Resultados
1T 2013

10 de maio de 2013
AGENDA

DESTAQUES

RESULTADOS

PERSPECTIVAS

Providência USA
DESTAQUES 1T13
A inauguração, em 26/03/2013, da Kami 13, a décima terceira linha de produção da empresa e a
segunda da fáb...
AGENDA

DESTAQUES

RESULTADOS

PERSPECTIVAS
VOLUME DE VENDAS
(em milhares de toneladas)
Neste trimestre atingimos o Volume Total de
Vendas de

, um aumento

de 16,8% ...
RECEITA LÍQUIDA
(em milhões de Reais)

A Receita líquida atingiu

R$ 10,00
R$ 9,00

, 15,2% mais que no 1T12;

R$ 8,00

Es...
CPV (Custos dos Produtos Vendidos)
(em milhões de Reais)
240,0

220,0

O CPV totalizou R$ 114,9 milhões no 1T13, um acrésc...
EBITDA (em milhões de Reais)
e MARGEM EBITDA (%)
22,1%
20,7%
40,0

O EBITDA Ajustado no 1T13 atingiu
, 10,8% inferior ao
3...
25,0

LUCRO LÍQUIDO (em milhões de Reais)
E MARGEM LÍQUIDA (%)
7,4%

O Lucro Líquido

no período

totalizou
5,1%

, 28,4%
...
DÍVIDA LÍQUIDA
(em milhões de Reais)
A Dívida Líquida apresentou acréscimo de
R$ 108,9 milhões, ou 30,6%, em relação ao
1T...
ENDIVIDAMENTO/CAIXA
(em milhões de Reais)
Dívida Líquida Consolidada
R$ (MM)

Dívida Total
Financiamento Curto Prazo
Finan...
25,0

DIVIDENDOS
(em milhões de Reais)
Foi aprovado na AGO em 01/04/2013 o pagamento de dividendos adicionais no valor de ...
25,0

INDICADORES DE MERCADO
Cotação

Var. 1T13/1T12
R$ 8,95

R$ 8,70

R$ 6,85

R$ 6,69
R$ 6,30
mar/12

Jun

Set

Dez

Div...
AGENDA

DESTAQUES

RESULTADOS

PERSPECTIVAS

Providência USA
PERSPECTIVAS

A 2ª linha de produção em Statesville (NC) nos Estados Unidos – 13ª da Companhia deverá

atingir a plena cap...
CEO: Hermínio V. S. de Freitas
CFO: Eduardo Feldmann Costa
RI : Gabriela Las Casas
Beatriz Tokarski
Tel: +55 (41) 3381-867...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teleconferencia 1 t13

293 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
78
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teleconferencia 1 t13

  1. 1. Resultados 1T 2013 10 de maio de 2013
  2. 2. AGENDA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS Providência USA
  3. 3. DESTAQUES 1T13 A inauguração, em 26/03/2013, da Kami 13, a décima terceira linha de produção da empresa e a segunda da fábrica norte-americana, localizada em Statesville, na Carolina do Norte. Com a nova máquina, a Providência acrescenta 20 mil toneladas de nãotecido/ano na produção local, dobrando a capacidade da planta, de forma a atender a demanda por produtos de alta tecnologia destinados aos segmentos de descartáveis higiênicos; A AGO/E de 01/04/2013 aprovou o pagamento de adicionais R$ 33,8 milhões em dividendos, totalizando 100% da base de cálculo dos dividendos ajustada de 2012. O ex-direito ocorrerá no dia 17/05/2013 e o pagamento em 27/05/2013.
  4. 4. AGENDA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS
  5. 5. VOLUME DE VENDAS (em milhares de toneladas) Neste trimestre atingimos o Volume Total de Vendas de , um aumento de 16,8% na comparação com o mesmo período de 2012; O aumento se deve basicamente à entrada em operação, em junho de 2012, de nossa 2ª planta em Pouso Alegre (MG); 27,0 24,9 23,1 1,8 2,6 2,1 Neste trimestre a 2a linha de produção em Statesville está em rampa de aumento 21,3 22,8 24,4 1T12 4T12 1T13 de Volume conforme o previsto; No 1T13 deixamos de vender parte do volume que seria destinado a Argentina e Venezuela em função da situação política e econômica naqueles países. Nãotecidos Outros
  6. 6. RECEITA LÍQUIDA (em milhões de Reais) A Receita líquida atingiu R$ 10,00 R$ 9,00 , 15,2% mais que no 1T12; R$ 8,00 Este R$ 6,03 R$ 6,12 R$ 7,00 R$ 5,95 crescimento se deve preponderantemente à elevação do R$ 6,00 volume de vendas, bem como à elevada R$ 5,00 139,4 152,8 160,6 utilização da capacidade de produção R$ 4,00 R$ 3,00 disponível; R$ 2,00 A redução da Receita unitária se deve R$ 1,00 R$ - principalmente à venda de produtos de -R$ 1,00 1T12 4T12 Receita Líquida 1T13 partida da 2a linha de Statesville. Receita Líquida Unitária 6
  7. 7. CPV (Custos dos Produtos Vendidos) (em milhões de Reais) 240,0 220,0 O CPV totalizou R$ 114,9 milhões no 1T13, um acréscimo de 19,0% se comparado com os 200,0 R$ 96,6 milhões registrados no 1T12 e acréscimo de 9,1% comparativamente aos R$ 105,4 180,0 milhões no 4T12. Este incremento está ligado, principalmente, ao maiorR$4,50 volume de vendas, 160,0 ao start-up da KAMI 13 e ao aumento do custo do polipropileno. 140,0 120,0 R$4,18 R$4,23 R$4,25 100,0 80,0 60,0 40,0 105,4 96,6 114,9 20,0 - R$3,50 1T12 4T12 CPV (R$ mil) 1T13 CPV unitário (R$) 7
  8. 8. EBITDA (em milhões de Reais) e MARGEM EBITDA (%) 22,1% 20,7% 40,0 O EBITDA Ajustado no 1T13 atingiu , 10,8% inferior ao 30,0 16,1% 1T12, principalmente devido à venda de produtos de partida de linha nos EUA e à 20,0 estrutura de custos adicionada pela KAMI 12 e KAMI 13; 33,8 28,9 25,8 10,0 Em relação ao 4T12 o menor EBITDA se deve ao mix de produtos e custos impactados pela partida da KAMI 13. 1T12 4T12 Ebitda 1T13 Margem Ebitda (%)
  9. 9. 25,0 LUCRO LÍQUIDO (em milhões de Reais) E MARGEM LÍQUIDA (%) 7,4% O Lucro Líquido no período totalizou 5,1% , 28,4% inferior ao 1T12; 3,1% A base de cálculo dos dividendos ajustada 11,3 do trimestre (lucros acumulados) atingiu R$ 7,8 milhões, pois acrescenta a realização do custo 7,1 5,1 atribuído no trimestre, líquida de impostos. -1,0% 1T12 4T12 Lucro Líquido 1T13 Margem Líquida (%) 9
  10. 10. DÍVIDA LÍQUIDA (em milhões de Reais) A Dívida Líquida apresentou acréscimo de R$ 108,9 milhões, ou 30,6%, em relação ao 1T12, sendo o principal fator a captação para financiamento dos projetos de novas máquinas no Brasil e nos EUA; 451,6 464,2 A Dívida em moeda estrangeira foi tomada principalmente nos EUA, com hedge natural em função da receita e ativos neste país. 355,3 Moeda Estrangeira 65% 1T12 4T12 1T13 35% Moeda Local
  11. 11. ENDIVIDAMENTO/CAIXA (em milhões de Reais) Dívida Líquida Consolidada R$ (MM) Dívida Total Financiamento Curto Prazo Financiamento Longo Prazo Total 31/03/2012 31/12/2012 31/03/2013 Var. 1T13 / 1T12 73,5 374,9 448,3 112,4 423,3 535,7 114,5 475,5 590,0 55,9% 26,9% 31,6% 93,0 84,1 125,9 35,3% Dívida Líquida 355,3 451,6 464,2 30,6% Patrimônio Líquido 671,3 690,0 696,1 3,7% Dívida Líquida/EBITDA 3,6 3,6 3,8 4,7% Dívida Líquida/EBITDA 2,5 2,2 2,3 -7,6% Caixa Sem o Endividamento das Linhas Pré Operacionais 11
  12. 12. 25,0 DIVIDENDOS (em milhões de Reais) Foi aprovado na AGO em 01/04/2013 o pagamento de dividendos adicionais no valor de R$ 33,8 milhões, totalizando o montante de R$ 53,1 milhões referente ao exercício de 2012. R$ 0,66 A base de cálculo de R$ 53,1 milhões 2,0 R$ 0,49 R$ 0,41 R$ 0,50 2,0 Lucro Líquido do exercício de 2012 R$ (-) Reserva legal (5%) 0,30 (+) Realização Custo Atribuído 2012: Base de Cálculo dos Dividendos 2,0 53,1 2,0 R$ 45.1 milhões R$ 2.2 milhões R$ 10.2 milhões R$ 53.1 milhões R$ 0,10 39,5 32,9 R$ (0,10) 2,0 Ex-direito: 17/05/2013 Pagamento: 27/05/2013 R$ 0,42/ação R$ (0,30) 2,0 8,0 corresponde a: 2010 2011 Dividendos (R$ MM) 2012 Dividendo/Ação R$ (0,50) 12
  13. 13. 25,0 INDICADORES DE MERCADO Cotação Var. 1T13/1T12 R$ 8,95 R$ 8,70 R$ 6,85 R$ 6,69 R$ 6,30 mar/12 Jun Set Dez Dividend Yield* mar/13 1,40 Cotação / Valor Patrimonial por Ação 1,20 8,06% 7,37% 1,00 0,80 5,54% 0,60 0,40 0,80 1,04 1,00 4T12 1T13 0,20 - 2010 2011 2012 * Dividendo anual/ cotação no final do período. 1T12 13
  14. 14. AGENDA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS Providência USA
  15. 15. PERSPECTIVAS A 2ª linha de produção em Statesville (NC) nos Estados Unidos – 13ª da Companhia deverá atingir a plena capacidade até o final do segundo trimestre de 2013; No segundo e terceiro trimestres a operação Estados Unidos deve ter melhoria do mix de produtos; No 2T13 realocação, em outros mercados, dos volumes que deixamos de vender para Argentina e Venezuela no 1T13; A Companhia Providência encerrará 2013 com uma capacidade instalada de 140 mil toneladas/ano, reafirmando-se como um dos maiores e mais modernos players da indústria de nãotecidos mundial. 15
  16. 16. CEO: Hermínio V. S. de Freitas CFO: Eduardo Feldmann Costa RI : Gabriela Las Casas Beatriz Tokarski Tel: +55 (41) 3381-8673 Fax: +55 (41) 3283-5909 São José dos Pinhais – PR www.providencia.com.br/ri www.twitter.com/providencia_ri As palavras “acredita”, “antecipa”, “espera”, “estima”, “irá”, “planeja”, “pode”, “poderá”, “pretende”, “prevê”, “projeta”, entre outras palavras com significado semelhante, têm por objetivo identificar estimativas e projeções. Estimativas e projeções futuras envolvem incertezas, riscos e premissas, pois incluem informações relativas aos nossos resultados operacionais futuros possíveis ou presumidos, estratégia de negócios, planos de financiamento, posição competitiva no mercado, ambiente setorial, oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentação futura e efeitos da competição. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados e futuros discutidos nesta apresentação podem não ocorrer e não são garantia de acontecimento futuro. A Providência não se obriga a atualizar essa apresentação mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. 16

×