UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA/ ENSINO FUNDAENTAL/ SÉRIES INICIAIS...
ENSINAR E APRENDER  NA ERA DIGITAL
A SOCIEDADE <ul><li>O surgimento e a evolução das TIC </li></ul><ul><li>Fracasso escolar; </li></ul><ul><li>Mais tempo par...
PAPEL DO PROFESSOR <ul><li>Flexibilidade </li></ul><ul><li>Não detentor do saber; </li></ul><ul><li>Aprendiz, organizador ...
PAPEL DA ESCOLA “ A escola deveria ser menos lecionadora e mais organizadora de espaço de conhecimento”. Ladislau Dowdor
PRINCÍPIOS DA CIBERCULTURA NORTEADORES DA PRÁTICA PEDAGÓGICA <ul><li>HIPERTEXTUALIDADE  </li></ul><ul><li>INTERATIVIDADE <...
DESTAQUES SIGNIFICATIVOS  <ul><li>Com o advento da WEB 2.0 muda a sociedade e as concepções de educação; </li></ul><ul><li...
O CASO DO TEXTO E EU NO CURSO DE EDUCAÇÃO E CIBERCULTURA Um bicho de 7 cabeças? Ou 77?
PENSAR NA/A ESCOLA <ul><li>Como ensinar a ler e escrever em uma sociedade em que as tecnologias implicam novos modos de pe...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação e Cibercultura

575 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
575
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
141
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação e Cibercultura

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA/ ENSINO FUNDAENTAL/ SÉRIES INICIAIS Educação e Cibercultura Rita Cácia Fernandes Pereira Irecê 2010
  2. 2. ENSINAR E APRENDER NA ERA DIGITAL
  3. 3. A SOCIEDADE <ul><li>O surgimento e a evolução das TIC </li></ul><ul><li>Fracasso escolar; </li></ul><ul><li>Mais tempo para aprender; </li></ul><ul><li>Mudança nas concepções de ensino e de aprendizagem. </li></ul>
  4. 4. PAPEL DO PROFESSOR <ul><li>Flexibilidade </li></ul><ul><li>Não detentor do saber; </li></ul><ul><li>Aprendiz, organizador e </li></ul><ul><li>mediador entre informação </li></ul><ul><li>e conhecimento; </li></ul><ul><li>Aberto a novas possibilidades. </li></ul>
  5. 5. PAPEL DA ESCOLA “ A escola deveria ser menos lecionadora e mais organizadora de espaço de conhecimento”. Ladislau Dowdor
  6. 6. PRINCÍPIOS DA CIBERCULTURA NORTEADORES DA PRÁTICA PEDAGÓGICA <ul><li>HIPERTEXTUALIDADE </li></ul><ul><li>INTERATIVIDADE </li></ul><ul><li>INTELEGÊNCIAS COLETIVAS </li></ul><ul><li>MULTIVOCALIDADE </li></ul><ul><li>NÃO-LINEARIDADE </li></ul>
  7. 7. DESTAQUES SIGNIFICATIVOS <ul><li>Com o advento da WEB 2.0 muda a sociedade e as concepções de educação; </li></ul><ul><li>Transformar informação em conhecimentos; </li></ul><ul><li>Apropriar-se do vocabulário das TICs; </li></ul><ul><li>Conhecer espaços de escrita e leitura hipertextual; </li></ul><ul><li>Reflexão sobre a prática pedagógica. </li></ul>
  8. 8. O CASO DO TEXTO E EU NO CURSO DE EDUCAÇÃO E CIBERCULTURA Um bicho de 7 cabeças? Ou 77?
  9. 9. PENSAR NA/A ESCOLA <ul><li>Como ensinar a ler e escrever em uma sociedade em que as tecnologias implicam novos modos de pensar, agir, sentir, ler, escrever, pesquisar e aprender? </li></ul><ul><li>Como transformar informação em conhecimento? </li></ul><ul><li>Toda informação é boa só por que está na internet? </li></ul><ul><li>Explorar os hipertextos para produzir conhecimento significativo. </li></ul>

×