Vale de ossos secos

12.964 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual, Tecnologia
1 comentário
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.964
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.542
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
718
Comentários
1
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vale de ossos secos

  1. 1. Vale de ossos secos. Sermão- Rev. Paulo Dias Nogueira Catedral Metodista de Piracicaba – 19.06.2011
  2. 2. INTRODUÇÃO
  3. 3. É impossível passar por esta vida sem experimentar ... ...adversidades ...tribulações ...tragédias ...crises ...decepções ...enfermidades ...temporais...
  4. 4. Pelo fato de sermos cristãos não estamos isentos de passar por estas experiências. “ No mundo tereis aflições, tende bom ânimo, eu venci ”.
  5. 5. Somos seres humanos comuns, estamos debaixo da mesma lei. “ Deus faz chover sobre justos e injustos ”.
  6. 6. Tal como o cântico, podemos afirmar: “ Há momentos na vida que pensamos em olhar para trás. É preciso pedir ajuda para poder continuar. E clamamos o nome de Jesus, ele nos ajuda a carregar a cruz ”.
  7. 7. O próprio SENHOR Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, enfrentou momentos muito difíceis... No ventre Ao sair do ventre Fugindo da morte
  8. 8. Os Evangelhos não narram, mas provavelmente na infância e juventude ele também tenha passado por experiências difíceis. Orando Estudando a Toráh Trabalho do papai
  9. 9. Tentação no Deserto
  10. 10. No Getsêmani
  11. 11. Se o próprio SENHOR Jesus enfrentou adversidades na sua caminhada terrena, é incorreto afirmar que por sermos cristãos estamos isentos delas. O Salmo 23, um texto tão recitado, nos adverte da possibilidade de passarmos pelo “ vale da sombra da morte ”. Segundo ele, o consolo está no fato de que Deus estará conosco. Sua vara e cajado nos guiarão durante este período.
  12. 12. PORTANTO, todos os seres humanos (cristãos ou não) enfrentam ou enfrentarão adversidades em sua jornada terrena.
  13. 13. A pergunta a se fazer é: Como se posicionar diante destas adversidades ... tribulações... tragédias... crises... decepções... enfermidades... temporais... ?
  14. 14. TEXTO Ezequiel 37.1-14
  15. 15. 1 Veio sobre mim a mão do Senhor; ele me levou pelo Espírito do senhor e me deixou no meio de um vale que estava cheio de ossos.
  16. 16. 2 e me fez andar ao redor deles; eram mui numerosos na superfície do vale e estavam sequíssimos.
  17. 17. 3 Então, me perguntou: Filho do homem, acaso, poderão reviver estes ossos? Respondi: Senhor Deus, tu o sabes.
  18. 18. 4 Disse-me ele: Profetiza a estes ossos e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.
  19. 19. 5 Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: Eis que farei entrar o espírito em vós, e vivereis.
  20. 20. 6 Porei tendões sobre vós, farei crescer carne sobre vós, sobre vós estenderei pele e porei em vós o espírito, e vivereis. E sabereis que eu sou o Senhor.
  21. 21. 7 Então, profetizei segundo me fora ordenado; enquanto eu profetizava, houve um ruído, um barulho de ossos que batiam contra ossos e se ajuntavam, cada osso ao seu osso.
  22. 22. 8 Olhei, e eis que havia tendões sobre eles, e cresceram as carnes, e se estendeu a pele sobre eles; mas não havia neles espírito.
  23. 23. 9 Então ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, dize-lhe: Assim diz o Senhor Deus: Vem dos quatro vento, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam.
  24. 24. 10 Profetizei como ele me ordenara, e o espírito entrou neles, e viveram e se puseram em pé, um exército sobremodo poderoso.
  25. 25. 11 Então, me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; estamos de todo exterminados.
  26. 26. 12 Portanto, profetiza e dize-lhes: Assim diz o Senhor Deus: Eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu, e vos trarei à terra de Israel.
  27. 27. 13 Sabereis que eu sou o Senhor, quando eu abrir a vossa sepultura e vos fizer sair dela, ó povo meu.
  28. 28. 14 Porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos estabelecerei na vossa própria terra. Então, sabereis que eu, o Senhor, disse isto e o fiz, diz o Senhor.
  29. 29. CONTEXTO Ezequiel 37.1-14
  30. 30. CONTEXTO Ezequiel: profeta da esperança Foi profeta entre os anos 597 e 570 aC. 597 a 586 (1ª fase) 586 a 570 (2ª fase)
  31. 31. CONTEXTO Nosso texto está inserido na 2ª fase, tempo de proclamar a esperança de que o povo retornará do exílio. Ezequiel utiliza-se de uma parábola.
  32. 32. MENSAGEM Ezequiel 37.1-14
  33. 33. MENSAGEM A situação de desespero em que vivem os exilados é comparado ao de morte. VALE DE OSSOS SECOS Neste ambiente Deus vai transformar morte em vida.
  34. 34. MENSAGEM Diante das crises temos 2 opções: VIDA ou MORTE.
  35. 35. MENSAGEM Apesar das circunstâncias, eles são convidados a olhar para as possibilidades que DEUS pode proporcionar. No momento de desesperança Deus apresenta possibilidades.
  36. 36. MENSAGEM Deus se propõem a transformar: Morte em Vida Desespero em Esperança Escravidão em Libertação
  37. 37. APLICAÇÃO PASTORAL Ezequiel 37.1-14
  38. 38. APLICAÇÃO PASTORAL Em nossa caminhada também passamos por situações difíceis que nos levam ao desespero ou à desesperança. A Bíblia nos garante que Deus não nos abandona e nos envia seu Espírito para nos revigorar.

×