Física e Química 7º Ano - Resumo

17.456 visualizações

Publicada em

Resumo do manual novo da ASA com as respectivas questões.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
61
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
904
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Física e Química 7º Ano - Resumo

  1. 1. Em síntese - Constituição do Universo ● Planetas são corpos celestes sem luz própria que orbitam em torno de uma estrela. ● Estrelas são corpos celestes com luz própria, emitem a luz que elas próprias produzem. ● Um sistema planetário é o conjunto formado pelos planetas, por outros corpos não estelares e pela estrela em volta da qual se movem. ● Enxames de estrelas são grupos de estrelas, no máximo um milhão, que se movem em conjunto à volta de um ponto. Podem ser enxames abertos, os mais pequenos, ou enxames globulares, os maiores. ● As galáxias são enormes grupos de estrelas, gases e poeiras que se movem em conjunto à volta de um ponto, o centro da galáxia. Há galáxias em espiral, elípticas e irregulares. ● Os enxames de galáxias são conjuntos de galáxias que se movem em volta de um mesmo ponto. ● Os superenxames, formados por enxames de galáxias que são as maiores estruturas do Universo. ● A Terra move-se em torno de uma estrela, o sol, que pertence à galáxia Via Láctea, ao enxame Grupo Local e ao Superenxame Local ou Superenxame da Virgem. Verifica se sabes 1.1) Indica a principal diferença entre estrela e planeta. 1.2 Explica o que significa dizer que as estrelas são corpos luminosos. 1.3) Seleciona a designação correta para o conjunto formado pelos corpos celestes não estelares e pela estrela em volta da qual se movem. a) Sistema estelar b) Sistema planetário c) Sistema não estelar d) Sistema de estrelas 2) Lê atentamente o texto que se segue: Há galáxias por todo o lado, no Universo: galáxias em espiral, com braços muito apertados ou mais afastados, povoados de estrelas jovens e um núcleo com estrelas mais velhas, outras sem forma definida que têm estrelas muito jovens e outras ainda são galáxias elípticas, as mais comuns, pois representam cerca de 60% das galáxias conhecidas. Pensa-se que a maior parte das galáxias nasce com forma de espiral, mas, à medida que interatuam umas com as outras, esta estrutura desaparece e transformam-se em elípticas, que têm estrelas mais velhas. 2.1) Diz o que entendes por galáxias. 2.2) Associa cada uma das imagens, A, B e C, a um dos tipos de galáxias referidos no texto. 2.3) Com base no texto, indica qual dos três tipos de galáxias tem estrelas mais jovens e qual é o tipo de galáxias formado por estrelas mais velhas. 3.1) Escreve uma frase na qual distingas entre galáxia e enxame de galáxias. 4) Os quasares são os objetos mais distantes do Universo que atualmente conhecemos. Substitui os espaços na frase que se segue pelas designações corretas. O termo quasar significa objeto ____________________ __________________. 5) Classifica cada uma das afirmações que se seguem em verdadeira ou falsa. a) Os planetas são corpos celestes luminosos. ______ b) As estrelas movem-se à volta dos planetas. ______ c) As estrelas produzem luz que emitem. ______ d) As estrelas dos enxames de estrelas movem-se todas em volta de um mesmo ponto. ______ e) As galáxias são enormes conjuntos formados apenas por estrelas. ______ 1
  2. 2. f) As estrelas de uma galáxia movem-se todas em volta de um ponto que é o centro da galáxia. ______ g) A Via Láctea é uma galáxia irregular. ______ h) Os conjuntos de galáxias que se movem em torno de um mesmo ponto chamam-se enxames de galáxias. ____ 6) Hoje sabe-se que a Terra e o Sol são dois pequenos corpos celestes num Universo imenso e que nenhum deles está no centro do Universo. Observa atentamente a figura e completa as frases que se lhe seguem pelos termos corretos, de modo a obteres a legenda de cada imagem. a) O Sol ocupa aproximadamente o centro do _________________. b) O ______________está num dos braços da _____________Via Láctea. c) A Via Láctea pertence a um _______________chamado _________________. d) 0_______________pertence a um dos muitos________________ que constituem o Universo. Em síntese - As constelações ● A Esfera Celeste é uma esfera imaginária que envolve a Terra. ● A superfície da Terra que os nossos olhos abrangem e a partir da qual começa a Esfera Celeste designa-se por horizonte do lugar. ● Constelações são grupos de estrelas que parecem estar próximas umas das outras, formando na Esfera Celeste determinadas figuras. No entanto, essas estrelas estão realmente muito longe umas das outras e nada há de comum entre elas. ● A estrela Polar, que pertence à Ursa Menor, observa-se facilmente no céu prolongando cinco vezes a distância entre as estrelas alfa e beta da Ursa Maior. Esta estrela encontra-se na direção do eixo terrestre e só é observada no hemisfério Norte. Permite localizar o ponto cardeal norte, no hemisfério Norte. ● O Cruzeiro do Sul é uma constelação que só é observada no hemisfério Sul. Esta constelação permite localizar o ponto cardeal sul, no hemisfério Sul. Verifica se sabes 1) Quando, à noite, olhamos para as estrelas, parece que onde a Terra acaba começa uma cúpula esférica escura com inúmeros pontos luminosos nela projetados. 1.1) Seleciona a opção correta para a cúpula esférica referida no início da questão. a) Horizonte do lugar onde nos encontramos b) Esfera Celeste c) Parte da Esfera Celeste que fica acima do nosso horizonte d) Esfera terrestre 1.2 Indica o significado de: 1.2.1) Esfera Celeste; 1.2.2) horizonte do lugar. 2) Há constelações que só são visíveis no hemisfério Norte e outras que vemos apenas no hemisfério Sul. 2.1) Seleciona a afirmação correta para constelações. a) Grupos de estrelas próximas que se movem em volta de um mesmo ponto. b) Grupos de estrelas que, apesar de não terem nada em comum, são vistas na Esfera Celeste bastante próximas, formando figuras. c) Grupos de estrelas, gases e poeiras. d) Pequenos grupos de estrelas muito próximas. 2.2 Indica os nomes de: 2.2.1) duas constelações visíveis no hemisfério Norte; 2.2.2) uma constelação visível no hemisfério Sul. 2
  3. 3. 3) Assinala, entre as afirmações seguintes, as que são verdadeiras (V) para a estrela Polar. a) Estrela que pertence à Ursa Maior. b) Estrela que só é visível do hemisfério Norte. c) Estrela que muda de posição durante a noite. d) Estrela em volta da qual vemos rodar todas as estrelas do céu do hemisfério Norte. e) Estrela que vemos quando nos voltamos para sul. 4) Ao observar o céu verificamos que, durante a noite, as constelações mudam de posição. A figura mostra duas constelações muito conhecidas, observadas a horas diferentes na mesma noite. A letra E assinala uma estrela particularmente importante para os habitantes do hemisfério Norte. 4.1) Escreve os nomes das duas constelações. 4.2) Indica em qual dos sentidos, de este para oeste ou de oeste para este, rodaram as duas constelações durante a noite. 4.3) Diz como se chama a estrela assinalada pela letra E e explica por que motivo ela é tão importante para os habitantes do hemisfério Norte. 5) Observa atentamente a figura e substitui as letras A, B, C e D pelos nomes corretos dos pontos cardeais que lhes correspondem. 6) Seleciona a opção que completa corretamente a frase que se segue: Quando à noite nos encontramos de costas para a estrela Polar temos à nossa frente e à direita, respetivamente, os pontos cardeais: a) norte e sul. b) norte e este. c) sul e norte. d) sul e oeste. 7) Seleciona a afirmação correta: a) Uma das estrelas do Cruzeiro do Sul está no alinhamento do eixo de rotação da Terra. b) O Cruzeiro do Sul permite localizar o sul no hemisfério Norte. c) O Cruzeiro do Sul permite localizar o norte no hemisfério Sul. d) Apenas os habitantes do hemisfério Sul se podem orientar pelo Cruzeiro do Sul. Em síntese - Origem e evolução do Universo ● Os corpos celestes emitem luz que pode ser: luz visível, a que os nossos olhos veem, e luz não visível, que os nossos olhos não veem. ● O Universo foi sendo imaginado de modo diferente ao longo dos tempos: - o modelo geocêntrico, defendido por Ptolomeu, considerava que a Terra estava em repouso no centro do Universo e que todos os astros se moviam à sua volta; - o modelo heliocêntrico, defendido por Copérnico e Galileu, considerava que o Sol ocupava o centro do Universo, movendo-se todos os outros astros, incluindo a Terra, à sua volta. ● Galileu foi pioneiro na utilização do telescópio (luneta) e efetuou descobertas que contribuíram para apoiar o modelo heliocêntrico. ● Os telescópios são meios de observação dos corpos celestes que detetam a luz por eles emitida ou refletida. Podem ser: - telescópios óticos, se detetam luz visível, ou radiotelescópios, os de luz não visível; - telescópios terrestres, que estão no solo, ou telescópios espaciais, que orbitam a Terra. ● As agências espaciais têm programas com missões tripuladas e não tripuladas e observatórios no solo que muito têm contribuído para a evolução do conhecimento sobre o Universo. ● De acordo com a teoria do Big-Bang, o Universo começou com uma enorme explosão a partir de uma pequena massa densa e quente que se foi expandindo e arrefecendo. Verifica se sabes 1) A luz pode ser visível e não visível. 1.1) Seleciona a afirmação correta. a) Toda a luz que existe é visível. b) Os corpos celestes só emitem luz visível. c) Os corpos celestes emitem luz visível e não visível. d) Há luz visível a que os nossos olhos não são sensíveis. 3
  4. 4. 1.2) Escreve uma frase onde distingues luz visível de luz não visível. 1.3) Classifica em visível e não visível as seguintes radiações. Luz vermelha — Luz ultravioleta — Micro-ondas — Luz verde — Raios X 2) Ao longo dos tempos diferentes teorias tentaram explicar a organização dos astros no Universo. Ptolomeu, no século II, e Copérnico, no século XVI, tiveram ideias muito diferentes; um defendeu o modelo heliocêntrico e o outro o modelo geocêntrico. 2.1) Associa cada imagem, A e B, ao modelo que representa e ao nome de quem o defendeu. 2.2) Descreve cada um destes modelos. 3) Desde a Antiguidade até Galileu (séc. XVII) pensava-se que ou a Terra ou o Sol eram o centro do Universo. 3.1) Efetua todas as associações corretas entre as colunas 1 e II. 3.2) Indica duas razões que fizeram com que o modelo geocêntrico de Ptolomeu (séc. II) permanecesse durante toda a Idade Média (até ao séc. XVI). 4) Galileu efetuou observações minuciosas e persistentes dos corpos celestes que se encontram mais próximos da Terra. As conclusões que tirou a partir dessas observações permitiram-lhe apoiar o modelo heliocêntrico de Nicolau Copérnico. 4.1) O que utilizou Galileu, de importante, nas suas observações dos corpos celestes? 4.2) O que observou, de diferente, na superfície da Lua? 4.3) O que descobriu Galileu à volta de Júpiter? 4.4) Como via Galileu o planeta Vénus em sucessivas observações? 4.5) A sociedade da época de Galileu aceitou as ideias defendidas por Galileu para o Universo? Justifica. 5) Depois de Galileu os astrónomos passaram a ter telescópios cada vez mais potentes para observarem os corpos celestes. 5.1) Explica o que é um telescópio. 5.2) Indica a principal diferença entre o funcionamento de um telescópio ótico e de um radiote-lescópio. 5.3) Indica o que são telescópios espaciais e porque são importantes estes telescópios. 6) A NASA é uma agência espacial que desenvolveu e continua a desenvolver vários programas de exploração espacial. 6.1) Indica o nome do programa espacial associado à descida do primeiro homem na superfície lunar. 6.2) Explica porque se diz que esta agência espacial é governamental enquanto a ESA é intergovernamental. 6.3) Um dos programas da NASA, que envolveu também outras agências espaciais, é a Estação Espacial Internacional. Explica em que consiste e para que serve esta estação. 6.4) A NASA teve e continua a ter vários programas não tripulados. Indica porque são importantes estes programas. 7) Os observatórios astronómicos no solo encontram-se no hemisfério Sul, no Chile, país considerado o paraíso dos astrónomos. Explica o que faz do Chile o paraíso dos astrónomos. 8) Completa as frases sobre a teoria do Big-Bang. Os cientistas acreditam que tudo o que existe, ou seja, ________________ teve origem numa massa muito densa e quente, após uma enorme explosão, o ___________________. Isto ocorreu há cerca de ________________ milhões de anos. A partir daí, a matéria foi-se expandindo, _____________ e surgiram as primeiras ____________________.O Universo atual tem milhares de milhão de ________________ e ainda ___________________ continua em ___________________. 9) Como sabes, no Universo as galáxias estão constantemente a afastar-se umas das outras. 9.1) Indica o nome do astrónomo que observou pela primeira vez o afastamento das galáxias. 9.2) Explica, por palavras tuas, como é que a observação do afastamento das galáxias levou os astrónomos a pensar na teoria do Big-Bang. Em síntese - Astros do sistema solar ● O Sistema Solar pode considerar-se constituído por três zonas: 4
  5. 5. ● Os planetas do Sistema Solar são astros que se movem em volta do Sol e têm massa suficiente para que a sua órbita seja bem definida e livre de outros astros. ● São oito os planetas primários do Sistema Solar, que podem ser classificados: - quanto à sua constituição, em rochosos, terrestres ou telúricos — Mercúrio, Vénus, Terra, Marte — e gasosos, ou gigantes gasosos — Júpiter, Saturno, Úrano, Neptuno; - quanto à sua localização, em interiores, os quatro primeiros a contar do Sol, e exteriores, os quatro últimos, estando separados pela cintura de asteroides. ● Todos os planetas têm movimento de translação à volta do Sol e movimento de rotação em torno do eixo imaginário. ● Os satélites de planetas têm movimento de translação à volta do respetivo planeta, movimento de rotação em torno de um eixo imaginário e acompa-nham os planetas no seu movimento em volta do Sol. ● A massa de um planeta é maior do que a dos seus satélites. ● Os planetas anões são semelhantes a planetas mas têm menor massa e a sua órbita não está totalmente livre de outros astros. ● O Sol é a estrela do Sistema Solar. É o astro de maior tamanho e massa do Sistema Solar. ● O Sol tem movimento de translação à volta do centro da galáxia Via Láctea e movimento de rotação em torno de um eixo imaginário. ● Os asteroides são pequenos pedaços de rocha que se movem em torno do Sol. Na sua grande maioria formam a cintura de asteroides, que se situa entre Marte e Júpiter. ● Os cometas são pequenos corpos gelados que têm órbitas muito alongadas. Quando passam perto do Sol tornam-se visíveis. São constituídos por núcleo, cabeleira e caudas. ● Os meteoroides são pedaços de rocha que se movem no espaço interplanetário. Quando caem para a Terra, os mais pequenos chamam-se meteoros e os maiores meteoritos. Verifica se sabes 1) Completa a frase que se segue substituindo os números pelas designações corretas. Todos os planetas do Sistema _________________________ têm movimento de________ à volta do Sol e movimento de ________________em torno do seu________________ ___________________. 2) Seleciona a afirmação correta para os satélites de planetas: a) Movimento de translação de um satélite é o que ele realiza à volta do Sol. b) Há satélites com maior massa do que os correspondentes planetas. c) Movimento de rotação de um satélite é o que ele realiza à volta do respetivo planeta. d) Todos os satélites tem movimento à volta dos respetivos planetas e acompanham-nos no movimento à volta do Sol. 3) Indica o que distingue planetas anões de planetas do Sistema Solar. 4) Seleciona a afirmação correta para o Sol. a) É uma das estrelas do Sistema Solar. b) É um astro imóvel no Universo. c) Tem movimento de translação e de rotação. d) O seu movimento de rotação é em torno do centro da Via Láctea. 5) Observa atentamente a figura. 5.1) Um aluno efetuou a seguinte afirmação: "Esta figura mostra os nove pla-netas do Sistema Solar no seu movimento em volta do Sol." Identifica o que há de errado nesta afirmação e escreve-a devidamente corrigida. 5.2) Indica os nomes dos planetas por ordem crescente da sua distância ao Sol. 5
  6. 6. 5.3) Diz o que representam as linhas brancas da figura e indica a forma dessas linhas. 5.4) Escreve os nomes de dois planetas telúricos e de dois gigantes gasosos. 6) Diz o que são asteroides. 7) Situa no Sistema Solar: a cintura de asteroides e a cintura de Kuiper, apoiando-te num desenho. 8) Os cometas são astros do Sistema Solar que têm aspeto muito diferente quando estão longe do Sol e quando estão perto dele. 8.1) Refere o que há de diferente nos cometas quando estão longe do Sol e quando estão perto. 8.2) Indica o que distingue as órbitas dos cometas das órbitas dos planetas. 8.3) Explica por que razão: 8.3.1) os cometas apresentam caudas que atingem o seu comprimento máximo quando passam muito perto do Sol. 8.3.2) um cometa que agora é visto da Terra só voltará a ser observado daqui a vários anos. 9) Seleciona a afirmação correta. a) As órbitas dos planetas e dos cometas não são complanares. b) As caudas dos cometas orientam-se sempre para o interior da sua órbita. c) Os meteoritos são astros que orbitam em torno do Sol. d) As estrelas cadentes são pequenas estrelas que caem para a Terra. 10) Os astros que fazem parte do Sistema Solar são multas vezes notícia. Responde depois de leres atentamente as duas notícias. a) Indica o nome adequado para o que habitualmente se chama de estrelas cadentes. b) Explica o que há de comum e de diferente entre estrelas cadentes e meteoritos. c) Transcreve da respetiva notícia a causa da chuva de estrelas de 9 de outubro de 1937. d) Indica outra causa da existência de estrelas cadentes e meteoritos. e) Transcreve da respetiva notícia um motivo pelo qual o estudo dos meteoritos é tão importante. Em síntese - Os planetas e suas caraterísticas ● Todos os planetas do Sistema Solar rodam em torno do seu eixo e orbitam em volta do Sol. ● O tempo de uma rotação completa de um planeta chama-se período de rotação: ● O tempo de uma translação completa de um planeta chama-se período de translação: ● Cada planeta do Sistema Solar tem características próprias: 6
  7. 7. Verifica se sabes 1) Consulta, na tabela acima, os períodos de rotação e de translação de quatro planetas do Sistema Solar — Vénus, Terra, Júpiter e Úrano. 1.1) Indica o significado de período de rotação de um planeta. 1.2) Dos quatro planetas, seleciona o que demora menos tempo para realizar uma volta completa em torno do seu eixo. 1.3) Sabendo que um dia em qualquer planeta tem a duração de uma rotação completa, compara a duração de um dia em Vénus com um dia na Terra. 1.4) Dos quatro planetas, seleciona o que demora mais tempo a completar uma órbita à volta do Sol. 1.5) Indica quantas voltas efetua a Terra em torno do Sol enquanto Júpiter dá apenas uma volta. 2) Considera os valores da tabela que se segue: 2.1) Seleciona a opção que completa corretamente a frase seguinte: A massa de Marte é aproximadamente… a) dez vezes maior do que a da Terra. b) dez vezes menor do que a da Terra. c) cem vezes maior do que a da Terra. d) cem vezes menor do que a da Terra. 2.2) Indica o planeta que tem massa mais semelhante à da Terra. 2.3) Escreve os nomes dos planetas do Sistema Solar por ordem crescente de massa. 2.4) Representa num gráfico de barras a massa dos quatro planetas rochosos, considerando como unidade uma barra com 5 cm. 3) A figura representa o Sol e os oito planetas. Associa a cada letra o nome do respetivo planeta. 4) Dos oito planetas que fazem parte do Sistema Solar, indica pelo respetivo nome: 4.1) o menor; 4.8) o que roda em sentido contrário ao de todos os outros; 4.2) o mais parecido com a Terra; 4.9) o que tem um diâmetro praticamente igual ao da Terra; 4.3) o que tem mais luas; 4.10) o que roda mais rapidamente sobre si próprio; 4.4) os que não têm luas 4.11) o que demora mais tempo a efetuar uma translação completa; 4.5) o mais próximo do Sol; 4.12) o que é conhecido por planeta azul; 4.6) o mais afastado do Sol; 4.13) o que é conhecido por planeta vermelho. 4.7) o mais quente; 5. Vénus é um planeta muito peculiar. 5.1 Indica duas características especiais de Vénus relacionadas com a sua rotação e a sua translação. 5.2 Explica por que motivo, apesar de não ser o mais próximo do Sol, Vénus é o planeta mais quente do Sistema Solar. 6. Indica o nome do astrónomo que descobriu as quatro principais luas de Júpiter e o século em que foram descobertas. 7. Neptuno foi descoberto em 1846. Desde a sua descoberta completou apenas uma órbita em volta do Sol. Após consultares a tabela da p. 49, relativa a Neptuno, indica em que ano isto aconteceu. Justifica a tua resposta. Verifica se sabes - Distâncias no Universo 1) Nas igualdades que se seguem substitui as letras pelos números corretos. 5000 km =______________ m (notação cientifica) 2,5 milhões de km = ______________ km (em notação científica) 350 000 000 km =______________ milhões de km 30 biliões de km = ______________ km (em notação científica) 6 000 000 milhões de km = ______________ biliões de km 40 biliões de km =______________ milhões de km (em notação científica) 7
  8. 8. 2. Escreve, na respetiva unidade SI, os seguintes valores: 92 000 km; 48 h; 27 d 3. Escreve por ordem decrescente os números: 6,0 x 107 ; 7,8 x 105 ; 4,0 x 107 ; 1,2 x 1013 4. Escreve por ordem crescente as distâncias:120 000 km; 4,5 x 1012 m; 9,3 milhões de km 5) A distância média de Júpiter ao Sol é aproximadamente 5,2 ua. Converte esta distância a quilómetros. 6) A distância média de Vénus ao Sol é 0,72 ua. Converte esta distância à unidade SI e apresenta o resultado em notação cientifica, considerando que 1ua =150 000 000 km. 7) Seleciona, entre as hipóteses A, B, C e D, a correta para ano-luz. a) Unidade de tempo adequada para medir a idade de qualquer corpo celeste. b) Unidade de distância adequada para medir distâncias no Sistema Solar. c) Unidade de tempo adequada para medir a idade das estrelas. d) Unidade de distância adequada para medir distâncias no Universo além do Sistema Solar. 8. O quadro indica a distância de três estrelas à Terra, em unidades diferentes. 8.1 Exprime as três distâncias em anos-luz para concluíres qual das estrelas está mais próxima da Terra. 8.2 Indica quanto tempo demora a chegar à Terra a luz da estrela Polar. Em síntese - Os movimentos da Terra e suas consequências ●A Terra tem sempre uma metade iluminada pelo Sol, onde é dia, e outra não iluminada, onde é noite. ●A sucessão do dia e da noite é consequência do movimento de rotação da Terra. ●O movimento aparente do Sol, de este para oeste, é também con-sequência do movimento de rotação da Terra de oeste para este. ●O movimento aparente do Sol faz mudar a sombra dos objetos durante o dia. ●O sol e a sombra de um objeto permitem a nossa orientação durante o dia: ●As estações do ano existem porque a Terra tem movimento de translação e o eixo de rotação da Terra é inclinado em relação ao plano da sua órbita. ●O eixo de rotação da Terra faz um ângulo de 23,5° com a linha perpendicular ao plano da órbita. ●Os equinócios e os solstícios dividem o ano em quatro partes — as quatro estações do ano. ●As estações do ano são opostas nos dois hemisférios. ●Alguns planetas do Sistema Solar não têm estações do ano como a Terra. Verifica se sabes 1) A figura representa a Terra face ao Sol, com seis lugares assinalados pelas letras A, B, C, D, E e F. Indica as letras correspondentes a: 1.1) todos os lugares do hemisfério Norte. 1.2) todos os lugares onde é dia. 1.3) o lugar onde o Sol está a nascer. 1.4) o lugar onde é meio-dia. 2) A figura representa um observador e o Sol em três posições diferentes. Com base na figura, indica: 2.1) a designação que se atribui ao movimento do Sol visto da Terra. 2.2) em qual dos sentidos, (1) ou (2), se realiza este movimento do Sol. 2.3) o nome dos pontos cardeais correspondentes a A e C. 2.4) o nome do ponto cardeal indicado pela sombra do observador. Justifica. 8
  9. 9. 3) Dois amigos observam a fotografia de uma paisagem e procuram adivinhar em que parte do dia foi tirada: — o António diz que foi tirada à hora do almoço; — o Francisco diz que pode ter sido tirada ao fim da tarde. Diz como poderá ter argumentado o António para mostrar que tinha razão e que a hipótese do amigo não era possível. 4) Seleciona entre as frases seguintes a verdadeira para o eixo de rotação da Terra. a) É perpendicular ao plano da órbita terrestre. b) Está no plano da órbita terrestre. c) A sua inclinação vai variando à medida que a Terra descreve a sua órbita. d) A sua inclinação mantém-se enquanto a Terra descreve a sua órbita. 5) Seleciona a afirmação correta. a) Há anos em que a translação da Terra demora mais tempo. b) Os anos bissextos têm menos um dia do que os anos comuns. c) O tempo de uma translação completa da Terra é sempre o mesmo. d) Cada estação do ano inicia-se sempre no mesmo dia ao longo dos anos. 6) A figura representa a Terra em quatro posições diferentes durante a translação. 6.1) Completa a frase que se segue, substituindo os nú-meros pela designação correta. A passagem da Terra de A para B demora aproxima-damente___________ e a estação do ano que lhe corresponde no hemisfério Norte é___________. 6.2) Indica a letra correspondente: 6.2.1) ao início do inverno no hemisfério Norte; 6.2.2) ao equinócio de setembro; 6.2.3) à posição da Terra onde a noite é mais longa do que o dia, no hemisfério Sul. 7) Copia a tabela que se segue e completa-a com as datas dos equinócios e dos solstícios e os nomes das estações do ano que se iniciam em cada hemisfério. Em síntese - Os movimentos da Lua e suas fases ● A Lua volta para a Terra sempre a mesma face, porque os seus movimentos de rotação e de translação ocorrem no mesmo sentido, direto, e demoram o mesmo tempo. ● As diferentes formas que a Lua apresenta, quando vista da Terra, chamam-se fases da Lua. ● As fases da Lua são consequência do movimento de translação da Lua em volta da Terra. Devido a este movimento, a face da Lua voltada para a Terra não está sempre igualmente iluminada, apresentando-se, por isso, com diferentes formas. Verifica se sabes 1) Observa atentamente a figura, que representa a Lua em volta da Terra e a Terra em volta do Sol. 9
  10. 10. 1.1) Indica o nome de cada um dos movimentos representados pelas setas com os números 1, 2 e 3. 1.2) Indica o valor correspondente ao: 1.2.1) período de rotação da Terra; 1.2.2) período de rotação da Lua; 1.2.3) período de translação da Terra; 1.2.4) período de translação da Lua. 1.3) Explica por que motivo a Lua volta para a Terra sempre a mesma face. 2) Observa a figura apresentada ao lado. 2.1) Indica em que posições, 1, II, III ou IV, a face da Lua voltada para a Terra: 2.1.1) está toda iluminada; 2.1.2) tem apenas metade iluminada; 2.1.3) está toda às escuras. 2.2) Escreve o nome da fase em que se encontra a Lua em cada uma das posições assinaladas na figura. 3) Observa atentamente as figuras seguintes. 3.1) Indica de que lado, direito ou esquerdo, desenharias o Sol na primeira sequência de imagens (a, b, c, d). Justifica. 3.2) Associa corretamente as letras aos números da figura, de modo a fazeres corresponder a fase da Lua à sua posição na órbita. 4) Um observador no hemisfério Norte da Terra representou desordenadamente diferentes aspe-tos da Lua entre duas luas novas. 4.1) Indica a ordem pela qual surgiram as representações assinaladas pelas letras de A a F, começando pela letra E. 4.2) Representa um aspeto possível da Lua entre B e D. 4.3) Dos aspetos representados, indica o que se observa: 4.3.1) quando a Lua está entre a Terra e o Sol; 4.3.2) quando a Terra está entre a Lua e o Sol. Em síntese - Os eclipses ● Um eclipse é a ocultação total ou parcial de um astro pela sombra ou penumbra de outro astro. 10
  11. 11. ● A passagem da Lua pela sombra ou pela penumbra da Terra provoca os eclipses da Lua, que podem ser totais, parciais ou penumbrais. ● A passagem da Lua em frente ao Sol, projetando na Terra a sombra ou a penumbra, provoca os eclipses do Sol, que podem ser totais, anulares ou parciais. Verifica se sabes 1) Classifica a frase que se segue em verdadeira ou falsa e justifica. Um eclipse não é o desaparecimento de um astro. 2) Indica a fase em que se encontra a Lua quando ocorre: 2.1) um eclipse do Sol; 2.2) um eclipse da Lua. 3. Escreve as duas condições necessárias para ocorrer: 3.1 um eclipse do Sol; 3.2 um eclipse da Lua. 4. Observa as figuras de A a D e seleciona a que se refere a: 4.1 um possível eclipse da Lua; 4.2 um possível eclipse do Sol. 5. Das frases a seguir apresentadas, seleciona as que se referem a eclipses do Sol e as que se referem a eclipses da Lua. a) Ocultação da Lua pela sombra da Terra. b) Ocultação do Sol pela Lua. c) Ocorre quando a Lua se posiciona entre a Terra e o Sol. d) Ocorre quando a Terra se posiciona entre a Lua e o Sol. e) É provocado pela passagem da Lua em frente do Sol. 6. Considera as seguintes sequências: 6.1 Indica qual destas sequências: 6.1.1 é impossível; 6.1.2 pode corresponder a um eclipse da Lua; 6.1.3 pode corresponder a um eclipse do Sol. 6.2 Explica por que motivo não acontece um eclipse do Sol e um eclipse da Lua todos os meses. 6.3 Os eclipses da Lua podem ser totais, parciais e penumbrais. Escreve uma frase onde distingas eclipses totais de penumbrais. 7. Os eclipses do Sol e da Lua podem ser totais ou parciais. 7.1 Considera a figura que se segue. 7.1.1 Transcreve a figura para o caderno e representa: - o cone de sombra da Terra. - a Lua em duas posições, A e B, correspondendo a posição A ao seu eclipse parcial e a posição B ao seu eclipse total. 7.1.2 Transcreve de novo a figura e representa: - a Lua numa posição que origina o eclipse do Sol. - o cone de sombra da Lua. Assinala o local onde ocorre o eclipse total do Sol. 7.2 Explica por palavras tuas o significado da frase. Os eclipses solares podem ser totais para observadores em certos locais da Terra e parciais para observadores noutros locais da Terra. 11
  12. 12. Em síntese - As Forças ● As forças detetam-se através dos efeitos que produzem nos corpos. ● São efeitos das forças a alteração do estado de repouso ou o movimento dos corpos e a sua deformação. ● Há forças de contacto e forças à distância. As forças a distância podem ser atrativas e repulsivas ou sempre atrativas. ● A força é uma grandeza física vetorial, por isso, representa-se por um vetor e simboliza-se por F. ● Os elementos que caracterizam as forças são direção, sentido, ponto de aplicação e intensidade. ● A intensidade das forças mede-se com dinamómetros e exprime-se em newtons, símbolo N. ● Chama-se linha de ação de uma força alinha segundo a qual a força atua. Verifica se sabes 1) Observa a figura e indica: 1.1 o efeito da força que a raqueta exerce na bola. 1.2 o efeito da força que o martelo exerce na lata vazia. 2) Diz, por palavras tuas, o que distingue forças de contacto e forças à distância. 3) Substitui os espaços pelas designações que permitem obter afirmações verdadeiras. a) Qualquer força pode representar-se por meio de um_____________ que é um segmento de reta com uma _____________ numa extremidade. O comprimento do segmento indica _____________ da força e a _____________ indica o sentido da força. b) A unidade SI de intensidade de força chama-se _____________ e simboliza-se por _____________. 4) Indica a designação adequada para: 4.1 as forças, pelo facto de se poderem representar por vetores; 4.2 a natureza da força atrativa entre um íman e um prego; 4.3 as forças que atuam entre dois objetos afastados um do outro; 4.4 o modo como atua a força que um halterofilista exerce quando levanta um haltere; 4.5 a força que a Terra exerce sobre um paraquedista durante a queda. 5) Seleciona a afirmação correta para a força representada. a) A direção e vertical. b) O ponto de aplicação é o ponto Y. c) O valor da força é 1N. d) A intensidade da forca é 4 N. e) 6) Observa a figura. 6.1 Indica o nome do aparelho representado e o que permite medir. 6.2 Indica o alcance deste aparelho. 6.3 Calcula o valor da menor divisão da escala. 6.4 Indica os valores correspondentes às posições X e Y do índice. 7) Observa os vetores da figura. Indica os vetores que representam: 1.1 duas forças com direções diferentes; 1.2 duas forças com o mesmo sentido; 1.3 duas forças com sentidos opostos; 1.4 a força com maior intensidade; 1.5 duas forças com a mesma linha de ação; 1.6 duas forças com igual intensidade. 2) Identifica os elementos que caracterizam cada uma das forças representadas pelos vetores da figura, construindo uma tabela semelhante à da p. 86. 12
  13. 13. 3) Representa por meio de vetores as forças F1, F2 e F3 do quadro seguinte, aplicadas no mesmo ponto. Em síntese – Força gravítica A força responsável pela queda dos corpos para a Terra chama-se força gravítica. É exercida pela Terra e tem: - Ponto de aplicação - no corpo; - Direção - da reta que passa pelo centro da Terra e pelo corpo; - Sentido - do corpo para a Terra. A intensidade da força gravítica exercida pela Terra é tanto maior quanto maior for a massa do corpo e quanto menor for a distância ao centro da Terra. A força responsável pela translação dos planetas à volta do Sol e dos satélites à volta dos planetas e a força gravítica. A sua intensidade é tanto maior quanto maior for a massa dos corpos celestes e quanto menor for a distância entre os seus centros. Verifica se sabes 1) Seleciona a afirmação correta para a força gravítica. a) É uma força de contacto. c) Só depende da massa dos corpos. b) É sempre atrativa. d) Pode ser atrativa ou repulsiva. 2) Observa a figura. 2.1 Desenha uma figura semelhante, no caderno, e representa por meio de um vetor a força que a Terra exerce sobre o corpo. 2.2 Indica a direção e o sentido dessa força. 2.3 Explica o que acontece a intensidade da força exercida neste corpo se for afastado da superfície terrestre. 3) É habitual dizer-se que a força gravítica e uma força central. Procura dar uma explicação para esta designação. 4) Seleciona a situação correspondente ã força gravítica mais intensa. a) Exercida pela Terra sobre um corpo de 2 kg a 6300 km do centro da Terra. b) Exercida pela Terra sobre um corpo de 4 kg a 8000 km do centro da Terra. c) Exercida pela Terra sobre um corpo de 4 kg a 6300 km do centro da Terra. d) Exercida pela Terra sobre um corpo de 2 kg a 8000 km do centro da Terra. 5) Seleciona a afirmação correta para a força responsável pelo movimento da Terra à volta do Sol. a) Tem ponto de aplicação no Sol. b) Pode ser atrativa ou repulsiva. c) Tem sentido do Sol para a Terra. d) Tem a direção da reta que passa pelos centros do Sole da Terra. 6) Observa os esquemas A, B, C e D e seleciona o que representa corretamente a força responsável pelo movimento da Lua à volta da Terra. 7) A Lua move-se a volta da Terra segundo uma órbita elíptica, praticamente circular. Supõe que era possível a força atrativa exercida pela Terra na Lua deixar de existir. Qual das trajetórias. A, B, C ou D, da figura passaria a ser a da Lua? 13
  14. 14. Em síntese – Peso e Massa O peso de um corpo na Terra é a força com que a Terra o atrai. A massa de um corpo é uma medida da quantidade de matéria que o constitui. O peso e a massa de um corpo, no mesmo lugar, são diretamente proporcionais: O peso de um corpo pode variar quando muda de lugar. A massa de um corpo é constante. Na Terra, o peso varia com a latitude e a altitude: - P aumenta quando a latitude aumenta; - P diminui quando a altitude aumenta. Verifica se sabes 1) Completa a frase seguinte substituindo os números pelas designações corretas. O peso de um corpo é a _____________________ com que a _____________________ o _____________________. O peso representa-se por um _____________________com direção _____________________, sentido de _____________________ para _____________________ e ponto de aplicação no _____________________ de _____________________ do corpo. 2) Representa o peso de uma esfera, cujo valor é 10N, usando a escala 1 cm  5 N. 3) Copia o quadro para o caderno e completa-o com as quatro principais diferenças entre massa e peso de um corpo. 4) Um corpo de massa 8,0 kg está num lugar da Terra, onde a constante de proporcionalidade entre peso e massa é 9,8 N/kg. 4.1 Calcula o peso deste corpo. 4.2 Diz o que acontece à massa e ao peso deste corpo se passar do lugar onde se encontra para outro à mesma latitude mas a 5000 m de altitude. 4.3 Calcula o peso deste corpo na Lua, onde a constante de proporcionalidade é 1,6 N/kg. 5) Explica, por palavras tuas, cada um dos seguintes factos: a) No mesmo lugar da Terra, um corpo de massa 20 kg pesa mais do que outro de massa 15 kg. b) O mesmo corpo pesa mais no polo Norte do que em Portugal. c) Um corpo pesa mais no Porto, ao nível das águas do mar, do que no topo do Monte Branco. 6) Um corpo de massa 2 kg, que se encontrava à superfície da Terra, foi colocado a altitude de 3 km e, depois, a 11 km. 6.1Explica o que aconteceu à massa e ao peso do corpo. 6.2) Supõe que o mesmo corpo é colocado em locais a latitudes diferentes: 15°, 45° e 75°, todos à mesma altitude. Explica o que acontece ao peso desse corpo. 14
  15. 15. Em síntese – diversidade de materiais e a sua utilização É possível usar várias classificações dos materiais, que dependem do critério aplicado na classificação. Alguns critérios são: estado físico (sólido, líquido, gasoso), combustibilidade (combustíveis e incombustíveis) e solubilidade em água (muito solúveis e pouco solúveis em água). Todos os materiais podem ser classificados em naturais e manufaturados.  Os materiais naturais constituem recursos que utilizamos tal como existem na Natureza ou para, a partir deles, produzir materiais novos ou extrair materiais diferentes. Os recursos naturais devem ser explorados e utilizados de forma regrada para não comprometer a vida das populações vindouras. A utilização e a transformação de muitos materiais, bem como os resíduos desses materiais, poluem o ar, o solo e a água. A solução do problema dos resíduos passa por reduzir a quantidade de materiais utilizados que originam lixos, reutilizar materiais já utilizados e reciclar, produzindo novos materiais a partir dos resíduos. Verifica se sabes 1. Os materiais podem ser classificados em naturais ou manufaturados. 1.1 Indica o que distingue os dois tipos de materiais. 1.2 Para temperar os alimentos usa-se cloreto de sódio. O cloreto de sódio pode ser extraído da água do mar exposta ao sol nas salinas, sendo depois purificado, ou pode ser retirado diretamente do solo nas minas de sal-gema. Qual das classificações, natural ou manufaturado, é adequada para o material cloreto de sódio em cada caso? Justifica. 2. Considera os materiais: 2.1 Classifica estes materiais de acordo com o seu estado físico. 2.2 Justifica as afirmações A e B, verdadeiras. a) Dos materiais apresentados, apenas dois são recursos naturais. b) O leite apresentado não e um material natural. 2.3 Indica dois materiais combustíveis. 3. Considera os materiais: 3.1 Faz uma lista dos materiais naturais e outra dos manufaturados. 3.2 Completa corretamente a frase seguinte: A magnetite e um do qual se extrai o ferro. 3.3 Efetua a associação correta entre as colunas I e II. 4. Na confeção de vestuário, cortinas, sofás, etc., utilizam-se recursos naturais tais como: 4.1 Estes materiais não são utilizados na confeção tal como existem na Natureza, mas sim depois de tratados. Que designação atribuis aos materiais depois de serem tratados? 4.2 Indica duas peças feitas de cada um destes materiais. Síntese – diversidade de materiais e a sua utilização  Todos os materiais são constituídos por substâncias.  Os materiais podem ser classificados, quanto ao número de componentes, ou seja, quanto ao número de substâncias que os constituem, em substâncias ou misturas 15
  16. 16.  O termo puro tem significados diferentes: - o conceito químico da palavra "puro" é: material constituído por uma só substância; - o significado na linguagem do dia a dia da palavra "puro" é: material não contaminado.  As misturas podem ser heterogéneas, homogéneas ou coloidais. Verifica se sabes 1. Considera os materiais: Classifica cada um dos materiais como substância ou mistura, explicando as razões da tua classificação. (Se desconheces algum dos materiais, procura informar-te na internet ou recorrendo a um dicionário.) 2. O ar que nos envolve tem como componentes mais abundantes nitrogênio e oxigénio, mas também contem vapor de água e dióxido de carbono. Nos últimos tempos, a quantidade de dióxido de carbono tem aumentado porque a atividade industrial e a utilização dos meios de transporte queimam enormes quantidades de gasolina, petróleo e carvão. A queima dos combustíveis origina ainda dióxido de enxofre e óxido de nitrogénio, que tornam a chuva ácida. Classifica os materiais destacados em substâncias ou misturas de substâncias. 3. Habitualmente falamos em: água do mar, água da torneira, água mineral sem gás, água mineral gaseificada e água destilada. Indica em qual dos casos nos referimos a uma substância. Justifica. 4. Nos rótulos das embalagens dos produtos alimentares da figura está escrito o termo puro. Qual o significado do termo “puro" nos rótulos destas embalagens? 5. A figura mostra várias misturas. Classifica estas misturas como homogéneas, heterogéneas ou coloidais. Justifica. 6. Considera os seguintes materiais: Açúcar Areia Carvão em pó Água Álcool Óleo 16
  17. 17. 6.1 Forma um par de materiais que constitua: 6.1.1 uma mistura heterogénea com um sólido depositado num líquido; 6.1.2 uma mistura heterogénea com um sólido em suspensão num líquido; 6.1.3 uma mistura heterogénea sólida; 6.1.4 uma mistura heterogénea de dois líquidos; 6.1.5 uma mistura homogênea líquida; 6.1.6 uma mistura homogênea de um sólido e um líquido. 6.2 Os três líquidos apresentados formam pares de líquidos miscíveis e imiscíveis. 6.2.1 Explica a diferença entre líquidos miscíveis e imiscíveis. 6.2.2 Indica um par de líquidos miscíveis. 6.2.3 Indica um par de líquidos imiscíveis. Em síntese – Soluções Chama-se solução qualquer mistura homogênea. Numa solução há um componente que se chama solvente e outro(s) chamado(s) soluto(s): A composição qualitativa de uma solução indica-nos quais são os seus componentes. A composição quantitativa informa-nos sobre as quantidades relativas dos componentes. Para um dado soluto, no mesmo solvente existem soluções diluídas e concentradas: Chama-se concentração, em massa, de uma solução a massa de soluto existente por unidade de volume da solução. Calcula-se pela expressão: A preparação de uma solução exige a utilização de material/equipamento de laboratório adequado, o conhecimento de regras de segurança e a identificação do significado de sinais de segurança e de pictogramas de perigo nas embalagens de produtos químicos. Verifica se sabes 1. Classifica cada uma das afirmações seguintes em verdadeira (V) ou falsa (F). a) Há soluções que são misturas heterogéneas. b) Nas soluções aquosas o solvente é a água. c) Nas soluções pode existir mais do que um soluto. d) Todas as soluções são líquidas. e) Em qualquer solução há um só soluto, mas pode haver um ou mais solventes. 2. Identifica, para cada uma das seguintes soluções, o(s) soluto(s) e o solvente. 3. A figura mostra a preparação de três soluções aquosas, A, B e C. 3.1 Justifica a seguinte afirmação: As três soluções obtidas têm composição qualitativa igual, mas diferente composição quantitativa. 3.2 Seleciona a solução mais concentrada e a mais diluída. 4. Observa a figura. 4.1 Seleciona a opção que permite calcular a concentração, em massa, da solução obtida. 17
  18. 18. 4.2 Explica como deverias proceder para: 4.2.1 obter uma solução com o dobro da concentração em massa; 4.2.2 obter uma solução mais diluída. 5. Considera os dados da tabela, relativos às soluções X, Y e Z. 5.1 Completa a tabela, calculando os valores de A, B e C. 5.2 Ordena as três soluções, da mais concentrada para a mais diluída. 6. A figura mostra alguma informação que podes ler no rótulo de uma embalagem de leite. 6.1 Lê no rótulo o valor da massa de cálcio existente em 250 mL de leite. 6.2 Calcula a concentração de cálcio no leite, em g/dm3 . 6.3 Sabendo que a dose diária recomendada - DDR – de cálcio para uma pessoa é 800 mg, calcula o volume de leite que precisas de beber para ingerires a DDR de cálcio. 7. Indica o nome de cada uma das peças de laboratório que a seguir se representam. 8) Desenha: 8.1 um funil de vidro; 8.3 um balão de fundo plano; 8.2 uma tina de vidro; 8.4 duas provetas com capacidades diferentes. 9. Nas frases seguintes, das três opções destacadas, seleciona a correta. a) Um tubo de ensaio deve encher-se até metade/um terço/à totalidade da sua capacidade. b) Deve segurar-se num tubo de ensaio com uma mola de madeira/com um pano/diretamente com a mão. c) Um tubo de ensaio deve ser colocado a chama verticalmente/horizontalmente/inclinado, agitando ligeiramente. d) A abertura de um tubo de ensaio deve voltar-se para qualquer lado/no sentido de quem realiza o aquecimento/ de forma a não atingir ninguém. 10. Os rótulos de algumas embalagens apresentam pictogramas de perigo como os da figura. 10.1 Indica o significado de cada um deles. 10.2 Indica um cuidado a ter para a utilização em segurança de produtos com os símbolos B, D e E. Em síntese – Transformações físicas  Sempre que numa transformação não há formação de novas substâncias, diz-se que ocorre uma transformação física. São transformações físicas: - Alterações do estado de divisão das substâncias; - Todas as mudanças de estado físico; - As dissoluções.  Existem fundamentalmente três estados físicos da matéria: sólido, líquido e gasoso. 18
  19. 19.  As mudanças de estado, que ocorrem através de aquecimento ou arrefecimento das substâncias, são:  O ciclo da água corresponde a um conjunto de transformações que permitem a circulação da água na Natureza: - Evapora dos rios, lagos, mares e oceanos; - Condensa, solidifica e funde nas nuvens; - Cai sob a forma de precipitação, regressando à superfície terrestre. Verifica se sabes 1. Indica o significado de transformação física. 2. Considera as transformações evidenciadas nas figuras seguintes. Explica por que motivo se pode afirmar que todas as figuras evidenciam transformações físicas. 3. Efetua todas as associações corretas entre os estados físicos da coluna I e as frases da coluna Il. 4. Substitui as letras de A a D do quadro pelas designações adequadas. 5. Completa a frase que se segue substituindo os números pelas designações corretas. Fusão, __________ e ____________ são transformações ____________ que ocorrem com ____________ energia, enquanto que durante a ____________, a ____________ e a ____________ há libertação de ____________. 6. Seleciona a afirmação correta. a) Cerca de setenta por cento da massa do planeta Terra e água. b) Cerca de setenta por cento da água que forma os oceanos e agua salgada. c) Cerca de setenta por cento da superfície do nosso planeta esta coberta de água. d) Cerca de setenta por cento da água do nosso planeta é água doce. 7. Lembra o ciclo da água e completa as frases seguintes, substituindo os números pelas designações corretas. a) Na água da Terra ocorrem constantes transformações ____________. b) A água do mar aquecida pelo sol ____________. c) O vapor de água, em contacto com as zonas frias da atmosfera, ____________ e forma as ____________. d) Quando as gotículas das nuvens atingem determinado tamanho, ____________ formando a ____________. Nas altas montanhas forma-se ____________. e) A água das chuvas e a que resulta da ____________ do gelo alimenta os ____________ que lançam de novo a água nos ____________. 8. Observa a figura. 8.1 Associa a cada uma das letras, A, B, C e D, o estado físico em que se encontra a água. 8.2 Indica os nomes das duas transformações físicas que ocorrem com a água. 19
  20. 20. Em síntese – transformações químicas Sempre que uma ou mais substâncias se transformam em novas substâncias diferentes das iniciais diz-se que ocorreu uma transformação química. As transformações químicas podem designar-se por reações químicas. As substâncias iniciais designam-se por reagentes. As novas substâncias formadas designam-se por produtos da reação. As equações de palavras são esquemas que representam as reações químicas. Há transformações químicas que ocorrem, de forma espontânea, por junção de substâncias. Síntese química - reações que permitem obter uma substância mais complexa a partir de outras mais simples. Verifica se sabes 1. Indica o significado de transformação química. 2. Considera as transformações evidenciadas nas figuras seguintes. Justifica a seguinte afirmação verdadeira. "Todas as figuras evidenciam transformações químicas por junção de substâncias." 3. O esquema que se segue representa uma reação química. Carbono (s) + oxigénio (g) → dióxido de carbono (g) 3.1 Indica a designação correta para este esquema. 3.2 Seleciona a afirmação correta para a reação química representada. a) Há só um reagente. b) Há apenas dois produtos de reação. c) Os dois reagentes estão no estado sólido. d) Há apenas um produto da reação. 3.3 Substitui os números pelas designações que permitem obter a leitura correta do esquema apresentado. ____________ sólido ____________ com oxigénio ____________, originando____________ ____________. 4. Considera as transformações representadas pelos esquemas de A a E. 4.1 Seleciona o esquema que não representa uma transformação química. Justifica. 4.2 Associa aos restantes esquemas a classificação: transformação por junção de substâncias, termólise, eletrólise ou fotólise. 5. A figura mostra que o óxido vermelho de mercúrio, sólido, quando aquecido à chama da lamparina, transforma-se em novas substâncias. Uma dessas substâncias é mercúrio líquido e a outra é oxigénio gasoso. 5.1 Justifica a seguinte afirmação verdadeira: "Nesta experiência o aquecimento provoca uma transformação química." 5.2 Escreve a equação de palavras que representa esta transformação química. 20
  21. 21. 6. A figura mostra a montagem experimental usada na eletrólise da água. 6.1 Indica o significado do termo eletrólise. 6.2 Recorda o que acontece durante esta eletrólise e: 6.2.1 Escreve os nomes das duas substâncias gasosas que se formam; 6.2.2 Escreve a equação de palavras que representa esta eletrólise. 7) Observa atentamente a figura. 7.1 Faz a legenda da figura, indicando o que corresponde a cada uma das letras A, B, C, D, E e F. 7.2 Indica o nome da transformação que ocorre no interior da tina. 7.3 Escreve o esquema de palavras que representa esta reação química. 8) As soluções de nitrato de prata, muito utilizadas no laboratório, são incolores. Guardadas em frascos de vidro incolor escurecem rapidamente, o mesmo não acontecendo em frascos de vidro escuro. 8.1 Seleciona a opção que indica a causa do escurecimento do nitrato de prata. a) Aquecimento c) Luz b) Corrente elétrica d) Choque 8.2 Diz, justificando, em que tipo de frascos devemos guardar estas soluções. 9) Lê atentamente as descrições A, B e C, correspondentes a reações químicas na vida real. a) Com o tempo, a água oxigenada fica cada vez mais "fraca", pois o seu principal componente, o peróxido de hidrogénio, decompõe-se em água e oxigénio por ação da luz. b) Quando em 1883, na ilha de Krakatoa, um vulcão entrou em erupção, formaram-se no mar ondas gigantes que entraram na câmara magmática. O enorme calor decompôs a água em oxigénio e hidrogénio e a mistura destes gases produziu explosões fortíssimas. c) Há veículos que usam como combustível hidrogénio, em vez de gasolina ou gasóleo. Para produzir industrialmente este combustível recorre-se à água que, por ação da eletricidade, se transforma em hidrogénio e oxigénio. 9.1 Escreve a equação de palavras que representa cada transformação descrita. 9.2 Indica a designação correta para cada uma das reações químicas representadas em 9.1. 10. Considera as equações de palavras: a) hidrogénio (g) + oxigénio (g) → água (g) b) butano (g) + oxigénio (g) → dióxido de carbono (g) + água (g) c) água (t) → oxigénio (g) + hidrogénio (g) d) hidrogénio (g) + nitrogénio (g) → amoníaco (g) 10.1 Seleciona as equações que representam reações de síntese. Justifica 10.2 Qual das equações selecionadas corresponde à reação que permite: (I) - produzir uma substância que é muito usada no fabrico de fertilizantes; (II) - produzir, de forma não poluente, a energia necessária para fazer mover alguns autocarros. Em síntese – Ponto de Fusão e ponto de Ebulição – duas propriedades Físicas O ponto de fusão, p.f., de uma substância é a temperatura a que ocorre a sua fusão, isto é, a passagem do estado sólido a líquido a uma dada pressão. O seu valor é igual ao da temperatura a que ocorre a mudança de estado inversa, isto é, a solidificação, à mesma pressão. O ponto de ebulição, p.e., de uma substância é a temperatura a que ocorre a sua ebulição, ou seja, a passagem rápida e tumultuosa do estado líquido ao estado gasoso, a uma dada pressão. O seu valor é igual ao da temperatura a que ocorre a condensação. Durante a fusão (ou a solidificação) de uma substância coexistem os estados sólido e líquido e a temperatura mantém-se constante. Durante a ebulição (ou a condensação) de uma substância coexistem os estados líquido e gasoso e a temperatura mantém-se constante. A passagem de um líquido ao estado gasoso ocorre lentamente a qualquer temperatura e chama-se evaporação. Quanto menor é o ponto de ebulição de um líquido mais facilmente evapora e diz-se que é mais volátil. Os pontos de fusão e de ebulição são propriedades físicas das substâncias: Têm valores característicos para uma dada substância, que permitem identificá-la. Constituem critérios para avaliar a pureza de um material, isto é, saber se uma substância tem impurezas misturadas. Verifica se sabes 1.1 Observa atentamente a tabela 1(p.167). Indica: 1.1.1 o significado dos valores 660,4 °C e 2470 °C para o alumínio; 1.1.2 a temperatura a que ocorre a solidificação do álcool etílico; 1.1.3 a mudança de estado que ocorre quando se eleva a temperatura da acetona até 56 °C. 21
  22. 22. 1.2 Dos sólidos considerados na tabela 1, indica o que funde a temperatura mais elevada. 1.3 Dos líquidos considerados na tabela 1, indica o que solidifica a temperatura mais baixa. 2) O enxofre é um sólido à temperatura ambiente, com ponto de fusão 112,5 °C e ponto de ebulição 444 °C, à pressão normal. 2.1 Completa corretamente as frases A e B. O ponto de fusão do enxofre é a ____________ à qual esta substância passa do ____________ ____________ ao ____________ ____________. A 90 °C o enxofre encontra-se no estado ____________ a 112,8 °C coexistem os estados ____________ e ____________, a qualquer temperatura superior a 444 °C o enxofre é __________. 2.2 Indica o nome da mudança de estado que ocorre quando a temperatura do enxofre é 444 °C. 2.3 Transcreve para o caderno o sistema de eixos da figura. Traça um gráfico temperatura-tempo de aquecimento possível para uma porção de enxofre aquecido, durante algum tempo, desde 25ºC até 150ºC. 3. Colocou-se um tubo de ensaio com água numa mistura refrigerante e registou-se num gráfico a temperatura em função do tempo de arrefecimento. 3.1 Indica os estados físicos da água, durante os primeiros 8 minutos e os últimos 5 minutos. 3.2 Indica o nome da mudança de estado que ocorre entre os 8 minutos e os 13 minutos. 3.3 Escreve a designação que se atribui ao valor 0 °C para a água. 4. Observa atentamente os gráficos A, B, C e D. 4.1 Indica, pela respetiva letra, o gráfico que se refere: 4.1.1 ao aquecimento de um líquido; 4.1.3 ao arrefecimento de um gás; 4.1.2 ao arrefecimento de um líquido; 4.1.4 ao aquecimento de um sólido. 4.2 Para o gráfico B, indica os estados físicos correspondentes aos ramos I e II. 5. Observa os valores da tabela. Justifica a seguinte afirmação verdadeira. O benzeno e o éter são líquidos à temperatura ambiente, sendo o segundo o líquido mais volátil. 6. Aqueceu-se o líquido contido num tubo de ensaio para saber se se tratava de água pura ou de água açucarada. Com os valores da temperatura e do tempo de aquecimento traçou-se o gráfico da figura. 6.1 Indica o nome da mudança de estado que ocorreu durante o aquecimento do líquido. 6.2 O líquido é água pura ou água açucarada? Justifica. 7. O ar é uma mistura gasosa constituída fundamentalmente por oxigénio e nitrogénio gasosos. Se arrefeceres o ar, qual dos dois gases condensa primeiro? Justifica. (Consulta a tabela 1, pág. 167.) Em síntese – densidade ou massa volúmica – Outra propriedade física A densidade ou massa volúmica de um material calcula-se dividindo a massa pelo volume que ocupa:  O valor da densidade ou massa volúmica corresponde à massa da unidade de volume do material considerado, a uma dada temperatura.  A massa volúmica dos sólidos e dos líquidos exprime-se habitualmente em g/cm3 .  As substâncias têm valores característicos para a densidade, que permitem identificá-las e avaliar o seu grau de pureza.  A densidade explica a flutuação dos corpos na água:  os mais densos do que a água vão ao fundo; 22
  23. 23.  os menos densos flutuam.  Para determinar experimentalmente a densidade de um sólido ou um líquido é necessário medir a sua massa e o seu volume. O volume de um sólido mede-se habitualmente pelo método de deslocamento do líquido. Verifica se sabes 1. Durante uma experiência mediu-se o volume V e a massa m de diferentes amostras de acetona, à mesma temperatura. 1.1 Calcula o quociente m/V para cada amostra. 1.2 Diz o que podes concluir a partir dos resultados obtidos em 1.1. 1.3 Indica o nome da grandeza física que corresponde ao quociente calculado em 1.1. 2. Dois corpos maciços, A e B, têm a massa e o volume indicados na tabela. Calcula a densidade dos corpos A e B e conclui se serão ou não feitos do mesmo material. 3. A densidade da prata é 10,5 g/cm3 . Seleciona a opção que traduz o significado deste valor. a) 1 g de prata tem o volume de 10,5 cm3 . b) 1 cm3 de prata tem a massa de 10,5 g. c) 10,5 g de prata têm o volume de 10,5 cm3 . 4. Observa a tabela. 4.1 Completa a tabela calculando os valores de A (densidade da substância X), B (massa da substância Y) e C (volume da substância Z). 4.2 Das três substâncias, indica a mais densa. 5. Observa atentamente a figura, que mostra uma balança de dois pratos, equilibrada com os cubos X e Y. Seleciona a opção correta para: 5.1 A relação entre as massas dos cubos, m(X) e m(Y). a) m(X) = m(Y) b) m(X) > m(Y) c) m(X) < m(Y) 5.2 A relação entre os volumes dos cubos, V(X) e V(Y). a) V(X) = V(Y) b) V(X) > V(Y) c) V(X) < V(Y) 5.3 A relação entre as densidades dos materiais de que são feitos os cubos, 𝜌 (X) e 𝜌 (Y). 6. As três esferas da figura são feitas de materiais diferentes, têm o mesmo volume mas massas diferentes. Indica, justificando, qual é a esfera de material mais denso e qual é a esfera de material menos denso. 7. A figura mostra um cubo de massa 67,5 g cuja aresta mede 3,0 cm. 7.1 Calcula a densidade do material de que é feito este cubo. 7.2 Sabendo que o cubo é feito de cobre, explica por que motivo se pode concluir que é oco. (Consulta a tabela 2 da p.174) 8. Dois corpos, A e B, têm o mesmo volume, que foi determinado como mostra a figura. A massa de A é 45 g e a de é 60 g. 8.1 Indica: 8.1.1 o volume de líquido contido na proveta, Vi. 8.1.2 o volume do conjunto (líquido + corpo A), Vf. 8.1.3 o volume do corpo A, VA. 8.2 Calcula a densidade do material de que é feito cada um dos corpos. 23

×