UNIESP | Faculdade de Diadema 
Dia do Turismólogo | 29 de setembro de 2014 
O TURISMÓLOGO NO PROCESSO DE 
PLANEJAMENTO DO ...
Petição Pública 
• Petição Pública (Change.org) 
– Estabelecimento de critérios técnicos para a nomeação de Delegados Regi...
Aristides Faria Lopes dos Santos
Ficha técnica do projeto 
• Título: Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista 
• Coordenador: Aristides Faria Lopes...
Ficha técnica do projeto 
• Objetivo: reunir informações e evidências atualizadas sobre a administração pública do 
turism...
Ficha técnica do projeto: MS Project
1ª fase do projeto: opinião pública 
• Realizou-se pesquisa de opinião pública divulgada por meio da internet, com foco em...
Opinião pública: origem e atuação 
9 
27 
4 
9 
6 
13 
8 
4 
Agenciamento Diversos Consultoria Docência Hotelaria Poder Pú...
Opinião pública: principais entraves 
8 
26 
14 14 
19 
6 
18 
12 
28 
11 
36 
3 
36
Avaliação objetiva (escala 0 a 5) 
Na escala a seguir, em termos 
gerais, avalie a administração 
pública do turismo de su...
2ª fase do projeto: visitas técnicas 
• Realizou-se visitas aos municípios da região com foco em atrativos turísticos e po...
Cubatão 
Largo do Sapo: faltam vagas para paradas e 
sinalização turística 
Parque Ecológico do Perequê: acesso pouco 
con...
Cubatão 
Largo do Sapo: faltam vagas para paradas e 
sinalização turística 
Parque Ecológico do Perequê: acesso pouco 
con...
Itanhaém 
Imediações da Cama de Anchieta: falta 
infraestrutura de apoio e conservação 
PIT: o posto de informações encont...
Itanhaém 
Cama de Anchieta: conservação do deck 
CITM: conservação do posto de 
informações e identidade visual
Santos 
Emissário: o parque carece de manutenção 
ou isolamento de algumas áreas 
Orquidário: o parque estava fechado (sem...
Santos 
Parque Municipal do Orquidário: recém 
reformado, fechado, mas sem informações 
Estação do Valongo, prédio restaur...
3ª fase do projeto: reuniões técnicas 
• Realizou-se reuniões técnicas e temáticas 
com profissionais do turismo atuantes ...
Desdobramentos 
• VI CLAIT: publicações científicas 
– Reflexiones sobre la conversión del potencial en producto turístico...
Muito obrigado!! 
• Contatos 
– www.facebook.com/agendapropositivadoturismo 
– aristidesfaria@rhemhospitalidade.com 
– www...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados - UNIESP Diadema

493 visualizações

Publicada em

A UNIESP Faculdade de Diadema promoveu evento alusivo ao Dia Mundial do Turismo e Dia Nacional do Bacharel em Turismo, comemorado em 27 de setembro. A programação contou com a participação de Aristides Faria, Consultor e Palestrante da [RH em Hospitalidade]. Nessa ocasião, o palestrante apresentou o tema “O Turismólogo no processo de planejamento turístico: o caso da Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista”.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
493
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
103
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados - UNIESP Diadema

  1. 1. UNIESP | Faculdade de Diadema Dia do Turismólogo | 29 de setembro de 2014 O TURISMÓLOGO NO PROCESSO DE PLANEJAMENTO DO TURISMO Aristides Faria Lopes dos Santos
  2. 2. Petição Pública • Petição Pública (Change.org) – Estabelecimento de critérios técnicos para a nomeação de Delegados Regionais de Turismo no Estado de São Paulo – O Decreto n. 3.193, de 10 de janeiro de 1974, que “Cria, a título experimental, Delegacias Regionais de Turismo” encontra-se desalinhado em relação a Lei Federal nº 12.591, de 18 de janeiro de 2012, que “Reconhece a profissão de Turismólogo e disciplina o seu exercício”; – Conforme o Decreto, uma das atribuições das Delegacias Regionais de Turismo é “I - realizar levantamentos, pesquisas de turismo no âmbito de sua região”, por exemplo. Ocorre que a Lei Federal considera atividade do Turismólogo “XVIII - coordenar e orientar levantamentos, estudos e pesquisas relativamente a instituições, empresas e estabelecimentos privados que atendam ao setor turístico”; – Entre outras distorções...
  3. 3. Aristides Faria Lopes dos Santos
  4. 4. Ficha técnica do projeto • Título: Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista • Coordenador: Aristides Faria Lopes dos Santos • Formação acadêmica: Bacharel em Turismo (Unisul, 2002), Especialista em Gestão de Recursos Humanos (UFSC, 2003), MBA em Gestão de Projetos (Unisantos, 2013) e Mestrado em Hospitalidade (UAM, 2013-2015). • Atuação profissional: Empresário, docente, consultor e palestrante. Possui experiência gerencial e operacional na iniciativa privada, poder público e terceiro setor. • Equipe do projeto: Tainá Rodrigues (Técnica de Turismo e Guia de Turismo/Embratur), Claudia Jorge (Guia de Turismo/Embratur) e Cristian Alves (Relações Públicas).
  5. 5. Ficha técnica do projeto • Objetivo: reunir informações e evidências atualizadas sobre a administração pública do turismo da região e propor ações governamentais para dinamizar o setor; • Estratégia: para alcançar o objetivo enunciado o trabalho foi ordenado em três fases concomitantes, a saber: – 1ª fase: Pesquisa de opinião pública via internet (em andamento); – 2ª fase: Visitas técnicas aos municípios da região; – 3ª fase: Reuniões técnicas com profissionais do setor (em andamento). • Metodologia: durante as visitas técnicas (estratégia metodológica de “observação participante”) realizou-se amplo registro fotográfico; • Duração do projeto: 64 dias (01/08 a 03/10/2014) • Relatório: essa apresentação é um recorte no projeto, ou seja, apenas uma parte do relatório final, que virá compor a Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista.
  6. 6. Ficha técnica do projeto: MS Project
  7. 7. 1ª fase do projeto: opinião pública • Realizou-se pesquisa de opinião pública divulgada por meio da internet, com foco em público formado por profissionais dos diversos segmentos do turismo, tais como hotelaria, agenciamento de viagens, Guias de Turismo, docentes e estudantes, entre outros; • A primeira etapa da campanha foi veiculada entre 10 de agosto e 25 de setembro de 2014 (ainda no ar), quando foi feita a presente tabulação; • O motivador desse processo foi o período eleitoral, então a meta é atingir 1.000 respostas válidas até o dia 31 de dezembro de 2014; • Em 1° de novembro desse ano a Agenda Propositiva do Turismo – fechada até aquela data – será entregue aos deputados estaduais eleitos pela região, em ato social em Santos (SP); • Até o momento, as informações sobre o projeto foram visualizadas por mais 80.000 pessoas... mas80responderam ao questionário!
  8. 8. Opinião pública: origem e atuação 9 27 4 9 6 13 8 4 Agenciamento Diversos Consultoria Docência Hotelaria Poder Público Guia de Turismo Estudantes 2 3 2 5 1 6 10 5 28 18 Cubatão Guarujá Interior Itanhaem Mongagua Peruíbe Praia Grande RMSP Santos São Vicente
  9. 9. Opinião pública: principais entraves 8 26 14 14 19 6 18 12 28 11 36 3 36
  10. 10. Avaliação objetiva (escala 0 a 5) Na escala a seguir, em termos gerais, avalie a administração pública do turismo de sua cidade. Na escala a seguir, em termos gerais, avalie o nível de articulação entre os municípios no que tange ao turismo.
  11. 11. 2ª fase do projeto: visitas técnicas • Realizou-se visitas aos municípios da região com foco em atrativos turísticos e postos de informações turísticas; • Os itinerários foram planejados com base nas informações disponibilizadas pelas prefeituras locais em seus websites institucionais; • A equipe do projeto visitou diversos atrativos e consultou postos de informações para verificar as condições gerais de visitação, como faria um turista comum, independente da motivação de sua viagem; • Nesse documento, apresenta-se resumidamente questões pontuais identificadas em cada município. Limitou-se nessa ocasião os comentários a duas citações por cidade; • Essencialmente, ao longo do processo, a equipe do projeto se empenhou em identificar boas práticas de administração pública do turismo em cada cidade para compartilhar com os demais profissionais do setor.
  12. 12. Cubatão Largo do Sapo: faltam vagas para paradas e sinalização turística Parque Ecológico do Perequê: acesso pouco convidativo e sem sinalização
  13. 13. Cubatão Largo do Sapo: faltam vagas para paradas e sinalização turística Parque Ecológico do Perequê: acesso pouco convidativo e sem sinalização
  14. 14. Itanhaém Imediações da Cama de Anchieta: falta infraestrutura de apoio e conservação PIT: o posto de informações encontrava-se fechado e sem notificação para o turista
  15. 15. Itanhaém Cama de Anchieta: conservação do deck CITM: conservação do posto de informações e identidade visual
  16. 16. Santos Emissário: o parque carece de manutenção ou isolamento de algumas áreas Orquidário: o parque estava fechado (sem notificação) e nas imediações havia entulho
  17. 17. Santos Parque Municipal do Orquidário: recém reformado, fechado, mas sem informações Estação do Valongo, prédio restaurado, que é sede da Secretaria de Turismo de Santos
  18. 18. 3ª fase do projeto: reuniões técnicas • Realizou-se reuniões técnicas e temáticas com profissionais do turismo atuantes na região; • Esses encontros objetivaram analisar as visitas técnicas realizadas até o momento; • Foram diversos encontros, mas dois deles tiveram convite aberto e tema flexível; • A terceira reunião acontecerá em 1° de novembro, após as eleições, para entrega do documento final do projeto aos deputados estaduais eleitos pela região.
  19. 19. Desdobramentos • VI CLAIT: publicações científicas – Reflexiones sobre la conversión del potencial en producto turístico: análisis sobre la municipalidad de Cubatão, San Pablo, Brasil. – Análisis sobre el Programa de Revitalización y Desarrollo de la Región Central Histórica de Santos, San Pablo, Brasil (Alegra Centro). – Eventos y herramientas de comunicación social: análisis sobre la estrategia de promoción del Seminario de Hospitalidad de la costa paulista (San Pablo, Brasil) • Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA) – Santos, abril de 2015 – Tema central: Comunicação & Relações governamentais – Informações: www.sehlipa.com / http://sehlipa.blogspot.com • Banco de Projetos da ALESP – http://www.al.sp.gov.br/participe/banco-de-projetos/
  20. 20. Muito obrigado!! • Contatos – www.facebook.com/agendapropositivadoturismo – aristidesfaria@rhemhospitalidade.com – www.rhemhospitalidade.com – Foto: Área Continental de Santos (Por Aristides Faria)

×