SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Baixar para ler offline
Automação de
     Processos e Serviços
Ricardo Magno
@ricmagno
ricmagno@gmail.com
linkedin.com/in/ricardomagno
ow.ly/i67cc
Célula de carga

• Peso: força gravitacional sofrida por este objeto
  em virtude da atração gravitacional nele exercida
  por um outro corpo massivo.
Célula de carga

• A célula de carga
  elementar é formada por
  extensômetros elétricos
  de resistência ou strain
  gages, que quando
  esticados sofrem uma
  variação na resistência
  proporcional a força
  aplicada
Célula de carga
Nível (Volume)

•   Medição Contínua

•   Medição Pontual
Medição Contínua de Nível

•   Capacitiva

•   Pressão Diferencial

•   Ultra Som

•   Radiação

•   Borbulhamento

•   Pesagem
Medição Contínua Capacitiva

• A medida que o nível
  do tanque aumenta, o
  valor da capacitância
  aumenta
  progressivamente à
  medida que o
  dielétrico ar é
  substituído pelo
  dielétrico líquido a
  medir
Medição Contínua Pressão Diferencial

• O instrumento
  detector chamado
  célula d/p CELL mede
  a pressão exercida
  por um líquido,
  utilizando para tal um
  transmissor de
  células de pressão
  diferencial
Medição Contínua por Ultra Som

• Onda sonora de alta frequencia.
• Velocidade é funçao do módulo volumétrico de
  elasticidade (ou compressão) e da densidade do
  meio no qual se propaga

• Refleção da onda com leve variação de frequencia
Medição Contínua por Ultra som
Medição Contínua por Radiação


               • Fonte de raios gama
                 (emissor)

               • Conjunto de células de
                 medição (receptor)

               • A quantidade de radiação
                 recebida pelo detetor é
                 função da absorção dos
                 raios gama pelo fluido
Medição Contínua por Borbulhamento
Medição Contínua por Borbulhamento
Medição Contínua por Pesagem
Medição Pontual de Nível

•   Condução

•   Bóia

•   Medição magnética por flutuação
Medição por Contatos de Eletrodos

•   Medição de fluidos condutivos, não corrosivos e
    livres de partículas em suspensão

•   O sistema é alimentado com tensão alternada de
    baixo valor (~10V), a fim de evitar a polarização
    dos eletrodos

•   A corrente circulante é proporcional à parcela do
    eletrodo imersa no fluido
Medição Contínua por Contatos de
               Eletrodos

•   Em medições contínuas a sonda é montada
    verticalmente do topo para dentro do
    reservatório, sendo tão profundo quanto o nível
    que se deseje medir.

•   A corrente elétrica circulante é proporcional à
    parcela do eletrodo imersa no fluido
Medição Pontual por Contatos de
       Eletrodos Pontual
Medição Pontual por Bóia
Medição Pontual por Bóia
Medição Pontual Magnética por Flutuação
Medição Pontual Magnética
Proximidade

•   Mecânico

•   Indutivo

•   Capacitivo

•   Fotoelétrico

•   Infravermelho
Mecânico
Indutivo
Capacitivo
Capacitivo
Fotoelétrico
Fotoelétrico por Reflexão
Infravermelho
Encoders (Posição)
Encoders (Posição)
Encoders (Posição)
Instrumentos Especiais

•   pH metro

•   Condutivímetro

•   Densímetro

•   Analisador de percentagem de oxigênio

•   Silicômetro
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Automação de Processos e Serviços: Medição de Nível e Proximidade

ApresentaçãO Medidores De Nivel
ApresentaçãO Medidores De NivelApresentaçãO Medidores De Nivel
ApresentaçãO Medidores De Niveljomartg
 
AULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptx
AULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptxAULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptx
AULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptxDIVAINEFERREIRADEAND1
 
Métodos espectroquímicos
Métodos espectroquímicosMétodos espectroquímicos
Métodos espectroquímicosAndersonNiz
 
Equações e Formulas da Física.
Equações e Formulas da Física.Equações e Formulas da Física.
Equações e Formulas da Física.varzeano07
 
3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptx
3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptx3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptx
3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptxRicardoRosante
 
Montagem de computadores
Montagem de computadoresMontagem de computadores
Montagem de computadoresTiago
 
Espectrofotometria.pptx
Espectrofotometria.pptxEspectrofotometria.pptx
Espectrofotometria.pptxssuser2b53fe
 
Automação de Processos e Serviços - Aula03
Automação de Processos e Serviços - Aula03Automação de Processos e Serviços - Aula03
Automação de Processos e Serviços - Aula03Ricardo Magno Antunes
 
Apostila de fórmulas de Física
Apostila de fórmulas de FísicaApostila de fórmulas de Física
Apostila de fórmulas de FísicaUlysses Silva
 
power point sobre os Tipos de medidores e Terrometro
power point sobre os Tipos de medidores e Terrometropower point sobre os Tipos de medidores e Terrometro
power point sobre os Tipos de medidores e TerrometroClaudio Arkan
 
1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdf
1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdf1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdf
1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdfmarcelamenezes28
 
Eletrotécnica ponte wheatstone
Eletrotécnica ponte wheatstoneEletrotécnica ponte wheatstone
Eletrotécnica ponte wheatstonenbfilho
 
Apostila eletronica analogica basica
Apostila  eletronica analogica basicaApostila  eletronica analogica basica
Apostila eletronica analogica basicaanderssoonn
 
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdfAULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdfeduardomtoledo
 
Aula - Medição de vazão
Aula - Medição de vazão Aula - Medição de vazão
Aula - Medição de vazão Carlos Melo
 

Semelhante a Automação de Processos e Serviços: Medição de Nível e Proximidade (20)

ApresentaçãO Medidores De Nivel
ApresentaçãO Medidores De NivelApresentaçãO Medidores De Nivel
ApresentaçãO Medidores De Nivel
 
Terrometro
TerrometroTerrometro
Terrometro
 
AULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptx
AULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptxAULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptx
AULA - 01- GRANDEZAS ELÉTRICAS E COMO APLICAR NA PRÁTICA.pptx
 
Métodos espectroquímicos
Métodos espectroquímicosMétodos espectroquímicos
Métodos espectroquímicos
 
Apostila de formulas
Apostila de formulasApostila de formulas
Apostila de formulas
 
Equações e Formulas da Física.
Equações e Formulas da Física.Equações e Formulas da Física.
Equações e Formulas da Física.
 
3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptx
3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptx3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptx
3-sensores-e-atuadores-210916104303.pptx
 
Montagem de computadores
Montagem de computadoresMontagem de computadores
Montagem de computadores
 
Curso de montagem e manutenção em computadores
Curso de montagem e manutenção em computadoresCurso de montagem e manutenção em computadores
Curso de montagem e manutenção em computadores
 
Espectrofotometria.pptx
Espectrofotometria.pptxEspectrofotometria.pptx
Espectrofotometria.pptx
 
Automação de Processos e Serviços - Aula03
Automação de Processos e Serviços - Aula03Automação de Processos e Serviços - Aula03
Automação de Processos e Serviços - Aula03
 
Apostila de fórmulas de Física
Apostila de fórmulas de FísicaApostila de fórmulas de Física
Apostila de fórmulas de Física
 
power point sobre os Tipos de medidores e Terrometro
power point sobre os Tipos de medidores e Terrometropower point sobre os Tipos de medidores e Terrometro
power point sobre os Tipos de medidores e Terrometro
 
3 sensores-e-atuadores
3 sensores-e-atuadores3 sensores-e-atuadores
3 sensores-e-atuadores
 
1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdf
1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdf1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdf
1-+Eletro+conceitos+básicos (1).pdf
 
Eletrotécnica ponte wheatstone
Eletrotécnica ponte wheatstoneEletrotécnica ponte wheatstone
Eletrotécnica ponte wheatstone
 
Apostila eletronica analogica basica
Apostila  eletronica analogica basicaApostila  eletronica analogica basica
Apostila eletronica analogica basica
 
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdfAULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
AULA 6 - CIRCUITOS (PARTE 1)_EDITADO.pdf
 
Unidade iv física 13
Unidade iv física 13Unidade iv física 13
Unidade iv física 13
 
Aula - Medição de vazão
Aula - Medição de vazão Aula - Medição de vazão
Aula - Medição de vazão
 

Mais de Ricardo Magno Antunes

Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...
Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...
Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...Ricardo Magno Antunes
 
Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...
Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...
Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...Ricardo Magno Antunes
 
Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...
Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...
Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...Ricardo Magno Antunes
 
Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...
Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...
Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...Ricardo Magno Antunes
 
A Production Model for Construction: A Theoretical Framework
A Production Model for Construction: A Theoretical FrameworkA Production Model for Construction: A Theoretical Framework
A Production Model for Construction: A Theoretical FrameworkRicardo Magno Antunes
 
Building a Better NZ conference 2014
Building a Better NZ conference 2014Building a Better NZ conference 2014
Building a Better NZ conference 2014Ricardo Magno Antunes
 
Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...
Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...
Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...Ricardo Magno Antunes
 
Automação de Processos e Serviços - Aula05
Automação de Processos e Serviços - Aula05Automação de Processos e Serviços - Aula05
Automação de Processos e Serviços - Aula05Ricardo Magno Antunes
 
Automação de Processos e Serviços - Aula02
Automação de Processos e Serviços - Aula02Automação de Processos e Serviços - Aula02
Automação de Processos e Serviços - Aula02Ricardo Magno Antunes
 
Automação de Processos e Serviços - Aula01
Automação de Processos e Serviços - Aula01Automação de Processos e Serviços - Aula01
Automação de Processos e Serviços - Aula01Ricardo Magno Antunes
 
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA Ricardo Magno Antunes
 
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA Ricardo Magno Antunes
 

Mais de Ricardo Magno Antunes (12)

Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...
Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...
Envision of an Integrated Information System for Projectdriven Production in ...
 
Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...
Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...
Dynamics of project-driven systems A production model for repetitive processe...
 
Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...
Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...
Quicker reaction, lower variability: The effect of transient time in flow var...
 
Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...
Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...
Identification of repetitive processes at steady- and unsteady-state: Transfe...
 
A Production Model for Construction: A Theoretical Framework
A Production Model for Construction: A Theoretical FrameworkA Production Model for Construction: A Theoretical Framework
A Production Model for Construction: A Theoretical Framework
 
Building a Better NZ conference 2014
Building a Better NZ conference 2014Building a Better NZ conference 2014
Building a Better NZ conference 2014
 
Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...
Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...
Envoiremental Concerns in Right-of-Way - An International Symposium Series RO...
 
Automação de Processos e Serviços - Aula05
Automação de Processos e Serviços - Aula05Automação de Processos e Serviços - Aula05
Automação de Processos e Serviços - Aula05
 
Automação de Processos e Serviços - Aula02
Automação de Processos e Serviços - Aula02Automação de Processos e Serviços - Aula02
Automação de Processos e Serviços - Aula02
 
Automação de Processos e Serviços - Aula01
Automação de Processos e Serviços - Aula01Automação de Processos e Serviços - Aula01
Automação de Processos e Serviços - Aula01
 
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
 
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA COST BENEFIT ANALYSIS OF  URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
COST BENEFIT ANALYSIS OF URBAN TREE MANAGEMENT IN GOIÂNIA
 

Automação de Processos e Serviços: Medição de Nível e Proximidade