SlideShare uma empresa Scribd logo
SERMÃO
Ouvir a Deus ou aos homens?
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Introdução
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Vivemos um tempo em
que as pessoas buscam
independência.
Ninguém quer se
submeter à tutela do
outro.
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Ouve-se o outro apenas
quando está falando o
que interessa.
“...eu sou dono do meu
nariz...”
Ouvir a Deus ou aos
homens?
A religião é considerada
tutora de pessoas fracas.
Ouvir a Deus, é abster-se
de tomar decisão
própria... é ser
manipulado por outro.
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Convido-os a refletir
sobre este tema, à luz do
texto Bíblico.
2a Crônicas 18: 1-27
TEXTO BÍBLICO
Aliança entre
Josafá e Acabe
1 Tinha Josafá riquezas e
glória em abundância; e
aparentou-se com
Acabe.
2 Ao cabo de alguns
anos, foi ter com Acabe,
em Samaria. Acabe
matou ovelhas e bois
em abundância, para ele
e para o povo que viera
com ele; e o persuadiu a
subir, com ele, a
Ramote-Gileade.
3 Acabe, rei de Israel,
perguntou a Josafá, rei
de Judá: Irás tu, comigo,
a Ramote-Gileade?
Respondeu-lhe Josafá:
Serei como tu és, o meu
povo, como o teu povo;
iremos, contigo, à
peleja.
As promessas dos
falsos profetas
4 Disse mais Josafá ao
rei de Israel: Consulta,
primeiro, a palavra do
SENHOR.
5 Então, o rei de Israel
ajuntou os profetas,
quatrocentos homens, e
lhes disse: Iremos à
peleja contra Ramote-
Gileade ou deixarei de
ir? Eles disseram:
6 Sobe, porque Deus a
entregará nas mãos do
rei. Disse, porém,
Josafá: Não há, aqui,
ainda algum profeta do
SENHOR, para o
consultarmos?
7 Respondeu o rei de
Israel a Josafá: Há um
ainda, por quem
podemos consultar o
SENHOR; porém eu o
aborreço, porque nunca
profetiza de mim o que é
bom, mas somente o
que é mau.
8 Este é Micaías, filho de
Inlá. Disse Josafá: Não
fale o rei assim. Então, o
rei de Israel chamou um
oficial e disse: Traze-me
depressa a Micaías,
filho de Inlá.
9 O rei de Israel e Josafá,
rei de Judá, estavam
assentados, cada um no
seu trono, vestidos de
trajes reais, numa eira à
entrada da porta de
Samaria; e todos os
profetas profetizavam
diante deles.
10 Zedequias, filho de
Quenaana, fez para si uns
chifres de ferro e disse:
Assim diz o SENHOR:
Com este, escornearás
os siros, até de todo os
consumir.
11 Todos os profetas
profetizaram assim,
dizendo: Sobe a Ramote-
Gileade e triunfarás,
porque o SENHOR a
entregará nas mãos do
rei.
A profecia de Micaías
12 O mensageiro que fora
chamar a Micaías falou-
lhe, dizendo: Eis que as
palavras dos profetas, a
uma voz, predizem coisas
boas para o rei; seja,
pois, a tua palavra como
a palavra de um deles, e
fala o que é bom.
13 Respondeu Micaías:
Tão certo como vive o
SENHOR, o que meu
Deus me disser, isso
falarei.
14 E, vindo ele ao rei, este
lhe perguntou: Micaías,
iremos a Ramote-Gileade,
à peleja, ou deixarei de
ir? Ele respondeu: Sobe e
triunfarás, porque eles
serão entregues nas
vossas mãos.
15 O rei lhe disse:
Quantas vezes te
conjurarei que não me
fales senão a verdade em
nome do SENHOR?
16 Então, disse ele: Vi
todo o Israel disperso
pelos montes, como
ovelhas que não têm
pastor; e disse o
SENHOR: Estes não têm
dono; torne cada um em
paz para sua casa.
17 Então, o rei de Israel
disse a Josafá: Não te
disse eu que ele não
profetiza a meu respeito
o que é bom, mas
somente o que é mau?
18 Micaías prosseguiu:
Ouvi, pois, a palavra do
SENHOR: Vi o SENHOR
assentado no seu trono,
e todo o exército do céu
estava à sua direita e à
sua esquerda.
19 Perguntou o SENHOR:
Quem enganará Acabe, o
rei de Israel, para que
suba e caia em Ramote-
Gileade? Um dizia desta
maneira, e outro, de
outra.
20 Então, saiu um espírito,
e se apresentou diante do
SENHOR, e disse: Eu o
enganarei. Perguntou-lhe
o SENHOR: Com quê?
21 Respondeu ele: Sairei e
serei espírito mentiroso
na boca de todos os seus
profetas. Disse o
SENHOR: Tu o enganarás
e ainda prevalecerás; sai
e faze -o assim.
22 Eis que o SENHOR pôs
o espírito mentiroso na
boca de todos estes teus
profetas e o SENHOR
falou o que é mau contra
ti.
23 Então, Zedequias, filho
de Quenaana, deu uma
bofetada em Micaías e
disse:
24 Por onde saiu o
Espírito do SENHOR para
falar a ti? Disse Micaías:
Eis que o verás naquele
mesmo dia, quando
entrares de câmara em
câmara, para te
esconderes.
25 Então, disse o rei de
Israel: Tomai a Micaías e
devolvei -o a Amom,
governador da cidade, e a
Joás, filho do rei;
26 e direis: Assim diz o
rei: Metei este homem na
casa do cárcere e
angustiai -o com
escassez de pão e de
água, até que eu volte em
paz.
27 Disse Micaías: Se
voltares em paz, não
falou o SENHOR, na
verdade, por mim. Disse
mais: Ouvi isto, vós,
todos os povos!
28 Subiram o rei de Israel
e Josafá, rei de Judá,
para Ramote-Gileade.
29 Disse o rei de Israel a
Josafá: eu me disfarçarei
e entrarei na peleja; tu,
porém, traja as tuas
vestes. Disfarçou-se,
pois, o rei de Israel, e
entraram na peleja.
30 Ora, o rei da Síria dera
ordem aos capitães dos
seus carros, dizendo:
Não pelejareis nem
contra pequeno nem
contra grande, mas
somente contra o rei de
Israel.
31 Vendo os capitães dos
carros a Josafá,
disseram: Este é o rei de
Israel. Portanto, a ele se
dirigiram para atacar.
Josafá, porém, gritou, e o
Senhor o socorreu; Deus
os desviou dele.
32 Vendo os capitães dos
carros que não era o rei
de Israel, deixaram de o
perseguir.
33 Então, um homem
entesou o arco e, atirou
ao acaso, feriu o rei de
Israel por entre as juntas
da sua armadura; então,
disse este ao seu
cocheiro: Vira e leva-me
para fora do combate,
porque estou gravemente
ferido.
34 A peleja tornou-se
renhida naquele dia;
quanto ao rei, segurou-se
a si mesmo de pé no
carro defronte dos siros,
até à tarde, mas, ao por-
do-sol, morreu.
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Contextualizando
Micaías
• do hebraico:
“Quem é como o
SENHOR?”
• filho Inlá
• profeta do SENHOR
Micaías
Profeta do SENHOR
para
Reino de
Judá
Reino de
Israel
Rei Acabe
Rei de Israel
Um rei perverso
Foi casado com Jezabel
Promoveu o culto à Baal
Rei Josafá
Rei de Judá
Um rei reto e justo
Um homem piedoso
Errou ao unir-se a Acabe
Ramote-Gileade
Uma cidade à 48 km a
leste do rio Jordão, mais
próxima do Mar da
Galiléia do que do Mar
morto.
Ramote-Gileade
Pertencia a Israel desde
o tempo de Moisés, mas,
nesta época estava sob o
domínio da Síria.
Ramote-Gileade
O rei Acabe (rei de Israel)
decidiu reconquistá-la,
para tal apelou ao rei
Josafá (rei de Judá) para
que se unisse a ele numa
expedição contra os
sírios.
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Mensagem
Rei Josafá:
Diante da proposta do rei
Acabe, ele afirma ser
necessário consultar a
palavra do SENHOR.
... um profeta
Rei Acabe:
Diante da proposta do rei
Josafá, ele preferiu
consultar os seus
profetas, ao invés de
consultar o profeta do
Senhor: Micaías.
Profeta Micaías:
Preferiu agradar a Deus,
dizendo a verdade ao rei
Acabe.
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Aplicação Pastoral
Ouvir a Deus ou aos
homens?
Quem você tem ouvido?
Deus ou os homens?
Quem tem exercido mais
influência em sua vida?
O divino ou o humano?
Ouvir a Deus ou aos
homens?
“Tornai-vos, pois,
praticantes da palavra e
não somente ouvintes,
enganando-vos a vós
mesmos”.
Tg 1.22

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Face a face com Deus
Face a face com DeusFace a face com Deus
Face a face com Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Erberson Pinheiro
 
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do EspiritoAs Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
Márcio Martins
 
Una Iglesia Indestructible y Solida
Una Iglesia Indestructible y SolidaUna Iglesia Indestructible y Solida
Una Iglesia Indestructible y Solida
jenune
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
Jessé Lopes
 
LO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACION
LO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACIONLO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACION
LO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACION
Eliud Gamez Gomez
 
Lo que se debe mostrar en nuestro vestir
Lo que se debe mostrar en nuestro vestirLo que se debe mostrar en nuestro vestir
Lo que se debe mostrar en nuestro vestir
alianzaevangelica
 
B312 jeremias
B312 jeremiasB312 jeremias
B312 jeremias
Jackeline Gonzalez
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
Eduardo Sousa Gomes
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Éder Tomé
 
SANIDAD INTERIOR.
SANIDAD INTERIOR.SANIDAD INTERIOR.
SANIDAD INTERIOR.
JORGE ALVITES
 
Intimidade com deus a cada dia
Intimidade com deus   a cada diaIntimidade com deus   a cada dia
Intimidade com deus a cada dia
Edmilson Fernandes
 
Sermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de Jesus
Sermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de JesusSermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de Jesus
Sermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de Jesus
Geziel Diocreciano de Jesus
 
Venciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritual
Venciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritualVenciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritual
Venciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritual
Percy Acosta meza
 
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03   a ceia do senhor - santidade para o siteAula 03   a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
pbmarcelo
 
PRINCÍPIO DA LEALDADE
PRINCÍPIO DA LEALDADEPRINCÍPIO DA LEALDADE
PRINCÍPIO DA LEALDADE
Idpb São Jose I
 
El Hombre De Doble Animo
El Hombre De Doble AnimoEl Hombre De Doble Animo
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesuslição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesus
antonio vieira
 
Vida devocional jejum
Vida devocional jejumVida devocional jejum
Vida devocional jejum
Dagmar Wendt
 
Idolatría - obras de la carne (2)
Idolatría  -  obras de la carne  (2)Idolatría  -  obras de la carne  (2)
Idolatría - obras de la carne (2)
Iglesia Cristiana Casa de Júbilo y Consagración
 

Mais procurados (20)

Face a face com Deus
Face a face com DeusFace a face com Deus
Face a face com Deus
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
 
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do EspiritoAs Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
 
Una Iglesia Indestructible y Solida
Una Iglesia Indestructible y SolidaUna Iglesia Indestructible y Solida
Una Iglesia Indestructible y Solida
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
LO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACION
LO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACIONLO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACION
LO QUE SE PREGUNTAN LOS CRISTIANOS SOBRE LA CREMACION
 
Lo que se debe mostrar en nuestro vestir
Lo que se debe mostrar en nuestro vestirLo que se debe mostrar en nuestro vestir
Lo que se debe mostrar en nuestro vestir
 
B312 jeremias
B312 jeremiasB312 jeremias
B312 jeremias
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
SANIDAD INTERIOR.
SANIDAD INTERIOR.SANIDAD INTERIOR.
SANIDAD INTERIOR.
 
Intimidade com deus a cada dia
Intimidade com deus   a cada diaIntimidade com deus   a cada dia
Intimidade com deus a cada dia
 
Sermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de Jesus
Sermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de JesusSermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de Jesus
Sermonário de mensagens que edificam Pastor Geziel de Jesus
 
Venciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritual
Venciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritualVenciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritual
Venciendo a los gigantes de nuestra vida para crecimiento espiritual
 
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03   a ceia do senhor - santidade para o siteAula 03   a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
 
PRINCÍPIO DA LEALDADE
PRINCÍPIO DA LEALDADEPRINCÍPIO DA LEALDADE
PRINCÍPIO DA LEALDADE
 
El Hombre De Doble Animo
El Hombre De Doble AnimoEl Hombre De Doble Animo
El Hombre De Doble Animo
 
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesuslição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesus
 
Vida devocional jejum
Vida devocional jejumVida devocional jejum
Vida devocional jejum
 
Idolatría - obras de la carne (2)
Idolatría  -  obras de la carne  (2)Idolatría  -  obras de la carne  (2)
Idolatría - obras de la carne (2)
 

Destaque

Ouvir a Deus ou aos homens 2 Cr 18.1-27
Ouvir a Deus ou aos homens   2 Cr 18.1-27Ouvir a Deus ou aos homens   2 Cr 18.1-27
Ouvir a Deus ou aos homens 2 Cr 18.1-27
Paulo Dias Nogueira
 
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermãoOuvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
Paulo Dias Nogueira
 
O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
Paulo Dias Nogueira
 
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjosSERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
Paulo Dias Nogueira
 
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Paulo Dias Nogueira
 
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjosSERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
Paulo Dias Nogueira
 
Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Paulo Dias Nogueira
 
Jesus nos chama ao compromisso lucas 14 25-33 - reflexão
Jesus nos chama ao compromisso   lucas 14 25-33 - reflexãoJesus nos chama ao compromisso   lucas 14 25-33 - reflexão
Jesus nos chama ao compromisso lucas 14 25-33 - reflexão
Paulo Dias Nogueira
 
Jesus o bom pastor joão 10 11-18 (2012)
Jesus o bom pastor   joão 10 11-18 (2012)Jesus o bom pastor   joão 10 11-18 (2012)
Jesus o bom pastor joão 10 11-18 (2012)
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão   pedro - um homem em busca de compromissoSermão   pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33 Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexãoSermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Paulo Dias Nogueira
 
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemploPlano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Paulo Dias Nogueira
 
Neemias - tempo de edificar
Neemias - tempo de edificarNeemias - tempo de edificar
Neemias - tempo de edificar
Pr Rafa Carmo
 
Pregadores leigos
Pregadores leigosPregadores leigos
Pregadores leigos
Paulo Dias Nogueira
 

Destaque (20)

Ouvir a Deus ou aos homens 2 Cr 18.1-27
Ouvir a Deus ou aos homens   2 Cr 18.1-27Ouvir a Deus ou aos homens   2 Cr 18.1-27
Ouvir a Deus ou aos homens 2 Cr 18.1-27
 
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermãoOuvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
 
O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
 
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjosSERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
 
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
 
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjosSERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
 
Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015
 
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
 
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
 
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
 
Jesus nos chama ao compromisso lucas 14 25-33 - reflexão
Jesus nos chama ao compromisso   lucas 14 25-33 - reflexãoJesus nos chama ao compromisso   lucas 14 25-33 - reflexão
Jesus nos chama ao compromisso lucas 14 25-33 - reflexão
 
Jesus o bom pastor joão 10 11-18 (2012)
Jesus o bom pastor   joão 10 11-18 (2012)Jesus o bom pastor   joão 10 11-18 (2012)
Jesus o bom pastor joão 10 11-18 (2012)
 
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão   pedro - um homem em busca de compromissoSermão   pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
 
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
 
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33 Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
 
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexãoSermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
 
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
 
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemploPlano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
 
Neemias - tempo de edificar
Neemias - tempo de edificarNeemias - tempo de edificar
Neemias - tempo de edificar
 
Pregadores leigos
Pregadores leigosPregadores leigos
Pregadores leigos
 

Semelhante a Sermão ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão

As consequências de uma aliança errada
As consequências de uma aliança erradaAs consequências de uma aliança errada
As consequências de uma aliança errada
Jorge Henrique R de Araujo
 
Bíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.ppt
Igreja Jesus é o Verbo
 
Os milagres de Eliseu (JIN)
Os milagres de  Eliseu (JIN)Os milagres de  Eliseu (JIN)
Os milagres de Eliseu (JIN)
Jeronimo Nunes
 
Estabelecendo o Culto do Senhor
Estabelecendo o Culto do SenhorEstabelecendo o Culto do Senhor
Estabelecendo o Culto do Senhor
Rodrigo Mendonça
 
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptxDeus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
JorgeVieira668836
 
Dia 3 juízes 3: 1 a-31 e 4 : 1 - 17 (com tabela didática)
Dia 3 juízes 3: 1 a-31  e  4 : 1  - 17 (com tabela didática)Dia 3 juízes 3: 1 a-31  e  4 : 1  - 17 (com tabela didática)
Dia 3 juízes 3: 1 a-31 e 4 : 1 - 17 (com tabela didática)
Miriam Ribeiro
 
Os milagres de Eliseu (JIN)
Os milagres de  Eliseu (JIN)Os milagres de  Eliseu (JIN)
Os milagres de Eliseu (JIN)
Jeronimo Nunes
 
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás
8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás
PIB Penha
 
❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR
❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR
❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR
Gerson G. Ramos
 
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
Pib Penha
 
Bíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.ppt
Igreja Jesus é o Verbo
 
Históricos III
Históricos IIIHistóricos III
Históricos III
Ricardo Gondim
 
Lição 12 sabedoria divina para a tomada de decisões
Lição 12   sabedoria divina para a tomada de decisõesLição 12   sabedoria divina para a tomada de decisões
Lição 12 sabedoria divina para a tomada de decisões
Erberson Pinheiro
 
Um pedido sábio
Um pedido sábioUm pedido sábio
Um pedido sábio
Erikson Araújo
 
❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR
❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR
❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR
Gerson G. Ramos
 
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10
Joel Silva
 
2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx
Joel Silva
 
Salmo 97
Salmo 97Salmo 97
Salmo 97
Vilma Longuini
 
❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR
❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR
❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR
Gerson G. Ramos
 
Autoridade Espiritual 2
Autoridade Espiritual 2Autoridade Espiritual 2
Autoridade Espiritual 2
Jovens Do Caminho
 

Semelhante a Sermão ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão (20)

As consequências de uma aliança errada
As consequências de uma aliança erradaAs consequências de uma aliança errada
As consequências de uma aliança errada
 
Bíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro de 1 Reis - slides powerpoint.ppt
 
Os milagres de Eliseu (JIN)
Os milagres de  Eliseu (JIN)Os milagres de  Eliseu (JIN)
Os milagres de Eliseu (JIN)
 
Estabelecendo o Culto do Senhor
Estabelecendo o Culto do SenhorEstabelecendo o Culto do Senhor
Estabelecendo o Culto do Senhor
 
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptxDeus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
 
Dia 3 juízes 3: 1 a-31 e 4 : 1 - 17 (com tabela didática)
Dia 3 juízes 3: 1 a-31  e  4 : 1  - 17 (com tabela didática)Dia 3 juízes 3: 1 a-31  e  4 : 1  - 17 (com tabela didática)
Dia 3 juízes 3: 1 a-31 e 4 : 1 - 17 (com tabela didática)
 
Os milagres de Eliseu (JIN)
Os milagres de  Eliseu (JIN)Os milagres de  Eliseu (JIN)
Os milagres de Eliseu (JIN)
 
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás
8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás
 
❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR
❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR
❉ Respostas 3 - Os últimos cinco reis de Israel_GGR
 
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
 
Bíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - 2 Reis - slides powerpoint.ppt
 
Históricos III
Históricos IIIHistóricos III
Históricos III
 
Lição 12 sabedoria divina para a tomada de decisões
Lição 12   sabedoria divina para a tomada de decisõesLição 12   sabedoria divina para a tomada de decisões
Lição 12 sabedoria divina para a tomada de decisões
 
Um pedido sábio
Um pedido sábioUm pedido sábio
Um pedido sábio
 
❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR
❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR
❉ Respostas 412016_conflito e crise: os juízes_GGR
 
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 10
 
2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 10.pptx
 
Salmo 97
Salmo 97Salmo 97
Salmo 97
 
❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR
❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR
❉ Respostas 10 – A destruição de Jerusalém_GGR
 
Autoridade Espiritual 2
Autoridade Espiritual 2Autoridade Espiritual 2
Autoridade Espiritual 2
 

Mais de Paulo Dias Nogueira

Em Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraemEm Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraem
Paulo Dias Nogueira
 
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro - O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
Paulo Dias Nogueira
 
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa CristãLiturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Paulo Dias Nogueira
 
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAMPOV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
Paulo Dias Nogueira
 
Gaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarteGaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarte
Paulo Dias Nogueira
 
Gaivota 183
Gaivota 183Gaivota 183
Gaivota 183
Paulo Dias Nogueira
 
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Paulo Dias Nogueira
 
Conversão dos olhos mãos e pés atos 3 1-10 (sem texto)
Conversão dos olhos mãos e pés    atos 3 1-10 (sem texto)Conversão dos olhos mãos e pés    atos 3 1-10 (sem texto)
Conversão dos olhos mãos e pés atos 3 1-10 (sem texto)
Paulo Dias Nogueira
 
Pps 18 por que utilizamos o termo pastor
Pps 18   por que utilizamos o termo pastorPps 18   por que utilizamos o termo pastor
Pps 18 por que utilizamos o termo pastor
Paulo Dias Nogueira
 
Apresentação ministério pastoral
Apresentação   ministério pastoralApresentação   ministério pastoral
Apresentação ministério pastoral
Paulo Dias Nogueira
 
Carta de orientação e ficha da CLAM POV 2015
Carta de orientação e ficha da CLAM   POV 2015Carta de orientação e ficha da CLAM   POV 2015
Carta de orientação e ficha da CLAM POV 2015
Paulo Dias Nogueira
 
História das Missões - ppt da aula
História das Missões - ppt da aulaHistória das Missões - ppt da aula
História das Missões - ppt da aula
Paulo Dias Nogueira
 
Uma breve análise da inserção do protestantismo no brasil
Uma breve análise da inserção do protestantismo no brasilUma breve análise da inserção do protestantismo no brasil
Uma breve análise da inserção do protestantismo no brasil
Paulo Dias Nogueira
 

Mais de Paulo Dias Nogueira (13)

Em Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraemEm Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraem
 
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro - O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
 
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa CristãLiturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
 
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAMPOV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
 
Gaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarteGaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarte
 
Gaivota 183
Gaivota 183Gaivota 183
Gaivota 183
 
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
 
Conversão dos olhos mãos e pés atos 3 1-10 (sem texto)
Conversão dos olhos mãos e pés    atos 3 1-10 (sem texto)Conversão dos olhos mãos e pés    atos 3 1-10 (sem texto)
Conversão dos olhos mãos e pés atos 3 1-10 (sem texto)
 
Pps 18 por que utilizamos o termo pastor
Pps 18   por que utilizamos o termo pastorPps 18   por que utilizamos o termo pastor
Pps 18 por que utilizamos o termo pastor
 
Apresentação ministério pastoral
Apresentação   ministério pastoralApresentação   ministério pastoral
Apresentação ministério pastoral
 
Carta de orientação e ficha da CLAM POV 2015
Carta de orientação e ficha da CLAM   POV 2015Carta de orientação e ficha da CLAM   POV 2015
Carta de orientação e ficha da CLAM POV 2015
 
História das Missões - ppt da aula
História das Missões - ppt da aulaHistória das Missões - ppt da aula
História das Missões - ppt da aula
 
Uma breve análise da inserção do protestantismo no brasil
Uma breve análise da inserção do protestantismo no brasilUma breve análise da inserção do protestantismo no brasil
Uma breve análise da inserção do protestantismo no brasil
 

Sermão ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão

  • 1. SERMÃO Ouvir a Deus ou aos homens?
  • 2. Ouvir a Deus ou aos homens? Introdução
  • 3. Ouvir a Deus ou aos homens? Vivemos um tempo em que as pessoas buscam independência. Ninguém quer se submeter à tutela do outro.
  • 4. Ouvir a Deus ou aos homens? Ouve-se o outro apenas quando está falando o que interessa. “...eu sou dono do meu nariz...”
  • 5. Ouvir a Deus ou aos homens? A religião é considerada tutora de pessoas fracas. Ouvir a Deus, é abster-se de tomar decisão própria... é ser manipulado por outro.
  • 6. Ouvir a Deus ou aos homens? Convido-os a refletir sobre este tema, à luz do texto Bíblico.
  • 7. 2a Crônicas 18: 1-27 TEXTO BÍBLICO
  • 9. 1 Tinha Josafá riquezas e glória em abundância; e aparentou-se com Acabe.
  • 10. 2 Ao cabo de alguns anos, foi ter com Acabe, em Samaria. Acabe matou ovelhas e bois em abundância, para ele e para o povo que viera com ele; e o persuadiu a subir, com ele, a Ramote-Gileade.
  • 11. 3 Acabe, rei de Israel, perguntou a Josafá, rei de Judá: Irás tu, comigo, a Ramote-Gileade? Respondeu-lhe Josafá: Serei como tu és, o meu povo, como o teu povo; iremos, contigo, à peleja.
  • 13. 4 Disse mais Josafá ao rei de Israel: Consulta, primeiro, a palavra do SENHOR.
  • 14. 5 Então, o rei de Israel ajuntou os profetas, quatrocentos homens, e lhes disse: Iremos à peleja contra Ramote- Gileade ou deixarei de ir? Eles disseram:
  • 15. 6 Sobe, porque Deus a entregará nas mãos do rei. Disse, porém, Josafá: Não há, aqui, ainda algum profeta do SENHOR, para o consultarmos?
  • 16. 7 Respondeu o rei de Israel a Josafá: Há um ainda, por quem podemos consultar o SENHOR; porém eu o aborreço, porque nunca profetiza de mim o que é bom, mas somente o que é mau.
  • 17. 8 Este é Micaías, filho de Inlá. Disse Josafá: Não fale o rei assim. Então, o rei de Israel chamou um oficial e disse: Traze-me depressa a Micaías, filho de Inlá.
  • 18. 9 O rei de Israel e Josafá, rei de Judá, estavam assentados, cada um no seu trono, vestidos de trajes reais, numa eira à entrada da porta de Samaria; e todos os profetas profetizavam diante deles.
  • 19. 10 Zedequias, filho de Quenaana, fez para si uns chifres de ferro e disse: Assim diz o SENHOR: Com este, escornearás os siros, até de todo os consumir.
  • 20. 11 Todos os profetas profetizaram assim, dizendo: Sobe a Ramote- Gileade e triunfarás, porque o SENHOR a entregará nas mãos do rei.
  • 21. A profecia de Micaías
  • 22. 12 O mensageiro que fora chamar a Micaías falou- lhe, dizendo: Eis que as palavras dos profetas, a uma voz, predizem coisas boas para o rei; seja, pois, a tua palavra como a palavra de um deles, e fala o que é bom.
  • 23. 13 Respondeu Micaías: Tão certo como vive o SENHOR, o que meu Deus me disser, isso falarei.
  • 24. 14 E, vindo ele ao rei, este lhe perguntou: Micaías, iremos a Ramote-Gileade, à peleja, ou deixarei de ir? Ele respondeu: Sobe e triunfarás, porque eles serão entregues nas vossas mãos.
  • 25. 15 O rei lhe disse: Quantas vezes te conjurarei que não me fales senão a verdade em nome do SENHOR?
  • 26. 16 Então, disse ele: Vi todo o Israel disperso pelos montes, como ovelhas que não têm pastor; e disse o SENHOR: Estes não têm dono; torne cada um em paz para sua casa.
  • 27. 17 Então, o rei de Israel disse a Josafá: Não te disse eu que ele não profetiza a meu respeito o que é bom, mas somente o que é mau?
  • 28. 18 Micaías prosseguiu: Ouvi, pois, a palavra do SENHOR: Vi o SENHOR assentado no seu trono, e todo o exército do céu estava à sua direita e à sua esquerda.
  • 29. 19 Perguntou o SENHOR: Quem enganará Acabe, o rei de Israel, para que suba e caia em Ramote- Gileade? Um dizia desta maneira, e outro, de outra.
  • 30. 20 Então, saiu um espírito, e se apresentou diante do SENHOR, e disse: Eu o enganarei. Perguntou-lhe o SENHOR: Com quê?
  • 31. 21 Respondeu ele: Sairei e serei espírito mentiroso na boca de todos os seus profetas. Disse o SENHOR: Tu o enganarás e ainda prevalecerás; sai e faze -o assim.
  • 32. 22 Eis que o SENHOR pôs o espírito mentiroso na boca de todos estes teus profetas e o SENHOR falou o que é mau contra ti.
  • 33. 23 Então, Zedequias, filho de Quenaana, deu uma bofetada em Micaías e disse:
  • 34. 24 Por onde saiu o Espírito do SENHOR para falar a ti? Disse Micaías: Eis que o verás naquele mesmo dia, quando entrares de câmara em câmara, para te esconderes.
  • 35. 25 Então, disse o rei de Israel: Tomai a Micaías e devolvei -o a Amom, governador da cidade, e a Joás, filho do rei;
  • 36. 26 e direis: Assim diz o rei: Metei este homem na casa do cárcere e angustiai -o com escassez de pão e de água, até que eu volte em paz.
  • 37. 27 Disse Micaías: Se voltares em paz, não falou o SENHOR, na verdade, por mim. Disse mais: Ouvi isto, vós, todos os povos!
  • 38. 28 Subiram o rei de Israel e Josafá, rei de Judá, para Ramote-Gileade.
  • 39. 29 Disse o rei de Israel a Josafá: eu me disfarçarei e entrarei na peleja; tu, porém, traja as tuas vestes. Disfarçou-se, pois, o rei de Israel, e entraram na peleja.
  • 40. 30 Ora, o rei da Síria dera ordem aos capitães dos seus carros, dizendo: Não pelejareis nem contra pequeno nem contra grande, mas somente contra o rei de Israel.
  • 41. 31 Vendo os capitães dos carros a Josafá, disseram: Este é o rei de Israel. Portanto, a ele se dirigiram para atacar. Josafá, porém, gritou, e o Senhor o socorreu; Deus os desviou dele.
  • 42. 32 Vendo os capitães dos carros que não era o rei de Israel, deixaram de o perseguir.
  • 43. 33 Então, um homem entesou o arco e, atirou ao acaso, feriu o rei de Israel por entre as juntas da sua armadura; então, disse este ao seu cocheiro: Vira e leva-me para fora do combate, porque estou gravemente ferido.
  • 44. 34 A peleja tornou-se renhida naquele dia; quanto ao rei, segurou-se a si mesmo de pé no carro defronte dos siros, até à tarde, mas, ao por- do-sol, morreu.
  • 45. Ouvir a Deus ou aos homens? Contextualizando
  • 46. Micaías • do hebraico: “Quem é como o SENHOR?” • filho Inlá • profeta do SENHOR
  • 47. Micaías Profeta do SENHOR para Reino de Judá Reino de Israel
  • 48. Rei Acabe Rei de Israel Um rei perverso Foi casado com Jezabel Promoveu o culto à Baal
  • 49. Rei Josafá Rei de Judá Um rei reto e justo Um homem piedoso Errou ao unir-se a Acabe
  • 50. Ramote-Gileade Uma cidade à 48 km a leste do rio Jordão, mais próxima do Mar da Galiléia do que do Mar morto.
  • 51. Ramote-Gileade Pertencia a Israel desde o tempo de Moisés, mas, nesta época estava sob o domínio da Síria.
  • 52. Ramote-Gileade O rei Acabe (rei de Israel) decidiu reconquistá-la, para tal apelou ao rei Josafá (rei de Judá) para que se unisse a ele numa expedição contra os sírios.
  • 53. Ouvir a Deus ou aos homens? Mensagem
  • 54. Rei Josafá: Diante da proposta do rei Acabe, ele afirma ser necessário consultar a palavra do SENHOR. ... um profeta
  • 55. Rei Acabe: Diante da proposta do rei Josafá, ele preferiu consultar os seus profetas, ao invés de consultar o profeta do Senhor: Micaías.
  • 56. Profeta Micaías: Preferiu agradar a Deus, dizendo a verdade ao rei Acabe.
  • 57. Ouvir a Deus ou aos homens? Aplicação Pastoral
  • 58. Ouvir a Deus ou aos homens? Quem você tem ouvido? Deus ou os homens? Quem tem exercido mais influência em sua vida? O divino ou o humano?
  • 59. Ouvir a Deus ou aos homens? “Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos”. Tg 1.22