GESTÃO POR
PROJETOS
Metodologia
METODOLOGIA DE PROJETOS
Um modelo de trabalho
gerador de riqueza, este
é o futuro do trabalho.
PLANEJAMENTO DO PROJETO
• Se o tema é geração de riqueza vamos estruturar o
projeto a partir das quatro dimensões da rique...
DIMENSÃO POTENCIAL
• LÍDER E EQUIPE
 Projeto tem líder!O líder é aquele que vai zelar pela
realização do projeto, com a j...
DIMENSÃO FILOSÓFICA
• Por que esse projeto precisa ser realizado?
• Esta etapa é o inicio de todo o desenho e tem impacto
...
DIMENSÃO CAUSAL
• CLIENTE
 Nesta etapa é eleito o cliente do projeto, ou seja,quem
ganhara algo com a sua realização.Pode...
DIMENSÃO CAUSAL
• Necessidades do cliente
• Não basta conhecer o cliente é preciso ir mais fundo e,
conhecer as necessidad...
COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS
• Nesta etapa devemos identificar as competências
necessárias para que o projeto tenha chances de...
DIMENSÃO ECONÔMICA
• PLANTA DE SERVIÇOS
• É a etapa do encontro do “pensar” com o “fazer”.Na
planta de serviços devem esta...
• ETAPAS DE TRABALHO
• As etapas de trabalho correspondem as ações e reúnem o
conjunto de atividades para atender o client...
JUGULAR
 É o objetivo principal do projeto, a causa que
mobilizará a equipe durante o período de realização. A
jugular es...
DISCIPLINAS APOIADORAS
• Além das competências esta etapa inclui as
disciplinas apoiadoras que devem servir de guia
ao pro...
EXPERIÊNCIAS MEMORÁVEIS
• A experiência que o cliente vive permite a ele formar uma
impressão que pode ser positiva ou neg...
INDICADORES
• Indicadores de desempenho do corpo,da mente e da
alma.
• É preciso saber se o projeto foi ou esta sendo bem ...
• INDICADORES DE ALMA
 Informações provenientes da equipe. Estes
indicadores devem fomentar a comunicação entre os
integr...
• INDICADORES DE CORPO
 Informações com base nos processos de trabalho
realizados. Exemplo: excelência, melhoria,
capacid...
AVALIAÇÃO DO PROJETO
• Quando o projeto acaba a equipe se dissolve. Se o
projeto foi realizado com excelência gera espírit...
Ricardo Pugliesi
rpugliesi@tecnomarketconsult.co
www.tecnomarketconsult.co
Cel.:011-9.6488-2240
Skype:rpugliesi
Gestão por projetos, Project Management
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gestão por projetos, Project Management

434 visualizações

Publicada em

O gerenciamento de Projetos é a forma de desenvolver em equipe trabalho com significado onde todos se envolvem para construir algo de alto desempenho.
Permite aumentar a visão sistêmica de abordar o problema uma vez que a equipe é multifuncional e trás suas visões sobre diferentes ângulos de visão.
Melhora o inter-relacionamento pela oportunidade de cada membro conhecer melhor o parceiro e,se colocar no lugar dele.

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Gestão por projetos, Project Management

  1. 1. GESTÃO POR PROJETOS Metodologia
  2. 2. METODOLOGIA DE PROJETOS Um modelo de trabalho gerador de riqueza, este é o futuro do trabalho.
  3. 3. PLANEJAMENTO DO PROJETO • Se o tema é geração de riqueza vamos estruturar o projeto a partir das quatro dimensões da riqueza.  Dimensão Potencial  Dimensão Filosófica  Dimensão causal  Dimensão econômica  
  4. 4. DIMENSÃO POTENCIAL • LÍDER E EQUIPE  Projeto tem líder!O líder é aquele que vai zelar pela realização do projeto, com a jugular e o cliente em mente e no coração.  Ele guiará a equipe ao longo da realização, zelando pelo cronograma e, também pelo aprendizado e,participação das pessoas.  O líder deve incentivar a equipe a pesquisar, romper fronteiras e, aumentar o próprio repertorio. Deve instigar a curiosidade de cada um.  Outro aspecto importante na formação da equipe é o desejo espontâneo de participar e a complementaridade, que significa sugerir ou mesmo escolher pessoas que podem contribuir para a boa química dessa equipe.
  5. 5. DIMENSÃO FILOSÓFICA • Por que esse projeto precisa ser realizado? • Esta etapa é o inicio de todo o desenho e tem impacto direto na qualidade do projeto.É importante manter a atenção concentrada nas respostas a esta questão. • Começar pela dimensão filosófica permite examinar o significado, que esta por trás da iniciativa. • As razões intrínsecas devem mexer com toda a equipe oferecendo condições para viver o significado do trabalho realizado.
  6. 6. DIMENSÃO CAUSAL • CLIENTE  Nesta etapa é eleito o cliente do projeto, ou seja,quem ganhara algo com a sua realização.Pode ser um cliente externo ou interno.  Também não é preciso que seja um único cliente, mas as pessoas envolvidas precisam ter clareza de quem é este cliente.  O cliente é a maior fonte de inspiração do projeto.
  7. 7. DIMENSÃO CAUSAL • Necessidades do cliente • Não basta conhecer o cliente é preciso ir mais fundo e, conhecer as necessidades dele. Quanto mais profundo for o mergulho para identificar necessidades, mais fáceis serão as demais etapas. • Vamos pensar como as camadas da cebola não nos restringindo aos fatos superficiais, mas indo mais fundo nos interesses, sentimentos e valores. • Isto enriquecerá o projeto ampliando as possibilidades de oferecermos contribuições bastante efetivas, para o cliente e, até surpreendê-lo.
  8. 8. COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS • Nesta etapa devemos identificar as competências necessárias para que o projeto tenha chances de conquistar os resultados desejados. • É quando criamos um ambiente onde as pessoas podem aflorar os conhecimentos e as habilidades já conhecidas e,enriquecem o próprio repertorio buscando novos conhecimentos. • Damos também espaço para talentos adormecidos.
  9. 9. DIMENSÃO ECONÔMICA • PLANTA DE SERVIÇOS • É a etapa do encontro do “pensar” com o “fazer”.Na planta de serviços devem estar registradas as atividades a serem realizadas e os momentos da verdade ou seja,cada episodio de encontro com o cliente,de maneira a causar uma impressão nele. • A planta de serviço permite planejar esses momentos da verdade e oferece a oportunidade de trabalhar cada um desses momentos com o cuidado que o cliente exige.
  10. 10. • ETAPAS DE TRABALHO • As etapas de trabalho correspondem as ações e reúnem o conjunto de atividades para atender o cliente.É o momento de estabelecer o que será necessário realizar para fazer com que o objetivo central (a jugular) se concretize. • As ações devem contribuir para o objetivo central (a jugular) ou serão perda de tempo e dinheiro. • Resumindo: • No início as necessidades do cliente; • No final a satisfação do cliente; • No meio, as ações necessárias para transformar necessidades em satisfação. • As etapas devem enumerar as atividades, ter um responsável, prazo e recursos apontados. Cada etapa tem seu próprio período de realização . O responsável garante a realização. Apontar os recursos é imprescindível para checar a viabilidade.
  11. 11. JUGULAR  É o objetivo principal do projeto, a causa que mobilizará a equipe durante o período de realização. A jugular esta para o projeto assim como a definição de negocio, para a empresa.  Deve conter dois ingredientes essenciais para caracterizá-la:  Presença do cliente direta no enunciado;  A diferença que esse projeto fará para o cliente;  A Jugular deve ser motivadora e,ficar gravada na mente das pessoas.
  12. 12. DISCIPLINAS APOIADORAS • Além das competências esta etapa inclui as disciplinas apoiadoras que devem servir de guia ao projeto:  concentração,  superação,  coerência,  consistência,  contribuição,  retribuição e  cultivo.
  13. 13. EXPERIÊNCIAS MEMORÁVEIS • A experiência que o cliente vive permite a ele formar uma impressão que pode ser positiva ou negativa, de maneira a construir uma imagem, que também pode ser positiva ou negativa. • As experiências memoráveis são o elemento surpresa de cada projeto, gravando uma marca na mente e, na lembrança do cliente. Contribuem, portanto, para desenvolver a relação com ele, no âmbito emocional. • Para que seja contundente, é preciso saber o que ele valoriza e,ritualizar as experiências memoráveis. • Questione o quanto ela é capaz de ser memorável. Planeje-a e estruture-a.
  14. 14. INDICADORES • Indicadores de desempenho do corpo,da mente e da alma. • É preciso saber se o projeto foi ou esta sendo bem sucedido. Portanto, indicadores de desempenho é o termômetro de todo o processo. • Com isso cria-se uma situação de aprendizado capaz de beneficiar toda a equipe, no final do processo. • INDICADORES DE MENTE • São as informações provenientes do cliente. Indicam a maneira como os resultados estão sendo alcançados e percebidos.Exemplo:fidelização,satisfação,captação.
  15. 15. • INDICADORES DE ALMA  Informações provenientes da equipe. Estes indicadores devem fomentar a comunicação entre os integrantes da equipe que compõe o projeto.  Exemplo: aprendizado, motivação, criatividade , entrosamento;
  16. 16. • INDICADORES DE CORPO  Informações com base nos processos de trabalho realizados. Exemplo: excelência, melhoria, capacidade de gerar resultado.  O projeto precisa ter seu próprio painel de controle capaz de permitir a equipe avaliar os trabalhos durante a execução e,ao final,para saber se os resultados planejados foram alcançados.
  17. 17. AVALIAÇÃO DO PROJETO • Quando o projeto acaba a equipe se dissolve. Se o projeto foi realizado com excelência gera espírito de realização e orgulho. • A avaliação é o melhor momento de aprendizagem. Vale fazer perguntas:O que aprendemos com esse projeto? O que faríamos diferente? • Quando líder estimular este dialogo estará incentivando os canais de compartilhamento e aumentando o capital intelectual da empresa.  
  18. 18. Ricardo Pugliesi rpugliesi@tecnomarketconsult.co www.tecnomarketconsult.co Cel.:011-9.6488-2240 Skype:rpugliesi

×