Reino Monera e Vírus. Vitória, Louise e Bruno.
A descoberta dos vírus. <ul><li>A palavra ‘vírus’ vem do latim e significa </li></ul><ul><li>veneno. Se referia a agentes ...
 
Características gerais dos vírus.  <ul><li>Os vírus são diferentes de outros seres vivos, pois </li></ul><ul><li>não apres...
 
 
Reprodução dos vírus.  <ul><li>Como todos já sabem, o vírus precisa de </li></ul><ul><li>outros  organismos para se multip...
 
Viroses e noções imunológicas.  <ul><li>Gripe, HIV, Catapora, Rubéola, Sarampo, </li></ul><ul><li>Varíola, Poliomielite, D...
 
Reino Monera.  <ul><li>Arqueobactérias e Bactérias.  </li></ul>
Características Gerais.  <ul><li>Monera é um reino biológico e o pioneiro da </li></ul><ul><li>classificação cientifica. E...
 
Estrutura das bactérias. <ul><li>As bactérias tem uma estrutura celular bem </li></ul><ul><li>característica de células pr...
 
Fisiologia das Bactérias.  <ul><li>Nutrição- nutrientes- carbono e nitrogênio. </li></ul><ul><li>bactérias heterótrofas e ...
Importância das Bactérias.  <ul><li>. Disponibilizam oxigênio na atmosfera e reduzindo as concentrações de CO2 : sem as ba...
Cianobactérias.  <ul><li>As cianobactérias podem viver em diversos </li></ul><ul><li>ambientes e condições extremas como e...
 
 
<ul><li>Colégio São José </li></ul><ul><li>Matéria: Biologia </li></ul><ul><li>Professor: Roberto Bagatini </li></ul><ul><...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reino monera e vírus

5.403 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.403
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
159
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reino monera e vírus

  1. 1. Reino Monera e Vírus. Vitória, Louise e Bruno.
  2. 2. A descoberta dos vírus. <ul><li>A palavra ‘vírus’ vem do latim e significa </li></ul><ul><li>veneno. Se referia a agentes da natureza </li></ul><ul><li>que provocavam doenças. Eles possuem </li></ul><ul><li>estrutura molecular apenas visível ao </li></ul><ul><li>microscópio eletrônico. </li></ul>
  3. 4. Características gerais dos vírus. <ul><li>Os vírus são diferentes de outros seres vivos, pois </li></ul><ul><li>não apresentam organização celular. São </li></ul><ul><li>formados, basicamente, de um envoltório de </li></ul><ul><li>proteína ou capsídeo composto de unidades </li></ul><ul><li>chamadas apsômeros ao redor do material </li></ul><ul><li>genético, que pode ser o RNA ou DNA, nunca os </li></ul><ul><li>dois ao mesmo tempo. Alguns vírus possuem um </li></ul><ul><li>envoltório externo de lipídeos ou glicídios sobre a </li></ul><ul><li>capa de proteína. </li></ul>
  4. 7. Reprodução dos vírus. <ul><li>Como todos já sabem, o vírus precisa de </li></ul><ul><li>outros  organismos para se multiplicar. Os vírus </li></ul><ul><li>também não são considerados como organismos </li></ul><ul><li>primitivos como se pensava antigamente, são sim, </li></ul><ul><li>organismos muito especializados que talvez tenham </li></ul><ul><li>evoluído de um ancestral que perdeu a sua capacidade de vida </li></ul><ul><li>independente, tornando-se parasitas ao extremo. Para se </li></ul><ul><li>multiplicarem os vírus utilizam o processo reprodutivo da </li></ul><ul><li>célula hospedeira, redirecionando o metabolismo destas pela </li></ul><ul><li>substituição do ácido nucléico celular. Os vírus podem infectar </li></ul><ul><li>desde bactérias até seres humanos. </li></ul>
  5. 9. Viroses e noções imunológicas. <ul><li>Gripe, HIV, Catapora, Rubéola, Sarampo, </li></ul><ul><li>Varíola, Poliomielite, Dengue. Para a </li></ul><ul><li>proteção ou cura desses tipos de doença </li></ul><ul><li>basta usar preservativos ou tomar vacinas. </li></ul>
  6. 11. Reino Monera. <ul><li>Arqueobactérias e Bactérias. </li></ul>
  7. 12. Características Gerais. <ul><li>Monera é um reino biológico e o pioneiro da </li></ul><ul><li>classificação cientifica. Esse reino é </li></ul><ul><li>composto por bactérias e cianobactérias. </li></ul><ul><li>Eles podem viver em: água, ar, solo, dentro </li></ul><ul><li>de animais e plantas, ou ainda, como </li></ul><ul><li>parasitas. </li></ul>
  8. 14. Estrutura das bactérias. <ul><li>As bactérias tem uma estrutura celular bem </li></ul><ul><li>característica de células procarióticas: sem </li></ul><ul><li>núcleo revestido de membrana (o núcleo </li></ul><ul><li>dos procariontes é chamado de </li></ul><ul><li>nucleóide),com  plasmídeos , ribossomos, </li></ul><ul><li>Fimbrias Flagelos, Cápsulas, Parede celular, </li></ul><ul><li>Membrana Celular e Citoplasma. </li></ul>
  9. 16. Fisiologia das Bactérias. <ul><li>Nutrição- nutrientes- carbono e nitrogênio. </li></ul><ul><li>bactérias heterótrofas e bactérias autótrofas </li></ul><ul><li>Respiração- utilização de oxigênio, porém as aeróbicas são completamente restritas a este gás. </li></ul><ul><li>Microaerofilas- são facultativas,ou seja, tanto vivem com oxigênio como também vivem sem ele. </li></ul>
  10. 17. Importância das Bactérias. <ul><li>. Disponibilizam oxigênio na atmosfera e reduzindo as concentrações de CO2 : sem as bactérias, não existiriam células eucariontes e, tampouco, células vegetais. Bactérias decompositoras e saprófitas, juntamente com os fungos, são responsáveis pela reciclagem da matéria orgânica oriunda de organismos mortos e resíduos, como fezes e urina, transformando-a em moléculas de composição mais simples:. </li></ul>
  11. 18. Cianobactérias. <ul><li>As cianobactérias podem viver em diversos </li></ul><ul><li>ambientes e condições extremas como em águas </li></ul><ul><li>de fontes termais, com temperatura de </li></ul><ul><li>aproximadamente 74ºC ou em lagos antárticos </li></ul><ul><li>com temperatura próximas de 0ºC, outras </li></ul><ul><li>resistem a alta salinidade até em períodos de </li></ul><ul><li>seca. Algumas formas são terrestres, vivem sobre </li></ul><ul><li>rochas ou solo úmido, estas podem ser </li></ul><ul><li>importantes fixadoras do nitrogênio atmosférico, sendo </li></ul><ul><li>essenciais para algumas plantas. </li></ul>
  12. 21. <ul><li>Colégio São José </li></ul><ul><li>Matéria: Biologia </li></ul><ul><li>Professor: Roberto Bagatini </li></ul><ul><li>Grupo: Bruno, Louise e Vitória. </li></ul><ul><li>Erechim, junho de 2011. </li></ul>

×