Tecnologias ao Serviço das Pessoas com Necessidades Especiais

800 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Tecnologias ao Serviço das Pessoas com Necessidades Especiais

  1. 1. Tecnologias ao Serviço das Pessoas com Necessidades Especiais Sistemas Computacionais André Baltazar, Lino Oliveira Andreia Carvalho, Ricardo Rosa
  2. 2. Sumário               O que é a Educação Especial? Perspetivas Históricas da Educação Especial Perspetiva Atual Tecnologia, Produtos e Serviços de Apoio Produtos e Serviços de Apoio baseados em TIC Acessibilidade, Tecnologias de Acesso e Tecnologias de Acessibilidade no domínio das TIC Vantagens do uso das Tecnologias para as Pessoas com Necessidades Especiais O que é a Comunicação Aumentativa? Tecnologias de Apoio à Comunicação Aumentativa Exemplos de Tecnologias de Apoio à Comunicação Aumentativa O que é a Tecnologia Assistiva? Objetivos da Tecnologia Assistiva Categorias da Tecnologia Assistiva Ideia de negócio ou produto/serviço
  3. 3. O que é a Educação Especial? A educação especial está especificamente organizada para atender exclusivamente pessoas com determinadas necessidades especiais. De uma forma global, a educação especial lida de uma forma direta com as formas de ensino e de aprendizagem que não têm lugar no ensino regular, ou seja, a educação especial necessita de formas diferentes para educar e ensinar.
  4. 4. Perspetivas Históricas da Educação Especial Perspetivas descritas por Peter Clough:      O legado psico-médico- predominou, essencialmente, na década de 50; A resposta sociológica- predominou, essencialmente, na década de 60; Abordagens curriculares- predominaram, essencialmente, na década de 70; Estratégias de melhoria da escola- predominaram, essencialmente, na década de 80 ; Crítica aos estudos da deficiência- predominou, essencialmente, na década de 90.
  5. 5. Perspetiva Atual  Convenção da Deficiência  Um acordo foi assinado, a 25 de Agosto de 2006 em Nova Iorque por diversos Estados, numa convenção preliminar das Nações Unidas sobre os direitos das pessoas com deficiências, afirmando que a educação inclusiva é um direito de todos. Elementos significativos:  Não haverá nenhuma exclusão do sistema de ensino regular por motivo de deficiência;  Haverá acesso para todos os estudantes com deficiências à educação inclusiva nas suas comunidades locais;  Haverá uma acomodação razoável das exigências individuais;  Haverão suportes necessários dento do sistema de ensino regular para possibilitar a aprendizagem, inclusive medidas eficazes de apoio individualizado.
  6. 6. Tecnologia, Produtos e Serviços de Apoio A tecnologia pode englobar conhecimento, modos de agir, técnicas, produtos e serviços. Produtos de apoio (ajudas técnicas)- qualquer produto, utilizado por uma pessoa com deficiência, especialmente produzido, que se destina a prevenir, compensar, monitorizar, atenuar ou neutralizar qualquer deficiência, limitação nas atividades e restrição na participação. Serviços de apoio- é todo e qualquer serviço utilizado por uma pessoa com deficiência geral, adaptado ou especialmente concebido que previne, monitoriza, atenua e neutraliza qualquer deficiência, limitação nas atividades e restrição na participação.
  7. 7. Produtos e Serviços de Apoio baseados em TIC  Exemplos de Produtos e Serviços de Apoio baseados em TIC para a população em geral: computador, scanner, Internet e B-on (Biblioteca do Conhecimento).  Exemplos de Produtos e Serviços de Apoio baseados em TIC concebidos para pessoas com deficiência: sistema com anel de indução magnético, impressora braille, Gabinete de Apoio ao Estudante com Deficiência e Biblioteca Aberta do Ensino Superior.
  8. 8. Acessibilidade, Tecnologias de Acesso e Tecnologias de Acessibilidade no domínio das TIC   Ausência de Acessibilidade- aumenta a limitação nas atividades e a restrição na participação. Presença de Acessibilidade- atenua ou neutraliza a limitação nas atividades e a restrição na participação. Mas afinal o que é a Acessibilidade? A Acessibilidade consiste na facilidade de acesso e de uso de produtos e serviços por qualquer pessoa e em diferentes contextos. A Acessibilidade pode ser alcançada através:  Da aplicação dos princípios do Design Universal ou Inclusivo;  Da oferta de um leque variado de Produtos e Serviços que cubram as necessidades de diferentes populações;  Da adaptação;  De meios alternativos de informação e/ou comunicação.
  9. 9. Acessibilidade, Tecnologias de Acesso e Tecnologias de Acessibilidade no domínio das TIC O que são Tecnologias de Acesso? O que são Tecnologias de Acessibilidade?
  10. 10. Vantagens do uso das Tecnologias para as Pessoas com Necessidades Especiais O uso das tecnologias pelas pessoas com necessidades especiais traz inúmeras vantagens, permitindo:        Alagar horizontes levando o mundo, de uma forma imaginada, para dentro da sala de aula; Aprender fazendo; Estabelecer uma ponte entre a comunidade e a sala de aula; Motivar o aluno a aprender de uma forma continuada, pois são utilizados meios com que ele se identifica; Permitir vários ritmos de aprendizagem numa mesma turma; Melhorar capacidades intelectuais tais como a criatividade e a eficácia; Permitir que um professor ensine, simultaneamente, em mais do que um local.
  11. 11. O que é a Comunicação Aumentativa? A comunicação aumentativa utiliza-se quando a comunicação de um indivíduo não é suficiente para se fazer compreender. Os Sistemas Aumentativos de Comunicação dividem-se em dois grandes grupos:   Sistemas sem Ajuda Sistemas com Ajuda
  12. 12. Tecnologias de Apoio à Comunicação Aumentativa De acordo com o estudo europeu HEART para que as tecnologias de apoio possam a ajudar a diminuir o «fosso» existente entre as (in)capacidades das pessoas portadoras de deficiência e o contexto (social, físico…) onde se inserem, elas podem atuar:  Quer a nível do indivíduo, aumentando as suas capacidades funcionais;  Quer ao nível do contexto, diminuindo as solicitações ou as exigências desse contexto em relação às pessoas portadoras de deficiência.
  13. 13. Exemplos de Tecnologias de Apoio à Comunicação Aumentativa Digitalizadores de fala Teclado de conceitos (IntelliKeys) Dispositivo apontador (Tracker) Progama GRID
  14. 14. O que é a Tecnologia Assistiva? A Tecnologia Assistiva é um termo recente utilizado para identificar todo o tipo de recursos e serviços que contribuem para proporcionar ou amplia habilidades funcionais de pessoas com deficiência e, posteriormente, promove uma vida independente e inclusão. Um outro conceito de Tecnologia Assistiva é: “Tecnologia assistiva são recursos e serviços que visam facilitar o desenvolvimento de atividades diárias por pessoas com deficiência. Procuram aumentar as capacidades funcionais e assim promover a independência e a autonomia de quem as utiliza”. (MELO, 2007, p. 94)
  15. 15. Objetivos da Tecnologia Assistiva Os principais objetivos da Tecnologia Assistiva são:  Proporcionar à pessoa com deficiência maior independência, qualidade de vida e inclusão social, através da ampliação de sua comunicação, mobilidade, controle de seu ambiente, habilidades de seu aprendizado, trabalho e integração com a família, amigos e sociedade.
  16. 16. Categorias da Tecnologia Assistiva  Auxílios para a vida diária;  CAA (CSA) Comunicação Aumentativa (Suplementar) e Alternativa;  Recursos de acessibilidade ao computador;  Sistemas de controle de ambiente;  Projetos arquitetónicos para acessibilidade;  Próteses;  Adequação da postura;  Auxílios de mobilidade;  Auxílios para cegos ou com visão subnormal;  Adaptações em veículos;  Auxílios para surdos ou com deficit auditivo.
  17. 17. Ideia de negócio ou produto/serviço O produto pensado pelo nosso grupo reside numa cadeira de rodas adaptada com um protetor para a chuva sendo esta também elétrica para a deslocação ser mais facilitada.
  18. 18. Referências bibliográficas       GODINHO, Francisco- As Acessibilidades e os Desafios para a Promoção do Ensino Superior Inclusivo: as TIC ao serviço das necessidades especiais no ensino superior. [Em linha]. Braga: Universidade do Minho, 2010. [Consult. 7 Dez. 2013]. Disponível em: WWW: <URL: http://www.aminharadio.com/gtaedes/sites/default/files/apresent_fgodinho_1.pdf> HIRATA, Giselle- Quais tecnologias são desenvolvidas para ajudar pessoas com deficiência? [Em linha]. [Consult. 7 Dez. 2013]. Disponível em: WWW: <URL: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/quais-tecnologias-sao-desenvolvidas-paraajudar-pessoas-com-deficiencia SANTOS, Lígia Pereira dos; PEQUENO, Robson- Novas tecnologias e pessoas com deficiências: a informática na construção da sociedade inclusiva? [Em linha]. Brasil: eduepb.v[Consult. 9 Dez. 2013]. Disponível em: WWW: <URL: http://books.scielo.org/id/6pdyn/pdf/sousa-9788578791247-04.pdf> GERICOTA, Manuel G.- Tecnologias de Apoio a Pessoas com Deficiência. [Em linha]. (INESC/ISEP) [Consult. 9 Dez. 2013]. Disponível em: WWW: <URL: http://ave.dee.isep.ipp.pt/~mgg/papers/ipp96.pdf> STARTORETTO, Mara Lúcia; BERSCH, Rita- Assistiva: tecnologia e educação. [Em linha]. (2013). [Consult. 9 Dez. 2013]. Disponível em: WWW: <URL: http://www.assistiva.com.br/tassistiva.html> DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO- Comunicação Aumentativa. [Em linha]. Leiria: Escola Superior de Educação e Ciências Sociais- IPLEIRIA, 2012. [Consult. 9 Dez. 2013]. Disponível em: WWW: <URL: https://iconline.ipleiria.pt/bitstream/10400.8/534/1/Comunicação%20Aumentativa.pdf>

×