Vegetação do brasileira

2.802 visualizações

Publicada em

Geografia Brasil aula: ?

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.802
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
155
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vegetação do brasileira

  1. 1. VEGETAÇÃO BRASILEIRA
  2. 2. Características: <ul><li>Riqueza vegetal </li></ul><ul><ul><li>Grande extensão territorial e latitudinal </li></ul></ul><ul><ul><li>Diversidades morfoclimáticas </li></ul></ul>
  3. 6. Classificação: <ul><li>I. Formações Arbóreas ou Florestais: </li></ul><ul><ul><li>1. Floresta Amazônica ou Latifoliada Equatorial </li></ul></ul><ul><ul><li>2. Mata Atlântica ou Floresta Latifoliada Tropical </li></ul></ul><ul><ul><li>3. Mata de Pinhais (Araucárias) ou Floresta Aciculifoliada </li></ul></ul><ul><ul><li>4. Mata de Cocais ou Babaçuais </li></ul></ul><ul><ul><li>5. Matas Galerias ou Ciliares </li></ul></ul>
  4. 7. Classificação: <ul><li>II. Formações Arbustivas e Herbáceas </li></ul><ul><ul><li>6. Caatinga </li></ul></ul><ul><ul><li>7. Cerrado </li></ul></ul><ul><ul><li>8. Campos </li></ul></ul><ul><li>III. Formações Complexas e Litorâneas </li></ul><ul><ul><li>9. Complexo do Pantanal </li></ul></ul><ul><ul><li>10. Vegetação Litorânea </li></ul></ul>
  5. 8. FLORESTA LATIFOLIADA EQUATORIAL <ul><li>Floresta Amazônica: </li></ul><ul><li>As florestas são divididas em três tipos : </li></ul>
  6. 9. AS MATAS DE IGAPÓS <ul><li>Ficam em terrenos baixos e próximos de rios, permanentemente inundadas. </li></ul><ul><li>As árvores atingem até 20m de altura, com a maioria de 4 a 5 m </li></ul><ul><li>A Vitória-régia é típica desta região. </li></ul>
  7. 12. AS MATAS DE VÁRZEA <ul><li>Situam-se um pouco acima da mata de Igapó; </li></ul><ul><li>Neste tipo de mata, pode-se encontrar facilmente árvores como a seringueira, coqueiro, e o jatobá. </li></ul>
  8. 14. AS MATAS DE TERRA FIRME <ul><li>Situam-se logo acima da mata de várzea, e nunca é inundada; </li></ul><ul><li>Apresenta altitude correspondente até a 200 m; </li></ul><ul><li>Apresenta vegetação de folhagem permanente; </li></ul><ul><li>O interior desta mata caracteriza-se escuro durante o dia e sem arejamento, com bastante umidade. </li></ul><ul><li>O guaraná e a castanha-do-pará são componentes importantes desta região. </li></ul>
  9. 16. FLORESTA TROPICAL <ul><li>Estende-se nos Estados RN, P A , P B , S E e AL . </li></ul><ul><li>São abundantes nos Estados de B A, ES, RJ, SP, P R , SC e R S . </li></ul><ul><li>V egetação riquíssima e densa, predominando árvores de 20 a 30 metros de folhagem permanente. </li></ul><ul><li>A presenta grande umidade por localizar-se próximo ao mar. </li></ul>
  10. 19. MATAS DE ARAUCÁRIA
  11. 20. <ul><li>R egião Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) predominam campos e matas de araucária. </li></ul><ul><li>Nesta região, predomina os chamados campos limpos. </li></ul><ul><li>Entre as matas, destaca-se mata de araucária ou Pinheiro-do-Paraná. </li></ul><ul><li>É abundante, principalmente nos campos das serras do sul do Brasil. </li></ul><ul><li>Neste local, também é nativa a Erva-Mate. </li></ul>
  12. 23. Região dos cocais
  13. 24. <ul><li>Os coqueiros são vistos em todo o território brasileiro. </li></ul><ul><li>E são numerosos principalmente na transição entre a mata amazônica e a caatinga nordestina </li></ul><ul><li>.Compreende os Estados do Maranhão, Piauí e também em Mato Grosso, Goiás e Rondônia. </li></ul><ul><li>A vegetação é composta de muitas dicotiledôneas e monocotiledôneas (palmeiras do tipo Babaçu e Carnaúba, principalmente) </li></ul>
  14. 28. CAATINGA <ul><li>Este termo tem origem indígena que significa “Mata Branca&quot;. </li></ul><ul><li>Região extremamente seca. </li></ul><ul><li>As caatingas do nordeste estendem-se pelos Estados de Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia e trechos do Norte de Minas Gerais. </li></ul><ul><li>Vegetação heterogênea. </li></ul>
  15. 29. <ul><li>Apesar da predominância de plantas arbustivas, tem-se a presença de árvores baixas e de grandes cactáceas </li></ul><ul><li>É comum árvores de galhos tortuosos e casca espessa, com folhas carnosas e com espinho. </li></ul>
  16. 33. PANTANAL
  17. 34. <ul><li>O pantanal se localiza a oeste de Mato Grosso e se estende pela Bolívia e Paraguai. </li></ul><ul><li>O solo nesta região permanece enxuto apenas na estação seca (Abril a Setembro) </li></ul><ul><li>No restante do ano sofre inundações periódicas dos rios próximos, pertencentes à bacia do rio </li></ul>
  18. 35. <ul><li>Apresenta uma área de 220.000 km2 </li></ul><ul><li>Em épocas de cheia cobre em média 70% desta área, e em época de seca, as gramíneas tornam-se pasto. </li></ul><ul><li>É comum plantas de cerrado em local não inundado </li></ul><ul><li>Também é possível encontrar uma variedade de Vitória-Régia, e são numerosas as plantas aquáticas nesta região. </li></ul>
  19. 38. CERRADO <ul><li>Os campos do planalto central, principalmente os cerrados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, São Paulo, Paraná, Amazônia e tabuleiro do Nordeste. </li></ul><ul><li>Em geral, o campo cerrado é formado por grande quantidade de arbustos e algumas árvores permanentes, e também por ervas e gramíneas efêmeras bastante numerosas. </li></ul>
  20. 39. <ul><li>Em geral, o campo Cerrado é formado por grande quantidade de arbustos árvores permanentes, e também por ervas e gramíneas efêmeras bastante numerosas. As épocas de chuva e seca são bem definidas. </li></ul>
  21. 43. PAMPA/CAMPOS GERAIS <ul><li>Compreende a região sul, especialmente o Rio Grande do Sul. Apresenta típica vegetação rasteira, principalmente de gramíneas, além de outras espécies características. </li></ul>
  22. 47. Região litorânea <ul><li>A vegetação apresenta-se diversificada </li></ul><ul><li>Neste local, é comum vários tipos de algas, líquenes, e vegetação rasteira. </li></ul><ul><li>O litoral lodoso corresponde àquele de solos argilosos (colóides orgânicos), e ocupa depressões onde há acúmulo de água do mar, que se mistura com a doce da planície costeira. </li></ul>
  23. 48. <ul><li>Suas características principais são de solo alagado, movediço, pouco arejado e com salinidade alta, o Manguezal </li></ul><ul><li>Vegetação é pouco rica e com adaptações para fixação e arejamento </li></ul>
  24. 49. RESTINGAS <ul><li>Faixa mais larga das dunas posteriores; </li></ul><ul><li>É comum árvores, arvoretas, pífitas e trepadeiras. </li></ul>
  25. 53. MANGUEZAL <ul><li>Ocupa depressões onde há acúmulo de água do mar, que se mistura com a doce da planície costeira; </li></ul><ul><li>Suas características principais são de solo alagado, movediço, pouco arejado e com salinidade alta; </li></ul><ul><li>A vegetação é pouco rica e com adaptações para fixação e arejamento. </li></ul>

×