SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE
1. Em um condutor metálico, a corrente elétrica é devida ao movimento de:
a) Elétrons, no sentido convencional da corrente
b) Íons positivos e negativos
c) Prótons no sentido convencional da corrente e elétrons no sentido
oposto ao convencional
d) Elétrons no sentido oposto ao convencional da corrente
e) Íons positivos no sentido convencional da corrente e elétrons no
sentido oposto ao convencional
2. Quanto à resistência de um fio condutor, é correto afirmar que:
a) Quanto maior o diâmetro, maior a resistência
b) Quanto maior a resistividade, maior a resistência
c) Quanto maior o comprimento, menor a resistência
d) Quanto menor a resistividade, maior a resistência
3. Para diminuir a resistência de um fio condutor, devemos:
a) Aumentar o comprimento
b) Diminuir a área
c) Trocar seu material por um de resistividade menor
d) Trocar seu material por um de resistividade maior
e) Diminuir a camada isolante sobre o fio.
4. Em alguns conjuntos de lâmpadas usados para enfeitar árvores de natal,
as lâmpadas estão ligadas em série. Se um desses conjuntos estiver em
funcionamento e uma das lâmpadas se queimar:
a) As demais continuam acesas
b) As demais apagam
c) Se for a quinta lâmpada a se queimar, apenas as quatro primeiras
lâmpadas permanecerão acesas
d) Se for a quinta lâmpada a se queimar, as quatro primeiras lâmpadas
se apagarão e as demais permanecerão acesas.
5. Num circuito de corrente elétrica, a força eletromotriz é:
a) A força que o gerador imprime aos elétrons
b) A ddp entre os terminais do gerador
c) A energia que o gerador transfere a uma unidade de carga portadora
de corrente.
d) A energia dissipada em forma de calor.
6. Quando forçamos um motor elétrico, como por exemplo, quando
colocamos roupas na máquina de lavar em quantidade acima da
máxima especificada pelo fabricante, notamos que há um aquecimento
acima do normal, chegando até, às vezes, a sair fumaça. Tal
procedimento é prejudicial à vida útil do motor pois:
a) Ele está consumindo o dobro da energia elétrica
b) Ele dissipa menos energia térmica e exerce mais energia mecânica
c) Ele dissipa mais energia térmica e em detrimento da energia
mecânica
d) A energia elétrica é totalmente convertida em mecânica
e) Nda
7. Assinale a alternativa incorreta:
a) Numa bússola, o polo norte é o polo da agulha que aponta para o
norte geográfico da Terra
b) Polo de um ímã é a região onde o magnetismo é mais intenso
c) Ao se cortar um ímã, obtêm-se dois imãs com um único polo cada
um.
d) Um fio condutor percorrido por uma corrente elétrica gera um campo
magnético.
8. Considerando as propriedades dos ímãs, assinale a alternativa correta:
a) Quando temos dois ímãs, podemos afirmar que seus polos
magnéticos de mesmo nome se atraem.
b) Os polos magnéticos norte e sul de um ímã são regiões
eletricamente carregadas, apresentando alta concentração de cargas
elétricas negativas e positivas, respectivamente.
c) Os polos magnéticos norte e sul de um ímã são regiões
eletricamente carregadas, apresentando alta concentração de cargas
elétricas positivas e negativas, respectivamente.
d) Quando quebramos um ímã em dois pedaços, os pedaços
quebrados são também ímãs, cada um deles tendo dois polos
magnéticos.
e) Quando quebramos um ímã em dois pedaços exatamente iguais, os
pedaços quebrados não mais são ímãs, pois um deles conterá
apenas o polo norte, enquanto o outro, apenas o polo sul.
9. Entre os dispositivos elétricos citados a seguir, aquele que só pode
funcionar com corrente alternada, é:
a) O acendedor de cigarros do automóvel
b) O chuveiro
c) O ferro de passar roupa
d) A lâmpada incandescente
e) O transformador
10.Para compreender a influência da ciência e da tecnologia na evolução
das sociedades e suas mudanças de comportamento, bem como os
condicionamentos históricos e sociais na criação científica e tecnológica,
o indivíduo deve conhecer, por exemplo, os princípios do
eletromagnetismo aplicados em muitos recursos tecnológicos hoje
usados. Analisando alguns princípios ou fenômenos eletromagnéticos e
suas aplicações, correlacione as linhas de cima com as de baixo.
( ) motor elétrico
( ) eletroímã
( ) alternador (gerador de corrente alternada)
1. Uma corrente elétrica num fio estabelece um campo magnético em torno
desse fio.
2. Um condutor, em que passa uma corrente elétrica, em um campo
magnético, sofre a ação de uma força exercida por esse campo.
3. Uma corrente elétrica induzida em um circuito no qual existe variação de
fluxo magnético.
A alternativa, contendo a sequência correta, de cima para baixo, é:
a) 1 – 2 – 3
b) 2 – 3 – 1
c) 3 – 1 – 2
d) 1 – 3 – 2
e) 2 – 1 – 3
RESPOSTAS
1. C
2. B
3. C
4. B
5. C
6. C
7. C
8. D
9. E
10. E

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Simulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básicaSimulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básicaEvanildo Leal
 
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônicaLista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônicaProfª Alda Ernestina
 
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...Rodrigo Penna
 
Lista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 anoLista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 anoTaciano Santos
 
27580175 propriedades-gerais-da-materia
27580175 propriedades-gerais-da-materia27580175 propriedades-gerais-da-materia
27580175 propriedades-gerais-da-materiacristiana Leal
 
Seres vivos - células
Seres vivos - células Seres vivos - células
Seres vivos - células Mary Alvarenga
 
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)Vilmar Silva
 
Lista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reproduçãoLista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reproduçãoAndrea Barreto
 
Lista de exerc - Acidos Nucleicos - 1ano
Lista de exerc - Acidos Nucleicos - 1anoLista de exerc - Acidos Nucleicos - 1ano
Lista de exerc - Acidos Nucleicos - 1anoADÃO Graciano
 
Prova biomas 7º ano Matias.pdf
Prova biomas 7º ano Matias.pdfProva biomas 7º ano Matias.pdf
Prova biomas 7º ano Matias.pdfEduardoCerchi2
 
Exercícios sobre células
Exercícios sobre célulasExercícios sobre células
Exercícios sobre célulasMINEDU
 
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOSEXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOSHelena Aragão De Sá Martins
 

Mais procurados (20)

Simulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básicaSimulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básica
 
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônicaLista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
 
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...
 
Gabarito física
Gabarito físicaGabarito física
Gabarito física
 
Lista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 anoLista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 ano
 
27580175 propriedades-gerais-da-materia
27580175 propriedades-gerais-da-materia27580175 propriedades-gerais-da-materia
27580175 propriedades-gerais-da-materia
 
Seres vivos - células
Seres vivos - células Seres vivos - células
Seres vivos - células
 
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)
 
Lista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reproduçãoLista de exercícios Tipos de reprodução
Lista de exercícios Tipos de reprodução
 
Exercícios iniciais
Exercícios   iniciaisExercícios   iniciais
Exercícios iniciais
 
Lista de exerc - Acidos Nucleicos - 1ano
Lista de exerc - Acidos Nucleicos - 1anoLista de exerc - Acidos Nucleicos - 1ano
Lista de exerc - Acidos Nucleicos - 1ano
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Calorimetria
 
Máquinas simples
Máquinas simplesMáquinas simples
Máquinas simples
 
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MATÉRIA E ENERGIA"
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MATÉRIA E ENERGIA"EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MATÉRIA E ENERGIA"
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MATÉRIA E ENERGIA"
 
Prova biomas 7º ano Matias.pdf
Prova biomas 7º ano Matias.pdfProva biomas 7º ano Matias.pdf
Prova biomas 7º ano Matias.pdf
 
Prova de biologia diagnóstico 2º ano
Prova de biologia diagnóstico 2º anoProva de biologia diagnóstico 2º ano
Prova de biologia diagnóstico 2º ano
 
Exercícios sobre células
Exercícios sobre célulasExercícios sobre células
Exercícios sobre células
 
Atividades biomas brasileiros
Atividades biomas brasileirosAtividades biomas brasileiros
Atividades biomas brasileiros
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
 
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOSEXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
 

Destaque

Atividades experimentais de eletrostática
Atividades experimentais de eletrostáticaAtividades experimentais de eletrostática
Atividades experimentais de eletrostáticaRoberto Bagatini
 
Atividades experimentais de eletricidade
Atividades experimentais de eletricidadeAtividades experimentais de eletricidade
Atividades experimentais de eletricidadeRoberto Bagatini
 
Curiosidades ondas, som, luz, espelhos e lentes
Curiosidades ondas, som, luz, espelhos e lentesCuriosidades ondas, som, luz, espelhos e lentes
Curiosidades ondas, som, luz, espelhos e lentesRoberto Bagatini
 
Charges ondas, som, luz, espelhos e lentes
Charges ondas, som, luz, espelhos e lentesCharges ondas, som, luz, espelhos e lentes
Charges ondas, som, luz, espelhos e lentesRoberto Bagatini
 
Experimentos ondas,som,luz,espelhos,lentes
Experimentos ondas,som,luz,espelhos,lentesExperimentos ondas,som,luz,espelhos,lentes
Experimentos ondas,som,luz,espelhos,lentesRoberto Bagatini
 
Curiosidades eletrostática e eletricidade
Curiosidades eletrostática e eletricidadeCuriosidades eletrostática e eletricidade
Curiosidades eletrostática e eletricidadeRoberto Bagatini
 
Exercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologiaExercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologiaRoberto Bagatini
 
Exercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostáticaExercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostáticaRoberto Bagatini
 
Atividades experimentais de termologia
Atividades experimentais de termologiaAtividades experimentais de termologia
Atividades experimentais de termologiaRoberto Bagatini
 
Exercícios onda,som,luz,espelho,lente
Exercícios onda,som,luz,espelho,lenteExercícios onda,som,luz,espelho,lente
Exercícios onda,som,luz,espelho,lenteRoberto Bagatini
 
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentes
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentesAula ondas, som, luz, espelhos, lentes
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentesRoberto Bagatini
 
Cópia de eletrizacao 1
Cópia de eletrizacao 1Cópia de eletrizacao 1
Cópia de eletrizacao 1ludy04
 

Destaque (20)

Resumo de eletricidade
Resumo de eletricidadeResumo de eletricidade
Resumo de eletricidade
 
Atividades experimentais de eletrostática
Atividades experimentais de eletrostáticaAtividades experimentais de eletrostática
Atividades experimentais de eletrostática
 
Resumo eletrostática
Resumo eletrostáticaResumo eletrostática
Resumo eletrostática
 
Atividades experimentais de eletricidade
Atividades experimentais de eletricidadeAtividades experimentais de eletricidade
Atividades experimentais de eletricidade
 
Plantão eletrostática
Plantão eletrostáticaPlantão eletrostática
Plantão eletrostática
 
Curiosidades ondas, som, luz, espelhos e lentes
Curiosidades ondas, som, luz, espelhos e lentesCuriosidades ondas, som, luz, espelhos e lentes
Curiosidades ondas, som, luz, espelhos e lentes
 
Charges ondas, som, luz, espelhos e lentes
Charges ondas, som, luz, espelhos e lentesCharges ondas, som, luz, espelhos e lentes
Charges ondas, som, luz, espelhos e lentes
 
Simulado de termologia
Simulado de termologiaSimulado de termologia
Simulado de termologia
 
Experimentos ondas,som,luz,espelhos,lentes
Experimentos ondas,som,luz,espelhos,lentesExperimentos ondas,som,luz,espelhos,lentes
Experimentos ondas,som,luz,espelhos,lentes
 
Curiosidades eletrostática e eletricidade
Curiosidades eletrostática e eletricidadeCuriosidades eletrostática e eletricidade
Curiosidades eletrostática e eletricidade
 
Simulado eletrostática
Simulado eletrostáticaSimulado eletrostática
Simulado eletrostática
 
Exercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologiaExercícios sobre termologia
Exercícios sobre termologia
 
Prezi eletrostática
Prezi eletrostáticaPrezi eletrostática
Prezi eletrostática
 
Exercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostáticaExercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostática
 
Atividades experimentais de termologia
Atividades experimentais de termologiaAtividades experimentais de termologia
Atividades experimentais de termologia
 
Exercícios onda,som,luz,espelho,lente
Exercícios onda,som,luz,espelho,lenteExercícios onda,som,luz,espelho,lente
Exercícios onda,som,luz,espelho,lente
 
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentes
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentesAula ondas, som, luz, espelhos, lentes
Aula ondas, som, luz, espelhos, lentes
 
exercícios de eletricidade.
exercícios de eletricidade.exercícios de eletricidade.
exercícios de eletricidade.
 
Cópia de eletrizacao 1
Cópia de eletrizacao 1Cópia de eletrizacao 1
Cópia de eletrizacao 1
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
 

Semelhante a Exercícios de Eletricidade: Princípios e Aplicações

Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica Paloma
 
Avaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º anoAvaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º anoProf. Sergio
 
Lista 18 eletrodinamica 1
Lista 18 eletrodinamica 1Lista 18 eletrodinamica 1
Lista 18 eletrodinamica 1rodrigoateneu
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétricafisicaatual
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétricafisicaatual
 
Lista 20 eletrodinamica 3
Lista 20 eletrodinamica 3Lista 20 eletrodinamica 3
Lista 20 eletrodinamica 3rodrigoateneu
 
Noções de eletricidade
Noções de eletricidadeNoções de eletricidade
Noções de eletricidadeEvanildo Leal
 
Transformadores calculo1
Transformadores calculo1Transformadores calculo1
Transformadores calculo1vitormdmendes
 
Eletricidade 40 questoes
Eletricidade   40 questoesEletricidade   40 questoes
Eletricidade 40 questoesEvanildo Leal
 
4Eletromagnetismo1 (1).pptx
4Eletromagnetismo1 (1).pptx4Eletromagnetismo1 (1).pptx
4Eletromagnetismo1 (1).pptxEvaldoMarques3
 
4Eletromagnetismo1 (1).pdf
4Eletromagnetismo1 (1).pdf4Eletromagnetismo1 (1).pdf
4Eletromagnetismo1 (1).pdfEvaldoMarques3
 
Eletricidade básica & motores e geradores gab
Eletricidade básica & motores e geradores   gabEletricidade básica & motores e geradores   gab
Eletricidade básica & motores e geradores gabEvanildo Leal
 
Exercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de OhmExercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de OhmO mundo da FÍSICA
 
Transformadores teori pratica_dicas
Transformadores teori pratica_dicasTransformadores teori pratica_dicas
Transformadores teori pratica_dicasBruno Borges
 
Exercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétricaExercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétricaO mundo da FÍSICA
 

Semelhante a Exercícios de Eletricidade: Princípios e Aplicações (20)

Exerc semicondutor
Exerc semicondutorExerc semicondutor
Exerc semicondutor
 
Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica
 
8ano energia
8ano energia8ano energia
8ano energia
 
Avaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º anoAvaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º ano
 
Lista 18 eletrodinamica 1
Lista 18 eletrodinamica 1Lista 18 eletrodinamica 1
Lista 18 eletrodinamica 1
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Lista 20 eletrodinamica 3
Lista 20 eletrodinamica 3Lista 20 eletrodinamica 3
Lista 20 eletrodinamica 3
 
Noções de eletricidade
Noções de eletricidadeNoções de eletricidade
Noções de eletricidade
 
Transformadores calculo1
Transformadores calculo1Transformadores calculo1
Transformadores calculo1
 
Eletricidade 40 questoes
Eletricidade   40 questoesEletricidade   40 questoes
Eletricidade 40 questoes
 
4Eletromagnetismo1 (1).pptx
4Eletromagnetismo1 (1).pptx4Eletromagnetismo1 (1).pptx
4Eletromagnetismo1 (1).pptx
 
4Eletromagnetismo1 (1).pdf
4Eletromagnetismo1 (1).pdf4Eletromagnetismo1 (1).pdf
4Eletromagnetismo1 (1).pdf
 
Exercícios lista 1
Exercícios lista 1Exercícios lista 1
Exercícios lista 1
 
Eletricidade básica & motores e geradores gab
Eletricidade básica & motores e geradores   gabEletricidade básica & motores e geradores   gab
Eletricidade básica & motores e geradores gab
 
Exercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de OhmExercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de Ohm
 
Fisv407a23
Fisv407a23Fisv407a23
Fisv407a23
 
Transformadores teori pratica_dicas
Transformadores teori pratica_dicasTransformadores teori pratica_dicas
Transformadores teori pratica_dicas
 
Exercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétricaExercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétrica
 
56fd6937060f6
56fd6937060f656fd6937060f6
56fd6937060f6
 

Mais de Roberto Bagatini (13)

Curiosidades de termologia
Curiosidades de termologiaCuriosidades de termologia
Curiosidades de termologia
 
Resumo de termologia
Resumo de termologiaResumo de termologia
Resumo de termologia
 
Slides blog termologia
Slides blog termologiaSlides blog termologia
Slides blog termologia
 
Aula bio 30set2011 2
Aula bio 30set2011 2Aula bio 30set2011 2
Aula bio 30set2011 2
 
Slides ácidos e bases
Slides ácidos e basesSlides ácidos e bases
Slides ácidos e bases
 
Aula bio 23set2011 2
Aula bio 23set2011 2Aula bio 23set2011 2
Aula bio 23set2011 2
 
Aula bio 16set2011
Aula bio 16set2011Aula bio 16set2011
Aula bio 16set2011
 
Aula bio 16set2011 2
Aula bio 16set2011 2Aula bio 16set2011 2
Aula bio 16set2011 2
 
Aula bio 09set2011
Aula bio 09set2011Aula bio 09set2011
Aula bio 09set2011
 
Aula bio 02set2011
Aula bio 02set2011Aula bio 02set2011
Aula bio 02set2011
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
 
Termometria aula
Termometria   aulaTermometria   aula
Termometria aula
 
Termologia 2 aula
Termologia 2   aulaTermologia 2   aula
Termologia 2 aula
 

Último

A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfSandra Pratas
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 

Último (20)

A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 

Exercícios de Eletricidade: Princípios e Aplicações

  • 1. EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE 1. Em um condutor metálico, a corrente elétrica é devida ao movimento de: a) Elétrons, no sentido convencional da corrente b) Íons positivos e negativos c) Prótons no sentido convencional da corrente e elétrons no sentido oposto ao convencional d) Elétrons no sentido oposto ao convencional da corrente e) Íons positivos no sentido convencional da corrente e elétrons no sentido oposto ao convencional 2. Quanto à resistência de um fio condutor, é correto afirmar que: a) Quanto maior o diâmetro, maior a resistência b) Quanto maior a resistividade, maior a resistência c) Quanto maior o comprimento, menor a resistência d) Quanto menor a resistividade, maior a resistência 3. Para diminuir a resistência de um fio condutor, devemos: a) Aumentar o comprimento b) Diminuir a área c) Trocar seu material por um de resistividade menor d) Trocar seu material por um de resistividade maior e) Diminuir a camada isolante sobre o fio. 4. Em alguns conjuntos de lâmpadas usados para enfeitar árvores de natal, as lâmpadas estão ligadas em série. Se um desses conjuntos estiver em funcionamento e uma das lâmpadas se queimar: a) As demais continuam acesas b) As demais apagam c) Se for a quinta lâmpada a se queimar, apenas as quatro primeiras lâmpadas permanecerão acesas d) Se for a quinta lâmpada a se queimar, as quatro primeiras lâmpadas se apagarão e as demais permanecerão acesas. 5. Num circuito de corrente elétrica, a força eletromotriz é: a) A força que o gerador imprime aos elétrons b) A ddp entre os terminais do gerador c) A energia que o gerador transfere a uma unidade de carga portadora de corrente. d) A energia dissipada em forma de calor. 6. Quando forçamos um motor elétrico, como por exemplo, quando colocamos roupas na máquina de lavar em quantidade acima da máxima especificada pelo fabricante, notamos que há um aquecimento acima do normal, chegando até, às vezes, a sair fumaça. Tal procedimento é prejudicial à vida útil do motor pois: a) Ele está consumindo o dobro da energia elétrica b) Ele dissipa menos energia térmica e exerce mais energia mecânica
  • 2. c) Ele dissipa mais energia térmica e em detrimento da energia mecânica d) A energia elétrica é totalmente convertida em mecânica e) Nda 7. Assinale a alternativa incorreta: a) Numa bússola, o polo norte é o polo da agulha que aponta para o norte geográfico da Terra b) Polo de um ímã é a região onde o magnetismo é mais intenso c) Ao se cortar um ímã, obtêm-se dois imãs com um único polo cada um. d) Um fio condutor percorrido por uma corrente elétrica gera um campo magnético. 8. Considerando as propriedades dos ímãs, assinale a alternativa correta: a) Quando temos dois ímãs, podemos afirmar que seus polos magnéticos de mesmo nome se atraem. b) Os polos magnéticos norte e sul de um ímã são regiões eletricamente carregadas, apresentando alta concentração de cargas elétricas negativas e positivas, respectivamente. c) Os polos magnéticos norte e sul de um ímã são regiões eletricamente carregadas, apresentando alta concentração de cargas elétricas positivas e negativas, respectivamente. d) Quando quebramos um ímã em dois pedaços, os pedaços quebrados são também ímãs, cada um deles tendo dois polos magnéticos. e) Quando quebramos um ímã em dois pedaços exatamente iguais, os pedaços quebrados não mais são ímãs, pois um deles conterá apenas o polo norte, enquanto o outro, apenas o polo sul. 9. Entre os dispositivos elétricos citados a seguir, aquele que só pode funcionar com corrente alternada, é: a) O acendedor de cigarros do automóvel b) O chuveiro c) O ferro de passar roupa d) A lâmpada incandescente e) O transformador 10.Para compreender a influência da ciência e da tecnologia na evolução das sociedades e suas mudanças de comportamento, bem como os condicionamentos históricos e sociais na criação científica e tecnológica, o indivíduo deve conhecer, por exemplo, os princípios do eletromagnetismo aplicados em muitos recursos tecnológicos hoje usados. Analisando alguns princípios ou fenômenos eletromagnéticos e suas aplicações, correlacione as linhas de cima com as de baixo. ( ) motor elétrico
  • 3. ( ) eletroímã ( ) alternador (gerador de corrente alternada) 1. Uma corrente elétrica num fio estabelece um campo magnético em torno desse fio. 2. Um condutor, em que passa uma corrente elétrica, em um campo magnético, sofre a ação de uma força exercida por esse campo. 3. Uma corrente elétrica induzida em um circuito no qual existe variação de fluxo magnético. A alternativa, contendo a sequência correta, de cima para baixo, é: a) 1 – 2 – 3 b) 2 – 3 – 1 c) 3 – 1 – 2 d) 1 – 3 – 2 e) 2 – 1 – 3 RESPOSTAS 1. C 2. B 3. C 4. B 5. C 6. C 7. C 8. D 9. E 10. E