SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 56
Baixar para ler offline
[Oficina]
UX e Smart Cities
Aplicando Design como forma de pensar
OLÁ!
Eu sou Rafael Burity
Sou UX LEAD na Atech S.A do Grupo Embraer
com mais de 14 anos de experiência no mercado.
E comigo estão...
Vivi Chiodo
Menina da inovação e
de tudo um pouco.
Adriano Bisca
“O piedoso”,
desenvolvedor front-end
1.
Smart City
Smart Cities
O termo "cidade inteligente" define
o novo ambiente urbano, projetado para
o governo e cidadão por meio de tecnologias
de informação e comunicação.
▸ As tecnologias de informação e
comunicação formam a espinha
dorsal das cidades inteligentes.
Smart Cities
O design thinking
ajuda a criar cidades
que sejam sustentáveis
e capazes de evoluir,
reformulando os
problemas e captando
as necessidades reais
das pessoas que vivem
num ambiente urbano.
O UX se concentra,
justamente, em captar
como os usuários
finais interagem com
um produto ou serviço,
seja ele um aplicativo
móvel ou um utilitário
público.
“Citizen behavior is of course essential to
designing effective government solutions.
Government innovators must empathize with
employees before trying to empathize with
residents.
Andres Lazo, Director of Citizen-Centered Design in
the City of Gainesville, Florida
“"A relação de uma pessoa com uma cidade
tem sido historicamente muito distante,
mas estamos vendo essa lacuna mais próxima,
hoje, porque as pessoas estão querendo
interagir mais diretamente com suas cidades"
Rodrigo Davies, diretor de produtos da plataforma
municipal de investimentos em títulos
Making it useful.
Making it intuitive.
Making it human.
2.
User
Experience
User Experience (UX)
É multidisciplinar, incorporando aspectos
da psicologia, antropologia, ciência da
computação, design gráfico, design industrial
e ciência cognitiva.
▸ Objetivo: Projetar soluções para a experiência
de uso dos produtos ou serviços.
“Eu inventei o termo porque achava que
interface do usuário e usabilidade eram muito
restritos, eu queria cobrir todos os aspectos
da experiência de uma pessoa com o sistema,
incluindo design industrial, gráficos, a
interface, a interação física e o manual.
Don Norman
O que o UX busca?
▸ Entender quem são os usuários,
suas características cognitivas,
comportamentais.
▸ Entender problemas e dificuldades;
▸ Descobrir o que os faz felizes;
▸ Ajudá-los a atingir seus objetivos.
Utilidade, Usabilidade e
“Desejabilidade”
A utilidade, é essencial, mas deve ser considerada
antes do início do projeto.
A usabilidade é ainda mais essencial para que você
consiga oferecer uma ótima experiência de usuário.
A “desejabilidade” é o que separa um ótimo produto
do restante.
3.
Ferramentas
Jornada do usuário Personas Entrevistas
Focus Group Pesquisas Testes de Usabilidade
Ferramentas
“Design Thinking é uma abordagem
centrada nas pessoas para inovação que usa
ferramentas dos designers para integrar as
necessidades das pessoas, as possibilidades
da tecnologia e os requisitos para o sucesso
dos negócios”
Tim Brown, presidente e CEO, IDEO
Princípios Fundamentais
▸ Centrado no usuário
▸ Empatia
▸ Equipe multidisciplinar (diversidade)
▸ Colaboração e Cocriação
▸ Visualização
▸ Prototipação
▸ Teste
Design Sprint
▸ 5 dias para criar, desenhar,
prototipar e testar uma ideia.
Processo de imersão com o objetivo
de tangibilizar um conceito de um
produto ou serviço
Desenvolvido e anunciado pela Google Ventures, um
braço do Google focado em testar e acelerar ideias que
ainda estão em estágio inicial de desenvolvimento.
Para quem é recomendado?
▸ Startups;
▸ Ideias que precisam ser amadurecidas;
▸ Projetos internos.
Quando usar? Antes de ...
▸ investir tempo e dinheiro em uma ideia;
▸ um time ágil começar a trabalhar;
▸ começar a desenhar a fundo uma funcionalidade complexa.
Quem envolver no sprint? Pelo menos ...
▸ um Designer, Stakeholder, Product Manager, uma pessoa que
conhece bem os usuários, e alguém mais técnico (Desenvolvedor).
▸ Um facilitador para comandar as sessões coletivas.
Vantagens
▸ Testar uma ideia em
apenas uma semana;
▸ Reduzir o risco de falhas;
▸ Aumentar o ganho de
eficiência e alinhar a equipe;
▸ Estabelecer um processo
inicial ou define a direção
para um novo esforço.
Dá ao time um atalho para aprender
sem construir e lançar o serviço de fato.
Processo
PREPARAÇÃO
SPRINT
CONSOLIDAÇÃO
PITCH
Antes de começar o Design Sprint,
você precisa escolher o problema
a ser resolvido.
Quando estiverem todos alinhados,
reúna o time em uma sala, bloqueie o
calendário de todo mundo e garanta
alguns materiais básicos para usar
naquela semana (post-its, caneta, papel, etc.).
DIA 02
Divergir
DIA 03
Decidir
DIA 01
Entender
DIA 04
Prototipar
DIA 05
Testar
SPRINT
4.
PRÁTICA
Preparação
Desafio Claro:
▸ Alinhamento com a área de negócios sobre
o objetivo e os entregáveis do Design Sprint;
▸ Visão do cliente (Personas), interna e do mercado;
Time Multidisciplinar:
▸ Papéis, responsabilidades e envolvimento
Espaço Dedicado:
▸ Fator essencial no processo de imersão para que os
ruídos externos e a rotina não sirvam como distração.
Atividades Programadas
Desafio: Transporte
Cenário: Com a inauguração da nova estação de
Metrô Mackenzie surgiu uma nova dificuldade na
saída da faculdade.
Problemas (dificuldades):
▸ Estação extremamente lotada
▸ e o ponto de ônibus vazio aumentando o índice
de assaltos.
Tarefa
No universo do [PROBLEMA], temos diversos
perfis de pessoas. Cada um possui sua própria
jornada, com seus objetivos, expectativas,
frustrações e satisfações.
Nossa tarefa será pensar em maneiras de ajudar
cada uma dessas pessoas, pensando em
produtos e serviços que podem auxiliá-los a
terem uma vida melhor.
Começando ...
[Design Thinking]
Mapear Proto-Personas
Listar as caracteristicas mais representativas na base
de clientes, fatos sociais e relação da persona com o
universo delimitado.
[Design Thinking]
Desenhar Jornada do Usuário
Mapear, na perspectiva da pessoa, as etapas, pontos
de contato com o produto/serviço e as emoções que
ela sente durante esse percurso.
15min
[Segunda-Feira]
Entender
▸ Delimitar o desafio com o
conhecimento do grupo sobre o tema
▸ Reescrever o objetivo da sprint
se necessário
▸ Definir as métricas de sucesso da sprint
DIA 01
Entender
[Segunda-Feira]
Entender
GANHOS:
▸ Oferecer uma visão do processo
do ponto de vista do cliente;
▸ Mapear pontos críticos e oportunidades
de melhorias;
▸ Fazer o time ter uma visão holística
do serviço e alinhar estratégias.
DIA 01
Entender
5min
DIA 02
Divergir
DIA 03
Decidir
DIA 01
Entender
DIA 04
Prototipar
DIA 05
Testar
DIA 02
Divergir
[Terça-Feira]
Divergir
▸ Cada participante do grupo
irá desenhar no mínimo 2 ideias
(Uma ideia por folha)
15min
DIA 02
Divergir
DIA 03
Decidir
DIA 01
Entender
DIA 04
Prototipar
DIA 05
Testar
DIA 03
Decidir
[Quarta-Feira]
Decidir
▸ Apresentar 2 ideias para o grupo.
▸ Votar em 3 funcionalidades
▸ Selecionar a ideia mais votada.
10min
DIA 02
Divergir
DIA 03
Decidir
DIA 01
Entender
DIA 04
Prototipar
DIA 05
Testar
DIA 04
Prototipar
[Quinta-Feira]
Prototipar
▸ Agrupar as funcionalidades
mais votadas em uma única ideia.
▸ Montar jornada e protótipo.
▸ Mostrar sua ideia e colher feedback.
15min
DIA 02
Divergir
DIA 03
Decidir
DIA 01
Entender
DIA 04
Prototipar
DIA 05
Testar
DIA 05
Testar
[Sexta-Feira]
Testar
▸ Teste com usuário: Mostrar sua ideia
para os potenciais usuários do produto,
em sessões individuais, e colher feedback.
▸ No fim deve-se reunir para discutir o
feedback que receberam dos usuários e
decidir se a ideia sobrevive ou não.
15min
DIA 02
Divergir
DIA 03
Decidir
DIA 01
Entender
DIA 04
Prototipar
DIA 05
Testar
Encerrando
Consolidação do material produzido e preparação da
apresentação para o pitch
Desafio
▸ visão cliente, mercado e empresa
Aprendizados
Oportunidades
Protótipos
Feedback dos clientes
CONSOLIDAÇÃO
5min
PITCH
Defenda sua ideia
5min
APRENDIZADO
▸ Durante o sprint, o desafio é refinado pelo time.
▸ Feedback dos “clientes” é essencial para o processo.
▸ Trabalhar com as restrições sistêmicas faz parte da
metodologia.
▸ Ao final de cada dia, o grupo deve responder a pergunta
do início do dia.
▸ A entrega deve ser o desenho da experiência.
▸ O processo é motivador para todos envolvidos
DESAFIOS
▸ Como convencer as pessoas a
dedicar uma semana inteira
para o processo?
▸ Como valorizar e reconhecer
quem participou?
▸ Como multiplicar o processo
dentro da empresa?
▸ Como trabalhar com times
mais enxutos?
▸ Como trabalhar em menos tempo?
Obrigado!
Dúvidas?
@rafaelburity & rbamaral@atech.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (19)

Design Thinking como potencializador do empreendedorismo
Design Thinking como potencializador do empreendedorismoDesign Thinking como potencializador do empreendedorismo
Design Thinking como potencializador do empreendedorismo
 
Design thinking Para Leigos
Design thinking Para LeigosDesign thinking Para Leigos
Design thinking Para Leigos
 
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágilInspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
Inspetor Bugiganga - pesquisas criativas para desenvolvimento ágil
 
As 3 fases do design thinking
As 3 fases do design thinkingAs 3 fases do design thinking
As 3 fases do design thinking
 
Design Thinking para Startups
Design Thinking para StartupsDesign Thinking para Startups
Design Thinking para Startups
 
Girls in Tech - UX, dados e métricas
Girls in Tech - UX, dados e métricas Girls in Tech - UX, dados e métricas
Girls in Tech - UX, dados e métricas
 
Processo de Criação e Desenvolvimento com Design Thinking
Processo de Criação e Desenvolvimento com Design ThinkingProcesso de Criação e Desenvolvimento com Design Thinking
Processo de Criação e Desenvolvimento com Design Thinking
 
Inovação por meio do design de serviços
Inovação por meio do design de serviçosInovação por meio do design de serviços
Inovação por meio do design de serviços
 
Design Sprint e a importância de métodos de cocriação
Design Sprint e a importância de métodos de cocriaçãoDesign Sprint e a importância de métodos de cocriação
Design Sprint e a importância de métodos de cocriação
 
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
 
Service Design Thinking
Service Design ThinkingService Design Thinking
Service Design Thinking
 
Colabora Mundo
Colabora MundoColabora Mundo
Colabora Mundo
 
Laboratorio Criatividade 2016
Laboratorio Criatividade 2016Laboratorio Criatividade 2016
Laboratorio Criatividade 2016
 
Human Centered Design (em português)
Human Centered Design (em português)Human Centered Design (em português)
Human Centered Design (em português)
 
Pocket Content Design Sprint: testando ideias em apenas cinco dias
Pocket Content Design Sprint: testando ideias em apenas cinco diasPocket Content Design Sprint: testando ideias em apenas cinco dias
Pocket Content Design Sprint: testando ideias em apenas cinco dias
 
Projeto 21. Aula 02 : Metodologia HCD : OUVIR. (IDEO)
Projeto 21. Aula 02 : Metodologia HCD : OUVIR. (IDEO)Projeto 21. Aula 02 : Metodologia HCD : OUVIR. (IDEO)
Projeto 21. Aula 02 : Metodologia HCD : OUVIR. (IDEO)
 
Design thinking para quem trabalha em agências de publicidade
Design thinking para quem trabalha em agências de publicidadeDesign thinking para quem trabalha em agências de publicidade
Design thinking para quem trabalha em agências de publicidade
 
Inovação, Co-Criação e Design Thinking
Inovação, Co-Criação e Design ThinkingInovação, Co-Criação e Design Thinking
Inovação, Co-Criação e Design Thinking
 
Como criar um MVP de alto impacto
Como criar um MVP de alto impactoComo criar um MVP de alto impacto
Como criar um MVP de alto impacto
 

Semelhante a [Oficina] UX e Smart Cities: Aplicando design como forma de pensar

Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxutaApresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Mayra de Souza
 
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdfDesign Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Valter6
 

Semelhante a [Oficina] UX e Smart Cities: Aplicando design como forma de pensar (20)

Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para AndroidIntrodução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
 
Design Sprint - LTUX
Design Sprint - LTUXDesign Sprint - LTUX
Design Sprint - LTUX
 
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do DesignSão Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
 
Hack2B - Design Sprint Workshop
Hack2B - Design Sprint WorkshopHack2B - Design Sprint Workshop
Hack2B - Design Sprint Workshop
 
Design Sprint: seu MLP em até 5 dias.
Design Sprint: seu MLP em até 5 dias.Design Sprint: seu MLP em até 5 dias.
Design Sprint: seu MLP em até 5 dias.
 
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design SprintUI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
 
Google Design Sprint
Google Design SprintGoogle Design Sprint
Google Design Sprint
 
UX para desenvolvedores - Procempa 2016
UX para desenvolvedores - Procempa 2016UX para desenvolvedores - Procempa 2016
UX para desenvolvedores - Procempa 2016
 
User eXperience
User eXperienceUser eXperience
User eXperience
 
Empreendedorismo UFMG - Design Sprint
Empreendedorismo UFMG - Design SprintEmpreendedorismo UFMG - Design Sprint
Empreendedorismo UFMG - Design Sprint
 
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX DesignUX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
 
E- book 6 - Design Thinking em Vendas
E- book 6 - Design Thinking em VendasE- book 6 - Design Thinking em Vendas
E- book 6 - Design Thinking em Vendas
 
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
 
[Stefanini Mindset Experiences] Design Thinking - Dia 1
[Stefanini Mindset Experiences] Design Thinking - Dia 1[Stefanini Mindset Experiences] Design Thinking - Dia 1
[Stefanini Mindset Experiences] Design Thinking - Dia 1
 
Lean Inception Remota.pdf
Lean Inception Remota.pdfLean Inception Remota.pdf
Lean Inception Remota.pdf
 
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxutaApresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
 
Design Centrado no Usuário
Design Centrado no UsuárioDesign Centrado no Usuário
Design Centrado no Usuário
 
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdfDesign Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
 
Startup weekend guia do participante
Startup weekend guia do participante Startup weekend guia do participante
Startup weekend guia do participante
 
Design Thinking em produtos e serviços digitais
Design Thinking em produtos e serviços digitaisDesign Thinking em produtos e serviços digitais
Design Thinking em produtos e serviços digitais
 

Mais de Rafael Burity

[Mentorama] Afinal, qual o papel do UX designer na Transformação digital?
[Mentorama] Afinal, qual o papel  do UX designer na Transformação digital?[Mentorama] Afinal, qual o papel  do UX designer na Transformação digital?
[Mentorama] Afinal, qual o papel do UX designer na Transformação digital?
Rafael Burity
 
[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...
[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...
[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...
Rafael Burity
 
Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...
Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...
Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...
Rafael Burity
 

Mais de Rafael Burity (20)

UX Talks: Current UX market expectations for Designers and Leaders
UX Talks: Current UX market expectations for Designers and LeadersUX Talks: Current UX market expectations for Designers and Leaders
UX Talks: Current UX market expectations for Designers and Leaders
 
Encontrão sobre Heuristicas do DesignTeam
Encontrão sobre Heuristicas do DesignTeamEncontrão sobre Heuristicas do DesignTeam
Encontrão sobre Heuristicas do DesignTeam
 
Data-driven e Customer Experience | Senior Design Experience
Data-driven e Customer Experience | Senior Design Experience  Data-driven e Customer Experience | Senior Design Experience
Data-driven e Customer Experience | Senior Design Experience
 
O design pode (ou deve) ser estratégico
O design pode (ou deve) ser estratégico O design pode (ou deve) ser estratégico
O design pode (ou deve) ser estratégico
 
[Figma Meetup Brasil] Eu realmente preciso ser um líder?
[Figma Meetup Brasil] Eu realmente preciso ser um líder?[Figma Meetup Brasil] Eu realmente preciso ser um líder?
[Figma Meetup Brasil] Eu realmente preciso ser um líder?
 
[Mentorama] Afinal, qual o papel do UX designer na Transformação digital?
[Mentorama] Afinal, qual o papel  do UX designer na Transformação digital?[Mentorama] Afinal, qual o papel  do UX designer na Transformação digital?
[Mentorama] Afinal, qual o papel do UX designer na Transformação digital?
 
Palestra 3: "Estamos resolvendo o problema certo?" - Dia do Programador 2020
Palestra 3: "Estamos resolvendo o problema certo?" - Dia do Programador 2020Palestra 3: "Estamos resolvendo o problema certo?" - Dia do Programador 2020
Palestra 3: "Estamos resolvendo o problema certo?" - Dia do Programador 2020
 
From HCI to UX: Building a New meaning through the history in the industry
From HCI to UX: Building a New meaning through the history in the industryFrom HCI to UX: Building a New meaning through the history in the industry
From HCI to UX: Building a New meaning through the history in the industry
 
Da IHC ao UX: Uma história de ressignificação para o mercado / Webinar BR-CH...
Da IHC ao UX: Uma história de ressignificação  para o mercado / Webinar BR-CH...Da IHC ao UX: Uma história de ressignificação  para o mercado / Webinar BR-CH...
Da IHC ao UX: Uma história de ressignificação para o mercado / Webinar BR-CH...
 
[UX Cafe] O poder da arquitetura de informação na construção de produtos digi...
[UX Cafe] O poder da arquitetura de informação na construção de produtos digi...[UX Cafe] O poder da arquitetura de informação na construção de produtos digi...
[UX Cafe] O poder da arquitetura de informação na construção de produtos digi...
 
[Farol UX Santander] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segur...
[Farol UX Santander] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segur...[Farol UX Santander] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segur...
[Farol UX Santander] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segur...
 
[Ifood] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema
[Ifood] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema[Ifood] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema
[Ifood] Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema
 
[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...
[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...
[UX Conf BR 2019] Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A tr...
 
[GDGSP] android meetup #67 | Realmente preciso de ux no projeto mobile?
[GDGSP] android meetup #67 | Realmente preciso de ux no projeto mobile?[GDGSP] android meetup #67 | Realmente preciso de ux no projeto mobile?
[GDGSP] android meetup #67 | Realmente preciso de ux no projeto mobile?
 
Qual o papel do ux na transformação digital?
Qual o papel do ux na transformação digital?Qual o papel do ux na transformação digital?
Qual o papel do ux na transformação digital?
 
Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema?
Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema?Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema?
Segurança vs UX: Qual relação do usuário com a segurança do sistema?
 
Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...
Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...
Cidades um para um: Governo e Cidadão integrados com transparência, colaboraç...
 
Ux Café s02e05 | 04.06.18 - ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO: Como organizar e prior...
Ux Café s02e05 | 04.06.18 - ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO: Como organizar e prior...Ux Café s02e05 | 04.06.18 - ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO: Como organizar e prior...
Ux Café s02e05 | 04.06.18 - ARQUITETURA DE INFORMAÇÃO: Como organizar e prior...
 
[Palestra] Profissão Designer
[Palestra] Profissão Designer[Palestra] Profissão Designer
[Palestra] Profissão Designer
 
SEGURANÇA X USABILIDADE: Estudando o caso "Havaí" - UX Café s02e01
SEGURANÇA X USABILIDADE: Estudando o caso "Havaí" - UX Café s02e01SEGURANÇA X USABILIDADE: Estudando o caso "Havaí" - UX Café s02e01
SEGURANÇA X USABILIDADE: Estudando o caso "Havaí" - UX Café s02e01
 

[Oficina] UX e Smart Cities: Aplicando design como forma de pensar

  • 1. [Oficina] UX e Smart Cities Aplicando Design como forma de pensar
  • 2. OLÁ! Eu sou Rafael Burity Sou UX LEAD na Atech S.A do Grupo Embraer com mais de 14 anos de experiência no mercado. E comigo estão... Vivi Chiodo Menina da inovação e de tudo um pouco. Adriano Bisca “O piedoso”, desenvolvedor front-end
  • 4. Smart Cities O termo "cidade inteligente" define o novo ambiente urbano, projetado para o governo e cidadão por meio de tecnologias de informação e comunicação. ▸ As tecnologias de informação e comunicação formam a espinha dorsal das cidades inteligentes.
  • 5. Smart Cities O design thinking ajuda a criar cidades que sejam sustentáveis e capazes de evoluir, reformulando os problemas e captando as necessidades reais das pessoas que vivem num ambiente urbano. O UX se concentra, justamente, em captar como os usuários finais interagem com um produto ou serviço, seja ele um aplicativo móvel ou um utilitário público.
  • 6. “Citizen behavior is of course essential to designing effective government solutions. Government innovators must empathize with employees before trying to empathize with residents. Andres Lazo, Director of Citizen-Centered Design in the City of Gainesville, Florida
  • 7. “"A relação de uma pessoa com uma cidade tem sido historicamente muito distante, mas estamos vendo essa lacuna mais próxima, hoje, porque as pessoas estão querendo interagir mais diretamente com suas cidades" Rodrigo Davies, diretor de produtos da plataforma municipal de investimentos em títulos
  • 8.
  • 9. Making it useful. Making it intuitive. Making it human.
  • 11. User Experience (UX) É multidisciplinar, incorporando aspectos da psicologia, antropologia, ciência da computação, design gráfico, design industrial e ciência cognitiva. ▸ Objetivo: Projetar soluções para a experiência de uso dos produtos ou serviços.
  • 12. “Eu inventei o termo porque achava que interface do usuário e usabilidade eram muito restritos, eu queria cobrir todos os aspectos da experiência de uma pessoa com o sistema, incluindo design industrial, gráficos, a interface, a interação física e o manual. Don Norman
  • 13.
  • 14. O que o UX busca? ▸ Entender quem são os usuários, suas características cognitivas, comportamentais. ▸ Entender problemas e dificuldades; ▸ Descobrir o que os faz felizes; ▸ Ajudá-los a atingir seus objetivos.
  • 15. Utilidade, Usabilidade e “Desejabilidade” A utilidade, é essencial, mas deve ser considerada antes do início do projeto. A usabilidade é ainda mais essencial para que você consiga oferecer uma ótima experiência de usuário. A “desejabilidade” é o que separa um ótimo produto do restante.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 21. Jornada do usuário Personas Entrevistas Focus Group Pesquisas Testes de Usabilidade Ferramentas
  • 22. “Design Thinking é uma abordagem centrada nas pessoas para inovação que usa ferramentas dos designers para integrar as necessidades das pessoas, as possibilidades da tecnologia e os requisitos para o sucesso dos negócios” Tim Brown, presidente e CEO, IDEO
  • 23.
  • 24.
  • 25. Princípios Fundamentais ▸ Centrado no usuário ▸ Empatia ▸ Equipe multidisciplinar (diversidade) ▸ Colaboração e Cocriação ▸ Visualização ▸ Prototipação ▸ Teste
  • 26.
  • 27. Design Sprint ▸ 5 dias para criar, desenhar, prototipar e testar uma ideia. Processo de imersão com o objetivo de tangibilizar um conceito de um produto ou serviço Desenvolvido e anunciado pela Google Ventures, um braço do Google focado em testar e acelerar ideias que ainda estão em estágio inicial de desenvolvimento.
  • 28. Para quem é recomendado? ▸ Startups; ▸ Ideias que precisam ser amadurecidas; ▸ Projetos internos. Quando usar? Antes de ... ▸ investir tempo e dinheiro em uma ideia; ▸ um time ágil começar a trabalhar; ▸ começar a desenhar a fundo uma funcionalidade complexa. Quem envolver no sprint? Pelo menos ... ▸ um Designer, Stakeholder, Product Manager, uma pessoa que conhece bem os usuários, e alguém mais técnico (Desenvolvedor). ▸ Um facilitador para comandar as sessões coletivas.
  • 29. Vantagens ▸ Testar uma ideia em apenas uma semana; ▸ Reduzir o risco de falhas; ▸ Aumentar o ganho de eficiência e alinhar a equipe; ▸ Estabelecer um processo inicial ou define a direção para um novo esforço. Dá ao time um atalho para aprender sem construir e lançar o serviço de fato.
  • 30. Processo PREPARAÇÃO SPRINT CONSOLIDAÇÃO PITCH Antes de começar o Design Sprint, você precisa escolher o problema a ser resolvido. Quando estiverem todos alinhados, reúna o time em uma sala, bloqueie o calendário de todo mundo e garanta alguns materiais básicos para usar naquela semana (post-its, caneta, papel, etc.).
  • 31. DIA 02 Divergir DIA 03 Decidir DIA 01 Entender DIA 04 Prototipar DIA 05 Testar SPRINT
  • 33. Preparação Desafio Claro: ▸ Alinhamento com a área de negócios sobre o objetivo e os entregáveis do Design Sprint; ▸ Visão do cliente (Personas), interna e do mercado; Time Multidisciplinar: ▸ Papéis, responsabilidades e envolvimento Espaço Dedicado: ▸ Fator essencial no processo de imersão para que os ruídos externos e a rotina não sirvam como distração. Atividades Programadas
  • 34. Desafio: Transporte Cenário: Com a inauguração da nova estação de Metrô Mackenzie surgiu uma nova dificuldade na saída da faculdade. Problemas (dificuldades): ▸ Estação extremamente lotada ▸ e o ponto de ônibus vazio aumentando o índice de assaltos.
  • 35. Tarefa No universo do [PROBLEMA], temos diversos perfis de pessoas. Cada um possui sua própria jornada, com seus objetivos, expectativas, frustrações e satisfações. Nossa tarefa será pensar em maneiras de ajudar cada uma dessas pessoas, pensando em produtos e serviços que podem auxiliá-los a terem uma vida melhor.
  • 37. [Design Thinking] Mapear Proto-Personas Listar as caracteristicas mais representativas na base de clientes, fatos sociais e relação da persona com o universo delimitado.
  • 38. [Design Thinking] Desenhar Jornada do Usuário Mapear, na perspectiva da pessoa, as etapas, pontos de contato com o produto/serviço e as emoções que ela sente durante esse percurso.
  • 39. 15min
  • 40. [Segunda-Feira] Entender ▸ Delimitar o desafio com o conhecimento do grupo sobre o tema ▸ Reescrever o objetivo da sprint se necessário ▸ Definir as métricas de sucesso da sprint DIA 01 Entender
  • 41. [Segunda-Feira] Entender GANHOS: ▸ Oferecer uma visão do processo do ponto de vista do cliente; ▸ Mapear pontos críticos e oportunidades de melhorias; ▸ Fazer o time ter uma visão holística do serviço e alinhar estratégias. DIA 01 Entender
  • 42. 5min DIA 02 Divergir DIA 03 Decidir DIA 01 Entender DIA 04 Prototipar DIA 05 Testar
  • 43. DIA 02 Divergir [Terça-Feira] Divergir ▸ Cada participante do grupo irá desenhar no mínimo 2 ideias (Uma ideia por folha)
  • 44. 15min DIA 02 Divergir DIA 03 Decidir DIA 01 Entender DIA 04 Prototipar DIA 05 Testar
  • 45. DIA 03 Decidir [Quarta-Feira] Decidir ▸ Apresentar 2 ideias para o grupo. ▸ Votar em 3 funcionalidades ▸ Selecionar a ideia mais votada.
  • 46. 10min DIA 02 Divergir DIA 03 Decidir DIA 01 Entender DIA 04 Prototipar DIA 05 Testar
  • 47. DIA 04 Prototipar [Quinta-Feira] Prototipar ▸ Agrupar as funcionalidades mais votadas em uma única ideia. ▸ Montar jornada e protótipo. ▸ Mostrar sua ideia e colher feedback.
  • 48. 15min DIA 02 Divergir DIA 03 Decidir DIA 01 Entender DIA 04 Prototipar DIA 05 Testar
  • 49. DIA 05 Testar [Sexta-Feira] Testar ▸ Teste com usuário: Mostrar sua ideia para os potenciais usuários do produto, em sessões individuais, e colher feedback. ▸ No fim deve-se reunir para discutir o feedback que receberam dos usuários e decidir se a ideia sobrevive ou não.
  • 50. 15min DIA 02 Divergir DIA 03 Decidir DIA 01 Entender DIA 04 Prototipar DIA 05 Testar
  • 51. Encerrando Consolidação do material produzido e preparação da apresentação para o pitch Desafio ▸ visão cliente, mercado e empresa Aprendizados Oportunidades Protótipos Feedback dos clientes CONSOLIDAÇÃO
  • 52. 5min
  • 54. APRENDIZADO ▸ Durante o sprint, o desafio é refinado pelo time. ▸ Feedback dos “clientes” é essencial para o processo. ▸ Trabalhar com as restrições sistêmicas faz parte da metodologia. ▸ Ao final de cada dia, o grupo deve responder a pergunta do início do dia. ▸ A entrega deve ser o desenho da experiência. ▸ O processo é motivador para todos envolvidos
  • 55. DESAFIOS ▸ Como convencer as pessoas a dedicar uma semana inteira para o processo? ▸ Como valorizar e reconhecer quem participou? ▸ Como multiplicar o processo dentro da empresa? ▸ Como trabalhar com times mais enxutos? ▸ Como trabalhar em menos tempo?