Teleconferência
Resultados 3T09

    12/11/2009
2



PALESTRANTES
• FRANCISCO SCIAROTTA
  Diretor Superintendente – CCDI

• LEONARDO ROCHA
  Diretor de Finanças e Relaçõe...
3



FRANCISCO SCIAROTTA
            •   Diretor Superintendente da CCDI desde 30 de setembro de 2009.

            •   Hi...
4



   NOVA ESTRATÉGIA
                                                          atendimento adequado e ágil
            ...
5



UNIDADES DE NEGÓCIO
• Baixa Renda
   – Operação através da HM Engenharia
   – Desenvolvimento de produtos inseridos
 ...
6



FOCO GEOGRÁFICO
•   São Paulo
•   Rio de Janeiro
•   Minas Gerais
•   Espírito Santo
•   Paraná



       Busca por p...
7




                                                      Após sua aquisição pela CCDI, a HM
                           ...
8



HM Engenharia

                  Entrada no grupo de grandes construtoras
                  nacionais com tratamento ...
Performance Operacional
10



Destaques do Trimestre
 Vendas contratadas em evolução:
     CCDI Consolidado: R$194,5 milhões no 3T09 (+12,6% sobre...
11



LANÇAMENTOS (R$MM)
         LANÇAMENTOS (R$ MM)                              PREÇO MÉDIO DE LANÇAMENTO
             ...
12



LANÇAMENTOS 4T09




  Localização: Água Verde, Curitiba   Localização: Jardim Sul, São Paulo
  Lançamento: Outubro/...
13



             VENDAS CONTRATADAS
              VENDAS CONTRATADAS (R$ MM)
                                           ...
14



        VENDAS CONTRATADAS 3T09
                  VENDAS CONTRATADAS 3T09                                    VENDAS ...
15



ESTOQUE A VALOR DE MERCADO*
    ESTOQUE A VALOR DE MERCADO                                            ESTOQUE A VALO...
16



BANCO DE TERRENOS

             BANCO DE TERRENOS                       Projetos Descontinuados
                (R$ ...
17



BANCO DE TERRENOS – R$9,2 bilhões em VGV

    BANCO DE TERRENOS 3T09                     BANCO DE TERRENOS 3T09
    ...
Performance Financeira
19



        RECONCILIAÇÃO DA DRE
                                                                           3T09 Sem    ...
20



        RECEITA BRUTA E RECEITA LÍQUIDA (R$MM)
                                                                     ...
21



        LUCRO BRUTO (R$MM)
                                                                          LUCRO BRUTO
   ...
22



        LUCRO LÍQUIDO (R$MM)
                                                                          LUCRO LÍQUIDO...
23



        EBITDA (R$MM)
                                                                            EBITDA
           ...
24



RECEITAS E RESULTADOS A APROPRIAR (R$MM)

            RECEITA A APROPRIAR                            RESULTADO A APR...
25



 CAIXA / ENDIVIDAMENTO (R$MM)
         MOVIMENTAÇÃO DE CAIXA                                 DÍVIDA BRUTA
          ...
INFORMAÇÕES DE CONTATO

Leonardo de Paiva Rocha
Diretor de Finanças e RI    ri.ccdi@camargocorrea.com.br

Fernando Bergami...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teleconferencia de Resultados 3T09 CCDI

561 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
561
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teleconferencia de Resultados 3T09 CCDI

  1. 1. Teleconferência Resultados 3T09 12/11/2009
  2. 2. 2 PALESTRANTES • FRANCISCO SCIAROTTA Diretor Superintendente – CCDI • LEONARDO ROCHA Diretor de Finanças e Relações com Investidores - CCDI
  3. 3. 3 FRANCISCO SCIAROTTA • Diretor Superintendente da CCDI desde 30 de setembro de 2009. • Histórico Acadêmico – Economia e Ciências Contábeis pela Universidade Mackenzie – MBA pela Business School de São Paulo – Especialização em controladoria e administração financeira pela Fundação Getúlio Vargas. • Histórico Profissional: – 2007-2009: Diretor Superintendente do Centro de Soluções Compartilhadas, área estratégica, responsável pela gestão administrativa de diversas unidades de negócio do conglomerado – 2004-2007: CFO da subsidiária brasileira da Sara Lee International – 1999-2001: Vice-presidente administrativo-financeiro, no Brasil, da multinacional norte-americana Diveo. – 1993-1999: Diretor administrativo financeiro da Camargo Corrêa Industrial e da Cimento Cauê e da PMV (Participações Morro Vermelho), acionista controladora do grupo empresarial.
  4. 4. 4 NOVA ESTRATÉGIA atendimento adequado e ágil qualidade na construção foco no entrega no prazo cliente trabalho por processos redução de custos trabalho em equipe criatividade e inovação responsabilidade por resultados recuperação preços adequados integração de margem incorporação sustentável fazer mais com menos líquida
  5. 5. 5 UNIDADES DE NEGÓCIO • Baixa Renda – Operação através da HM Engenharia – Desenvolvimento de produtos inseridos no Programa Minha Casa, Minha Vida • Tradicional – Imóveis residenciais – Salas comerciais • Triple A – Lajes corporativas padrão AAA – 1 lançamento por ano
  6. 6. 6 FOCO GEOGRÁFICO • São Paulo • Rio de Janeiro • Minas Gerais • Espírito Santo • Paraná Busca por parcerias locais
  7. 7. 7 Após sua aquisição pela CCDI, a HM lançou quase R$500 milhões em VGV: • Mais de 130.000 unidades construídas 75% JÁ ESTÁ VENDIDO • Mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento e construção de unidades Barretos imobiliárias de baixa renda. São José do Rio Preto Ribeirão Preto Franca • Estrutura verticalizada: desenvolvimento, Colina construção e vendas. Jaborandi • Produtos habilitados ao programa Minha Casa, Minha vida (até R$130 mil a unidade) • Controle acionário adquirido pela CCDI em novembro de 2007 • Foco Geográfico: Campinas Piracicaba São Paulo – Atual: Região Metropolitana de Campinas Hortolândia – Futuro: expansão para outras cidades e Sumaré Santa Bárbara D’oeste Estados. Jaguariúna Pedreira
  8. 8. 8 HM Engenharia Entrada no grupo de grandes construtoras nacionais com tratamento diferenciado da CEF em casos de aprovação de financiamentos Primeira a assinar um contrato com a CEF para o programa Minha Casa, Minha Vida 7ª maior operadora do programa no Brasil
  9. 9. Performance Operacional
  10. 10. 10 Destaques do Trimestre Vendas contratadas em evolução: CCDI Consolidado: R$194,5 milhões no 3T09 (+12,6% sobre 2T09); HM (Exclusivo): R$117,1 milhões no 3T09 (+42,2% sobre 2T09). Velocidades de Vendas: CCDI Consolidado: 22,4% no 3T09 e 41,2% nos 9M09; HM (Exclusivo): 48,5% no 3T09 e 38,4% nos 9M09. Impactos contábeis não recorrentes. A construção da torre 2 do projeto Ventura no Rio de Janeiro encontra-se em fase final e o processo de negociação da venda está bem adiantado. Fatos subseqüentes: CCDI lança Quartier em Curitiba (outubro) e Taman em São Paulo (novembro). Total de VGV dos dois projetos é de R$245,0 milhões.
  11. 11. 11 LANÇAMENTOS (R$MM) LANÇAMENTOS (R$ MM) PREÇO MÉDIO DE LANÇAMENTO 100% CCDI R$ mil por unidade (Residencial) 655,1 740,5 Apenas lançamentos da HM Engenharia 365,0 245,0 191,9 157,4 127,5 101,4 77,9 92,0 56,0 3T08 2T09 3T09 4T09 9M08 9M09 3T08 4T08 2T09 3T09 4T09 *1T09: não houve lançamentos.
  12. 12. 12 LANÇAMENTOS 4T09 Localização: Água Verde, Curitiba Localização: Jardim Sul, São Paulo Lançamento: Outubro/2009 Lançamento: Novembro/2009 VGV total: R$ 127,6 milhões VGV total: R$ 117,4 milhões Participação CCDI: 100% Participação CCDI: 100% Unidades: 162 Unidades: 212 Apartamentos: 139 m² a 335 m² Apartamentos: 142 m²
  13. 13. 13 VENDAS CONTRATADAS VENDAS CONTRATADAS (R$ MM) VENDAS CONTRATADAS 3T09 Sem Ajuste Por período de Lançamento 3T09 3,1% Até 2007 15,4% 1T08 698,5 3,5% 503,0 488,1 2T09 2T08 25,3% 1,2% 209,4 200,3 194,5 172,8 3T08 3T08 2T09 3T09 3T09 9M08* 9M09 9M09 28,2% Sem Sem 4T08 23,2% Ajuste Ajuste * Exclui a venda do Ventura Corporate Towers SEM AJUSTE: reversão dos ajustes não recorrentes feitos no 3T09 e 9M09.
  14. 14. 14 VENDAS CONTRATADAS 3T09 VENDAS CONTRATADAS 3T09 VENDAS CONTRATADAS 3T09 Sem ajuste Sem ajuste Segmento de Mercado Localização Minas Outros Gerais 4,0% São Paulo Rio de 12,6% (Capital + Janeiro RMSP) Baixa 4,7% 27,2% Renda Médio 52,2% 31,9% São Paulo Econômico (Interior + 11,9% Litoral) 55,4% AS VENDAS DOS SEGMENTOS ABAIXO DE VENDAS ORIGINADAS NO ESTADO R$500 mil REPRESENTAM 96% DE SÃO PAULO: 83% SEM AJUSTE: reversão dos ajustes não recorrentes feitos no 3T09 e 9M09.
  15. 15. 15 ESTOQUE A VALOR DE MERCADO* ESTOQUE A VALOR DE MERCADO ESTOQUE A VALOR DE MERCADO 3T09 (R$ MM) Por período de Lançamento 3T09 2T09 5,7% 4T08 2,9% 6,2% 3T08 15,1% 999,0 810,8 608,7 2T08 1,2% Até 2007 1T08 62,4% 6,6% 3T08 2T09 3T09 * Exclui valores do Ventura Corporate Towers (todos os períodos) e Cassis (3T09).
  16. 16. 16 BANCO DE TERRENOS BANCO DE TERRENOS Projetos Descontinuados (R$ BILHÕES) Aclimação - Anglo 0,8 Aldeia da Serra II - Xavier AlphaSítio A1 Apipucos Bertioga - Camping 10,0 9,2 9,2 Itaguaré - Proj. Delta Lote 27 Villa São Paulo Banco de Terrenos Projetos Banco de Terrenos 2T09 Descontinuados 3T09
  17. 17. 17 BANCO DE TERRENOS – R$9,2 bilhões em VGV BANCO DE TERRENOS 3T09 BANCO DE TERRENOS 3T09 Por segmento Por localização Outros Comercial Baixa Estados 13,0% Renda São Paulo 7,4% 19,1% Litoral 0,6% São Paulo Interior Outros 11,6% 22,8% São Paulo Econômico 21,3% Capital 51,0% RMSP Médio - 29,4% Alto 9,0% Médio 17,5%
  18. 18. Performance Financeira
  19. 19. 19 RECONCILIAÇÃO DA DRE 3T09 Sem 3T09 9M09 sem 9M09 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS Ajustes Ajustes Ajsutes Reportado Ajustes Reportado RECEITA LÍQUIDA DE VENDAS E/OU SERVIÇOS 130,8 (26,9) 103,9 379,0 (31,9) 347,0 CUSTO DE BENS E/OU SERVIÇOS PRESTADOS (103,4) 5,1 (98,4) (276,8) 0,6 (276,1) Venda de Imóveis (103,3) 5,1 (98,2) (276,4) 0,6 (275,8) Prestação de Serviços (0,1) - (0,1) (0,4) - (0,4) LUCRO BRUTO 27,4 (21,9) 5,5 102,2 (31,3) 70,9 MARGEM BRUTA (%) 20,9% 81,2% 5,3% 27,0% 98,0% 20,4% (DESPESAS) RECEITAS OPERACIONAIS (24,1) (39,6) (63,7) (62,6) (39,6) (102,2) Com Vendas (5,5) (4,1) (9,6) (16,4) (4,1) (20,5) Gerais e Administrativas (18,5) (2,8) (21,3) (46,0) (2,8) (48,8) Outras Receitas (Despesas) Operacionais Líquidas (0,1) (32,8) (32,9) (0,2) (32,8) (32,9) (PREJUÍZO) LUCRO OPERACIONAL 3,3 (61,5) (58,2) 39,6 (70,9) (31,2) RESULTADO FINANCEIRO (7,5) 0,7 (6,8) (7,3) 0,7 (6,6) Receitas Financeiras 3,3 1,7 4,9 16,7 1,7 18,4 Despesas Financeiras (10,8) (1,0) (11,8) (24,1) (1,0) (25,1) RECEITA E (DESPESA) NÃO OPERACIONAL LÍQUIDA (4,2) (60,8) (65,0) 32,3 (70,2) (37,9) IR E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL 1,3 2,0 3,3 (8,3) 2,0 (6,3) LUCRO / PREJUÍZO DO PERÍODO (2,9) (58,9) (61,8) 24,0 (68,3) (44,2) MARGEM LÍQUIDA (%) -2,2% 218,6% -59,4% 6,3% 213,9% -12,7% SEM AJUSTE: reversão dos ajustes não recorrentes feitos no 3T09 e 9M09.
  20. 20. 20 RECEITA BRUTA E RECEITA LÍQUIDA (R$MM) RECEITA BRUTA (R$ MM) 487,8 360,7 393,8 136,5 138,8 108,2 136,1 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajustes Ajustes RECEITA LÍQUIDA (R$ MM) 469,6 347,0 379,0 131,4 133,5 103,9 130,8 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajustes Ajustes SEM AJUSTE: reversão dos ajustes não recorrentes feitos no 3T09 e 9M09.
  21. 21. 21 LUCRO BRUTO (R$MM) LUCRO BRUTO (R$ MM) 169,1 102,3 71,0 40,9 29,3 5,5 27,4 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajuste Ajuste MARGEM BRUTA (%) 36,0% 31,1% 27,0% 21,9% 20,9% 20,5% 5,3% 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajustes Ajustes SEM AJUSTE: reversão dos ajustes não recorrentes feitos no 3T09 e 9M09.
  22. 22. 22 LUCRO LÍQUIDO (R$MM) LUCRO LÍQUIDO (R$ MM) 64,3 8,8 7,6 24,0 (2,9) (44,2) (61,8) 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajuste Ajuste MARGEM LÍQUIDA (%) 6,7% 5,7% 13,7% 6,3% -2,2% -12,7% -59,4% 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajuste Ajuste SEM AJUSTE: reversão dos ajustes não recorrentes feitos no 3T09 e 9M09.
  23. 23. 23 EBITDA (R$MM) EBITDA (R$ MM) 66,2 12,9 12,3 41,3 3,9 (29,6) (57,6) 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajuste Ajuste MARGEM EBITDA (%) 9,8% 9,2% 3,0% 14,1% 10,9% -8,5% -55,5% 3T08 2T09 3T09 3T09 Sem 9M08 9M09 9M09 Sem Ajuste Ajuste SEM AJUSTE: reversão dos ajustes não recorrentes feitos no 3T09 e 9M09.
  24. 24. 24 RECEITAS E RESULTADOS A APROPRIAR (R$MM) RECEITA A APROPRIAR RESULTADO A APROPRIAR (R$ MM) (R$ MM) 935,7 877,3 787,8 222,1 233,4 247,8 3T08* 2T09 3T09 3T08* 2T09 3T09 *3T08 não ajustado às normas contábeis da Lei 11.638
  25. 25. 25 CAIXA / ENDIVIDAMENTO (R$MM) MOVIMENTAÇÃO DE CAIXA DÍVIDA BRUTA (R$ MM) (R$ MM) 27,5 139,9 414,9 112,4 112,4 295,6 119,3 Caixa em jun/2009Caixa Utilizado em Posição de Caixa 3T09 (líquido) em set/09 3T08 2T09 3T09
  26. 26. INFORMAÇÕES DE CONTATO Leonardo de Paiva Rocha Diretor de Finanças e RI ri.ccdi@camargocorrea.com.br Fernando Bergamin Relações com Investidores Tel: (11) 3841-5880

×