SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
Workshop Desenvolvimento Ágil

 O que podemos aprender com Scrum


              nov/2012
Projetos Falham!
PROJETO DE SOFTWARE
•   A experiência de décadas seguindo pesadas práticas prescritivas tornou evidente que:

•   Os detalhes são complexos para as pessoas

•   Os clientes ou usuários não tem certeza do que eles querem

•   Eles tem dificuldade de expressar tudo que querem e sentem

•   Muitos detalhes do que eles querem só serão revelados durante o desenvolvimento

•   Na medida em que elas vêem o produto ser construído, elas mudam de ideia

•   Forças externas (como um produto ou serviço da concorrência) trazem mudanças ou melhorias nos requisitos.


Fonte: Agile and Iterative Development: A Manager’s Guide - Craig Larman
Cascata X Ágil
O MANIFESTO ÁGIL
Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazê-lo.
Através deste trabalho, passamos a valorizar:
 1. Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas
 2. Software em funcionamento mais que documentação abrangente
 3. Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos
 4. Responder a mudanças mais que seguir um plano
Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda.




 http://agilemanifesto.org/
O QUE É SCRUM?
Scrum é um método ágil para gerenciamento de projetos baseado em times pequenos e auto-organizados; forte
visibilidade; e rápida adptação. Jeff Sutherland e Ken Schwaber desenvolveram algumas das práticas originais do Scrum na
Easel em 1994, no entanto suas características tem sido utilizadas em diversos projetos desde 1990. Após isto, Scrum foi
formalizado e apresentado oficialmente na OOPLSA’96 (Object-Oriented Programming, Systems, Languages, and
Applications). Desde então, Sutherland, Schwaber e outros tem estendido e aplicado Scrum em diversas organizações por
todo o mundo, principalmente de TI (Tecnologia da Informação) AdaptWorks
O QUE É O SCRUM?

•   Processo iterativo e incremental para desenvolvimento de qualquer produto e
    gerenciamento de qualquer trabalho.

•   Provê agilidade para responder rapidamente às mudanças de requisitos.

•   Processo ágil com foco na entrega de valor para o negócio no menor tempo.

•   Não tem nada a ver com engenharia.

•   É um framework
FRAMEWORK

                                                  Ferramentas
Papéis                     Reuniões               Product Backlog
                           Sprint Planning        Sprint Backlog
Product Owner
                           Sprint Review          Roadmap
Scrum Master
                           Sprint Retrospective   Burndown Charts
Time de Desenvolvimento
                           Daily Scrum meeting    Elevator Statement
                                                  Product Vision Box
PRODUCT OWNER
“O Product Owner lidera o esforço de desenvolvimento para criar um produto
que gere os benefícios desejados. Isto frequentemente inclui criar a visão do
produto; refinar o Product Backlog; planejar Releases; envolver os clientes, usuários
e outros stakeholders; gerenciar o budget; preparar o lançamento do produto;
participar das reuniões do Scrum; e colaborar com o time.”
Roman Pichler em “Agile Product Management with Scrum”
As responsabilidades
do Product Owner
Ser a Voz do cliente
Definir as funcionalidades
essenciais do produto
Descrever, priorizar e refinar
requisitos continuamente
Ser responsável pelo sucesso
 do produto e pelo ROI...
       ou pelo seu fracasso
Definir datas de Releases;
criar e atualizar Plano de Releases
              e reports
Gerenciar de forma pró-ativa
stakeholders e chickens
Definir metas
Dar direcionamento ao trabalho
Responder diariamente às
questões relacionadas ao projeto
Participar das reuniões do Scrum
Gerenciar o budget
Aceitar ou rejeitar entregas
CARACTERÍSTICAS DESEJADAS

•   Entender necessidades do cliente

•   Tomar decisões e saber quando dizer não

•   Ter habilidade para comunicar a visão do produto

•   Entender o valor do processo criativo

•   Líder / Facilitador

•   Possuir bom relacionamento com stakeholders
Definir a visão do produto
VISÃO DO PRODUTO
     UMA VISÃO É UMA CLARA IMAGEM QUE GERA UMA ATRAÇÃO EMOCIONAL ENTRE PESSOAS E PRODUTO




•   O Product Owner é o responsável pela criação da Visão

•   Ele compartilha essa visão com o time

•   Ele refina essa visão com o time
VISÃO DO PRODUTO
                           UMA VISÃO EFETIVA DEVE RESPONDER ÀS SEGUINTES PERGUNTAS:




•   Quem irá comprar este produto? Quem é o cliente alvo?
    Quem irá usar o produto? Quem são os usuários alvo?

•   Quais “dores do cliente (ou usuários) o produto pretende aliviar? Qual valor o produto adicionará?”

•   Quais atributos o produto precisa possuir para aliviar estas “dores” e quais garantirão o sucesso do produto?

•   Como o produto pode ser comparado a produtos ou alternativas existentes? Quais são os pontos diferenciais deste
    produto?

•   (se aplicável) Qual será o preço alvo do produto? Como a empresa pretende ganhar dinheiro com este produto? Quais
    serão as fontes de faturamento e qual seu modelo de negócios?
Uma boa visão de produto permanece
relativamente constante, ao passo que o
   caminho para implementação da
visão é frequentemente adaptado.
Vamos praticar?
Elevator Satement
Para cliente / público-alvo que necessidade do cliente / público ou
oportunidade, o nome do produto é um categoria do produto que
principal benefício ou razão para comprar o produto.
Diferentemente do principal competidor ou alternativa nosso
produto principal diferenciação.
Product Vision Box
. Nome do Produto
. Gráficos (Logo, Símbolo, etc)
. Três ou quatro pontos chave para “vender” o
produto
. Principais features no verso
. Principais requisitos operacionais
Roadmap
Roadmap é uma linha do Tempo, onde podemos
visualizar graficamente todos os passos que serão necessários,
desde o ponto em que estamos, até alcançar o objetivo
desejado.
Ele pode ser simples, representado apenas por uma linha, ou mais complexo,
representado como um fluxograma detalhado de cada passo apresentado.


Remember the future

 fonte: http://coachingsp.wordpress.com
Product Backlog
PRODUCT BACKLOG
•   Lista de funcionalidades, necessidades, desejos, ...
    Emergentes, priorizados e estimados

•   Uma única lista para múltiplos times

•   Product Owner é o responsável por sua priorização

•   Todos podem contribuir

•   Mantido e postado visivelmente

•   Derivado de uma visão de produto

•   Pode ser escrito no formato de sua preferência: user stories, use cases, features...
User Stories
Como um <PERFIL> eu posso/gostaria/devo   Quem?
   <FUNCTION> para <VALOR AO
           NEGÓCIO>



                                          O que?
   Como um CSPO eu devo REVISAR
   OS CONCEITOS DE SCRUM para
   FACILITAR O APRENDIZADO DE
       TÓPICOS AVANÇADOS
                                          Por que?
Como o propósito de <VALOR AO
NEGÓCIO>, como um <PERFIL> , eu posso/
     gostaria/devo <FUNCTION>
                                         Por que?

  Como o propósito de FACILITAR O        Quem?
    APRENDIZADO DE TÓPICOS
  AVANÇADOS, como um CSPO eu
  devo REVISAR OS CONCEITOS DE
              SCRUM
                                         O que?
Story-Writing Workshop
OBRIGADO!
                Contato:
        ricardo@sthouse.com.br
          55 11 984.443.334
 http://br.linkedin.com/in/ricardoinfante
   http://www.startuphouse.com.br/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumScrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
André Borgonovo
 
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxutaApresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Mayra de Souza
 
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Leonardo Dias Nascimento
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Manoel Pimentel Medeiros
 

Mais procurados (20)

Concepção de um Product Backlog Efetivo
Concepção de um Product Backlog EfetivoConcepção de um Product Backlog Efetivo
Concepção de um Product Backlog Efetivo
 
Workshop Inception Enxuta
Workshop Inception Enxuta Workshop Inception Enxuta
Workshop Inception Enxuta
 
Workshop Inception Enxuta em Joinville na ContaAzul
Workshop Inception Enxuta em Joinville na ContaAzulWorkshop Inception Enxuta em Joinville na ContaAzul
Workshop Inception Enxuta em Joinville na ContaAzul
 
Quem é e qual o papel do Product Owner para o Negócio
Quem é e qual o papel do Product Owner para o NegócioQuem é e qual o papel do Product Owner para o Negócio
Quem é e qual o papel do Product Owner para o Negócio
 
Direto Ao Ponto; criando-produtos de forma enxuta
Direto Ao Ponto; criando-produtos de forma enxutaDireto Ao Ponto; criando-produtos de forma enxuta
Direto Ao Ponto; criando-produtos de forma enxuta
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
 
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
 
Lean Inception
Lean InceptionLean Inception
Lean Inception
 
Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?
Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?
Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?
 
Desenvolvendo produtos enxutos com Lean Inception
Desenvolvendo produtos enxutos com Lean InceptionDesenvolvendo produtos enxutos com Lean Inception
Desenvolvendo produtos enxutos com Lean Inception
 
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumScrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
 
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxutaApresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
Apresentação do vídeo introdutório do workshop inception enxuta
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Workshop MVP Canvas a partir da Lean Inception
Workshop MVP Canvas a partir da Lean InceptionWorkshop MVP Canvas a partir da Lean Inception
Workshop MVP Canvas a partir da Lean Inception
 
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
 
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxutaTDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
 
Palestra sobre metodologia Scrum
Palestra sobre metodologia ScrumPalestra sobre metodologia Scrum
Palestra sobre metodologia Scrum
 
Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
 

Destaque

Ap comercial postalize_casamento
Ap comercial postalize_casamentoAp comercial postalize_casamento
Ap comercial postalize_casamento
Ricardo Infante
 
Agile Brazil 2013 - Product Vision Box
Agile Brazil 2013 - Product Vision BoxAgile Brazil 2013 - Product Vision Box
Agile Brazil 2013 - Product Vision Box
Marcela Guerra
 
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoesGerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Jucioliver
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
lhencar
 

Destaque (9)

Valor... Quem gera? E Como gera?
Valor...Quem gera? E Como gera?Valor...Quem gera? E Como gera?
Valor... Quem gera? E Como gera?
 
Ap comercial postalize_casamento
Ap comercial postalize_casamentoAp comercial postalize_casamento
Ap comercial postalize_casamento
 
Gerenciamento Ágil de Projetos Seguindo as Boas Práticas do PMI
Gerenciamento Ágil de Projetos Seguindo as Boas Práticas do PMIGerenciamento Ágil de Projetos Seguindo as Boas Práticas do PMI
Gerenciamento Ágil de Projetos Seguindo as Boas Práticas do PMI
 
Agile Brazil 2013 - Product Vision Box
Agile Brazil 2013 - Product Vision BoxAgile Brazil 2013 - Product Vision Box
Agile Brazil 2013 - Product Vision Box
 
Dinamica vision box_2013
Dinamica vision box_2013Dinamica vision box_2013
Dinamica vision box_2013
 
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoasDesign Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
 
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - KanbanMetodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
Metodologias Ágeis para Gestão e Planejamento de Projetos Scrum - XP - Kanban
 
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoesGerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
 

Semelhante a Workshop Desenvolvimento Ágil

Metodologia ágil
Metodologia ágilMetodologia ágil
Metodologia ágil
rolfczekus
 

Semelhante a Workshop Desenvolvimento Ágil (20)

Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com Scrum
 
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
Palestra sobre Fundamentos do Scrum e Kanban.
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de Projetos
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 
Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?
Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?
Design Sprint e Lean Inception se complementam. Como?
 
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosCenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
 
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
 
Workshop Inception Enxuta em Brasília
Workshop Inception Enxuta em BrasíliaWorkshop Inception Enxuta em Brasília
Workshop Inception Enxuta em Brasília
 
Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horas
 
O papel do an na agilidade
O papel do an na agilidadeO papel do an na agilidade
O papel do an na agilidade
 
Scrum agil
Scrum agilScrum agil
Scrum agil
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
Treinamento - Product Owner - CLARO-NET-EMBRATEL
Treinamento - Product Owner - CLARO-NET-EMBRATELTreinamento - Product Owner - CLARO-NET-EMBRATEL
Treinamento - Product Owner - CLARO-NET-EMBRATEL
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Back Log User Stories
Back Log User StoriesBack Log User Stories
Back Log User Stories
 
Scrum em 1h.
Scrum em 1h.Scrum em 1h.
Scrum em 1h.
 
Metodologia ágil
Metodologia ágilMetodologia ágil
Metodologia ágil
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 

Último

Último (8)

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 

Workshop Desenvolvimento Ágil

  • 1. Workshop Desenvolvimento Ágil O que podemos aprender com Scrum nov/2012
  • 3. PROJETO DE SOFTWARE • A experiência de décadas seguindo pesadas práticas prescritivas tornou evidente que: • Os detalhes são complexos para as pessoas • Os clientes ou usuários não tem certeza do que eles querem • Eles tem dificuldade de expressar tudo que querem e sentem • Muitos detalhes do que eles querem só serão revelados durante o desenvolvimento • Na medida em que elas vêem o produto ser construído, elas mudam de ideia • Forças externas (como um produto ou serviço da concorrência) trazem mudanças ou melhorias nos requisitos. Fonte: Agile and Iterative Development: A Manager’s Guide - Craig Larman
  • 5. O MANIFESTO ÁGIL Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazê-lo. Através deste trabalho, passamos a valorizar: 1. Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas 2. Software em funcionamento mais que documentação abrangente 3. Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos 4. Responder a mudanças mais que seguir um plano Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda. http://agilemanifesto.org/
  • 6. O QUE É SCRUM? Scrum é um método ágil para gerenciamento de projetos baseado em times pequenos e auto-organizados; forte visibilidade; e rápida adptação. Jeff Sutherland e Ken Schwaber desenvolveram algumas das práticas originais do Scrum na Easel em 1994, no entanto suas características tem sido utilizadas em diversos projetos desde 1990. Após isto, Scrum foi formalizado e apresentado oficialmente na OOPLSA’96 (Object-Oriented Programming, Systems, Languages, and Applications). Desde então, Sutherland, Schwaber e outros tem estendido e aplicado Scrum em diversas organizações por todo o mundo, principalmente de TI (Tecnologia da Informação) AdaptWorks
  • 7. O QUE É O SCRUM? • Processo iterativo e incremental para desenvolvimento de qualquer produto e gerenciamento de qualquer trabalho. • Provê agilidade para responder rapidamente às mudanças de requisitos. • Processo ágil com foco na entrega de valor para o negócio no menor tempo. • Não tem nada a ver com engenharia. • É um framework
  • 8.
  • 9. FRAMEWORK Ferramentas Papéis Reuniões Product Backlog Sprint Planning Sprint Backlog Product Owner Sprint Review Roadmap Scrum Master Sprint Retrospective Burndown Charts Time de Desenvolvimento Daily Scrum meeting Elevator Statement Product Vision Box
  • 10. PRODUCT OWNER “O Product Owner lidera o esforço de desenvolvimento para criar um produto que gere os benefícios desejados. Isto frequentemente inclui criar a visão do produto; refinar o Product Backlog; planejar Releases; envolver os clientes, usuários e outros stakeholders; gerenciar o budget; preparar o lançamento do produto; participar das reuniões do Scrum; e colaborar com o time.” Roman Pichler em “Agile Product Management with Scrum”
  • 12. Ser a Voz do cliente
  • 14. Descrever, priorizar e refinar requisitos continuamente
  • 15. Ser responsável pelo sucesso do produto e pelo ROI... ou pelo seu fracasso
  • 16. Definir datas de Releases; criar e atualizar Plano de Releases e reports
  • 17. Gerenciar de forma pró-ativa stakeholders e chickens
  • 18.
  • 21. Responder diariamente às questões relacionadas ao projeto
  • 25. CARACTERÍSTICAS DESEJADAS • Entender necessidades do cliente • Tomar decisões e saber quando dizer não • Ter habilidade para comunicar a visão do produto • Entender o valor do processo criativo • Líder / Facilitador • Possuir bom relacionamento com stakeholders
  • 26. Definir a visão do produto
  • 27. VISÃO DO PRODUTO UMA VISÃO É UMA CLARA IMAGEM QUE GERA UMA ATRAÇÃO EMOCIONAL ENTRE PESSOAS E PRODUTO • O Product Owner é o responsável pela criação da Visão • Ele compartilha essa visão com o time • Ele refina essa visão com o time
  • 28. VISÃO DO PRODUTO UMA VISÃO EFETIVA DEVE RESPONDER ÀS SEGUINTES PERGUNTAS: • Quem irá comprar este produto? Quem é o cliente alvo? Quem irá usar o produto? Quem são os usuários alvo? • Quais “dores do cliente (ou usuários) o produto pretende aliviar? Qual valor o produto adicionará?” • Quais atributos o produto precisa possuir para aliviar estas “dores” e quais garantirão o sucesso do produto? • Como o produto pode ser comparado a produtos ou alternativas existentes? Quais são os pontos diferenciais deste produto? • (se aplicável) Qual será o preço alvo do produto? Como a empresa pretende ganhar dinheiro com este produto? Quais serão as fontes de faturamento e qual seu modelo de negócios?
  • 29. Uma boa visão de produto permanece relativamente constante, ao passo que o caminho para implementação da visão é frequentemente adaptado.
  • 31. Elevator Satement Para cliente / público-alvo que necessidade do cliente / público ou oportunidade, o nome do produto é um categoria do produto que principal benefício ou razão para comprar o produto. Diferentemente do principal competidor ou alternativa nosso produto principal diferenciação.
  • 32. Product Vision Box . Nome do Produto . Gráficos (Logo, Símbolo, etc) . Três ou quatro pontos chave para “vender” o produto . Principais features no verso . Principais requisitos operacionais
  • 34. Roadmap é uma linha do Tempo, onde podemos visualizar graficamente todos os passos que serão necessários, desde o ponto em que estamos, até alcançar o objetivo desejado. Ele pode ser simples, representado apenas por uma linha, ou mais complexo, representado como um fluxograma detalhado de cada passo apresentado. Remember the future fonte: http://coachingsp.wordpress.com
  • 36. PRODUCT BACKLOG • Lista de funcionalidades, necessidades, desejos, ... Emergentes, priorizados e estimados • Uma única lista para múltiplos times • Product Owner é o responsável por sua priorização • Todos podem contribuir • Mantido e postado visivelmente • Derivado de uma visão de produto • Pode ser escrito no formato de sua preferência: user stories, use cases, features...
  • 38. Como um <PERFIL> eu posso/gostaria/devo Quem? <FUNCTION> para <VALOR AO NEGÓCIO> O que? Como um CSPO eu devo REVISAR OS CONCEITOS DE SCRUM para FACILITAR O APRENDIZADO DE TÓPICOS AVANÇADOS Por que?
  • 39. Como o propósito de <VALOR AO NEGÓCIO>, como um <PERFIL> , eu posso/ gostaria/devo <FUNCTION> Por que? Como o propósito de FACILITAR O Quem? APRENDIZADO DE TÓPICOS AVANÇADOS, como um CSPO eu devo REVISAR OS CONCEITOS DE SCRUM O que?
  • 41. OBRIGADO! Contato: ricardo@sthouse.com.br 55 11 984.443.334 http://br.linkedin.com/in/ricardoinfante http://www.startuphouse.com.br/