Resultados 1T11                 Apresentação                 A          ã TIM Brasil1Q11 Results Presentation             ...
Agenda         1T11: Principais Realizações         1T11: Resultados Financeiros         2011: Perspectivas               ...
O que é a TIM Brasil?          Inovação está em nosso DNA…                           …consistente criação de valor“Voice i...
Aceleração do crescimento:Base de clientes e Receita                              Base de clientes                        ...
Motores de Aceleração do Crescimento da Receita       Móvel - Voz Sainte                                                  ...
Pré-pago (Infinity): Expandindo a Comunidade TIM   Base de clientes Pré                              MOU Sainte           ...
Liberty: Direcionando o Crescimento Pós-Pago            Base Pós-Paga                                      Redução do Chur...
Vendas de Smartphone: Alavancaram a Aceleração de Dados               Venda de Aparelhos/Smartphones                      ...
Evolução dos KPIs                                    MoU                                          SAC & SAC/ARPUMinutos po...
Intelig “on track”R$ Milhões                       Receita Líquida                                        Maiores Realizaç...
Agenda         1T11: Principais Realizações         1T11: Resultados Financeiros         2011: Perspectivas               ...
Análise EBITDA: 1T11 A/AR$ Milhões                                                                                        ...
Impacto do “Subsídio Zero em Aparelho” nos ResultadosFinanceirosR$ MM, %                                                  ...
Evolução da Dívida LíquidaR$ Mln                Dívida Líquida 1T 2011                                                    ...
Agenda         1T11: Principais Realizações         1T11: Resultados Financeiros         2011: Perspectivas               ...
PerspectivasCenário de Mercado                                  Estratégia TIM  Substituição F-M: Aceleração da substituiç...
Ondas de crescimento                                                                                   Agora C            ...
Acelaração na penetração de smartphones com a abordagem “subsídio zero”                       Penetração de smartphone* no...
Melhor alocação de capital:(benefícios da abordagem “subsídio zero”)  1T 2011 evolução do CAPEX                           ...
Conclusões – Principais pontos do 1T  Operacional: aceleração do crescimento em base de clientes, serviços,  penetração de...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Webcasting 1 q11 port

1.049 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.049
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
274
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Webcasting 1 q11 port

  1. 1. Resultados 1T11 Apresentação A ã TIM Brasil1Q11 Results Presentation Relações com Investidores São Paulo, 3 de maio de 2011
  2. 2. Agenda 1T11: Principais Realizações 1T11: Resultados Financeiros 2011: Perspectivas 1
  3. 3. O que é a TIM Brasil? Inovação está em nosso DNA… …consistente criação de valor“Voice is Good" Resultados 1T11 Quebra de paradígma do Infinity - Ligações On-net, local igual a longa distância • Base de Clientes +25% A/A - Conceito de preço por chamada • Receita Líquida +14% A/A 14% Infinity Mais (Off-net M-F) : Crescimento do tráfego 3x em 5 meses • Receita de Serviços +9% A/A Liberty pós pago: 2x MOU; churn abaixo de 2% ao pós-pago: Rentabilidade mês“Nova Abordagem para Dados" • EBITDA +9% A/A 4x 4 smartphones vendidos com abordagem t h did b d • EBITDA (Excluindo a “subsidio zero” +23% A/A capitalização do subsídio) Conceito ilimitado para dados p • EBIT +109% A/A 109% - Pré-pago: pague por dia • EBITDA-CAPEX +186% A/A . Infinity Web/SMS take-up • Lucro Líquido uc o qu do +291% A/A - Pós-pago: Ligado/Desligado; pague por mês . Liberty Web (smartphone, tablet, modem) • Dívida Líquida -35% A/A 2
  4. 4. Aceleração do crescimento:Base de clientes e Receita Base de clientes ReceitaMilhões de clientes 8,5 Mi R$ 5,5 Adições Brutas +55% 3.463 Receita de 3.176 Adições Líquidas +45% +9,0% 1,25 1,82 Δ% A/A Serviços 3.752 3.296 52,8 +25% 42,4 7,7 +16% Pós-Pago 6,6 Receita R it 45,1 Total +13,8% 35,8 +26% Pré-pago 1T10 1T11 1T10 1T11 Adições brutas Adições líquidas Receita Total Receita de Serviços 1T A/A 1T A/A 1T A/A 1T A/A Total +55% Total 45% 1T10 +3,1% 1T10 5,6% Pré +63% Pré 45% 2T10 , +1,3% 2T10 6,6% 3T10 +6,1% 3T10 6,4% Voz Pós -2% Voz Pós 20% 4T10 +9,9% 4T10 6,0% Web Pós +256% 256% Web Pós +265% 1T11 +13,8% 1T11 9,0% 3
  5. 5. Motores de Aceleração do Crescimento da Receita Móvel - Voz Sainte Móvel - Voz Entrante Crescimento A/A Crescimento A/A 1T10 12,3% -11,3% 1T10 2T10 13,8% -7,8% 2T10 Local: +16,3% 3T10 14,0% LD: +21,0% -7,2% 3T10 4T10 11,0% -6,2% 4T10 1T11 17,3% -2,4% 1T11 “Falando Mais" Falando Mais “Diminuindo a erosão" Diminuindo erosão Móvel - Receita de Dados Receita Intelig* Crescimento A/A Crescimento A/A 1T10 1T10 15,0% 12,7% 2T10 13,9% 2T10 26,0% 3T10 14,0% 3T10 29,0% 4T10 31,4% 4T10 37,0% 1T11 32,3% 1T11 30,6% “Aceleração de Dados" Aceleração Dados "Intelig on track" Intelig track* Receita Líquida 4
  6. 6. Pré-pago (Infinity): Expandindo a Comunidade TIM Base de clientes Pré MOU Sainte Market Share de LDMM Min +26% Base 48,3% Total 33,8% +40% 27,7% 20,6% 20 6% 17,2% 90% (90%) 11,5% 17,0% BaseInfinity (60%) 11,5% 1T10 1T11 1T10 1T11 2007 2008 2009 Jun/10 Dez/10 Infinity Mais Infinity Torpedo Volume de SMS enviado Base de Clientes Tráfego Fixo Off-net Volume: X 5 Milhões Milhões de min/dia 40,0 8,5 lions 35,0 ões Milhõ Mill 30,0 25,0 3X 20,0 15,0 10,0 5,0 0,0 00 01/01/2011 05/01/2011 09/01/2011 13/01/2011 17/01/2011 21/01/2011 25/01/2011 29/01/2011 02/02/2011 06/02/2011 10/02/2011 14/02/2011 18/02/2011 22/02/2011 26/02/2011 02/03/2011 06/03/2011 10/03/2011 14/03/2011 18/03/2011 22/03/2011 26/03/2011 30/03/2011 03/04/2011 07/04/2011 11/04/2011 Out/10 Mar/11 Out/10 Mar/11 5
  7. 7. Liberty: Direcionando o Crescimento Pós-Pago Base Pós-Paga Redução do Churn Milhões de Linhas Crescimento Churn Voz Consumer % A/A % mensal 7,7 Adições Brutas +16%Base 6,6 Adições Líquidastotal -1,2 pp 12 Total churn rateBase +600%Liberty 2,5 % mensal 8% 32% (90%) 2010 3,1% -0,4p.p. 1T10 1T11 1T10 1T11 2011 2,7% 2 7% Sucesso MoU Pós Liberty: Direcionando o crescimento do MoU Liberty Min/mês, somente sainte Min/mês ~8 x +36% ~ 230 Total Post Infinity Infinity controle Planos Old Plans Liberty 1T10 1T11 Total Pós Liberty Controle antigos 6
  8. 8. Vendas de Smartphone: Alavancaram a Aceleração de Dados Venda de Aparelhos/Smartphones Pré-Pago: Sucesso do Infinity WebMilhões de R$, Milhares de Aparelhos, R$ Usuários únicos, Média, milhares de clientes >1,3 5x 29% 3 3 + 142% 2,3 12% 0,28 Receita de Produtos2 +64% Ago10 Set10 Out10 Nov10 Dez10 Jan11 Fev11 Mar11 4x mais Volume 1,4 1,4 smartphones Total 2 vendidos com abordagem Pós-Pago: Nova Oferta 1 “Subsidio zero” 1,2 , 0,9 1 x4 Smartphone/ Webphone 0,2 0 1T10 1T11 % Smart-Webphone no total 16% 40% Preço unitário 87 +48% 128 (efeito mix) 7
  9. 9. Evolução dos KPIs MoU SAC & SAC/ARPUMinutos por usuários/mês +27% 126 SAC/ARPU Total 100 (mensal) 3,1 SAC Unitário 112 (R$) Sainte 82 +37% -44% 75 1,8 Entrante 18 -22% 14 -51% 36 1T10 1T11Volume Total 12,4 +58% 19,7 (Bi de Sainte 10,2 10 2 +71% 17,5 17 5 1T10 1T11 min) Entrante SAC Total (MM R$) 408 -24% 309 2,2 -3% 2,2 Inadimplência ARPUR$ Milhões, % Receita Bruta R$ • Out: -13% Pre: Flat 2,0% Post: -11% • In: -21% 0,8% -14% -1,2pp 24,0 93 20,8 20 8 -55% 42 1T10 1T11 1T10 1T11 8
  10. 10. Intelig “on track”R$ Milhões Receita Líquida Maiores Realizações Comerciais Intelig Key & Large Abordagem focada +31% 31% RJ Government RJ City Hall SP Government Governo 1T10 1T11 Sucesso nas principais licitações ...dos quais... Governamentais Military games SME Top Clients MVNO Primeiro no Brasil +39% +26% 1T10 1T11 1T10 1T11 ... e mais parcerias estão em processo de formação... 9
  11. 11. Agenda 1T11: Principais Realizações 1T11: Resultados Financeiros 2011: Perspectivas 10
  12. 12. Análise EBITDA: 1T11 A/AR$ Milhões Análise do Subsídio 2011 2010 ΔA/A Receita 289 120 +169 Fistel: -R$50 MM 1T10 1T11 CRC: R$29 CRC -R$29 MM CPV -333 -136 -197 R$ Milhões R$ Milhões Saldo DRE -44 -16 -28 Recarga: -R$28 MM 341 +9,0% Considerando 350 8 350 capitalização 300 300 do subsídio 251 250 250 +241 -22 -28 115 200 200 -106 333 1,033 150 289 150 947 -1 100 100 8 120 136 50 50 115 0 0 Rec. Prod. C OGS Rec. Prod. C OGS Reportado na DRE Custo Capitalizado +23% Aparelhos Vendidos (Milhões) EBITDA Contribuição Négocio é Contribuição Despesas Outras EBITDA 1,4 +64% 2,3 1T10 de Tráfego Recebido de Aparelhos Comerciais Despesas* 1T11 (Sainte– (Uso de (Rec. – CPV) custos ITX) Rede) Subsídio por aparelho (R$) % A/A +14.8% +14 8% -2.5% -2 5% +171.8% +171 8% +13.4% +13 4% +0.0% +0 0% +9.0% +9 0% 95 -76% 23* Pessoal, Rede, G&A , PDD e Outras Despesas 11
  13. 13. Impacto do “Subsídio Zero em Aparelho” nos ResultadosFinanceirosR$ MM, % A/A 30,6% EBITDA Margin 28,7% 28,4% 28,2% 27,5% Margem s/ a 30,0% capitalização do 26,0% 27,3% subsídio 25,2% 26,0% 1 .201 EBITDA EBITDA 9 47 1 .010 1 .035 26 1 .033 +9% Capitalização 85 64 8 115 do Subsídio 1.176 925 971 1.025 +23% EBITDA s/ a 832 -107 Milhões de capitalização do Geração de Caixa subsídio incluidos subsídio 1T10 2T10 3T10 4T10 1T11 no P&L e CAPEX 947 EBITDA 1.033 1 033 9,3% A/A 5,1% CAPEX 689 % da Receita +4,2p.p 297 350 EBIT 167 +109% 1T10 1T11 EBITDA - CAPEX 1T10 1T11 Absoluto 258 +186% 736 % de vendas 7,8% +11,8 p.p. 19,6% 5,7% A/A 1,7% +4p.p % da Receita Lucro 213 Líquido q +291% 55 1T10 1T11 12
  14. 14. Evolução da Dívida LíquidaR$ Mln Dívida Líquida 1T 2011 Perfil da Dívida Líquida Dívida B Dí id Bruta: R$ 3 26 bi (d quais 70% no l 3.26 (dos i longo prazo) ) ~23% denominada em moeda estrangeira (100% protegida)Sazonalidade: Pagamento do CAPEX 4T e Fistel Custo Médio Anual: 10.6% no 1T11 vs. 9.9% no 1T10 e 10.1% no anual (Março) 4T10 (688) 1.671 30% 100% 984 963 12% 6% 28% 428 Dívida Líquida 4T10 1T11 FCL Dívida Líquida 1T11 1.587 3.259 30% 876 Dívida Líquida 1T 2010 1.671 991 1.684 1 684 (874) 2.558 2 558 Mudança na Dívida 1T11 vs 1T10 C aixa <12M 12<36M 36<60M +60M D ívida D ívida Total Líquida (700) +187 (887) Do Operacional ao Fluxo de Caixa Líquido 1T FCOL Juros & Impostos Outros FCL 1T11 (549) (136) (2) (687) 1T10 (718) (113) (43) (874) ∆A/A +169 (23) +41 +187 13
  15. 15. Agenda 1T11: Principais Realizações 1T11: Resultados Financeiros 2011: Perspectivas 14
  16. 16. PerspectivasCenário de Mercado Estratégia TIM Substituição F-M: Aceleração da substituição Nenhum legado na substituição fixo-móvel: “ a fixo-móvel maior pure-mobile d Brasil” i bil do B il” Baixa exposição a queda da VU-M: Expectativa de redução da VU-M para o segundo (Incoming –ITX)/ semestre Ebitda 42% 30% 23% Intensificação da competição móvel, (%) mas ainda racional: 1T09 1T10 1T11 - Mais “chip-only”, Menos subisídio de aparelhos p y, p - Novos serviços (longa distância via móvel, Foco no valor (#2 no Share de Receita) SMS) - A maior comunidade (Infinity> 41 MM) - MOU: Receita sainte crescendo a dois dígitos Rápida acelaração em Dados (3ª maior taxa de á ã - S bi ídi Z Subisídio-Zero: E t tégi para os aparelhos Estratégia lh crescimento mundial), enquanto mercado de - Aceleração em Dados via incremento da voz continua expandindo penetração dos smartphones (4x) Atratividade do mercado móvel brasileiro • Inovação na abordagem de mercado mercado… (grande e com rápido crescimento) …Incrementando a geração de rentabilidade 15
  17. 17. Ondas de crescimento Agora C A Competitivo titi nas 3 ondas Expansão da FMS Internet comunidade (Base) (MoU) (Dados) Aceleração da receita de dados na Crescimento da base de Crecimento da receita sainte de tela do celular via penetração de clientes em dois dígitos voz em dois dígitos smartphones 16
  18. 18. Acelaração na penetração de smartphones com a abordagem “subsídio zero” Penetração de smartphone* no mundo % da base de clientes 2011E vs 2010 44% America do Norte +12,8 p.p. +12 8 p p 32% 32% Europa +8,3 p.p. 24% Abordagem “subsídio zero subsídio zero” 15% Média global +3,3 p.p. 11% 12% Impacto nos números 10% 115 9% América Central +3,7 p.p. 7% e Latina 7% 2% 85 2007 2008 2009 2010 2011 “Alcançar o melhor” 64 Menos vantagem no -107 P&L em contraste com menor CAPEX 25 8 Penetração de smartphone* da TIM Brasil % da base de clientes 1T10 2T10 3T10 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 2011E vs 2010 18% +8 p.p. 12% 10% 8% Set10 2010 Ano Mar10 2011 Ano*Penetração de smartphone como % da base de clientes móvel reportada (dongle x M2M excluso)Fonte: Global Wireless Matrix (28 de abril de 2011); BofA Merrill Lynch 17
  19. 19. Melhor alocação de capital:(benefícios da abordagem “subsídio zero”) 1T 2011 evolução do CAPEX CAPEX esperado para o ano de 2011R$ Bi, R$ Bi, 322 689 297 • 2011 CAPEX Guidance : R$2,9 Bi R$2 9 • Melhor mix 25% 15% Comercial 51% % da Receita 19,7% 19,6% Total 75% 85% 2.7 27 2.8 28 Total T l 49% 19% <10% Infraestrutura Comercial 33% 67% 81% >90%Total Comercial 1T09 1T10 1T11 Infraestrutura Subsídio 80 115 8 2009 2010 2011 Comodato 87 62 35 Drivers Backhauling Backbone % de sites conectados 000 km Fazer mais, Comprar menos Aumento da capacidade de rede para suportar o tráfego de voz com backhauling próprio 26,5 28,3 Comprar (2G) 20,7 20 7 20% 16,0 Perspectiva de cobertura “Full” 35% (3G) 20% 7,0 65% 80% “Fiber to the antenna’” nas 65% principais cidades 35% 09 10 11 12 13 Fazer Desenvolvimento de hot spots > 80% das princiapais cidades do Brasil 09 10 11 12 13 2009 2011 2013 Wi-Fi complementares para o 3G conectados via fibra até 2013 18
  20. 20. Conclusões – Principais pontos do 1T Operacional: aceleração do crescimento em base de clientes, serviços, penetração de smartphones e utilização de voz Financeiro: dois dígitos de crescimento em receita e três digitos no lucro líquido Rentabilidade: crescimento do EBITDA próximo de dois dígitos, e alta de 23% se considerarmos a análise com a capitalização do subsídio em função da abordagem “subsídio zero” Geração de caixa, melhor alocação de capital Os 3 motores da estratégia de crescimento agora estão em prática: - Expansão da comunidade TIM - Substituição Fixo-Móvel para Voz Fixo Móvel - Dados na tela do celular, via rápida penetração de smartphones 19

×