Contexto HistóRico Amores InêS Pedro A L T

354 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contexto HistóRico Amores InêS Pedro A L T

  1. 1. Os amores de Inês e Pedro<br />Contexto Histórico<br />
  2. 2. Inês Pires de Castro era filha ilegítima de D. Pedro Fernandez de Castro, poderoso fidalgo castelhano, e irmã de D. Fernando e de D. Álvaro Pires de Castro.<br /> D. Inês era uma das aias de D. Constança, por quem D. Pedro viria a apaixonar-se.<br />Quem era D. Inês?<br />
  3. 3. D. Pedro I foi o 8º rei de Portugal. Uns chamaram-no de Justiceiro, outros de Cruel. <br />Era filho do rei Afonso IV e sua mulher, a princesa Beatriz de Castela. <br /> D. Pedro I sucedeu a seu pai em 1357.<br />Quem era D. Pedro?<br />
  4. 4. Como, quando e onde se conheceram?<br />D. Pedro e D. Inês conheceram-se por que D. Inês era aia de D. Constança, mulher de D. Pedro.<br /> Dizem que já se conheciam antes de D. Inês vir para Portugal. Mas começaram a conhecer-se melhor e a tornar-se amigos desde que ela veio para o nosso reino.<br />Jardim das Lágrimas, Quinta das Lágrimas, Coimbra<br />
  5. 5. D. Inês de Castro veio para Portugal como aia de D. Constança, e desde de que se viram, apaixonaram-se imediatamente.<br /> Mas este amor não foi nada bem vindo.<br />Como se apaixonaram?<br />
  6. 6. Este amor não foi nada bem vindo. Mas eles não queriam saber se era bem vindo ou não, pois o amor era mais forte. Com a morte de D. Constança, eles tinham o caminho livre para serem felizes um com o outro. Normalmente encontravam-se na Quinta das Lágrimas.<br />O romance<br />
  7. 7. Depois da morte de D. Constança, e por a corte e o rei estarem sempre a incomodar D. Pedro por eles se encontrarem, D. Pedro e D. Inês decidiram fugir. D. Pedro foi para a serra D’el Rei e D. Inês foi para Moledo. Eles encontravam-se no Paço de Moledo.<br />Fuga de D. Inês e D. Pedro<br />
  8. 8. Morte de D. Inês<br /> A 7 de Janeiro de 1355, o rei D. Afonso IV cedeu às pressões dos seus conselheiros e do povo e, aproveitando a ausência de Pedro numa excursão de caça, enviou Pêro Coelho, Álvaro Gonçalves e Diogo Lopes Pacheco para matarem Inês de Castro em Santa Clara. <br />
  9. 9. Diz a lenda que as lágrimas derramadas no rio Mondego por D. Inês de Castro, ao ser morta, criaram a fonte dos amores da Quinta das Lágrimas, e algumas algas avermelhadas que ali cresceram seriam o seu sangue derramado.<br /> Outra lenda é da cerimónia do beija-mão. Quando foi aclamado rei, D. Pedro I, disse que tinha casado com D. Inês de Castro, em segredo, quando ambos tinham fugido. Então, obrigou as pessoas a beijarem a mão de D. Inês de Castro, quando foi coroada rainha, depois de morta.<br />Algumas lendas<br />
  10. 10. D. Pedro sobe ao trono em 1357 e uma das suas primeiras medidas foi mandar construir um túmulo majestoso para Inês de Castro. Em 1360, acabado o túmulo, D. Pedro ordenou que o colocassem no transepto sul do Mosteiro de Alcobaça e em seguida que trasladassem para lá o corpo de D. Inês. D. Pedro I mandou construir um túmulo semelhante para si próprio, sendo colocado lado a lado (do lado esquerdo) do de D. Inês. O rei morre em 1367 indo, nessa altura, jazer ao lado da sua amada.<br />Os túmulos<br />
  11. 11. Os túmulos<br />Túmulo de D. Pedro I<br />Túmulo de D. Inês de Castro<br />Pormenor do túmulo de D. Inês<br />
  12. 12. Bibliografia<br /><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/D._In%C3%AAs_de_Castro
  13. 13. http://pt.wikipedia.org/wiki/D._Pedro_I_de_Portugal
  14. 14. http://pt.wikipedia.org/wiki/T%C3%BAmulos_de_D._Pedro_I_e_de_In%C3%AAs_de_Castro</li></ul>Imagens:<br /><ul><li>http://1.bp.blogspot.com/_DGBdCQ5OvQU/R1BHG9tnROI/AAAAAAAAAEI/Ij4-emNp1o0/s1600-R/ines_de_castro.jpg
  15. 15. http://asletrasdo9d.files.wordpress.com/2009/02/ines.jpg
  16. 16. http://portuguesferrol.wikispaces.com/file/view/pedro-e-ines.jpg/33130219/pedro-e-ines.jpg
  17. 17. http://www.arqnet.pt/imagens2/ph_pedro1.jpg
  18. 18. http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1a/T%C3%BAmulo_de_D._Pedro_I.jpg/250px-T%C3%BAmulo_de_D._Pedro_I.jpg
  19. 19. http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/7/7f/T%C3%BAmulo_de_D._In%C3%AAs_de_Castro.jpg/250px-T%C3%BAmulo_de_D._In%C3%AAs_de_Castro.jpg
  20. 20. http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/d/de/Ju%C3%ADzo_Final.jpg/250px-Ju%C3%ADzo_Final.jpg
  21. 21. http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/e2/Ines_de_castro.jpg/300px-Ines_de_castro.jpg
  22. 22. http://3.bp.blogspot.com/___Xz6ef6E1w/RgL-uG3CwfI/AAAAAAAAANM/AjO8yafmqfY/s400/coimbra_garden_1.jpg</li></li></ul><li>Trabalho elaborado por:<br />Ana Rita Azevedo<br />Lénia Almeida <br />Tatiana Lourenço <br />6ºB<br />

×