Cultoem
         Ação
   de
            Graças


127
 Metodismo
                     do
                               ano...
Como Igreja, Adoramos Ao Senhor
       “Vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do
                            ...
Tomou-me pela mão; nas trevas deu-me luz,
             E dá-me a eterna salvação que vem da cruz.

              No que me...
Proclamação de Perdão:
   Dirigente: “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos
consumidos, porque as suas mise...
Como Igreja, Nos Dedicamos Ao Senhor
      “Ide e, apresentando-vos no templo, dizei ao povo todas
 as palavras desta Vida...
Participações Especiais

   Celebrantes: Rev. Paulo Dias Nogueira, Rev. Nilson da Silva Júnior,
Rev. Luis de Souza Cardoso...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Culto especial 127anos. 2008

1.458 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.458
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Culto especial 127anos. 2008

  1. 1. Cultoem Ação de Graças 127 Metodismo do anos em Piracicaba Programa Especial do Culto Dominical Matutino celebrado no dia 14 de setembro de 2008, às 9h, no Templo da Catedral Metodista de Piracicaba em comemoração ao 127º aniversário do Metodismo Piracicabano.
  2. 2. Como Igreja, Adoramos Ao Senhor “Vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor, que nos criou”. Sl 95,6 Prelúdio Acolhida Dirigente: Queridos irmãos e irmãs graça e paz! Reunimo-nos na Casa do SENHOR, para celebrar-lhe culto em louvor e adoração por tudo que tem feito em nossa vida e história. Como nos afirma o salmista: “Grandes coisas fez o SENHOR por nós, por isso estamos alegres” (Sl 126,3). Desde 1881, quando aqui che- garam as/os primeiras/os missionárias/os, até o presente momento, o SENHOR nos tem sustentado. Como fruto de Sua graça e de nosso labor missionário, contamos hoje com cinco Igrejas (Catedral, Paulista, Betânia, Matão e Ebenézer) e suas respectivas Congregações e Pontos Missionários, um Colégio (Colégio Piracicabano), uma Universidade (UNIMEP), uma Creche (Creche Marshlea Dawsey), uma Escola de Música (EMPEM) e muita história para contar. Reconhecendo que a graça de Deus é o motivo que nos levou a prosperar nesta cidade, é que nos reunimos neste santo lugar para adorá-Lo. Portanto, é com muita alegria que acolhemos a todos os presentes para esta celebração: “127 anos da Catedral Metodista de Piracicaba e do Colégio Piracica- bano”. Todos somos bem-vindos à Casa do SENHOR. Celebremos com alegria. Oração de Invocação Corais: Dai ao Senhor louvor – Coral J.W. Koger e Coral Evangéli- co de Piracicaba Saint Saens (1835-1921) Do oratório do Natal de Camille. Tradução de J. Costa Hino: Ao Deus de Abraão (n°. 105 do Hinário Evangélico) Ao Deus de Abraão louvai, do vasto Céu Senhor, Eterno e poderoso Pai, e Deus de amor Augusto Jeová, que terra e céu criou! Minha alma o nome exaltará, do grande Eu-Sou. Ao Deus de Abraão louvai, eis, por mandato seu, Minha alma deixa a terra e vai gozar no Céu. O mundo desprezei, seu lucro e seu louvor, E Deus por meu quinhão tomei, e Protetor. Meu guia Deus será; seu infinito amor Feliz em tudo me fará por onde eu for.
  3. 3. Tomou-me pela mão; nas trevas deu-me luz, E dá-me a eterna salvação que vem da cruz. No que meu Deus jurou humilde confiei; E para o céu que preparou eu subirei. Sua face eu hei de ver, confiado em seu amor, E para sempre engrandecer meu Redentor. Como Igreja, Confessamos Ao Senhor “O Senhor está em seu santo templo; cale-se diante dele toda a terra”. Hb 2:20 Chamado à Confissão Dirigente: Assim como Abraão saiu de sua terra e de sua parentela, dirigindo-se para onde Deus ordenara, missionários americanos, em 1881, deixaram sua pátria rumo a Piracicaba, assumindo o chamado do SENHOR. Nesta cidade fundaram uma Igreja (Catedral Metodis- ta) e uma Escola (Colégio Piracicabano). Sensíveis a esse chamado, cumpriram sua missão. Hoje, somos os continuadores desse projeto Somos a atual geração de Metodistas, que completa 126 anos de Vida e Missão, e tem como desafio o evangelismo e a educação. As per- guntas que devemos nos fazer são: Temos assumido com esmero nossa responsabilidade missionária? O Legado que nos passaram de educar e salvar vidas tem sido realizado a contento? Como Povo Metodista nos- sas igrejas e escolas estão promovendo a Vida Abundante proclamada por Jesus? Tenhamos alguns instantes em oração silenciosa, refletindo sobre estas questões. Este é um momento oportuno para nos avaliar- mos pessoal e comunitariamente. Oremos! Oração Silenciosa: Solo: Deus eu quero ser mais crente – Geni Rodrigues Camargo Negro spiritual Leitura Bíblica: Hb 4,14-16 Dirigente: Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que penetrou os céus, conservemos firmes a nossa confissão. Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi tentado em todas as coisas, à nossa seme- lhança, mas sem pecado. Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna. Oração Comunitária: Todos: SENHOR nosso Deus, ajuda-nos na caminhada. Não per- mitas que sejamos omissos à missão que nos confiastes. Confessamos que muitas vezes não temos nos dedicado o quanto deveríamos. Isso é motivo de tristeza e vergonha. Por isso, clamamos tua misericórdia. Rogamos que nos perdoes as falhas. Fortalece-nos com Tua graça. To- das estas coisas te pedimos, em nome de Jesus. Amém.
  4. 4. Proclamação de Perdão: Dirigente: “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não tem fim; renovam-se a cada manhã. Grande é a tua fidelidade.” Jr.3.22-23. Como Igreja, Louvamos Ao Senhor “Cantai ao Senhor um cântico novo, cantai ao Senhor, todas as terras”. Sl 96,1 Chamado ao Louvor Corais: A Deus dai graças – Coral J.W. Koger e Coral Evangélico de Piracicaba August L. Storm (1891) Tradução de J. Costa (1971) Música de J.W. Faustini (1983) Cântico: Ministério de louvor Ofertório: Processional Cântico: Tudo vem de Ti, Senhor, E do que é Teu to damos. Amém! Ministério do Acolhimento Homenagens e Palavras Oficiais Prof. Davi Ferreira Barros Diretor Geral do IEP – Instituto Educacional Piracicabano Profa. Marilice Trentini de Oliveira Diretora – Colégio Piracicabano Rev. Paulo Dias Nogueira Pastor Titular – Catedral Metodista de Piracicaba Como Igreja, Ouvimos O Senhor “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o coração...” (Sl 95,7b) Sermão: Rev. Paulo Dias Nogueira
  5. 5. Como Igreja, Nos Dedicamos Ao Senhor “Ide e, apresentando-vos no templo, dizei ao povo todas as palavras desta Vida. Tendo ouvido isto, logo ao romper do dia, entraram no templo e ensinavam” (At 5,20-21) Oração de dedicação: Dirigente – Ó Senhor, nosso Deus, agradecemos-te por aqueles que em todas as épocas seguiram alegremente o teu caminho: os muitos santos e mártires, homens e mulheres, que ofereceram suas próprias vidas para que tua vida abundante pudesse se manifestar e teu reino pudesse avançar. Congregação – Pelo teu amor e fidelidade nós sempre louvare- mos o teu nome. Dirigente – Agradecemos-te por aqueles que escolheram o ca- minho de teu Filho, nosso irmão Jesus Cristo. Em meio à provação, eles revelaram esperança; em meio ao ódio, semearam amor; em meio à perseguição, testemunharam teu poder; em meio ao desespe- ro, firmaram-se em tua promessa. Congregação – Pelo teu amor e fidelidade nós sempre louvare- mos o teu nome. Dirigente – Ó Senhor, nós te agradecemos a verdade que eles aprenderam e nos transmitiram: é na fraqueza que seremos fortes; é amando os outros que seremos amados; é pela oferta de nossas próprias vidas que o reino se expandirá; é pela nossa morte que her- daremos a vida eterna. Congregação – Senhor, dá-nos coragem de seguir teu modo de vida. Louvaremos sempre o teu nome pelo teu amor e pela tua fide- lidade para conosco. Amém! Corais: Minha vida consagrada seja¬ – Coral J.W. Koger e Coral Evangélico de Piracicaba Frances R. Havergal (1826-1879) Trad. de Leônidas Silva (1854-1919) Música de J.W. Faustini Corais: Bênção cantada – Coral J.W. Koger e Coral Evangélico de Piracicaba Letra tradicional Trad. Fred Spann Música de Denes Agay Poslúdio
  6. 6. Participações Especiais Celebrantes: Rev. Paulo Dias Nogueira, Rev. Nilson da Silva Júnior, Rev. Luis de Souza Cardoso, Revda. Ana Glória Prates Gris da Silva e Pr. Filipe Fernandes Ribeiro Maia. Organista: Vera Quintanilha Cantoni Grupo Musical: jovens e juvenis da Catedral Representantes do Colégio: Davi Ferreira Barros e Marilice Tren- tini de Oliveira Solista: Geni Rodrigues Camargo 1 Pregador: Rev. Paulo Dias Nogueira Corais: Coral Rev. James William Koger e Coral Evangélico de Pi- racicaba Coral Rev. James William Koger – Catedral Metodista de Piracicaba Sopranos: Áurea Alves de Moraes, Eunice Silvestre, Isabel Martins, Juliana Pagotto Ré, Júlia Vicente C. de Morais, Maria José Martins, Margarida Maria C. Marafon, Mirce Lavoura, Naly L. Guimarães. Ni- céia N. Ramos de Souza. Contraltos: Ataly A. Deffende, Djanira A. Matiazzo, Elza Bueno G. Alvim, Ivonete Almeida Beissmann, Zenaide Pereira Rebeque. Tenores: Rafael Januário F. de Moraes, Rodrigo Alan de C. Bonbach. Baixos: Hilkias Arruda Nicolau, Rev. Luiz Ferraz dos Santos, Mar- cos Galdi Júnior, Pedro Luís F. de Moraes. Pianista: Joanice V. Casimiro. Regente: Sonia Carmela F. Dechen Coral Evangélico de Piracicaba Sopranos: Abigail Celina L. Giro, Adriana Saraiva, Aline Demar- chi, Creusa Dias, Ernestina Fonseca, Geni Rodrigues Camargo, Gilka Lopes, Iandara O. Costa Bento, Juliana G. Grigoletto, Helen da Con- ceição Pacheco, Melissa Ravelli, Nicéia Nicolina R. de Souza, Roselene B. de Moraes, Vera Marta P. Machado. Contraltos: Eliana Mello Ferreira, Elienae G. S. de Lima, Luciane Cristina da S. Mello, Maria Lúcia Lopes, Sheila Matos Husar. Tenores: Edison Rubens do Nascimento, Levy Cachioni, Marcelo Caetano dos Santos, Paulo Caiuá, Reginaldo Wilson P. Birollo. Baixos: Cláudio A. Giro, Gilberto Cardoso Oliveira, Hilkias Ar- ruda Nicolau, Luiz Fernando A. Grigoletto, Marco Estevão Hussar, Mário Cesar Sarmento, Orivaldo A. Silva. Pianista: Eliana Asano. Regente: Vera Quintanilha Cantoni.

×