Base EstáVel Final

361 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
361
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Base EstáVel Final

  1. 1. Equipa CENTRUM X5
  2. 2. NASCEMOS PRONTOS PARA UMA RELAÇÃO PARENTAL
  3. 3. A Comunicação é o segredo de uma família unida Toda a criança é um comunicador nato! A linguagem é o primeiro sistema de sinais que o bebé usa para se relacionar com o seu meio e para aprender do que o rodeia.
  4. 4. Mãe, Pai, quero colinho! Tenho xixi! Tenho cocó... Dói-me a barriguinha..Dá-me um beijinho! Mãe, tenho soninho, quero miminhos! Quero brincar! Quero a minha chucha
  5. 5. Para um desenvolvimento adequado, precisamos de uma atenção que vai além da alimentação e da protecção contra o frio e os perigos. As crianças necessitam de cuidados emocionais e relacionais
  6. 6. Em função das palavras e emoções que comunicamos às crianças podemos comunicar uma atitude de...
  7. 7. ... Cumplicidade: AMOR CARINHO SENSIBILIDADE CONFORTO COLO ATENÇÃO TERNURA SEGURANÇA CONFIANÇA TOQUE CONSOLO EMPATIA TRANQUILIDADE...
  8. 8. Gosto muito do colinho da minha mãe e dos beijinhos do meu pai. Quando choro, a minha mãe ri para mim e faz- me graçolas e quando tenho Cólicas faz-me massagens na minha bariguinha... Se tenho medo do escuro os meus pais dão-me tranquilidade . São muito carinhosos!
  9. 9. ...Ou pelo contrário de ignorância e desatenção... ABANDONO PERDA REJEIÇÃO INDIFERENÇA CHORO DISTÂNCIA ALHEAMENTO VIOLÊNCIA DEPRESSÃO FRIEZA DEPRESSÃO ABUSOS ALCOOL MEDO ANSIEDADE
  10. 10. Olá, eu sou a Teresinha e estou muito triste... A minha Mãe pega-me ao colo para mamar e eu fico muito contente, mas depois, lá vou eu para a Cama! Os meus pais não me dão muita atenção...a minha mãe às vezes está triste. Gosto que me digam palavras ternurentas mas às vezes a minha mãe parece que está zangada... Quero brincar mas ninguém me liga e quando tenho medo do escuro choro até me deixar dormir...
  11. 11. A atenção dos pais aos sentimentos e necessidades emocionais dos filhos, irá potenciar o desenvolvimento das suas capacidades de empatia e sentimento de segurança.
  12. 12. Um relacionamento saudável com os seus progenitores,permite-lhes que cresçam com uma BASE ESTÁVEL, que se irá reflectir em relacionamentos felizes e saudáveis ao longo da vida.
  13. 13. Assim, crianças que receberam as doses certas de empatia tendem a tornar-se seguras de si mesmase a terem uma atitude aberta e positiva
  14. 14. Uma criança, cujos sentimentos sempre foram ignorados, a quem os pais tratavam com indiferença, fica marcada para toda a vida e torna- se num adulto com dificuldades em se relacionar com os outros.
  15. 15. Estas crianças relacionam-se com os outros, com a mesma indiferença e frieza com que foram tratados. Tendem a ser crianças tristes, que se retraiem emocionalmente. Tornam-se frias e receosas pois falta- lhes o elemento central da amizade: o Afecto.
  16. 16. Uma criança perante emoções menos agradáveis, ao perceber que consegue superá-las, cresce a confiar mais nos outros e em relação a si própria.
  17. 17. É essencial uma relação EU TU na infância, para as crianças poderem ter uma BASE ESTÁVEL e a NOÇÃO DE VINCULAÇÃO
  18. 18. Equipa CENTRUM X5

×