design; </li></ul><ul><li>Integração de disciplinas de design em outros cursos (como Administração ou Business ). </li></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  9. 9. Taiwan Política de design agressiva e determinada, com investimento calculado em 170 milhões de dólares. Mudança da imagem do país com alto reflexo no crescimento da economia. Disposição para aprender com as práticas de outros países. Centro de Promoção do Design : 80 pessoas. Fazem pesquisa e desenvolvimento; design industrial; design comercial (foco em design gráfico e identidade corporativa) e embalagem. Taipei Design Centers em Dusseldorf, Milão e Tóquio. O objetivo é desenvolver projetos, com designers locais, para produtos taiwaneses a serem vendidos nesses países. Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  10. 10. Japão <ul><li>2003: relatório com 40 recomendações. </li></ul><ul><li>Foco em estratégias de brand e mudança na cultura de design. </li></ul><ul><ul><li>Combater a cópia </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudar a idéia de “design externo” ao final do processo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Encorajar estratégias de brand nas empresas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Encorajar a conexão entre brand e o design da linha de produtos </li></ul></ul><ul><li>Pesquisa mostrou que a maioria das empresas não utilizavam design estrategicamente - em contraste com as grandes empresas reconhecidas internacionalmente por seu design e inovação. </li></ul><ul><li>Apoio as empresas na divulgação de suas marcas, </li></ul><ul><li>Apoio as MPEs na contratação de design, </li></ul><ul><li>Educação em design em todos os níveis, inclusive no ensino fundamental </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de índices de qualidade aplicados ao design. </li></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  11. 11. Japão Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  12. 12. África do Sul Foca suas ações na promoção e no suporte de design junto à empresas e população em geral, sem que haja uma política nacional que integre estas ações. Desde 1965, o Instituto de Design SABS - South African Bureau of Standards - promove os benefícios do bom design a fim de estimular o desenvolvimento econômico e tecnológico. Recebe recursos do Governo para suas atividades. Sistema Nacional de Inovação - NSI : melhoria da competitividade; melhoria da qualidade de vida; garantia de sustentabilidade, desenvolvimento de recursos humanos; desenvolvimento da sociedade através da transferência de recursos da tecnologia. Innovation Hub: constitui-se como um cluster de alta tecnologia, com incentivo para a instalação de empresas no parque de Ciências, de acesso a informação e conectividade. Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  13. 13. Coréia <ul><li>Um dos países com a melhor infra-estrutura para o desenvolvimento do design no mundo. </li></ul><ul><li>Conta com as seguintes iniciativas: </li></ul><ul><li>Plano de ação: em 1993 iniciou-se uma seqüência de planos estratégicos com duração de 5 anos. Estão no Terceiro Plano - 2003/2007 - com o objetivo de tornar a Coréia uma referência na região asiática ; </li></ul><ul><li>Instituto Coreano de Promoção do Design - KIDP : é responsável pela implementação das atividades com total apoio e financiamento do governo nacional. Possui uma equipe de 90 pessoas e orçamento anual de US$ 33milhões; </li></ul><ul><li>3 centros regionais; </li></ul><ul><li>29 centros de inovação em design; </li></ul><ul><li>programas de promoção do design; </li></ul><ul><li>suporte à indústria; </li></ul><ul><li>crédito para o incentivo do uso do design por empresas. </li></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  14. 14. Coréia Programa Design e Inovação: considerado uma ponte em design e inovação entre os escritórios de design e as pequenas e médias empresas do país. As empresas são encorajadas a investir em inovação e design, desenvolver produtos que atingirão novos mercados, e a promover e estabelecer marcas próprias (brand) com design original. Disponível para qualquer empresa que demande assistência técnica com pesquisa em design ou desenvolvimento de produto. Também contam com o acesso a recursos financeiros para investimento em design. Todo ano, os produtos que atingiram resultados marcantes em vendas são premiados com o “ Success Designs ”. Em 2006, 45 produtos foram selecionados. Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  15. 15. Dinamarca <ul><li>Desde 1978, o Centro de Design da Dinamarca (DDC) é a principal organização para o design no país. Conta com uma equipe de 32 pessoas e um orçamento anual de aproximadamente de 2.15 milhões de dólares. </li></ul><ul><li>Em 2003, o governo da Dinamarca lançou uma nova política para o design no país. Assim, o DDC delineou objetivos estratégicos para o período 2004-2007: </li></ul><ul><li>fazer do Centro de Design da Dinamarca um centro nacional de conhecimento em design e inovação; </li></ul><ul><li>fortalecer a interação entre designers e empresas no país; </li></ul><ul><li>concentrar esforços para promover a marca do design dinamarquês no mundo. </li></ul><ul><li>Programa Icebreaker : objetivo de encorajar empresas a trabalhar com profissionais de design no desenvolvimento de produtos . Mais de 400 pequenas e médias empresas r eceberam assessoria técnica e financeira . </li></ul><ul><li>Design Council: grupo com 50 membros ligados pelo interesse e/ou atuação pelo design. </li></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  16. 16. Estados Unidos da América <ul><li>Não existe um plano nacional que direcione a promoção do design no país e que conecte os programas a outras iniciativas pela inovação ou pelo desenvolvimento à indústria. </li></ul><ul><ul><ul><li>Fundada em 1965, a IDSA (Industrial Designers Society of America) é a voz dos profissionais de design dos Estados Unidos fomentando a qualidade e o impacto positivo do design. Conta com uma equipe de 12 funcionários. </li></ul></ul></ul><ul><li>Tem por objetivos: </li></ul><ul><li>Liderança da profissão, expandindo os horizontes, conectividade, influência e serviço aos membros; </li></ul><ul><li>Fomento à qualidade e responsabilidade do design através do desenvolvimento profissional e educação; </li></ul><ul><li>Melhoria do valor do design como negócio. </li></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  17. 17. Estados Unidos da América Programa “Non-design executives”: atividade de “baixo custo e grande impacto”. Consiste na expansão da informação sobre design a pessoas em cargos de decisão em empresas, mas que não estão diretamente ligados a design. Design Excellence Awards and Catalyst Awards: prêmio criado em parceria entre a IDSA e a revista Business Week, com o objetivo de premiar a excelência do uso do design com impacto no mercado e em negócios. Apresenta casos de empresas onde o design torna-se fundamental instrumento para o sucesso do negócio. A primeira etapa é o Design Excellence Awards . Após esta premiação, apenas os que obtiveram o “Gold level” podem inscrever-se para o Catalyst Awards . Neste estágio considera-se critérios como vendas, parcela de mercado, impacto no crescimento da empresa e impacto social. Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  18. 18. Reino Unido Política de Design desde 1945 - Design Council. É a organização estratégica para o design. Possui uma equipe de 60 pessoas, aproximadamente. Milenium Products : 1.012 produtos selecionados entre mais de 4 mil. Produtos deveriam gerar novas oportunidades, desafiar paradigmas, ser produzido com respeito ambiental e social, entre outros. Glasgow Collection: programa que reuniu empresas e designers no desenvolvimento de produtos até o estágio de protótipo. Ao final foi realizada uma exposição apresentando os resultados . Programa Design Led Business 24/7 : objetivo de apresentar evidências de que o uso do design realmente melhora a performance dos negócios das empresas. Fashion, Colour & Trend Event: workshop sobre moda e tendências, a cada 6 meses. O objetivo é prover informação técnica para o grupo de empresas que comparece ao seminário, através da apresentação de uma renomada consultoria especializada em tendências. Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  19. 19. Conclusão <ul><ul><li>a implantação de políticas de design motiva-se em fatores econômicos , colocando a competitividade como prioridade. Mais competitivas, as empresas devem gerar mais empregos e como conseqüência, causar melhora na qualidade de vida da população. </li></ul></ul><ul><ul><li>além da indústria, a educação também se mantém como foco na maioria dos planos. </li></ul></ul><ul><ul><li>os programas são estabelecidos para suprir uma deficiência de mercado (como desenvolver a capacidade de empresas locais) ou cultural (como a reafirmação da identidade local) ou ainda foco mais específicos como programas para eco-design. </li></ul></ul><ul><ul><li>é fundamental a compreensão das necessidades e prioridades locais para o desenvolvimento da política de design. </li></ul></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão
  20. 20. Conclusão <ul><ul><li>a falta de planejamento para o design em alguns países é, em grande parte, responsável pelo baixo impacto dos programas de design junto a economias ou sociedades. </li></ul></ul><ul><ul><li>o relacionamento com o governo é importante para a conexão dos programas de design com serviços de outras áreas. </li></ul></ul><ul><ul><li>as estratégias devem ser diferenciadas por regiões e, sempre que possível, por setores industriais a fim de suprir com eficácia a demanda de cada área. Um mesmo modelo de programa não apresenta resultados satisfatórios quando aplicado a todas as regiões do país sem ser adaptado localmente. </li></ul></ul><ul><ul><li>o sucesso dos programas de design deve ser creditado em grande parte à equipe que o implementa e sua capacidade de identificar problemas e demandas locais, desenvolver soluções criativas e motivar os participantes. </li></ul></ul>Apresentação Panorama Internacional Suporte em design Promoção do design Educação em design Taiwan Estônia Japão África do Sul Coréia Dinamarca Estados Unidos Índia Itália México Reino Unido Conclusão

×