3º resumo geografia 10º ano

284 visualizações

Publicada em

Resumo Geografia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3º resumo geografia 10º ano

  1. 1. 3º Resumo Geografia 10º ano Indicar/identificaros principaisrecursos do subsolo,diferenciando-osem categorias/subgrupos.  RecursosMinerais o Energéticos o Não Metálicos o Metálicos o Águas o Rochas ornamentais o Industriais    Identificaras unidades geomorfológicasdo territórioportuguês. Caracterizar as unidadesgeomorfológicas(localizaçãogeográfica,morfologia,geologiae recursos minerais)  Maciço antigo
  2. 2. Em termosgeomorfológicos,é divididopelaCordilheiraCentral (serrasdaEstrela,doAçor, da Gardunha e da Lousã. A CordilheiraCentral separaduasáreasde relevodiferente noterritório de Portugal Continental: - a norte,predominamosconjuntosmontanhosos,osplanaltose osvalesprofundose encaixados; - a sul,estende-se avastapeneplaníciealentejana(superfíciede erosãolevemente onduladae de baixaaltitude) onde sobressai aserrase São Mamede.A sul é limitadapelasserrasdo Caldeirãoe de Monchique. Do pontode vistalitológico(naturezadasrochas) é constituídoporrochas muitoantigase de grande dureza,comoo granitoe o xisto.É nestaunidade geomorfológicaque se localizauma boa parte das jazidasde minerais,principalmente nasáreasde contactoentre formações geológicasdiferentes,tendo maiorimportânciaasjazidasde minériosmetálicose energéticos, as das rochas ornamentaise cristalinase daságuasmineraise de mesa.  Orlassedimentares As OrlasSedimentaresoumesocenozóicas(formadasnasErasMesozoicae Cenozoica) correspondemaantigasáreasdeprimidasonde se foramacumulandonumerosossedimentos provenientesdodesgaste ocorridonoMaciçoAntigo,peloque adiversidade geológicaé menor.Dominamasrochas sedimentares:areias,arenitos,margas,argilase calcários.Assim, os recursosmineraisexploradossãoprincipalmenteasrochasindustriaise dosrecursos mineraisnãometálicos.A OrlaOcidental estende-se aolongodolitoral,de Espinhoaté àserra da Arrábida. A norte de Coimbraé constituídaporplaníciessedimentares,tornando-se maiselevadae acidentadapara o interiore sul.A sul é constituídaporplaníciese planaltosbaixos. Nestaunidade geomorfológicaemergeoMaciço CalcárioEstremenho(Serrasde Sicó,Aire, Candeeirose Montejunto);maisasul surgemas serrasde Sintra (de naturezagranítica) e a serra da Arrábida(de naturezacalcária). A OrlaMeridional ocupaa faixalitoral doAlgarve,entre asserrase o mar, e nelasobressaem algumascolinascalcárias,altase enrugadas.  Bacias SedimentaresdoTejoe doSado são unidadesgeomorfológicasmaisrecentes(formadasnaEra Cenozoica),tendo-seformado da deposiçãode sedimentosmarinhose fluviais.Assim, sãodominantesasrochas sedimentarescomoareias,argilase calcário.Osrecursosmineraisexploradossão principalmente asrochasindustriaise osmineraisnãometálicos. Localizar as minas de mineraismetálicos. A produçãonacional de mineraismetálicosé proveniente essencialmente de duasminas: NevesCorvo(integradanafaixapiritosaalentejana/ibérica) e Panasqueira.
  3. 3. Indicar as principaisutilizaçõesdosmineraismetálicos. Identificaro mineral metálico de maior importância económica. O cobre constitui oprincipal mineral metálicoexplorado,querpelovolume de produção,quer pelovalordoproduto. Justificara descidade importância da produção de volfrâmio. A produçãojá foi muitoimportante nonossopaís,durante as duasG.M. porque erautilizado na industriadoarmamento.A substituiçãoporoutrosmetaise a concorrênciade outrospaíses fizerambaixaraprodução. Indicar as principaisutilizaçõesde cada um dos mineraisindustriais. Localizar as minas de cada um dos mineraisindustriais. Justificara localização do sal-gema. Nas OrlasSedimentares,poisdaconstituiçãodessasunidadesgeomorfológicasfazemparte sedimentosmarinhose,consequentemente,cloretode sódioque,apósaatuação das forças tectónicas,passarama constituiráreasde maioraltitude.
  4. 4. Indicar as principaisutilizaçõesde cada um dos subconjuntosdos mineraispara construção.  Agregados-Construçãocivil  Mineraispara cimentoe cal- IndustriaCimenteira  As rochasornamentaissubdividem-se em: - Rochas carbonatadas – mármore,calcáriomicrocristalinoe sedimentare brechacalcária; -Rochassiliciosas –granitoe similares(gabro,pórfiroácido,diorito,sienito,serpentinito); -Ardósiase xistosardosíferos.- Rochas que depoisde trabalhadassãoutilizadasnadecoração,quernaconstrução civil,quer no mobiliáriodapedra. Apresentarexemplosde cada um dos subconjuntosdos mineraispara construção. Localizar as principaisexplorações(pedreiras) de rochas ornamentais. Nas rochascarbonatadas destaca-se omármore (de maiorvalor). É exploradanoAlentejo,sobretudonafaixaEstremoz –Borba – VilaViçosa(triângulodo mármore) – a maior jazidanacional. Calcáriomicrocristalino –emMontemor(Loures) e PêroPinheiro(Sintra) e brechacalcáriaem Alportel (Algarve)e Serrada Arrábida (Setúbal). Granitose similares:gabro,diorito. Produz-se emvárioslugares,masprincipalmente noNorte e noAlentejo. Ardósiae xisto – de utilizaçãomaisrecente. Na exploraçãode ardósiadestaca-se aregiãode Valongo( Porto) E na exploraçãodoxisto destacam-seMourão(Évora),Barrancos(Beja) e VilaNovade FozCôa Identificaro subconjuntode mineraispara construção de maior valor de produção. Portugal é maisrico em rochasdo que em minérios. Em termosdos recursosdosubsolo,este subsetor(mineraisparaconstrução) ocupaum importante lugarnocontextodaindústriaextrativae desempenhaumpapel socioeconómico de grande importância,sobretudoanível regional. Identificara rocha ornamental de maior valor económico. Mármore
  5. 5. Distinguiráguas mineraisde águas de nascente. As águasmineraisnaturaise as águasde nascente sãosempre purase de origemsubterrânea. A diferençadaságuasde nascente emrelaçãoàs águas mineraisnaturaisé precisamente o tempode circulaçãono subsolo,oqual é maiscurto. Decorrente docurto períodode circulaçãosubterrânea,apresençade saismineraisnaságuas de nascente Localizar geograficamente as nascentesde águas minerais,de nascente e termais. De nascente: A maioriadasnascenteslocalizam-se noNorte e Centrodopaís,emboratambémse encontremalgumasexploraçõesnoAlgarve. Assim,aesmagadoramaioriadas exploraçõeslocaliza-senoMaciçoAntigo,emboraexistam algumas,aindaque emnúmeroreduzido,nasOrlasSedimentares,quernaOcidental,querna Meridional. Minerais: Termais: A maiorparte das estânciastermaislocalizam-senoNorte e Centrodopaís, embora tambémse localizem,emnúmeroreduzido,noAlentejoe Algarve. Justificaro aumentodo consumo de águas. O aumentodoconsumodas águas engarrafadasnasúltimasdécadas,ficouadever-se: -alteraçãodoshábitosalimentares; -à melhoriadaqualidade de vida; -aosmaiorescuidadosde saúde; - à falta de confiançana água canalizada. Explicar a relação entre as águas termaise o desenvolvimentodoturismotermal. As águastermaispodemteraplicaçãomedicinal –as suascaraterísticas minero-medicinais permitemotratamentode certasdoenças.O recursoà agua termal para finsterapêuticos designa-se portermalismo. “Otermalismoé cadavezmais um produtocomposto”poiso aproveitamentodaságuastermaispara finscurativosdeixamde serosúnicosa fundamentara deslocaçãodaspessoasàs termas. Atualmente asunidadestermaisdesenvolvemumconjuntode atividadesfísicase desportivas e de lazer,orientadasparaaliviarostress.Paralelamente desenvolvemaindaatividadesde animaçãopara atrair utentes,particularmente naépocabaixa(inverno) paracontrariara sazonalidade daatividade. Justificaro aumentodo valor económicoda indústria extrativanos últimos anos.
  6. 6. Identificaros dois subsetoresdosrecursos mineraiscom maior valor nas exportações Justificaro aumentodo consumo de energia,emPortugal. O aumentodeve-seaodesenvolvimentoeconómicoe social dopaís, nogeral e, emparticular, ao desenvolvimentodostransportes,daindústria,àmodernizaçãodaagriculturae à maior utilizaçãoemusodoméstico,devidoaomelhorequipamentodashabitações Estabelecera diferençaentre energiaprimária e energiafinal. Caraterizar a estrutura do consumo de energiaemPortugal (por fontese por atividades). Distinguirrecursos energéticosnãorenováveisde renováveis. Identificaros combustíveisfósseis. petróleo;Carvãoe gás natural Referiras principais origensde cada um dos combustíveisfósseisconsumidosemPortugal. Atualmente opetróleoé importadode África(Angola,Nigéria,Líbia,Argélia) e doGolfoPérsico (ArábiaSaudita,Irão),Cazaquistão,Brasil,… O gás natural foi introduzidoemPortugal em1997. É importadodaArgélia,atravésdo gasodutodo Magreb,desde 1997.
  7. 7. Portugal possui algumasjazidasde carvão,massão de fraca qualidade –temfraco poder calorífico. Atualmente,todoocarvão consumidoemPortugal,é importadoprincipalmentepela Colômbiae pelosestados UnidosdaAmérica. Indicar as principaisutilizaçõesde cada um dos combustíveisfósseis Petróleo- Alémdautilizaçãocomofonte de energia(comocombustível nascentraistérmicase transportes),serve de matéria-prima(indústriaquímica,plásticos,borrachas,fibrastêxteis, lubrificantes,fertilizantes,…) Gás natural- O gás natural é utilizadoemtrêssetores: - elétrico- nascentraistermoelétricas; - industrial - química,cerâmicas,têxtil,alimentar,dovidro); - comercial – consumodomésticoe algum comércio. Carvão- O carvão é usadocomo fonte de energianascimenteirase nas siderurgia.Alémde fonte de energia,ocarvão é tambémfonte de matéria–primaparaa indústriaquímica,tintas, produtosfarmacêuticos,… Caraterizar as redesde distribuição do petróleoe do gás natural, emPortugal. Petróleo O petróleochegaporviamarítima,em petroleiros,aosportosde Leixõese de Sines. Depois,atravésde oleodutos,àsrefinariasde LeçadaPalmeira(Matosinhos) e de Sines.A refinariade Sinesencontra-se ligadaporoleodutoaoParque de Combustíveisde Aveirasde Cima(transferênciade CaboRuivo/Expo`98),numaextensãode 147 Km. A partirdas refinariasosderivadossãodistribuídosporcamiões-cisterna Gás natural Tambémchegaem metaneiros,depoisde liquefeito,porviamarítimaaté ao terminal de gás liquefeitodoportode Sines(daNigéria),afuncionardesde Janeirode 2004. Expor a importância da introdução do gás natural, em Portugal. Ambientalmente apresentavantagensrelativamenteaosoutroscombustíveisfósseis,poisa sua combustãoé menospoluente. Alémdissoé maiseconómico,é de utilizaçãomaiscómoda(porsercanalizadoestásempre disponível),é maisseguro(sendomaisleve doque oar dissipa-se rapidamente naatmosfera emcaso de fuga) e permite diversificarasfontesde energia,tornandomenoranossa dependênciaenergéticae é de fácil transporte.
  8. 8. Justificar o aumento do consumo de carvãoem Portugal, a partir da década de 70. No entanto, o choque petrolífero de 1973, aumentou o consumo de carvão, para diminuir a dependência do petróleo. Em Portugal, o aumento do consumo deveu-se à entrada em funcionamento das centrais termoelétricas (décadas de 1980 e 1990). Expor as razões da não exploração de carvão em Portugal. Portugal possui algumas jazidas de carvão, mas são de fraca qualidade – tem fraco poder calorífico. Para além disso o carvão apresenta como desvantagens ser altamente poluente (liberta para a atmosfera dióxido de enxofre, óxidos de azoto, mercúrio e dióxido de carbono e partículas finas que os filtros das chaminés não captam) é pesado e volumoso, o que torna o seu transporte e o armazenamento difíceis. Fazer o ponto de situação da produção de urânio no nosso país. Apresentar alguns argumentos a favor e contra a utilização do urânio como fonte de energia. Vantagens: Permitiria reduzir o défice energético; Cumprir mais facilmente o Protocolo de Quioto porque, ao contrário dos combustíveis fósseis, não liberta CO2 para a atmosfera; Já existem técnicas de tratamento e armazenamento de resíduos nucleares; É mais económica do que os combustíveis fósseis. Contra Não é uma energia barata (os custos associados à construção e manutenção das centrais é elevado; O perigo de acidentes (como o de Chernobyl ou Fukushima); A poluição radioativa, através da formação de resíduos; A poluição térmica, através da elevadas temperaturas das águas usadas no arrefecimento e depois lançadas nos rios e ribeiros.
  9. 9. Apresentar as vantagens da utilização de recursos energéticos renováveis, para Portugal. Fazer o balanço do aproveitamentodas fontes de energia renovável, em Portugal: Energia hidroelétrica (regiões de maior produção e porquê) lar (aplicações e regiões com maior potencial) Identificar as fontes de energia renovável mais utilizadas em Portugal na produção de eletricidade. Identificar as regiões do país com maior consumo de energia elétrica. Justificar o maior consumo de energia elétrica no litoral do país. Indicar os sectores maiores consumidores de energia elétrica. Explicar a importância regional da indústria extrativa. Expor os problemas decorrentes da exploração dos recursos do subsolo: impacte ambiental do sector energético dependência energética Indicar medidas de potencialização dos recursos do subsolo e sua utilização. Expor alguns dos princípios da Política Energética portuguesa.

×