Depoimento Disney 2012

835 visualizações

Publicada em

Saiba como foi o final de semana de meia maratona e maratona na Disney

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
835
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Depoimento Disney 2012

  1. 1. Antes de imprimir, pense no meio ambiente! Direitos reservados © 2000-2012 Assessoria Esportiva Filhos do Vento LTDA 16 de janeiro de 2012. Depoimento sobre o desafio do Pateta (Goofy Challenge), www.equipefdv.com.br maratona, meia maratona, meia maratona do Tico e Teco, . equipefdv@equipefdv.com.br tel: 3176-2096 (horário comercial) Family Run e Kid’s race, na Disney 2012. Prof. Ricardo Sartorato (CREF: 012828 G/RJ) ricardo@equipefdv.com.br Filhos do Vento vão a Disney. Pela segunda vez a equipe Filhos do Vento teve a oportunidade de participar desta sensacional prova, em sua 15ª edição. Muita coisa evoluiu desde 2009, quando fomos pela primeira vez, e, com certeza, para melhor. Em primeiro lugar, o esquema de viagem montado pela LCTour facilitou bastante a questão de translado e acomodação. Ficamos no resort All Star da Disney, o mais próximo do World Wide Sports Disney, onde foi realizada a feira da maratona. O resort também era ao lado do Epcot, o parque que servia como largada e chegada para todas as provas realizadas. Todo o deslocamento entre os parques, feiras e provas era coberto pela Disney, por meio de ônibus a cada 15 min aproximadamente, o que facilitou bastante logística de deslocamento da equipe, sem preocupação com trânsito ou atrasos. Neste ano a Disney promoveu a seguintes provas: Kid’s race (provas de crianças com distâncias variáveis), Family Run (5 km, na sexta-feira, às 6h30), meia maratona (21,1 km, sábado, às 5h50), maratona (42,2 km, domingo, às 5h50) e a mais recente meia maratona de revezamento (21,1 km, domingo, junto com a maratona). O desafio do Pateta consistia em correr a meia maratona e a maratona no dia seguinte, tornando-se um verdadeiro Pateta (mas Pateta é apenas a tradução para o português do nome do personagem Goofy e não uma brincadeira com os “loucos” que correm este desafio). A Disney nunca brinca em serviço e acredito que o fato de terem inovado, realizando mais uma meia maratona de revezamento no dia seguinte a de sábado (a medalha, muito bonita por sinal, era do Tico e Teco, diferente da meia maratona do dia anterior que foi do Pato Donald) foi uma maneira de manter as provas no domingo ainda mais animadas e Vista do pátio e de um dos blocos do resort All Star Sports. cheias. Conceito Disney logo na entrada do Magic Kingdom: “Partners” – “We believe in our Idea: a family park where parents and children could have fun – together” – Walt Disney. Quartos confortáveis deram conta do recado. 1
  2. 2. Antes de imprimir, pense no meio ambiente! Direitos reservados © 2000-2012 Assessoria Esportiva Filhos do Vento LTDA A equipe Filhos do Vento que viajou a Disney era composta por mim (Family Run e desafio do Pateta), Marco Bigatello (Family Run e desafio do Pateta), sua esposa Denise (Family Run) e sua filha Natalia (Family Run), Marcelo Jansen (maratona) e sua esposa (Family Run), Heliana Almeida (meia maratona), David Fialho (maratona), Sérgiowww.equipefdv.com.brequipefdv@equipefdv.com.br Pinheiro (Family Run, meia maratona e meia do Tico), Pedro Palmeira (meia maratona),tel: 3176-2096 (horário comercial) sua esposa Luise (meia maratona) e filhos (provas para crianças), Ana Beatriz (meia maratona) e sua filha (prova para crianças), o próprio Luís Cláudio da LCTour (Family Run e meia maratona) e seus amigos, além de outros simpáticos integrantes que viajaram pelo pacote da LCTour.Da esquerda para direita:Ricardo Sartorato, MarcoBigatello e Marcelo Jansen. Ana Beatriz e sua filha durante a viagem. Luis Cláudio fala sobre a viagem durante o translado para Orlando.Sérgio Pinheiro e Luciano “baiano”, que já saiu da Disney com sangue laranja. Apesar do espaço limitado, a quantidade de expositores impressionava. Fomos à feira da maratona logo em seu primeiro dia, na quinta-feira prévia as provas, e rapidamente pegamos nossos kits e pudemos conhecer os stands de vendas de equipamentos relacionados com a corrida. Apesar de ser num espaço limitado a uma arena esportiva de tamanho médio, havia muitos expositores, das principais marcas. Destaque para os Coordenação novos tênis da Asics, Kayano 18, os cintos de hidratação da Nathan, relógios de todos os tipos e muitos mais acessórios que só podem ser encontrados nas feiras de maratonas. Era tanta coisa para ver e fazer que tivemos que voltar na sexta-feira para explorar mais a feira. Com relação ao kit, vimos de cara uma inovação que ainda não chegou ao Brasil, que são os chips da prova (tanto da meia, maratona ou Pateta) que vêm diretamente colados no verso do número de peito. Pode parecer pouca coisa, mas não ter a chance de esquecer ou perder o chip no pé já foi um grande avanço. Além disso, nunca mais teremos que nos abaixar para retirá-los no final de uma prova. Só quem correu uma maratona sabe como isso é difícil no final... Alexandre Lima Quando chegamos a Orlando o clima estava frio, oscilando entre 10 graus pela manhã e noite e 18 graus de dia. Como Ricardo Sartorato o horário de início das provas era muito cedo, sempre pagamos frio na largada, mas com o desenrolar da prova o clima esquentava. Mas, por sorte, destino ou casualidade, o clima foi melhorando de quinta-feira (muito frio) até a maratona no domingo (agradável) e nos dias que se sucederam (muito agradável). 2
  3. 3. Antes de imprimir, pense no meio ambiente! Direitos reservados © 2000-2012 Assessoria Esportiva Filhos do Vento LTDA O mais cansativo para realizar tantas provas era, sem dúvida, acordar cedo. Com exceção da Family Run e das provas para crianças, que começavam de 6h30 em diante, as demais iniciavam as 5h30. O motivo disso era a grande quantidade de pessoas que www.equipefdv.com.br corriam estas provas e sua própria duração. Além disso, como o percurso contava com equipefdv@equipefdv.com.br passagens por dentro dos parques Magic Kingdom e Epcot, no caso da meia maratona tel: 3176-2096 (horário comercial) de sábado e em todos os parques, para a maratona e a meia do Tico e Teco, estes deveriam estar liberados para os visitantes após aproximadamente às 10h. Para estarmos no local da largada a tempo e com folga, precisávamos levantar as 2h30 da manhã para poder sair do hotel as 3h30. Chegávamos ao local por volta das 4h e seguíamos numa marcha lenta até o local dos porta-volumes. Tudo muito organizado e, ao estilo Disney, com muita animação, música e personagens. Após passar pelo porta- volumes, seguíamos numa rua larga, mas muito cheia com os corredores que seguiam rumo aos currais de largada, o que tornava lento o deslocamento. Esta rua terminava numa larga rodovia, onde se encontravam os currais e o pórtico de largada. Quando finalmente nos posicionávamos para correr já passava das 5h e, em pouco tempo, haveriam as largadas. Sim, largadas, pois para cada curral era feita uma nova largada, com contagem regressiva, fogos de artifício e um show com os lança-chamas na parte de cima do pórtico. Isso tudo com um narrador que entusiasmava ainda mais os participantes, que, segundo o próprio, tinha mais de 30% de brasileiros. Ainda havia,Personagens e cenários separadamente, a largada dos atletas de elite e cadeirantes. A cada nova largadaespeciais foram espalhados aumentava a emoção e a adrenalina para iniciar a corrida.por todo o percurso nas provas Grupo LCTour e Filhos do Vento saem para a retirada de kits de prova no World Wide SportsParticipantes do pacote LCTour na retirada dos kits de prova. Como o clima estava abaixo de 10 graus nem todas as largadas, eram necessárias roupas especiais, casacos de corrida e calças para frio. Conforme a prova acontecia e a temperatura aumentava com a vinda do sol, os casacos iam sendo deixados para trás, jogados no chão para doação. Isso requer uma logística que não estamos acostumados a fazer no Brasil e requer uma calibração de acordo com o dia e horário da prova. Eu, em particular, optei por correr sempre de luvas e calças compridas. Corri a Family Run e a meia maratona com camisa de manga cumprida abaixo da camisa da prova e um casaco. No dia da maratona, em função da longa duração da prova, usei camadas de roupas que ia me desfazendo conforme a prova discorria, chegando a jogar fora uma camisa de manga cumprida e as luvas. Tudo isso para ir me adaptando ao clima e manter o conforto. 3
  4. 4. Antes de imprimir, pense no meio ambiente! Direitos reservados © 2000-2012 www.equipefdv.com.br equipefdv@equipefdv.com.br tel: 3176-2096 (horário comercial)Medalhas da prova Family Run, meia maratona desábado e meia maratona Tico e Teco. Frio na largada e chegada de Family Run. Sérgio Pinheiro posa com as medalhas da Family Run e da meia maratona, na tarde de sábado.Antes da largada da meia maratona, ainda na madrugada de sábado. A Family Run foi uma prova curta e rápida, percorrida dentro Epcot, num pequeno circuito sinuoso, mas com música e numa pista impecável, sem buracos ou desníveis. A largada desta prova, assim como aconteceria nas demais, foi feita após um uma canção do hino dos Estados Unidos. Apesar de cheia no seu começo, as pistas largas ajudariam bastante a dispersar os corredores, ajudando no desenvolvimento. Muita gente estava ali nitidamente para se divertir. Não havia um ar competitivo e todos pareciam estar ali brincando. Foi como uma prévia, quase um aquecimento para as demais provas que viriam. Mas claro que para correr mais de uma prova num espaço de tempo tão curto para se recuperar era necessário sacrificar o tempo em uma delas. E quase todos sacrificaram seus tempos nesta prova. A meia maratona de sábado foi uma prova muito interessante e divertida. Sem o ar desafiante da maratona, os mais de 20.000 corredores pareciam estar ali apenas pela brincadeira da prova. Uma boa parte dos corredores estava fantasiada e muitos levaram suas câmeras para fotografar o que viria pelo percurso. E o que poderia ser mais legal que tirar fotos com seus personagens preferidos durante a prova? Eram montados mini cenários com os personagens, que foram dispostos sistematicamente ao longo do percurso. Podia-se tirar a foto com sua própria câmera ou ainda ser fotografado pelos profissionais da Disney. Além disso, o percurso foi ricamente povoado com luzes, som de bandas, malabares, placas de incentivo, show de carros, um balão, além dos familiares que se concentravam principalmente nos parques Magic Kingdom e Epcot. Isso tornou a prova muito rápida, pois a cada curva, a cada trecho, uma coisa nova ver e ouvir. E mais uma vez, a cada passagem pelos parques, havia mais música e animação. Ao terminar a prova no estacionamento do Epcot, podíamos nos ver chegando num telão que ficava em frente às arquibancadas lotadas. Recebíamos a medalha do Pato Donald, de qualidade que não encontramos nas provas que participamos no Rio. Se o corredor ainda quisesse, poderia gravar na saída da prova seu nome e tempo. Nota 10. 4
  5. 5. Antes de imprimir, pense no meio ambiente! Direitos reservados © 2000-2012 Assessoria Esportiva Filhos do Vento LTDA O dia seguinte era a vez da maratona e da meia maratona de revezamento. Repetimos o mesmo processo do dia anterior, mas desta vez percebia-se uma maior seriedade nos corredores, com menos participantes e sem tanta gente fantasiada. Isso dava um www.equipefdv.com.br pequeno ar do que estava por vir, os longos 42,2 km. Confesso que largar pela terceira equipefdv@equipefdv.com.br vez consecutiva no escuro e frio foi difícil, mas logo nos primeiros km a animação foi tel: 3176-2096 (horário comercial) voltando e, com o raiar do sol, ficou ainda melhor. O esquema montado pela Disney, em relação à hidratação, alimentação, gel e suporte, estavam impecáveis como no dia anterior. E passar por mais parques também animava bastante. Desta vez, o elemento surpresa dos personagens e dos efeitos visuais e de som havia sido perdido para quem correu a meia maratona no dia anterior. Mas é claro que eles trariam algo a mais. Os dois parques que não havíamos passado, Animal Kigdom e Hollywood Studios estavam bem cheios na hora em que passamos. Em momentos de maior “tédio”, nas estradas que circundam os parques, havia muita música, seja com bandas, rádio ou dj. Passamos por lagoas e parques das redondezas. O tempo passava rápido quando se mantém a mente ocupada. E quando menos se esperava, lá estava o Epcot novamente e com ele o final da prova. Mais uma vez tudo foi exemplar e coroado com mais duas medalhas, a do Mickey e do Pateta. Ao contrário do que se pudesse esperar de um circuito sinuoso e sem a blue line (linha que marca a distância oficial), meu relógio registrou 42,6 km, bem menos que na cheiaAna Beatriz e o ganhador da maratona de Berlim (43,5 km). Ou seja, para quem busca recorde pessoal, essa ainda émeia maratona de sábado. também uma excelente prova. Escolhemos o Magic Kingdom para comemorar a conclusão de todas as provas. No final, o castelo é iluminado com luzes e fogos de artifício.Antes da largada da maratona e da meia maratona do Tico e Teco, domingo. Mais medalhas no domingo, desta vez Mickey e Pateta. A maratona da Disney não terminou ali, pois como se sabe, tínhamos muitos parques pela frente. Nesta prova, a viagem de passeio aos parques também faz parte e serve como diversão para toda a família. Conseguimos em muitos momentos estar juntos, quase como numa excursão. Certamente essa prova é uma das mais divertidas e bem estruturadas que pude participar. É uma prova para todos os tipos de corredores, com diferentes níveis de desafio pessoal. A estrutura de alimentação, transporte e o ambiente seguro e controlado da Disney tornam esta prova única e dificilmente de ser repetida em qualquer outro lugar. É uma daquelas que se tem que ter no currículo. Agora que o ano de 2012 já começou com este forte desafio, vamos em busca de outros mais. Teremos a Volta à Ilha, meia e maratona do Rio, além da maratona de Amsterdam e a ultramaratona Comrades. Some a estas ainda muitas provas de 5 km a 21 km. Agora Depois de tantas provas, muita diversão nas visitas aos só falta você escolher a sua e começar a treinar! parques da Universal, Disney e Bush Gardens. 5

×