Genética do câncer 14.04.14

8.994 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.994
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
451
Comentários
0
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Genética do câncer 14.04.14

  1. 1. Bases Moleculares dos Seres Vivos Genética do Câncer Profa. Dra. Magaly Sales Monteiro 2014
  2. 2. O que é câncer? • O câncer é uma doença genética. • É causado por mutações que ocorrem predominantemente em células somáticas.
  3. 3. O que é câncer? • Clinicamente o câncer é definido como um grande número de doenças complexas que se comportam diferentemente, conforme o tipo celular do qual se originam.
  4. 4. Ocorrência de mutações • Em células somáticas câncer esporádico afeta somente o indivíduo com a mutação. • Em células germinativas câncer hereditário mutações são transmitidas para gerações futuras.
  5. 5. Propriedades básicas das células cancerosas • proliferação celular desregulada, caracterizada por crescimento e divisão celulares anormais, e • metástases, um processo que permite que as células cancerosas se espalhem e invadam outras partes do corpo.
  6. 6. Tumores (massa multicelular) • Tumor benigno, pode ser removido cirurgicamente; • Tumor maligno, as células adquirem a capacidade de se desprender, entrar na corrente sanguínea, invadir outros tecidos e formar tumores secundários.
  7. 7. A origem clonal das células cancerosas • Todas as células cancerosas, de tumores primários ou secundários, são clonais. •Quer dizer, elas se originaram de uma célula ancestral comum que acumulou várias mutações específicas.
  8. 8. O câncer é um processo de múltiplas etapas que requer múltiplas mutações • Uma única mutação é insuficiente para transformar uma célula normal em uma célula maligna formadora de tumor.
  9. 9. Carcinógenos • São substâncias que causam câncer. • Por exemplo, as explosões atômicas de Hiroshima e Nagasaki, causaram o aparecimento de leucemias.
  10. 10. Meio ambiente e o câncer Exposição a carcinógenos • presentes na fumaça do tabaco estão correlacionados com a incidência de câncer no pulmão.
  11. 11. Meio ambiente e o câncer Exposição à radiação •Exposição excessiva à luz do sol pode causar câncer de pele.
  12. 12. Meio ambiente e o câncer Dieta •Dietas gordurosas: aumento de estrógenos e aumento de risco de câncer de mama.
  13. 13. Genes causadores de câncer • Oncogenes. • Genes supressores de tumor.
  14. 14. Proto-oncogenes • São genes cujos produtos proteicos controlam o crescimento, proliferação e a diferenciação celulares. • Quando sofrem mutações são chamados de oncogenes.
  15. 15. Oncogene • É um gene mutante cuja função ou expressão alterada resulta em estimulação anormal da divisão e proliferação celular.
  16. 16. Oncogenes ativados Classe Exemplo Tipos de câncer Fatores de Crescimento SIS Glioma Fatores de Transcrição MYC Linfoma de Burkitt Telomerase Telomerase Muitos Proteínas antiapoptóticas BCL2 Leucemia linfocítica crônica
  17. 17. Os oncogenes têm um efeito dominante a nível celular • Quando ativado ou hiperexpresso, um único alelo mutante é suficiente para iniciar a mudança do fenótipo de uma célula, de normal para maligno.
  18. 18. Genes supressores de tumor (TSGs) • TSGs controladores. • TSGs de manutenção.
  19. 19. Os TSGs têm um efeito recessivo a nível celular • Contribuem para a malignidade através da perda de função de ambos os alelos de um gene.
  20. 20. TSGs controladores (gatekeepers) • Controlam o crescimento celular. • Bloqueiam o desenvolvimento do tumor regulando a transição das células nos pontos de checagem no ciclo celular ou promovendo a morte celular programada.
  21. 21. Mutações nos genes controladores • As mutações de perda de função dos genes controladores levam ao acúmulo celular desregulado.
  22. 22. Os TSGs codificam • reguladores de vários pontos de checagem do ciclo celular; • mediadores da morte celular programada.
  23. 23. TSGs de manutenção (caretakers) • Estão envolvidos no reparo de DNA e na manutenção da integridade do genoma.
  24. 24. Os TSGs de manutenção codificam • proteínas responsáveis pela detecção e pelo reparo das mutações; • proteínas envolvidas na disjunção normal dos cromossomos durante a mitose; • componentes da maquinaria da morte celular programada.
  25. 25. Genes Supressores Tumorais Genes Controladores Produto Gênico e Função Distúrbios nos quais o gene está afetado RB1 p110 Regulação do ciclo celular Retinoblastoma, ca de pulmão TP53 p53 Regulação do ciclo celular Câncer de pulmão, Ca de mama, muitos outros DCC Receptor-Dcc Câncer colorretal VHL Vhl Câncer renal
  26. 26. Genes Supressores Tumorais Genes de Manutenção Produto Gênico e Função Distúrbios nos quais o gene está afetado BRCA1, BRCA2 Brca, Brca2 Câncer familiar de mama e de ovário Reparo do cromossomo em resposta à quebra Câncer de mama e de ovário MLH1, MSH2 Mlh1, Msh2 Câncer hereditário não-polipose do cólon Reparo de mau pareamento de nucleotídeos Câncer colorretal
  27. 27. RCA
  28. 28. Os Dois Eventos da Origem do Câncer • A existência de mutações no TSG, levando ao câncer, foi proposta originalmente em 1960 para explicar por que certos tumores podem ocorrer em ambas as formas, hereditária e esporádica.
  29. 29. Os Dois Eventos da Origem do Câncer • O modelo dos “dois eventos” é agora amplamente aceito como uma explicação para muitos cânceres familiares.
  30. 30. Engenharia genética transformando o diagnóstico médico

×