HidrodinâMica

24.224 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.224
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
313
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
366
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

HidrodinâMica

  1. 1. HIDRODINÂMICA A Hidrodinâmica é a parte da Física que estuda as propriedades dos fluidos em movimento . O nosso estudo da Hidrodinâmica no Ensino Médio determina algumas condições iniciais: o fluido tratado aqui será sempre ideal, ou seja, não-viscoso, homogêneo e de velocidade cons- tante de escoamento em um determinado ponto em relação ao tempo(regime estacionário).
  2. 2. Escoamento rotacional ou turbulento. O escoamento turbulento é um escoamento irregular, caracterizado por regiões de pequenos vórtices. Como exemplo, o escoamento da água numa corrente irregular, caracterizado por regiões de pequenos vórtices. Como exemplo, o escoamento da água numa corrente fica turbulento nas regiões onde as rochas, ou outros obstáculos, estão no leito e contribuem para a formação dos rápidos encachoeirados O escoamento se diz laminar ou estacionário se cada partícula do fluido segue uma trajetória definida e suave, e se as trajetórias das partículas não se cruzam. No escoamento laminar, portanto, a velocidade do fluido, em cada ponto, permanece constante com o tempo. Ex.: a água se movendo num rio calmo , de leito regular e sem obstáculos. .
  3. 3. ESCOAMENTO ESTÁCIONÁRIO
  4. 4. Equação da continuidade A1v1 = A2v2
  5. 5. EQUAÇÃO DE BERNOULLI dv12 2 dv 2 P1 + dgh1 + = P2 + dgh2 + 2 2
  6. 6. Pressão e velocidade
  7. 7. SUSTENTAÇÃO DE AVIÕES As asas são construídas de forma a que o ar se mova mais depressa na parte de cima da asa, fazendo com que a pressão por cima da asa seja mais baixa
  8. 8. Efeito Magnus
  9. 9. Aplicações da equação de Bernoulli • Teorema de Torricelli v = 2 gh
  10. 10. Tubo de Venturi 2 gh v1 = 2  A1   A  −1   2 
  11. 11. Tubo de Pitot 2( d M − d ).gh v= d

×