TD - thedeveloper’s conference2010
  C
TrilhadeTestes




      ww
       w .testadores.com
AgilidadecomFerramentasdeAutomação
Com eporquê?(EliasNogueira&JorgeDiz)
   o
Fórm paraauto ação:
    ula      m
Oqueé Auto açãode T
                     m        este
"Opropósitodaauto a detestespodeser resu ida en descritocom
       ...
Auto açãode T é...
            m        este

Usodeferramentasparaajudar/suportaroteste

Autom emam
         ação      b...
Falsas expectativas

U aferra entadetestesauto atizadoséasoluçãode
  m     m                m
todososproblem dequalidade.
...
Falsas expectativas

Testabili-oquê?
V querdizerqueparacriartestesautom
 ocê                              atizadosserá
nec...
Falsas expectativas

Testesauto atizadosém
          m          oleza. Bastagravaradigitaçãoe
oscliquesdom  ouseedepoisexe...
Possíveis a auto ação
                       m

 Tarefas repetitivas                Testesderegressão




                ...
Nãoreco endadoparaauto ação
       m              m

Funcionalidades poucousadas   Funcionalidadesqueexigem
              ...
Principais ferra entasopensource
                m
     Seleniu  m–T  estesAutomatizadosparaW porm Funcionais
            ...
Testabilidade




                (Wanderlei Souza)
Testabilidade

           Capacidadede
           Testar
Testabilidade
AtributosdeQualidade-Norm ISO9126
                         a
Testabilidade

•FatoresdaTestabilidade
•TestesEmbutidos

•Centrabilidade
•SuporteaosTestes

•Observabilidade
Testabilidade
Tudo tem teste
Testabilidade
 Análisedeperfomance

 Análisedelogsclustering
Perfil doprofissional
Detalhista
Perfeccionista
Crítico
Organizado
Aprendizadocontínuo
M Redonda
                    esa

Precisaterconhecimentos
Ferramentasdeautomação
Com o códigotestando
    eçar
Conhec...
Problem emnãotestar osiste a
               as                 m

        Ana m G
           c ulta olemR$2 milhõespor atr...
Referências:
ww .freefoto.org
   w
ww .iterasys.com
   w             .br
ww .sem
   w bugs.blogspot.com
ww .globalcode.com...
Trilha de testes 2010 - Bluesoft Labs
Trilha de testes 2010 - Bluesoft Labs
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trilha de testes 2010 - Bluesoft Labs

780 visualizações

Publicada em

Nesta apresentação mostrei um pouco do que achei interessante no que aconteceu na trilha de testes do TDC 2010.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
780
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trilha de testes 2010 - Bluesoft Labs

  1. 1. TD - thedeveloper’s conference2010 C
  2. 2. TrilhadeTestes ww w .testadores.com
  3. 3. AgilidadecomFerramentasdeAutomação Com eporquê?(EliasNogueira&JorgeDiz) o
  4. 4. Fórm paraauto ação: ula m
  5. 5. Oqueé Auto açãode T m este "Opropósitodaauto a detestespodeser resu ida en descritocom m ção m m te o a aplicaçãodeestratégiase ferra entastendoemvistaa reduçãodo m envolvim hu anoemativida m uaisrepetitivas." ento m des an CemKaner Autordolivro"LessonsLearnedInSoftw T , are esting"
  6. 6. Auto açãode T é... m este Usodeferramentasparaajudar/suportaroteste Autom emam ação bienteágil é aplicaçãodos princípioságeisparaautom atizaroteste
  7. 7. Falsas expectativas U aferra entadetestesauto atizadoséasoluçãode m m m todososproblem dequalidade. as
  8. 8. Falsas expectativas Testabili-oquê? V querdizerqueparacriartestesautom ocê atizadosserá necessáriom odificarosiste a? m
  9. 9. Falsas expectativas Testesauto atizadosém m oleza. Bastagravaradigitaçãoe oscliquesdom ouseedepoisexecutaroscript.
  10. 10. Possíveis a auto ação m Tarefas repetitivas Testesderegressão Sm T oke ests Funcionalidades Cálculos matem ticos á críticas
  11. 11. Nãoreco endadoparaauto ação m m Funcionalidades poucousadas Funcionalidadesqueexigem inspeçãovisual Funcionalidadesnovas Protótipos
  12. 12. Principais ferra entasopensource m Seleniu m–T estesAutomatizadosparaW porm Funcionais eb eios edeAceitação. http://seleniumhq.org JM –T eter estesdeperform emaplicaçõesdediferentestipo ance deservidores(HTTP/HT , SO , JM etc..). TPS AP S, http://jakarta.apache.org/jmeter W –T atir estesAutom atizadosparaW escritosnalinguagemRuby. eb Existemderivaçõesem.Net (W eJava(W atN) atJ) http://watir.com FitNesse–W server, W eferram deT Autom eb iki enta este atizado parasuportarT estesdeAceitação http://jakarta.apache.org/jm eter/
  13. 13. Testabilidade (Wanderlei Souza)
  14. 14. Testabilidade Capacidadede Testar
  15. 15. Testabilidade AtributosdeQualidade-Norm ISO9126 a
  16. 16. Testabilidade •FatoresdaTestabilidade •TestesEmbutidos •Centrabilidade •SuporteaosTestes •Observabilidade
  17. 17. Testabilidade Tudo tem teste
  18. 18. Testabilidade Análisedeperfomance Análisedelogsclustering
  19. 19. Perfil doprofissional Detalhista Perfeccionista Crítico Organizado Aprendizadocontínuo
  20. 20. M Redonda esa Precisaterconhecimentos Ferramentasdeautomação Com o códigotestando eçar Conhecim denegócio ento
  21. 21. Problem emnãotestar osiste a as m Ana m G c ulta olemR$2 milhõespor atra emvôos sos “AGol afirm queum falhanaescaladetrabalhodostripulantes a a provocouosproblem Osistem teriadeixadodecom o as. a putar excessodehorasnajornadanom dejulho.Aoajustaraescala, ês houvefaltadefuncionários. Nestaquarta, 18%dosvôosdaem presa partiramforadohorário.” http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2010/08/anac-aplica-multa-gol-por-atrasos-em-aeroportos.html
  22. 22. Referências: ww .freefoto.org w ww .iterasys.com w .br ww .sem w bugs.blogspot.com ww .globalcode.com w .br ww .nissan.com w perf4j.codehaus.org ww .splunk.com w pagseguro.uol.com .br http://ww .vilarom oveis.com oveisflm w anam .br/m a.htm http://ww .flickr.com w /photos/chaoticserenity/4946508498/

×