Press Releases 3 T05

185 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
185
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Press Releases 3 T05

  1. 1. TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Anuncia os Resultados Consolidados do Terceiro Trimestre de 2005 TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Rio de Janeiro, 27 Outubro de 2005 – A TIM Participações S.A. (BOVESPA: TCLS3 e TCLS4; e NYSE: TSU), Companhia holding da TIM 27 de Outubro de 2005 Sul S.A. e da TIM Nordeste Telecomunicações S.A., anuncia os resultados referentes ao 3º trimestre de 2005 (3T05). A TIM BOVESPA Participações S.A., através das suas operadoras, presta serviço de (lote de 1.000 ações) TCSL3: R$ 4,75 telefonia móvel celular nos estados do Paraná, Santa Catarina, Piauí, TCSL4: R$ 4,34 Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e na cidade NYSE de Pelotas (RS). As informações financeiras e operacionais a seguir, (1 ADR = 10.000 ações) exceto onde indicado o contrário são apresentadas em base consolidada TSU: US$ 19,09 Valor de Mercado: e em Reais, de acordo com a Legislação Societária, e as comparações R$ 3,9 bilhões referem-se ao terceiro trimestre de 2004 (3T04), exceto onde US$ 1,7 bilhões mencionado. Divulgação de Resultados – 3T05 Teleconferência Internacional: Destaques do Trimestre 28 de outubro de 2005, às 12:00 horas, horário de Brasília. (10:00 a.m. US ET) • A TIM é premiada com o “TOP of Mind 2005”, uma prova do Teleconferência Nacional: sucesso dos seus produtos e da qualidade dos serviços. 28 de outubro de 2005, às 13:00 horas, horário de Brasília. • A base de clientes alcançou 6.943 mil clientes ao final de (11:00 a.m. US ET) Reunião SP: 07 de novembro de setembro de 2005, incrementando 34,5% em relação aos 2005, às 16:00 horas. últimos doze meses. No 3T05, 58% dos clientes usavam a Local: Bovespa tecnologia GSM. Apresentação em NY: Brazil Day 2005 14 de novembro de 2005 • Líder no mercado pós-pago: crescimento de 9,0% comparado ao 3T04, representando 21% da base total de clientes ao final do 3T05. Para maiores informações, acessar o website da Companhia • Receita líquida de serviços de R$ 613,9 milhões, em: www.timpartri.com.br representando um crescimento de 13,9% em relação ao 3T04. Contatos: Paulo Roberto C. Cozza • A receita bruta de VAS (Serviço de Valor Agregado) foi de R$ Diretor Financeiro e de 50,0 milhões no trimestre, 64,7% acima do mesmo período Relações com Investidores do ano anterior. Tel: (55 21) 4009 3742 E-mail: pcozza@timsul.com.br • Controle de Custos: Redução de 22,4% no custo de Joana Serafim aquisição de cliente (SAC) em relação 3T04 e de 11,8% sobre Gerente de RI o 2T05. Tel: (55 21) 4009-3742/8113-0571 E-mail: jserafim@timbrasil.com.br • O EBITDA alcançou R$ 255,2 milhões no 3T05, 9,4% acima do mesmo trimestre de 2004, enquanto a margem EBITDA Leonardo Wanderley Analista de RI foi de 34,7%. Tel: (55 21) 4009-3751/8113-0547 E-mail: lwanderley@timbrasil.com.br • EBIT de R$ 122,3 milhões no trimestre, representando a margem de 16,6%. Cristiano Pereira Analista de RI • O lucro líquido totalizou R$ 96,8 milhões, ou 38,5% acima Tel: (55 21) 4009-3751/8113-0582 do resultado do 3T04, representando uma margem líquida de E-mail: cripereira@timbrasil.com.br 13,1%. 1
  2. 2. Mensagem da Administração Em setembro de 2005, a base móvel nacional alcançou 79,9 milhões de usuários, 5,9% de expansão em relação ao trimestre anterior, o que equivale a penetração de 43,37%, segundo a Anatel. Estes dados demonstram que o mercado celular continua bastante aquecido. Apesar do forte ambiente competitivo mantivemos a liderança nas regiões onde atuamos, como resultado da estratégia de relacionamento segmentado e personalizado com os nossos clientes. Entendemos que o nosso sucesso reside na importância dada ao cliente, e por isso, implementamos ainda mais as ferramentas de contato e relacionamento com os nossos usuários. Este panorama nos possibilitou crescer com rentabilidade. No trimestre, nossa receita líquida total incrementou 13,6%, apesar da descontinuidade dos serviços de longa distância. O EBITDA subiu 9,4%, enquanto a margem EBITDA sobre a receita líquida total foi de 34,7%. Já a Margem EBITDA de serviços alçancou 43,6%. Nosso lucro líquido atingiu R$ 96,8 milhões, totalizando R$ 254,2 milhões nos nove meses de 2005. As políticas e a filosofia da Companhia consistem em evolução e acompanhamento contínuo da tecnologia e do atendimento às necessidades do mercado e dos nossos clientes. A Companhia continuará evoluindo e acompanhado a tecnologia e o mercado, sempre desenvolvendo novos serviços e ofertas, priorizando a rentabilidade de forma a continuar agregando valor ao acionista. A Administração 2
  3. 3. Força da Marca e Serviços Diferenciados Top of Mind A TIM Participações encerrou o trimestre apresentando os índices mais 2005 elevados de satisfação do cliente nas suas regiões de atuação, de acordo com uma pesquisa nacional, realizada a cada dois meses por uma instituição especializada. A TIM foi premiada com o “Top of Mind 2005”, por ser a primeira Companhia de Telefonia Celular lembrada pelos entrevistados na pesquisa realizada pelo Data Folha de São Paulo. Este reconhecimento demonstra o sucesso dos produtos e a qualidade dos serviços da Companhia. O trimestre foi marcado pelo forte incremento das vendas, e as promoções Serviços e foram principalmente direcionadas à data comemorativa do período, o “Dia dos Pais”. ofertas A estratégia mercadológica continua focada na aquisição de clientes, com competitivas ênfase no segmento de alto valor - o principal driver de crescimento do pós-pago em 2005 -, bem como na fidelização dos atuais usuários. No trimestre, a Companhia ampliou o seu portfólio de serviços “TIM Brasil”, composto por planos de abrangência nacional voltados basicamente à captação de clientes de alto valor. Cabe destacar o lançamento do plano “Nosso Grupo”, cujo pacote inclui ligações locais, ligações intra-grupo, ligações para “TIM Box Vip”, “TIM Connect” e “TIM Wap”. O portfólio de VAS foi ampliado com soluções para o segmento corporativo e de consumo, como por exemplo, o “Mega TIM 200 Torpedos” e o “Mega TIM Mania”. O “TIM Fast Edge” foi atualizado facilitando ainda mais a navegação na internet em laptops, através da tecnologia EDGE. Contamos também com o “TIM Light 40”, que se destacou pelo sucesso de vendas no pós-pago, além do “TIM + 25”, voltado para o cliente de alto valor do segmento pré-pago. Desempenho Operacional Rápida No 3T05 a penetração total - região Sul e Nordeste - foi estimada em expansão da 37,6%, 12,4 p.p. acima do 3T04 e abaixo da penetração média nacional de 43,4%. penetração Estes números demonstram o potencial de crescimento da região, no qual a Companhia é beneficiada pela diferenciação dos seus produtos e serviços. Forte A base de clientes da TIM Participações atingiu 6.943.313 usuários no final crescimento do 3T05, uma expansão de 34,5% em relação ao 3T04 e 7,0% frente ao 2T05. Como da base de resultado a Companhia manteve seu market share praticamente estável no período, clientes 41,3% no 3T05 comparado a 41,9% no 2T05. 3
  4. 4. Contínua Com relação ao mix da base de clientes, o segmento pós-pago cresceu 9% no expansão da 3T05 em relação ao 3T04, com uma participação de 21% no total da base de base de clientes – a mais elevada no seu mercado de atuação. pós-pago O trimestre apresentou o segundo maior nível de adições líquidas do ano, foram 453.231 novos clientes, 26,5% superior às adições líquidas de 358.263 verificadas no 3T04. Esta evolução é conseqüência do forte posicionamento da Companhia nos mercados em que atua. Base de Clientes (milhares) 21% 6.943,3 6.490,1 5.943,9 5.656,6 5.160,9 42% 48% 57% 64% 75% 58% 43% 52% 36% 25% 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 GSM TDMA Ao final do trimestre, 58% dos clientes da TIM Participações utilizavam a tecnologia GSM – 4.050.202 clientes, representando 68% e 48% da base de Rápida clientes da Região Sul e Nordeste, respectivamente. No período foram registradas expansão da 126,8 mil migrações do TDMA para o GSM, totalizando 419,1 mil desde o início do base GSM ano. A cobertura GSM na região da TIM Participações atingiu 630 cidades ao final do terceiro trimestre de 2005, estendendo os serviços a 86,8% da população urbana. As cidades cobertas pelo GSM tem acesso ao GPRS, com o benefício de possuir a tecnologia EDGE em toda a região Sul e em parte da região Nordeste. Essas inovações facilitam o uso de serviços de dados e multimídia por parte dos clientes em todo o Brasil. O cenário de forte crescimento e acirrada competição, resultou no churn de 6,4% no trimestre (ou 2,1% ao mês), 1,0 p.p. superior à taxa registrada no 3T04, embora ainda abaixo da média brasileira. 4
  5. 5. Desempenho Econômico-Financeiro Para fins de análise do desempenho econômico-financeiro da TIM Participações S.A. no trimestre findo em 30 de setembro de 2005 (3T05), tendo em vista a reestruturação societária ocorrida em 30 de agosto de 2004, foram elaborados demonstrativos pro-forma para o mesmo período do ano anterior (3T04), de forma a permitir a comparabilidade das informações relativas aos dois trimestres. Dados Selecionados Var. % Var.% Var. % 3T05 2T05 3T04 9M05 9M04 Ano Trim 9M Receita Bruta Total 986.450 960.705 870.825 13,3% 2,7% 2.830.048 2.427.588 16,6% Receita Bruta de Serviços 796.834 764.946 707.305 12,7% 4,2% 2.314.205 2.009.389 15,2% Receita Bruta de Venda de Aparelhos 189.616 195.759 163.521 16,0% -3,1% 515.843 418.199 23,3% Receita Líquida Total 736.113 719.400 647.981 13,6% 2,3% 2.114.532 1.816.929 16,4% Receita Líquida de Serviços 613.901 585.282 538.799 13,9% 4,9% 1.774.095 1.530.129 15,9% Receita Líquida de Venda de Aparelhos 122.212 134.118 109.181 11,9% -8,9% 340.437 286.800 18,7% EBITDA 255.150 210.672 233.314 9,4% 21,1% 714.991 625.431 14,3% Margem EBITDA s/ Receita Líquida Total 34,7% 29,3% 36,0% -1,3 p.p. 5,4 p.p. 33,8% 34,4% -0,6 p.p. EBIT 122.333 79.130 112.870 8,4% 54,6% 321.277 271.176 18,5% Margem EBIT s/ Receita Líquida Total 16,6% 11,0% 17,4% -0,8 p.p. 5,6 p.p. 15,2% 16,8% -0,1 p.p. Lucro Líquido 96.795 73.082 69.912 38,5% 32,4% 254.168 182.563 39,2% Receita Operacional A receita Bruta de serviços no 3T05 foi de R$ 796,8 milhões, 12,7% superior ao registrado no mesmo trimestre do ano anterior. Esta evolução é atribuída, principalmente, à expansão de 34,5% na base de clientes e ao crescimento de 64,7% da receita de serviços de valor adicionado (VAS). Recorde A receita bruta de aparelhos no trimestre foi de R$ 189,6 milhões, um de vendas aumento de 16,0% em relação ao 3T04, resultado do incremento na vendas de de aparelhos aparelhos celulares. No trimestre, foram vendidos 688,2 mil celulares, 52% a mais do celulares que os 452,4 mil vendidos no 3T04. Cabe ressaltar que do total de aparelhos vendidos, 39% são compatíveis com a tecnologia GPRS. Os modelos mais vendidos foram aqueles que incluem MMS (41%), JAVA (32%) e Câmera (22%), indicando uma crescente demanda por aparelhos mais sofisticados. 5
  6. 6. Desta forma, a receita bruta total no trimestre foi de R$ 986,5 milhões, 13,3% superior a do 3T04. Deduzindo os impostos e descontos diversos, a receita líquida total foi de R$ 736,1 milhões, 13,6 % superior a do 3T04. ARPU: A receita média por usuário (ARPU) no 3T05 foi de R$ 27,86, uma leve - nova redução comparada aos R$ 29,70 registrados no 2T05, tendo em vista o forte volume composição da de adições líquidas registradas no período (+453.231). O decréscimo comparado ao receita - expansão da 3T04 (R$34,40), resulta basicamente do expressivo crescimento da base de clientes base de e da descontinuidade da prestação dos serviços de longa distância nacional e pré-pago internacional em 2005. ano a ano Custos e Despesas Operacionias No 3T05, o custo de rede e interconexão totalizou R$111,9 milhões, 2,7% Redução abaixo dos R$ 115,0 milhões registrados no 3T04, devido principalmente a nos custos não-ocorrência de custos referentes a prestação dos serviços de longa distância, de rede e interconexão descontinuados a partir de 2005, grandemente compensado pelo crescimento da receita de tráfego sainte. O custo dos produtos vendidos – o qual se refere basicamente às vendas de celulares e acessórios, foi de R$ 134,7 milhões, 7,9% superior aos R$ 124,9 milhões no 3T04, tendo em vista o crescimento de 52% na vendas de aparelhos celulares. É importante ressaltar que mesmo num ambiente competitivo, a Companhia tem mantido os preços dos aparelhos acima da média do mercado. As despesas comerciais do trimestre (sem depreciação/amortização, Recorde de vendas em inadimplência e custo de pessoal) foram de R$ 144,0 milhões, 33,2% 2005: superior às do 3T04, principalmente em decorrência do forte crescimento das vendas 872 mil no período, quando as adições brutas de clientes alcançam 872.142 clientes versus adições 625.151 clientes no 3T04, representando uma evolução de 39,5%. Este montante é o brutas maior já registrado pela Companhia em um único trimestre. O aumento das vendas no período alavancou principalmente as despesas variáveis relacionadas a comissões e a taxa FISTEL - cobrada pela ANATEL em cada nova ativação e sobre a base total. No terceiro trimestre, estas despesas atingiram R$ 65,0 milhões e R$ 31,7 milhões, respectivamente. SAC: O custo de aquisição de novos clientes (SAC) do trimestre foi de R$ 106,9; redução representando uma redução de 22% em relação aos R$ 137,8 no 3T04. de 22% Esta evolução ocorreu devido à estratégia mercadológica racional da Companhia na no 3T05 versus aquisição de novos clientes, a qual vem sendo beneficiada pela apreciação do real 3T04 frente ao dólar, além da redução nos preços médios dos aparelhos. 6
  7. 7. As despesas gerais e administrativas (G&A) - desconsiderando depreciação/amortização e custo de pessoal, totalizaram R$ 26,2 milhões, 23,5% inferiores àquelas verificadas no 3T04. Dois fatores estão relacionados a este comportamento das despesas: a) redução nas despesas de manutenção dos equipamentos de tecnologia da informação, e; b) despesas não-recorrentes no terceiro trimestre de 2004, relativas ao processo de reorganização societária, quando a Tele Nordeste foi incorporada pela Companhia. As despesas e custos com pessoal somaram R$ 33,0 milhões – 19,5% superior àquelas registradas no 3T04. Este incremento esta principalmente relacionado às despesas não-recorrentes relativas ao pessoal de manutenção de rede, em preparação para a terceirização da atividade. Atualização No 3T05, as despesas com inadimplência foram de R$ 24,3 milhões, dos critérios incrementando a participação na receita bruta total de 1,7% no 3T04 para 2,5% no de provisão da 3T05. O aumento no período resulta principalmente da adoção de critérios mais inadimplência conservadores para a apuração da provisão de créditos de liquidação duvidosa, tendo em vista o forte crescimento da base de pós-pago. Vale ressaltar que todos estes procedimentos visam manter a qualidade da base de clientes. EBITDA A TIM Participações registrou um crescimento de 9,4% no EBITDA – resultado operacional antes das despesas financeiras líquidas, excluindo-se depreciação e amortização – de R$ 255,2 milhões no trimestre, comparado a R$ 233,3 milhões no 3T04. O que demonstra que mesmo diante de um cenário competitivo e em um trimestre de adições brutas recorde, a Companhia cresceu com rentabilidade. (R$ milhares) Reconciliação do EBITDA 3T05 3T04 9M05 9M04 Lucro Liquido 96.795 69.912 254.166 182.563 (-) Provisão para IR e CS 37.202 42.082 97.472 87.160 (+/-) Resultado Não-Operacional 7.593 (550) 1.833 4.193 (+/-) Participação Minoritários - 19.250 21.464 46.574 (-) Receitas Financeiras Líquidas 19.257 17.823 53.658 49.315 EBIT 122.333 112.870 321.277 271.176 (-) Amortização e Depreciação 132.817 120.444 393.714 354.255 EBITDA 255.150 233.314 714.991 625.431 7
  8. 8. Incremento A margem EBITDA foi de 34,7%, 5,4 p.p. acima da margem do 2T05. A de margens margem EBITDA de serviços, excluindo a receita e o custo de aparelhos foi em relação ao trimestre de 43,6% (+ 3,1 p.p. superior a do 2T05). anterior EBITDA (R$ milhões) 37,8% .p. 36,0% 34,9% + 5,4 p 34,7% 29,3% 260,8 249,2 255,2 233,3 210,7 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 EBITDA Margem EBITDA Depreciação e Amortização A Depreciação e Amortização do período foi de R$ 132,8 milhões, versus R$ 120,4 milhões, um incremento de 10,3% em relação ao 3T04 e em linha com os 10,6% de crescimento do ativo imobilizado da Companhia no último ano, resultante principalmente da expansão e inovação tecnológica da rede. EBIT O EBIT – resultado operacional excluindo-se juros e impostos – foi de R$ 122,3 milhões, comparado com R$ 112,9 milhões no 3T04. A margem EBIT foi de 16,6% no 3T04, 5,6 p.p. acima da margem do 2T05. No comparativo anual, a margem EBIT foi 0.8 p.p. abaixo daquela registrada no 3T04, tendo em vista o incremento nas despesas de depreciação e amortização. 8
  9. 9. Resultado Financeiro Líquido O resultado financeiro líquido da TIM Participações no terceiro trimestre, foi de R$ 19,3 milhões positivos, um aumento de 8,0% quando comparado aos R$ 17,8 milhões positivos no mesmo período de 2004. Lucro Líquido Expansão do O lucro líquido consolidado foi de R$ 96,8 milhões, 38,5% e 32,4% resultado superior ao registrado no 3T04 e 2T05, respectivamente, representando a operacional margem líquida de 13,1%. O lucro acumulado ao final de setembro foi de R$ 254,2 milhões, representando R$ 0,29 por lote de 1.000 ações e R$ 2,90 por ADR (10,000 ações). Lucro Líquido (R$ milhões) + 38,5% 96,8 83,4 84,3 69,9 73,1 3T04 4T04 1T05 2T05 3T05 Endividamento Em 30 de setembro de 2005, o endividamento da Companhia era de R$ 135,7 milhões, sendo 82% dívidas de longo prazo, comparado a R$ 101,8 milhões, no final do 3T04. O Endividamento total – que incluí empréstimos e financiamentos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e Banco do Nordeste - foi compensado pelos recursos em caixa, resultando no caixa líquido de R$ 746,0 milhões. Investimentos Os investimentos relativos ao 3T05 foram de R$ 147,9 milhões, totalizando R$ 336,1 milhões investidos até setembro de 2005, os quais foram direcionados basicamente à expansão da capacidade e qualidade da rede GSM. 9
  10. 10. Fluxo de Caixa Livre Fluxo de Caixa No trimestre, a Companhia gerou fluxo de caixa operacional livre positivo de Positivo R$ 143,1 milhões comparado ao fluxo de caixa negativo de R$ 16,6 milhões negativos no 3T04. Posição Acionária Em 30 de setembro de 2005, a composição acionária do capital da TIM Participações era a seguinte: Ordinárias % Preferenciais % Total % TIM Brasil Serviços e Participações S.A. 150.804.603.591 50,33% 24.053.370.461 4,15% 174.857.974.052 19,88% ADR - 337.323.781.484 58,16% 337.323.781.484 38,35% Outros 148.806.027.477 49,67% 218.588.704.147 37,69% 367.394.731.624 41,77% Total 299.610.631.068 100,00% 579.965.856.092 100,00% 879.576.487.160 100,00% Eventos no Trimestre Reajuste nas tarifas de Uso de Rede (VU-M) No período de 12 de junho a 17 de julho de 2005, a TIM Participações celebrou um acordo com as empresas operadoras nas suas áreas de atuação e implementou um reajuste provisório de 4,5% no valor de remuneração do uso da rede (VU-M) para as chamadas locais entre as operadoras. Na Região Sul, a VU-M passou de R$ 0,37635 para R$ 0,39328, enquanto que na Região Nordeste passou de R$ 0,38701 para R$ 0,40442, valores líquidos de impostos. Ganho de causa na contestação do ICMS Convênio 69/98 No 3T05, a controlada TIM Sul S.A. obteve ganho de causa no processo judicial referente à contestação do Imposto sobre Circulação de Mercadoria (ICMS) - denominado Convênio 69/98 -, no Estado do Paraná. Desta forma, o montante de R$ 9,7 milhões, relativo aos depósitos judiciais efetuados, foi revertido em favor da Companhia e registrado no caixa da mesma. 10
  11. 11. Perspectivas para o Próximo Trimestre Para o final do ano, embora as perspectivas sejam de um novo acirramento da competição, A TIM Participações buscará manter o seu foco no crescimento com rentabilidade. No quarto trimestre, a Companhia espera manter os atuais níveis de adições líquidas e acredita que a receita média por usuário (ARPU) deverá permanecer razoavelmente estável por perfil de cliente. Os investimentos estimados para 2005 foram de R$ 561,8 milhões, e a Companhia prevê atingir a meta até o encerramento do ano. Disclaimer Este tópico contém algumas previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões não constituem fatos ocorridos no passado e refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Os termos “antecipa”, “acredita”, “estima”, “espera”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiva”, bem como outros similares, visam identificar tais previsões que, evidentemente, envolvem riscos ou incertezas futuras previstas ou não pela Companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da Companhia podem divergir das atuais expectativas e o leitor não deve se basear exclusivamente nas posições aqui realizadas. Estas previsões emitem a opinião unicamente na data em que são feitas e a Companhia não se obriga a atualiza-las à Luz de novas informações ou de desdobramentos futuros. Sobre a TIM Participações S.A. TIM Participações S.A. é uma empresa holding que controla TIM Sul S.A. e a TIM Nordeste Telecomunicações S.A., operadoras de telecomunicação móvel celular com atuação nos Estados do Paraná, Santa Catarina, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e na cidade de Pelotas (RS), uma área total correspontende à 44,8 milhões de habitantes. A TIM Participações é controlada pela TIM Brasil Serviços e Participações S.A., subsidiária do Grupo Telecom Itália, única empresa autorizada a operar telefonia celular em todo o território brasileiro. A TIM Participações é líder em sua área de atuação e oferece a tecnologia GSM - “Global System for Mobile Communications” - a mais utilizada no mundo. Ao final de setembro de 2005, sua cobertura já atingia 630 municípios, conbrindo 86,8% da população urbana. As cidades cobertas pelo GSM também têm acesso às tecnologias GPRS e EDGE, inovações que facilitam o uso de serviços de dados e multimídia nacionalmente. A Companhia se orgulha de oferecer um dos mais amplos portifólios de produtos e serviços do setor, com soluções específicas para as diferentes necessidades dos clientes. A TIM é a marca mais lembrada em ambas regiões de atuação, sendo “Top of Mind” desde o início de sua operação. 11
  12. 12. Relação dos Anexos Anexo 1: Balanço Patrimonial (BR GAAP) Anexo 2: Demonstração de Resultado (BR GAAP) Anexo 3: Demonstração do Fluxo de Caixa (BR GAAP) Anexo 4: Indicadores Operacionais – Região Sul Anexo 5: Indicadores Operacionais – Região Nordeste Anexo 6: Indicadores Operacionais Consolidados – TIM Participações Anexo 7: Glossário 12
  13. 13. Anexo 1 TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Balanço Patrimonial pela Legislação Societária (R$ Milhares) DESCRIÇÃO Set/2005 Jun/2005 % ATIVO 3.716.706 3.512.457 5,8% CIRCULANTE 1.876.243 1.685.482 11,3% Disponibilidades 881.673 738.535 19,4% Contas a receber de clientes 690.721 645.880 6,9% Estoques 50.779 37.662 34,8% Impostos e contribuições a recuperar 91.497 94.684 -3,4% Imposto de renda e contribuição social diferidos 129.855 119.745 8,4% Outros direitos 31.718 48.976 -35,2% REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 226.424 238.542 -5,1% Partes relacionadas 21.651 10.270 110,8% Impostos e contribuições a recuperar 63.020 60.482 4,2% Imposto de renda e contribuição social diferidos 107.125 126.456 -15,3% Depositos judiciais 25.989 35.102 -26,0% Outros direitos 8.639 6.232 38,6% PERMANENTE 1.614.039 1.588.433 1,6% Investimentos 8.704 9.100 -4,4% Imobilizado 1.605.335 1.579.333 1,6% PASSIVO 3.716.706 3.512.457 5,8% CIRCULANTE 833.932 737.760 13,0% Concessões a pagar 8.741 11.569 -24,4% Financiamentos e empréstimos 24.370 44.226 -44,9% Fornecedores 570.917 447.320 27,6% Salários e férias a pagar 27.312 22.373 22,1% Impostos e taxas a recolher 121.477 118.267 2,7% Partes relacionadas 41.447 51.629 -19,7% Dividendos e JSCP a pagar 19.714 23.084 -14,6% Outras obrigações 19.954 19.292 3,4% EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 157.033 164.039 -4,3% Financiamentos e empréstimos 111.321 116.652 -4,6% Concessões a pagar 2.860 - N.D. Impostos e taxas a recolher 11.634 16.634 -30,1% Provisão para contingências 27.521 27.056 1,7% Complemento aposentadoria 3.697 3.697 0,0% PARTICIPAÇÃO ACIONISTAS MINORITÁRIOS - - - PATRIMÔNIO LÍQUIDO 2.725.741 2.610.658 4,4% Capital social 1.472.075 1.472.075 0,0% Reservas de capital 192.081 185.680 3,4% Reservas de lucros 779.827 779.827 0,0% Lucro (prejuizo) do exercício 281.758 173.076 62,8% As Demonstrações Financeiras Completas, incluindo as Notas Explicativas estão disponíveis no Website: www.timpartri.com.br 13
  14. 14. Anexo 2 TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Resultado (BR GAAP – R$ Milhares) DESCRIÇÃO 3T05 3T04 Trim. % 9M05 9M04 9M % Receita Bruta 986.450 870.825 13,3% 2.830.048 2.427.588 16,6% Serviços de Telecomunicações 796.834 707.305 12,7% 2.314.205 2.009.389 15,2% Serviços 730.625 667.593 9,4% 2.117.653 1.908.982 10,9% VAS 50.013 30.361 64,7% 153.005 77.477 97,5% Outras 16.196 9.352 73,2% 43.547 22.930 89,9% Receita de Mercadorias e Outros Serviços 189.616 163.521 16,0% 515.843 418.199 23,3% Venda de produtos 189.616 163.521 16,0% 515.843 418.199 23,3% Impostos e Descontos (250.337) (222.845) 12,3% (715.516) (610.660) 17,2% Impostos e descontos s/ serviços (182.933) (168.505) 8,6% (540.110) (479.261) 12,7% Impostos e descontos s/ venda de produtos (67.404) (54.340) 24,0% (175.406) (131.399) 33,5% Receita Liquida 736.113 647.981 13,6% 2.114.532 1.816.929 16,4% Serviços 613.901 538.799 13,9% 1.774.095 1.530.129 15,9% Produtos e outras receitas 122.212 109.181 11,9% 340.437 286.800 18,7% Custos da Operação (480.963) (414.667) 16,0% (1.399.541) (1.191.498) 17,5% Custo de pessoal (32.999) (27.619) 19,5% (92.043) (84.608) 8,8% Comercialização (144.043) (108.068) 33,3% (396.618) (295.969) 34,0% Rede e interconexão (111.870) (115.021) -2,7% (334.607) (307.771) 8,7% Gerais e administrativas (26.231) (34.274) -23,5% (85.313) (83.512) 2,2% Custo dos produtos vendidos (134.715) (124.888) 7,9% (388.788) (350.886) 10,8% Provisão para devedores duvidosos (24.317) (14.968) 62,5% (90.226) (82.457) 9,4% Outras receitas (despesas) operacionais (6.787) 10.171 N.D. (11.946) 13.703 N.D. EBITDA 255.150 233.314 9,4% 714.991 625.431 14,3% Margem EBITDA 34,7% 36,0% -1,3 p.p 33,8% 34,4% -0,6 p.p Depreciação (93.773) (85.549) 9,6% (279.887) (254.269) 10,1% Amortização (39.043) (34.895) 11,9% (113.827) (99.986) 13,8% EBIT 122.333 112.870 8,4% 321.277 271.176 18,5% Margem EBIT 16,6% 17,4% -0,8 p.p 15,2% 14,9% 0,3 p.p Outras receitas (despesas) não operacionais (7.593) 550 N.D. (1.833) (4.193) -56,3% Resultado Financeiro Líquido 19.257 17.823 8,0% 53.658 49.315 8,8% Despesas financeiras (23.088) (16.000) 44,3% (53.692) (47.236) 13,7% Variações cambiais, líquidas (670) (853) -21,4% (2.086) (3.010) -30,7% Receitas financeiras 43.015 34.676 24,0% 109.436 99.561 9,9% Lucro (prejuízo) antes dos impostos 133.997 131.244 2,1% 373.102 316.297 18,0% Imposto de renda e contribuição social (37.202) (42.082) -11,6% (97.472) (87.160) 11,8% Participações minoritarias - (19.250) N.D. (21.464) (46.574) -53,9% Lucro (prejúizo) líquido 96.795 69.912 38,5% 254.166 182.563 39,2% As Demonstrações Financeiras Completas, incluindo as Notas Explicativas estão disponíveis no Website: www.timpartri.com.br 14
  15. 15. Anexo 3 TIM PARTICIPAÇÕES S.A. Demonstração do Fluxo de Caixa (BR GAAP – R$ Milhares) Consolidado 3Q05 Acumulado Atividades Operacionais Lucro (prejuízo) líquido do exercício 96.795 254.166 Ajustes para reconciliar o resultado às disponibilidades Depreciação e amortização 120.207 355.879 Participação minoritária - 21.464 Variação monetária e cambial sobre empréstimos 1.767 5.457 Outros (27) 1.787 Variações nos ativos e passivos operacionais 97.905 (211.543) Disponibilidades líquidas geradas pelas atividades operacionais 316.647 427.210 Atividades de Investimento: Aumento de capital - Plano de Compra de Ações - 2.006 Constituição de reserva de capital 6.401 6.401 Aquisições de bens do ativo imobilizado (147.949) (336.115) (141.548) (327.708) Atividades Financeiras Novos empréstimos - 85.319 Amortização de empréstimos (30.755) (66.677) Dividendos e juros sobre capital próprio pagos (1.206) (92.803) (31.961) (74.161) Aumento nas Disponibilidades 143.138 25.341 Disponibilidades no final do exercício 881.673 881.673 Disponibilidades no início do exercício (738.535) (856.332) 15
  16. 16. Anexo 4 Indicadores Operacionais da Região Nordeste Var. % Var.% Var. % 3T05 2T05 3T04 9M05 9M04 Tri Ano 9M População estimada da área (milhões) 28,8 28,8 28,5 0,1% 1,0% 28,8 28,5 1,0% Municípios Atendidos - GSM 329 316 218 4,1% 50,9% 329 218 50,9% Penetração Total estimada 31,3% 28,2% 20,7% 3,0 p.p. 10,5 p.p. 31,3% 20,7% 10,5 p.p. Market share 37,2% 37,8% 42,8% -0,6 p.p. -5,6 p.p. 37,2% 42,8% -5,6 p.p. Total de Clientes 3.349.016 3.066.048 2.531.994 9,2% 32,3% 3.349.016 2.531.994 32,3% Pré-pago 2.659.202 2.372.341 1.821.583 12,1% 46,0% 2.659.202 1.821.583 46,0% Pós-pago 689.814 693.707 710.411 -0,6% -2,9% 689.814 710.411 -2,9% Adições Brutas 456.542 401.891 259.232 13,6% 76,1% 1.121.703 659.363 70,1% Adições Líquidas 282.968 275.430 147.148 2,7% 92,3% 682.670 359.469 89,9% Churn 5,6% 4,5% 4,6% 1,1 p.p 1,0 p.p 15,3% 12,9% 2,4 p.p ARPU TOTAL R$25,86 R$28,39 R$34,35 -8,9% -24,7% R$27,89 R$33,49 -16,7% MOU TOTAL 85 87 98 -2,3% -13,4% 87 97 -10,6% Investimentos ( R$ milhões) 77,1 46,0 84,2 67,6% -8,5% 147,3 146,0 0,9% Empregados 1.097 1.026 1.058 6,9% 3,7% 1.097 1.058 3,7% Anexo 5 Indicadores Operacionais da Região Sul Var. % Var.% Var. % 3T05 2T05 3T04 9M05 9M04 Trim Ano 9M População estimada da área (milhões) 15,9 15,9 15,7 0,2% 1,2% 15,9 15,7 1,2% Municípios Atendidos - GSM 301 300 279 0,3% 7,9% 301 279 7,9% Penetração Total estimada 48,9% 46,4% 33,2% 2,5 p.p. 15,7 p.p. 48,9% 33,2% 15,7 p.p. Market share 46,1% 46,4% 50,2% -0,3 p.p. -4,1 p.p. 46,1% 50,2% -4,1 p.p. Total de Clientes 3.594.297 3.424.034 2.628.908 5,0% 36,7% 3.594.297 2.628.908 36,7% Pré-pago 2.834.016 2.702.877 2.008.556 4,9% 41,1% 2.834.016 2.008.556 41,1% Pós-pago 760.281 721.157 620.352 5,4% 22,6% 760.281 620.352 22,6% Adições Brutas 415.600 439.492 365.919 -5,4% 13,6% 1.200.637 997.572 20,4% Adições Líquidas 170.263 270.800 211.115 -37,1% -19,4% 604.045 573.024 5,4% Churn 7,1% 5,3% 6,1% 1,8 p.p 1,0 p.p 18,5% 18,4% 0,1 p.p ARPU TOTAL R$29,69 R$30,86 R$34,50 -3,8% -14,0% R$31,18 R$35,99 -13,3% MOU TOTAL 72 64 82 13,6% -11,8% 72 86 -16,1% Investimentos ( R$ milhões) 70,9 93,6 107,0 -24,3% -33,8% 188,8 221,0 -14,6% Empregados 1.244 1.220 1.059 2,0% 17,5% 1.244 1.059 17,5% Anexo 6 Indicadores Operacionais Dados Consolidados – TIM Participações S.A. Var. % Var.% Var. % 3T05 2T05 3T04 9M05 9M04 Trim. Ano 9M População estimada da área (milhões) 44,8 44,6 44,3 0,4% 1,1% 44,8 44,3 1,1% Municípios Atendidos - GSM 630 616 587 2,3% 7,3% 630 587 7,3% Penetração Total estimada 37,6% 34,7% 25,2% 2,9 p.p. 12,4 p.p. 37,6% 25,2% 12,4 p.p. Market share 41,3% 41,9% 46,3% -0,6 p.p. -5,0 p.p. 41,3% 46,3% -5,0 p.p. Total de Clientes 6.943.313 6.490.082 5.160.902 7,0% 34,5% 6.943.313 5.160.902 34,5% Pré-pago 5.493.218 5.075.218 3.830.139 8,2% 43,4% 5.493.218 3.830.139 43,4% Pós-pago 1.450.095 1.414.864 1.330.763 2,5% 9,0% 1.450.095 1.330.763 9,0% Adições Brutas 872.142 841.383 625.151 3,7% 39,5% 2.322.340 1.656.935 40,2% Adições Líquidas 453.231 546.230 358.263 -17,0% 26,5% 1.286.715 932.493 38,0% Churn 6,4% 4,9% 5,4% 1,5 p.p 1,0 p.p 17,0% 15,6% 1,4 p.p ARPU TOTAL R$27,86 R$29,70 R$34,40 -6,2% -19,0% R$29,63 R$34,76 -14,8% MOU TOTAL 78 79 90 -1,0% -13,2% 79 91 -13,5% Investimentos ( R$ milhões) 147,9 139,6 191,2 6,0% -22,6% 336,1 367,0 -8,4% Empregados 2.341 2.246 2.117 4,2% 10,6% 2.341 2.117 10,6% 16
  17. 17. Anexo 7 Glossário Indicadores operacionais Termos Financeiros Clientes – número de linhas móveis em serviço EBIT = Resultado operacional antes de juros e impostos. Adiçõe s bruta s – total de novos clientes adquiridos no EBITDA = Resultado operacional antes de juros, impostos, período depreciação e amortização. Adiçõe s líquidas = adições brutas – desconexões Margem EBITDA = EBITDA/ Receita Operacional Líquida. Market share: participação do mercado estimado = nº de CAPEX – (capital expenditure) investimento de capital clientes da Companhia / nº de clientes da área de atuação Subsídio = (receita líquida de mercadorias – custo de Marginal Market share: participação de adições líquidas mercadorias vendidas + descontos dados por fornecedores) / da companhia no total estimadas de adições líquidas na adições brutas área de atuação Dívida líquida = Dívida bruta – disponibilidades. Penetração do mercado: = nº de clientes da companhia + PL – Patrimônio líquido. nº de clientes estimado das concorrentes / cada 100 habitantes da área de atuação da Companhia Tecnologia e Serviços Churn rate – taxa percentual que mede o número de TDMA (Time Division Mutiple Access) – Tecnologia de acesso clientes desconectados durante um determinado período por múltipla divisão de tempo. de tempo. GSM (Global System for Mobile Communications) – Sistema ARPU (Average Revenue per user) – Receita média por global avançado de tecnologia de comunicação móvel. Sistema usuário por mês – é a média mensal de receita líquida por que armazena e codifica os dados do celular, como ligações e cliente dados do usuário, permitindo o reconhecimento de um Blended ARP U – ARPU da base total de clientes (pré- assinante em qualquer país a partir da rede GSM. O GSM é pagos + pós-pagos) hoje o padrão mais popular implementado mundialmente. ARPU pós-pago – ARPU dos clientes do serviço pós-pago EDGE (Enhanced Data rates for Global Evolution) – ARPU pré-pago – ARPU dos clientes do serviço pré-pago Velocidades elevadas de transmissão de dados para a MOU (minutes of use) – média mensal, em minutos, do evolução global. Técnica desenvolvida para aumetnar a tráfego por cliente = (Total de minutos originados + minutos velocidade de transmissão de dados por celular, criando uma entrantes ) / média mensal de clientes do período verdadeira banda larga para os aparelhos que utilizam a MOU pós-pago – MOU dos usuários do serviço pós-pago. tecnologia GSM. Os primeiros celulares EDGE disponíveis MOU pré-pago – MOU dos usuários do serviço pré-pago. oferecem velocidades que podem atingir até 200 Kbps, SAC – Custo de aquisição por cliente = (despesas de dependendo do modelo do aparelho utilizado. publicidade e propaganda + comissões + taxa Fistel + SMS (Short Message Service) – Serviço de mensagens curtas comodato + custos de retenção) de texto para aparelhos celulares, possibilitando o envio e recebimento de mensagens alfanuméricas. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Este documento contém algumas previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões não constituem fatos ocorridos no passado e refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Os termos “antecipa”, “acredita”, “estima”, “espera”, “prevê”, “pretende”, “planeja”, “projeta”, “objetiva”, bem como outros similares, visam identificar tais previsões que, evidentemente, envolvem riscos ou incertezas futuras previstas ou não pela Companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da Companhia podem divergir das atuais expectativas e o leitor não deve se basear exclusivamente nas posições aqui realizadas. Estas previsões emitem a opinião unicamente na data em que são feitas e a Companhia não se obriga a atualiza-las à Luz de novas informações ou de desdobramentos futuros. 17

×