SPEDUma Visão GeralProjeto de PesquisaRio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
 Objetivo:◦ Apresentar os aspectos gerais do Sistema Público deEscrituração Digital (SPED). Em que consiste e como éestru...
 O Sistema (SPED)◦ É composto por três grandes subprojetos:Escrituração Contábil Digital, EscrituraçãoFiscal Digital e a ...
Rio de Janeiro, novembro de 2009Rikson CarvalhoSped Contábil Sped Fiscal NF-e gerar os dadoscontábeis por meio deprograma...
 Metodologia◦ Através de Pesquisa Bibliográfica e entrevistasqualitativas em profundidade com perguntasabertas.◦ Atuação ...
 Conclusão◦ Fisco – Unificação: o SPED coloca a disposição daReceita Federal e das secretarias estaduais de fazenda edos ...
 Referencia Bibliográfica RESENDE, Vanessa. Redução de custos e maior transparência para as empresas. Fenacon em Serviço...
Rio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
SPEDUma Visão GeralProjeto de Pesquisa Rikson Carvalho Administração de Empresas – UGF rikson.carvalho@outlook.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)

1.562 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.562
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SPED - Uma Visão Geral (Projeto de Pesquisa)

  1. 1. SPEDUma Visão GeralProjeto de PesquisaRio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
  2. 2.  Objetivo:◦ Apresentar os aspectos gerais do Sistema Público deEscrituração Digital (SPED). Em que consiste e como éestruturado.◦ Demonstrar como serão a emissão das informações,contábeis e fiscais, e transmissão destas a base dosórgãos exigentes.◦ Citar a importância do contabilista e gestor empresarialcom o Sistema a fim de torná-lo eficiente.Rio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
  3. 3.  O Sistema (SPED)◦ É composto por três grandes subprojetos:Escrituração Contábil Digital, EscrituraçãoFiscal Digital e a NF-e.◦ Representa iniciativa integrada dasadministrações tributárias nas três esferasgovernamentais:federal, estadual e municipal.◦ Redução de custos com a dispensa de emissãoe armazenamento de documentos em papel.◦ Melhoria da qualidade da informação;◦ Aperfeiçoamento do combate à sonegaçãoRio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
  4. 4. Rio de Janeiro, novembro de 2009Rikson CarvalhoSped Contábil Sped Fiscal NF-e gerar os dadoscontábeis por meio deprograma aplicativo; validar os dados pormeio do programa PVA(ProgramaValidador de Arquivo)fornecido pelo Sped;assinar digitalmente oarquivo (empresário econtabilista);transmitir para a base dedados do Sped por meiodo programa PVA eefetuar o processo deautenticação dearquivo digital na JuntaComercial correspondente.gerar os dados fiscaispor meio de programaaplicativo e/ou digitaçãode dados;validar os dados pormeio do programa PVA(ProgramaValidador de Arquivo)fornecido pelo Sped;assinar digitalmente oarquivo (representantelegal na RFB);transmitir para a basede dados do Sped pormeio do programa PVAcorrespondente.gerar os dados depedido de Nota FiscalEletrônica e enviarpara a Sefazcorrespondente (WebService) paravalidação;após a autorizaçãode emissão de NF-e, aempresa podegerar o DANFe einiciar a circulação damercadoria;
  5. 5.  Metodologia◦ Através de Pesquisa Bibliográfica e entrevistasqualitativas em profundidade com perguntasabertas.◦ Atuação como RC de empresa desenvolvedora deSoftware de Gestão Empresarial.◦ Estudante de ADM de Empresas◦ Não Conhecimento, conhecimento c/ nãooperacionalidadeRio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
  6. 6.  Conclusão◦ Fisco – Unificação: o SPED coloca a disposição daReceita Federal e das secretarias estaduais de fazenda edos municípios, o mesmo banco de dados doscontribuintes, facilitando o controle e fiscalização◦ Gestor Empresarial e Contabilistas –Maior exposição: Acompanhamento de perto dastransações comerciais. Padronização: Com a integraçãoa forma como as empresas apresentam seus relatóriosse padroniza. Simplificação: Não será mais necessárioarmazenar livros contábeis e fiscais.Desburocratização: Livros contábeis e fiscais passamser eletrônicos e a autenticação é digital. Hoje é feitalevando a documentação nas juntas comerciais e comtodos aqueles inconvenientes próprios do serviço público.Rio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
  7. 7.  Referencia Bibliográfica RESENDE, Vanessa. Redução de custos e maior transparência para as empresas. Fenacon em Serviços – SistemaSescap/Sescon, São Paulo, n.127, p.20-23, 2008. SILVA, P. H. V. Calculador de imposto é coisa do passado. Fenacon em Serviços – Sistema Sescap/Sescon, SãoPaulo, n.127, p.24-25, 2008. NASAJON, Claudio e SANTOS, Eunice. SPED e NF-e – Vem cá que a gente explica! 2009. NASAJON, Claudio. O impacto do SPED nas empresas de serviços contábeis. In: Encontro Nordestino deContabilidade, IX, 2009, São Luis. Agenda Contábil para o desenvolvimento do Nordeste - Cenário e Perspectivas “... SãoLuis: Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Maranhão, 2009. IKEDA, Daisaku. Brasil seja Monarca do mundo, 2006. Disponível em: http://www.bsgi.com.br/extranet Acesso em 27 nov.2009. MOTA, Welinton. SPED muda vida das empresas. 2009. Disponível em:http://www.administradores.com.br/noticias/sped_muda_vida_das_empresas/27672/. Acesso em: 25 nov. 2009. ZANINI, Antonio Mota. Conheça a profissão do novo Contador. 2009. Disponível em:http://www.administradores.com.br/noticias/conheca_a_profissao_do_novo_contador/26242/ Acesso em: 26 nov. 2009. ARAÚJO, Sebastião Guedes. Ausência de conhecimentos sobre o SPED leva empresários a gastos desnecessários. 2009.Disponível em:http://www.administradores.com.br/noticias/ausencia_de_conhecimentos_sobre_o_sped_leva_empresarios_a_gastos_desnecessarios/19997/ Acesso em: 24 nov. 2009. http://www.nasajonsistemas.com.br Acesso em: 23 nov. 2009. http://www.fazenda.gov.br/confaz/confaz/Diversos/Lista_Atualizada_nov_2008_Obrigados_EFD_2009.pdfAcesso em: 29 nov.2009 BRASIL. Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007. Ato COTEPE ICMS nº 95/08 Convênio ICMS nº. 143/06Rio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
  8. 8. Rio de Janeiro, novembro de 2009Rikson Carvalho
  9. 9. SPEDUma Visão GeralProjeto de Pesquisa Rikson Carvalho Administração de Empresas – UGF rikson.carvalho@outlook.com.br

×